Crítica | Star Wars Rebels – 3X14: Trials of the Darksaber

star-wars-rebels-3x14-plano-critico

estrelas 4,5

  • Contém spoilers do episódio.
  • Confiram todas as nossas críticas da série aqui.

Quando o trailer da terceira temporada de Star Wars Rebels foi liberado um dos pontos que mais gerou especulação nos fãs foi a presença do darksaber, que já aparecera anteriormente em The Clone Wars. Mostrado nas mãos de Sabine, todos ficamos na dúvida se ela realmente iria portar tal arma daqui para a frente e essa dúvida somente aumentou com Visions and Voices, no qual o sabre de luz reaparece em Dathomir. Os episódios seguintes, contudo, deixaram a arma na espera e focaram em outras questões. Chega, portanto, Trials of the Darksaber, que, como o título já deixa bem claro, coloca o sabre novamente em evidência.

Ao revelar para Fenn Rau que seu grupo de rebeldes encontrara o darksaber, Kanan concorda com o mandaloriano que Sabine deve utilizar essa relíquia para unir os diversos clãs de Mandalore, fazendo-os se juntarem à rebelião. Para isso, contudo, seria preciso que a guerreira aprendesse a lutar com essa arma, visto que muitos iriam desafiá-la em combate a partir do momento que tomassem conhecimento dela. Cabe, portanto, ao Jedi ensinar a mandaloriana a utilizar esse sabre, o que não é tarefa fácil, já que Sabine não é sensitiva à Força e conta com um grande trauma não resolvido quando se trata de sua família.

Um dos pontos fortes de Trials of the Darksaber, que o destacam mesmo dentro dos episódios de alta qualidade da animação, é o simples fato do roteiro de Dave Filoni, também showrunner da série, ter sido concebido pensando exatamente na duraçãoo disponível para contar tal história. Temos aqui um capítulo que foca única e exclusivamente no treinamento de Sabine, empregando elipses apenas para agilizar o processo e não pular para outra subtrama. Definitivamente uma escolha certa do roteirista, que explora um ponto muito pouco trabalhado em toda a saga, que é justamente o treino para a utilização de um sabre de luz, que só chegamos a ver brevemente em Uma Nova Esperança.

Dessa forma, a narrativa estabelece um ritmo fluido para o crescimento pessoal de Sabine, que, ao mesmo tempo, deve lidar com os fantasmas de seu passado, que a assolam até esse ponto. Por outro lado, toda a frustração de Kanan no capítulo acaba soando artificial, colocada de uma oura para a outra, visto que raramente vemos o Jedi perdendo sua paciência (geralmente com Ezra que se recusa a fazer algo). Filoni, porém, insere discretamente um receio do mestre em relação a seu aprendiz, tentando uma forma diferente de ensinar Sabine, possivelmente em virtude da tentação do Lado Negro que recai sobre Bridger, algo que não chega a ser dito em palavras aqui, mas podemos sentir.

Outro aspecto digno de nota é a breve aparição de Bendu, já um personagem recorrente na temporada. Aqui entramos no território da especulação: considerando que ele é um ser com conhecimento sobre a Força, mas que não é Jedi ou Sith, é de se esperar que ele complete o treinamento de Sabine, oferecendo algo que Kanan ou Ezra não conseguem em virtude de sua doutrinação pelo código Jedi. Seria interessante envolver mais esse personagem místico em outras subtramas da temporada, mas, como dito, podemos apenas teorizar.

Direto ao ponto e completamente consciente do tempo que tem disponível, Trials of the Darksaber é mais um excelente capítulo de Star Wars Rebels, que conta, sim, com alguns problemas, mas que são eclipsados pelos seus muitos acertos. Estamos falando de um episódio importante não só para a animação, como para toda a saga de Star Wars, nos mostrando mais sobre a forma de luta dos Jedi, algo tão pouco contemplado na franquia, que já coloca os cavaleiros sabendo manusear suas armas. Vale lembrar que essa história será continuada no próximo episódio, Legacy of Mandalore, que vai ao ar no dia 18 de fevereiro.

Star Wars Rebels – 3X13: Warhead (EUA, 2016)
Showrunner:
Dave Filoni
Direção:
Steward Lee, Justin Ridge
Roteiro:
Dave Filoni
Elenco:
Taylor Gray, Vanessa Marshall, Freddie Prinze Jr., Tiya Sircar, Steve Blum, Dee Bradley Baker, David Oyelowo,  Derek Partridge, Stephen Stanton, Jim Cummings, Sam Witwer, Nathan Kress
Duração: 
22 min.

GUILHERME CORAL. . . .Refugiado de uma galáxia muito muito distante, caí neste planeta do setor 2814 por engano. Fui levado, graças à paixão por filmes ao ramo do Cinema e Audiovisual, onde atualmente me aventuro. Mas minha louca obsessão pelo entretenimento desta Terra não se limita à tela grande - literatura, séries, games são todos partes imprescindíveis do itinerário dessa longa viagem.