Crítica | Guardiões da Galáxia: Trilha Sonora Original

estrelas 4,5

Depois de falar sobre a comentada trilha sonora/coletânea setentista de Guardiões da Galáxia que atingiu o topo da Billboard, chegou momento de falar da trilha sonora original da obra (orquestrada), ou seja, todo o arranjo original feito para o filme. Para esse trabalho, James Gunn chamou o grande Tyler Bates, expert na arte da trilha sonora, responsável pela trilha de filmes de Zack Snider como Watchmen e 300, além de jogos como God Of War: Ascension.

Um fato interessante sobre a trilha é que James Gunn pediu para que  Tyler terminasse parte da trilha antes das filmagens e enviasse para que o diretor trabalhasse o roteiro e a fotografia de acordo com a trilha estipulada até ali. Ou seja, o inverso do que costuma ocorrer, onde as filmagens são terminadas e a trilha complementa o filme. Sendo assim, o que seria então do filme sem essa trilha?

O que se pode afirmar é que a popularidade da coletânea fantástica Guardians Of The Galaxy: Awesome Mix: Vol 1 acabou ofuscando essa excelente trilha orquestrada. Se você considerar que Guardiões da Galáxia já entrou pra história do cinema visto o que o filme já alcançou, podemos considerar que essa trilha também poderia receber o mesmo título dentro do cenário das trilhas sonoras. Pegue faixas como The Kyln Escape, que te lembram do filme instantaneamente e veja se a obra não tem o mesmo poder que o tema de Jurassic Park, por exemplo.

Desde a serenidade de Sacrifice e We All Got Dead People (adequada em nome e arranjo para a cena do filme), passando pelo clima tenso de Plasma Ball até a intensidade de Quill’s Big Retreat, a trilha se destaca pelo mais alto nível. A emoção também chega em Groot Spores e Groot Cocoon com um arranjo belo e bem distinto do resto, no estilo de trilhas de RPG e jogos indie. Entretanto, a obra de arte completa fica com a faixa mais longa, The Final Battle Begins, onde vemos a cara do filme com todos os aspectos aventureiros, além da execução de proporções épicas da orquestra.

A trilha orquestrada de Guardiões da Galáxia acabou um pouco soterrada pela enorme e completamente devida e merecida popularidade de sua trilha/coletânea setentista. No entanto, ela já é bem reconhecida por todos que a escutaram e certamente já tem sua importância, lembrando excelentes arranjos intergaláticos no estilo de Star Wars, além de clima e arranjos aventureiros de outras obras que Tyler Bates trabalhou.

Guardians Of The Galaxy: Original Score by Tyler Bates
Compositor: Tyler Bates
País: Estados Unidos
Lançamento: 29 de julho de 2014
Gravadora: Hollywood, Marvel Music
Estilo: Trilha Sonora

HANDERSON ORNELAS. . . Estudante de engenharia química, fascinado por música, cinema e quadrinhos. Um fã de ficção científica e aventura que carrega seu fone de ouvido por todo lado e se emociona facilmente com música, principalmente com "The Dark Side Of The Moon". Enquanto não viaja pelo tempo e espaço em uma TARDIS, viaja pelo mundo dos livros e da música.