Crítica | Believe 1X09: Prodigy

estrelas 3,5Infelizmente – ou não – Believe não passou no corte da emissora e foi cancelada. Agora é esperar que a ao menos eles dêem um final decente ao seriado.

Neste episódio, bem melhor do que o anterior, Bo consegue interagir com alguém próximo a sua idade. Tudo começa quando ela está treinando com Tate e acaba sonhando que uma menina e seus pais se envolveriam num fatal acidente de carro. Como sempre, querendo ajudar, ela descobre que a família em questão está a poucos metros de onde está escondida. A menina que Bo quer tanto salvar é uma excelente violinista, mas tem apenas quatorze anos e sua mãe é muito rígida com o seu treinamento. Já o pai acha que a menina deve aproveitar a vida e se distrair de vez em quando.

Enquanto isso, graças ao chip que Channing colocou na máquina, a equipe de Skouras acaba encontrando outra menina no local onde Bo deveria estar. A garota, Dani, tem os mesmos poderes, mas num nível muito acima de Bo, pois consegue ler até mentes. Fascinado, Skouras ‘recruta’ a menina diretamente para a Orchestra deixando Zoe um tanto assustada. Ele havia chamado o FBI para interrogar Channing, mas com a chegada da menina, muda os planos e Dani consegue extrair de Channing todas as informações necessárias para encontrar Milton e seus cúmplices. Com isso, Roman fica exultante, em compensação, a agente Ferrell não está nada empolgada com os métodos usados pelo cientista, mas decide auxiliá-lo na busca por Winter.

Bo e Margaret se tornam amigas rapidamente e ela tenta alertar os pais da menina para o acidente de carro, mas óbvio, não acreditam nela. Apesar dos pedidos de Tate, Bo insiste que eles precisam ajudar a família e os dois montam um plano. Longe dali, Winter também parece preparado para a batida policial que o aguarda e quem irá se surpreender será Skouras.

Talvez esse tenha sido o segundo episódio que demonstrou estar seguindo o ritmo que o seriado deveria manter. Agora que a reta final foi traçada, parecem estar correndo para entupir elementos que sirvam de resposta mais para frente, como o surgimento de uma versão turbinada da Bo, sem qualquer escrúpulo. Assim vão justificar qualquer embate que ambas possam vir a ter mais para frente. O que pode falhar miseravelmente, pois não há tempo hábil para isso e para responder a todas as perguntas.

O momento das máscaras caírem e as cartas serem colocadas na mesa é agora. A Dra. Zoe corre perigo já que Dani descobriu seu segredo, da mesma forma que Channing, que após a troca de reféns é baleada por Skouras. Levando a agente Ferrell a ver com quem de fato está lidando, o que talvez mude seu comportamento.

Ao mesmo tempo em que fico triste pelo fim definitivo do seriado, me contento com a decisão acertada, pois Believe fraquejou em muitos episódios para uma série tão curta.

A nós, que estamos acompanhando a série, só resta esperar o tempo de hiatus passar (só voltará a ser exibido em 25/05) e descobrir se o final pelo menos será satisfatório.

Believe – 1×09: Prodigy
Showrunner
: Alfonso Cuarón, Michael Friedman
Roteiro: Melisa Wallack
Direção: Sam Hill
Elenco: Johnny Sequoyah, Jake McLaughlin, Delroy Lindo, Jamie Chung, Kyle MacLachlan, Kerry Condon, Triste Kelly Dunn, Ato Essandoh, Mia Vallet, Kevin Collins, Steve Park, Sonnie Brown, Katie McClellan, Alissa Mori, Trevor Zhou, Gameela Wright
Duração: 45 min.

MELISSA ANDRADE . . . Uma pessoa curiosa que possui incontáveis pequenos conhecimentos desde literatura a filmes a reality shows a futebol alemão e está sempre disposta a aprender muito mais. Por isso sou Jornalista por experiência e vocação. Fotógrafa Profissional com muita paixão e um olhar apurado e Roteirista frustrada e uma Crítica de Cinema em ascensão.