Crítica Infantil | Carrossel 2: O Sumiço de Maria Joaquina

carrossel_2_plano_critico

estrelas 2

Obs: Crítica escrita por Leia Granger, de 11 anos, fã de Carrossel (assistiu todos os 310 episódios da versão brasileira da telenovela) e que fez questão de escrever sobre o primeiro filme. Ah, ela é filha de Ritter Fan! 

Para começar, prefiro o primeiro filme. A história do primeiro é bem mais legal e complexa. Acampamento, aventura… Bem mais divertido. Mas, ainda assim, é legal.

O filme ia se chamar “Uma aventura na cidade”, mas trocaram para “O sumiço de Maria Joaquina” porque a atriz, Larissa Manoela (que vive Maria Joaquina), está gravando a novela Cúmplices de um Resgate, do SBT, então ela não tinha tempo para gravar um filme com muita participação. A história é sobre Maria Joaquina sendo sequestrada pelos vilões Gonzales (Paulo Miklos) e Gonzalito (Oscar Filho), do primeiro filme, que são libertados da prisão por uma certa pessoa (não vou dizer, pois é spoiler!).

O resto da turma passa por várias provações impostas pelos vilões, pois, somente assim, Maria Joaquina seria libertada. Rolam beijos no filme, mas se falar pode ser spoiler. Acho que a Larissa Manoela é a que atua melhor porque ela fez a Maria Joaquina super bem, e, agora ela está atuando na novela Cúmplices de um Resgate, e uma das gêmeas é igual a Maria Joaquina, toda mimada e esnobe. Outra boa atriz mirim é a Maísa Silva, que vive Valéria Ferreira. Há uma participação especial de Carlos Bertolazzi o chef que faz o Hell’s Kitchen brasileiro. 

Sobre as músicas: MC Biel! Acho que não deveriam ter colocado funk em um filme de criança. Qualquer outra música ao invés de funk. Em todas as músicas de funk, as letras têm duplo sentido e não acho que o “segundo sentido” seja apropriado para esse tipo de filme. E, claro, sempre tem uma música nova em cada filme. Dessa vez a música se chama De Zero a Dez, que todo o elenco canta.

Carrossel 2 é divertido, mas acho que não precisaria ter sido feito.   

Carrossel 2: O Sumiço de Maria Joaquina (Brasil, 2016)
Direção: Mauricio Eça
Roteiro: Márcio Alemão, Mirna Nogueira
Elenco: Jean Paulo Campos, Larissa Manoela, Maisa Silva, Fernanda Concon, Stefany Vaz, Aysha Benelli, Ana Vitória Zimmermann, Nicholas Torres, Konstantino Atan, Matheus Ueta, Gustavo Daneluz, Guilherme Seta, Thomaz Costa, Lucas Santos, Esther Marcos, Léo Belmonte, Paulo Miklos, Oscar Filho, Carlos Bertolazzi
Duração: 93 min.

LEIA GRANGER . . . Tenho 12 anos, estudei em Hogwarts, mas cansei e aí resolvi aprender como era o mundo real. Descobri que existia cinema e amei.