Crítica | Shakespeare Apaixonado

estrelas 4Aparentemente, quando vemos o titulo Shakespeare Apaixonado, imaginamos que seja ou uma paródia com Shakespeare ou uma comédia romântica divertida sem nada a oferecer de novo. Entretanto, o filme é um romance estiloso, poético, bonito e principalmente eficiente. O diretor John Madden não deixa o drama do longa cair no tom meloso, e cria uma obra encantadora, comovente e de tirar o chapéu.

Shakespeare (Joseph Fiennes) sofre um bloqueio que o impede de escrever sua mais nova peça, uma história de amor com fim trágico. Tudo muda quando ele se apaixona por Lady Viola (Gwyneth Paltrow) e passa a utilizar suas tentativas de seduzi-la como inspiração.

A peça que Shakespeare (Joseph Fiennes) escreve para seduzir sua amada é nada mais, nada menos que o famoso romance de Romeu e Julieta. E este escreve a peça baseando-se nos acontecimentos entre ele e sua paixão Viola De Lesseps (Gwyneth Paltrow). E assim como Romeu e Julieta não podiam assumir seu romance, os dois personagens também são obrigados a não assumirem seu paixão, principalmente pelo fato de Viola estar comprometida com o Lorde Wessex (Colin Firth).

O elenco da película é fantástico. Gwyneth Paltrow se entrega completamente a sua personagem, e cria uma Viola doce, dramática e de encantar. E o pouco conhecido Joseph Fiennes também surpreende como Shakespeare, e atua de forma como todos nós imaginamos que Shakespeare fosse, um homem que transmitia seu amor pela poesia e pelo teatro. Geoffrey Rush merece aplausos por se tornar, em minha opinião, o melhor personagem do longa. Rush é responsável pelas melhores e mais engraçadas piadas do filme, e muitas vezes apaga até o próprio Fiennes na pele de Shakespeare. Judi Dench, Colin Firth, Ben Affleck, Tom Wilkinson e Rupert Everett completam o time de atores da película.

Shakespeare Apaixonado me surpreendeu bastante, e além de possuir uma direção de arte esplendida, um elenco de peso que realmente faz a diferença, uma trilha sonora emocionante, o filme também possui uma história simples que foi contada coerentemente, tornando-se algo criativo e único.

Shakespeare Apaixonado (Shakespeare in Love, EUA/Inglaterra, 1998)
Roteiro: Tom Stoppard, Marc Norman
Direção: John Madden
Elenco: Joseph Fiennes, Gwyneth Paltrow, Colin Firth, Simon Callow, Judi Dench, Geoffrey Rush, Tom Wilkinson, Ben Affleck, Imelda Staunton
Duração: 122 min.

RAFAEL OLIVEIRA. . . .Cinéfilo ainda em construção, mas que já enxerga na Sétima Arte algo além de apenas imagens e som. Amante de Kubrick e Hitchcock e viciado em música indie, cético e teimoso, mas sempre aberto para novas experiências e estranhas amizades.