Crítica | LEGO Star Wars: The Force Awakens

estrelas 4,5

O primeiro game LEGO Star Warslançado nos anos 2000, foi um verdadeiro divisor de águas e, a partir dele, dezenas de outros jogos baseados em franquias famosas, recriadas com os blocos coloridos, foram criados. Naturalmente que, com o lançamento do Episódio VIIO Despertar da Força, de Star Wars, uma versão de LEGO seria feita para os videogames e um dos aspectos mais gratificantes de se jogar essa nova aventura é enxergar como a TT Games apenas melhorou sua fórmula desde então, trazendo avanços para o gameplay, história e, claro, para os gráficos, ainda que esse último seja consequência direta da mudança de geração de consoles.

Assim como os outros jogos da desenvolvedora, LEGO Star Wars: The Force Awakens nos faz passear pela história do filme, recontando praticamente todas as sequências através de fases interativas, as quais utilizam os mesmos diálogos do filme, além de alguns novos, todos dublados pelo elenco original do longa-metragem, uma grandiosa “bola dentro” dos desenvolvedores, ao passo que isso garante ainda mais nossa imersão. Começamos na Batalha de Endor, que funciona como um tutorial das diversas mecânicas a serem desenvolvidas ao longo do game e terminamos, claro, no desfecho do Episódio VII em si, com direito a algumas fases adicionais, liberadas através de conquistas, ou, é claro, DLCs.

lego-force-awakens-plano-critico-1

Iniciar o jogo nos momentos finais de O Retorno de Jedi certamente foi a escolha certa, já que nos joga direto na ação, ao mesmo tempo que somos explicados acerca do gameplay básico do jogo. Além disso, trata-se de uma evidente homenagem dos desenvolvedores ao jogo original, evocando inevitáveis comparações do jogador, que enxergará todas as melhorias realizadas desde então. Essa jornada para o passado dura o tempo que deve e logo nos vemos controlando Poe Dameron em Jakku.

Em vias gerais, os atrativos do game são praticamente os mesmos de todos os outros desenvolvidos pela TT Games: vamos desbloqueando novos personagens que podemos usar, enquanto revivemos a história do filme. Os inúmeros “bonequinhos” que liberamos são divididos em categorias, cada um com habilidades diferenciadas e jogabilidade de combate diferente. Novamente as lutas não são o grande atrativo e rapidamente se tornam repetitivas, por mais que novos elementos tenham sido introduzidos, como se esconder atrás de objetos no meio de um tiroteio maior. O mesmo vale para as batalhas em naves: a mecânica é fluida, bastante intuitiva, mas não oferece muita diversidade. Ainda assim, controlar os icônicos personagens e veículos da saga não tem preço e nos vemos cada vez mais ansiosos para desbloquear algum em específico.

 É justamente nisso que LEGO Star Wars: The Force Awakens se sustenta: colecionar personagens, coletar itens secretos, explorar as diversas fases. Trata-se de um jogo de aventura por excelência, no qual o elemento exploração é o destaque. Dito isso, aqueles que não se encantaram pelos anteriores, muito provavelmente não irão se engajar com esse daqui, a não ser que o lado “fã” fale mais alto. Já aqueles que apreciaram os games da LEGo, certamente gastarão horas e mais horas, visto que há uma infinitude de coisas a se fazer e refazer cada fase com determinado personagem altera a experiência completamente, liberando novas áreas e compartimentos secretos.

lego-force-awakens-plano-critico-2

Existem, porém, alguns elementos que poderiam receber um tratamento melhor. O mais gritante são os diversos puzzles a serem realizados. Todos são muito óbvios e didáticos, com brilhos nos dizendo o que fazer. Perdeu-se parte da magia do LEGO Star Wars: The Complete Saga, que realmente nos obrigava a pensar. Assim sendo, o game pode acabar se tornando um tanto repetitivo, especialmente para quem quiser apenas contemplar a história, sem buscar os colecionáveis ao longo de cada estágio. Felizmente, os diálogos constantes e as cutscenes com o característico humor da TT Games são capazes de nos entreter por horas a fio, especialmente considerando que o elenco do filme, como já fora mencionado, dublara os bonequinhos do game.

LEGO Star Wars: The Force Awakens é, portanto, um jogo feito para os fãs tanto da saga quanto desse estilo próprio de jogabilidade dos games realizados pela mesma desenvolvedora. Demonstrando cuidado na forma como o filme foi adaptado, o jogo certamente entretém, trazendo boas risadas através dessa grande recriação. Não há como não enxergar a evolução dos games da LEGO de 2007 até aqui e, mesmo com seus deslizes, essa obra prova ser o resultado de anos aperfeiçoando uma boa fórmula.

LEGO Star Wars: The Force Awakens
Desenvolvedor: 
TT Games
Lançamento:
28 de junho de 2016
Gênero: 
Ação, Plataforma
Disponível para: 
PC, Mac, iOS, Android, Playstation 3, Playstation 4, Xbox 360, Xbox One, Wii U, Nintendo 3DS

GUILHERME CORAL. . . .Refugiado de uma galáxia muito muito distante, caí neste planeta do setor 2814 por engano. Fui levado, graças à paixão por filmes ao ramo do Cinema e Audiovisual, onde atualmente me aventuro. Mas minha louca obsessão pelo entretenimento desta Terra não se limita à tela grande - literatura, séries, games são todos partes imprescindíveis do itinerário dessa longa viagem.