Crítica | Penny Dreadful 2X02: Verbis Diablo

Penny Dreadful Verbis Diablo

estrelas 5,0

Se Penny Dreadful já em seu primeiro episódio do ano já nos presenteava com uma trama muito mais segura que a do ano anterior, neste, a série nos leva a conhecer mais intimamente outras faces das personagens. Verbis Diablo apresenta importantes ganhos para a série como um todo ao aproximar núcleos que, até então, não haviam entrado em contato.

Dorian Grey está de volta em uma versão mais nebulosa do que nunca. A personagem revela uma interessante dinâmica entre a sedução e a desilusão amorosa. A breve aparição de Angelique revela a imagem do belo e do jovem presente na figura de Dorian Grey e o questiona em relação aos sentimentos por Ives.

Outra caro retorno neste episódio é a de Mr. Lyle. Junto a Ethan Chandler, o fidalgo parte em busca dos registros da chamada Lígua do Diabo e é responsável por um grato e não usual alívio cômico.

Sir Malcolm se mostra bastante suscetível ao poder de Miss Poole, que segue na busca em conquistá-lo para se aproximar, assim, de Vanessa. Não posso falar de Evelyn Poole sem mencionar a grotesca e surpreendente cena ao fim do episódio. Não darei spoilers, mas posso dizer que em poucos minutos, Penny Dreadful faz o que Game of Thrones se recusou a fazer há alguns anos.

No entanto, o núcleo que mais se destaca neste episódio é o de Dr. Frankenstein, John Clare e Brona Croft (que retorna rebatizada de Lily). O renascimento de Brona, sem dúvidas, modificará a relação entre as personagens do núcleo e é algo que eu espero para ver. O grato presente do episódio inteiro é, todavia, o encontro entre Vanessa e John. Em um diálogo perfeitamente construído e uma dinâmica mais que natural, o encontro foi belo e conseguiu traduzir os dilemas vividos por dois dos mais complexos personagens da série.

Penny Dreadful 2×01: Fresh Hell (EUA, 2015)
Showrunner: John Logan.
Direção:
James Hawes.
Roteiro:
John Logan.
Elenco:
Eva Green, Josh Hartnett, Timothy Dalton, Helen McCrory, Reeve Carney, Harry Treadway, Billie Piper.
Duração: 55 minutos/episódio.

FILIPE MONTEIRO . . . O exército vermelho no War, os indianos em Age of Empires, Lannister de Rochedo Casterly. Entrou em órbita terrestre antes que a Estrela da Morte fosse destruída, passou pela Alameda dos Anjos, pernoitou em Azkaban, ajudou a combater o crime em Gotham e andam dizendo por aí que construiu Woodburry. Em uma realidade alternativa, é graduando em Jornalismo, estuda Narrativas e Cultura Popular, gosta de cerveja e tempera coentro com comida.