Crítica | Modern Family – 4ª Temporada

estrelas 4,5

Já se pode perceber que a ABC conseguiu o trunfo de exibir uma das séries de comédia mais seguras da TV americana. Chega a ser difícil pensar nos altos de baixos de Modern Family ao longo das temporadas. A série se apresenta tão contínua em sua história e qualidade, que é quase impossível analisar uma temporada dissociada das outras. Não temos, portanto, aquele veredito rotineiro do tipo: a temporada mais engraçada, a mais emocionante, a mais triste, a mais monótona. O que a série nos traz é uma história forte, um ótimo argumento e episódios muito bem articulados entre si, dentro de um só pacote embrulhado para presente.

O quarto ano da série chega superando todas as expectativas. Conforme o anúncio de um novo membro da família Pritchett ao fim da terceira temporada, era de se esperar que a temporada girasse em torno da gravidez de Glória. A surpresa é que Sofía Vergara, que já mostrava um ótimo desempenho, faz a sua melhor temporada da série até então. Todos os dilemas da gravidez são perfeitamente incorporados à mulher mais bonita do elenco e o resultado é  contagiante. É impossível não rir durante o episódio em que a futura mãe resolve cantar para seu bebê colocando caixas de som na barriga. Para ser mais verdadeiro, é impossível não rir quando Glória resolve cantar.

A outra personagem que cresce em ritmo exponencial ao longo de toda a série, é a pequena Lily. É incrível ver como os diretores sabem aproveitar muito bem o talento da jovem Aubrey Anderson-Emmons. A atriz, que consegue fazer suas piadas de uma maneira tão natural e inocente, logo cativa o carinho do público.

Os demais núcleos seguem muito bem, sem surpresa alguma. As relações entre Claire e Hailey se estreitam ainda mais, assim como a de Phil com Luke. Alex finalmente ganha mais destaque e consegue impor autonomia ao seu papel. Manny consegue recuperar bem seu papel, que foi deixado um pouco de lado nas duas últimas temporadas, e aparece muito bem e sem exageros em todas as cenas. Cam e Mitchell estão melhores do que nunca e só tendem a crescer ao longo da série.

Ao fim da quarta temporada nasce, finalmente, o bebê Pritchett. Vamos, então esperar pelo quinto ano de Modern Family, em que poderemos conhecer melhor o jovem Fulgêncio Joseph Pritchett, Little Joe para os íntimos.

Modern Family – 4ª Temporada (EUA, 2012)
Criadores: Steven Levitan e Christopher Lloyd.
Direção: Gail Mancuso, Steven Levitan, Beth Mccarthy-Miller, Fred Gross, Fred Savage, James R. Bagdonas, Jeff Melman, Jim Bagdonas, Lev. L Spiro.
Roteiro: Steven Levitan e Christopher Lloyd.
Elenco: Ed O’Neill, Sofía Vergara, Julie Bowen, Ty Burrell, Jesse Tyler Ferguson, Eric Stonestreet, Sarah Hyland, Ariel Winter, Nolan Gould, Rico Rodriguez, Aubrey, Anderson-Emmons.
Duração: 24 min. (cada episódio)

FILIPE MONTEIRO . . . O exército vermelho no War, os indianos em Age of Empires, Lannister de Rochedo Casterly. Entrou em órbita terrestre antes que a Estrela da Morte fosse destruída, passou pela Alameda dos Anjos, pernoitou em Azkaban, ajudou a combater o crime em Gotham e andam dizendo por aí que construiu Woodburry. Em uma realidade alternativa, é graduando em Jornalismo, estuda Narrativas e Cultura Popular, gosta de cerveja e tempera coentro com comida.