Crítica | Batman: The Telltale Series – Episódio 1: Realm of Shadows

batman-telltale-episodio-1

estrelas 4

O interesse da Telltale Games no mundo dos quadrinhos não é de hoje, através de suas parcerias com a Image Comics e a Vertigo/ DC Comics fomos proporcionados games nada menos que incríveis, The Walking Dead e The Wolf Among Us, isso sem falar as outras empreitadas da desenvolvedora, como Game of Thrones e Tales of the Borderlands. Dito isso, o anúncio de Batman: The Telltale Series nos pegou de surpresa, ainda que não fosse totalmente inimaginável, visto o sucesso dos jogos anteriores e o pré-existente acordo entre a editora e a desenvolvedora. Com isso, a DC se firmaria de uma vez por todas no mundo dos games, caminho que já havia sido aberto pela série Arkham.

Como grande apreciador dos jogos de aventura da Telltale logo corri para experimentar sua mais recente obra. Desde a tela de abertura sentimos um grande respeito pelo material original, com uma intro que nos mostra páginas de quadrinhos ao longo da história do Morcego, formando o logo do herói elaborado pela empresa. Ao entrarmos no primeiro episódio, Realm of Shadows, em si já somos jogados direto na ação, controlando Batman, que busca impedir um assalto à prefeitura de Gotham. Se uma coisa é certa é que a desenvolvedora somente aperfeiçoou o gameplay ao longo de suas inúmeras produções. Os comandos que aparecem na tela são ao mesmo tempo visíveis e se encaixam com o que está ocorrendo na tela – tudo se tornou mais fluido e mais bonito de se ver, requisitando de nós uma rápida reação para obtermos um êxito pleno.

Nem tudo se resume a combates e ação, porém, como era de se esperar por qualquer um que já tenha experimentado algum dos outros jogos da companhia. Em grande parte do trecho de Batman: The Telltale Series, controlamos Bruce Wayne, que busca, ao máximo, ajudar Harvey Dent a se eleger para prefeito da cidade. Isso nos coloca diante de inúmeros diálogos e decisões que certamente afetarão os outros episódios da série. O interessante é que, como conhecemos praticamente todos os personagens, cada escolha assume uma maior profundidade e acabamos utilizando nosso conhecimento prévio dos quadrinhos para realizar cada ação. A desenvolvedora ainda nos coloca na difícil decisão de moldar o futuro do herói, podendo torna-lo mais violento ou mais próximo do que vemos na maior parte de suas revistas.

E já falando desses personagens, a Telltale fez um ótimo trabalho respeitando o material original em sua releitura do herói mascarado. Wayne assume uma personalidade muito similar ao que vemos em Ano Um, de Frank Miller. Ele é contido, mais taciturno, mesmo na presença de outras pessoas. Há doses de bom humor na figura, especialmente com Alfred, mas em geral ele aparenta ser uma figura até passiva, não soubéssemos que, no fundo, ele está analisando cada situação cuidadosamente. Um ponto negativo, contudo, é a pouca expressividade nos personagens quando se trata de seus rostos – ao contrário de The Walking Dead, por exemplo, que utilizava os olhos dos personagens ao máximo para transmitir suas emoções. Fora isso, contudo, os gráficos agradam ainda que não tragam grandes avanços desde os últimos jogos lançados, utilizando, como de costume, o cel-shading para trazer à vida as páginas dos quadrinhos.

Uma novidade interessante, única para o game em questão, é o sistema de linking, utilizado tanto nas investigações quanto no planejamento antes do combate. Aqui, devemos fazer conexões entre evidências a fim de solucionar um caso ou planejar como cada inimigo será derrotado antes do herói entrar em luta, com isso, as cenas de ação ficam ainda mais gratificantes ao vermos que Batman realiza exatamente as mesmas coisas que planejamos fazer.

Batman: The Telltale Series não é o melhor game da desenvolvedora, mas certamente conta com seu selo de qualidade. Vale ser experimentado por qualquer fã do herói, ao passo que o material fonte é amplamente respeitado aqui. Além disso, é interessante ter o poder decisório em momentos que profundamente definem a vida de Bruce Wayne, colocando suas maiores convicções em xeque através de reviravoltas bem construídas. Realm of Shadows funcionou, portanto, como uma ótima introdução para mais uma série da Telltale, esperemos que os episódios vindouros apenas fiquem melhores.

Batman: The Telltale Series – Episódio 1: Realm of Shadows
Desenvolvedora:
Telltale Games
Lançamento:
02 de agosto de 2016
Gênero:
Aventura
Disponível para:
PC, Xbox One, PS4

GUILHERME CORAL. . . .Refugiado de uma galáxia muito muito distante, caí neste planeta do setor 2814 por engano. Fui levado, graças à paixão por filmes ao ramo do Cinema e Audiovisual, onde atualmente me aventuro. Mas minha louca obsessão pelo entretenimento desta Terra não se limita à tela grande - literatura, séries, games são todos partes imprescindíveis do itinerário dessa longa viagem.