Crítica | The Wolf Among Us – Episódio 3: A Crooked Mile

estrelas 4,5

Atenção: Contém spoilers dos episódios anteriores

Não importa o quão certas parecem nossas decisões, nem sempre tudo ocorre como queremos. The Wolf Among Us frequentemente nos lembra disso, nos colocando em mundo fantasioso, porém tão real quanto o nosso, repleto de crimes, intriga e coisas que não são o que parecem. Nos dois episódios anteriores passamos investigando o assassinato de Faith, agora chegou a hora do quadro se abrir um pouco mais.

Após descobrirmos a verdade sobre Ichabod Crane em Smoke and Mirrors, a investigação se afunila, concentrando-se no suspeito. Snow, porém, não estava junto de Bigby e precisa ser avisada. Com isso somos levados ao funeral de Lucy, onde as difíceis decisões do capítulo começam a se apresentar. Aqui entra um dos pontos principais do roteiro do game: a dificuldade em prevermos com exatidão o que irá ocorrer. Como na vida, devemos escolher o que consideramos melhor, o que não necessariamente irá levar pelo caminho que gostaríamos.

Tais escolhas difíceis permanecem uma constante durante o episódio que adota uma estrutura já recorrente nos jogos da Telltale (como é visto em The Walking Dead). Na primeira parte do capítulo temos diálogos e mais ação, para então pularmos para um período mais focado em conversas, para que, na terceira parte, tenhamos um clímax mais dinâmico que acaba levando ao cliffhanger. É um esqueleto básico, mas que se demonstra bastante efetivo principalmente aqui em A Crooked Mile – impossível não se deixar levar pela história do game que é conduzida com maestria, inserindo pouco a pouco pontos chave da trama e mitologia de Fables.

Um ponto que chama a atenção aqui são as consequências das ações passadas. Há a constante retomada de acontecimentos dos episódios anteriores que diretamente afetam a disposição dos outros personagens em relação a Bigby. Tweedle Dee (ou o caçador, dependendo de suas escolhas), por exemplo, se torturado no episódio anterior, não será tão simpático aqui. Objetos também mostrados em Faith voltam com um papel central neste capítulo, garantindo a sensação de que a história está sendo meticulosamente conduzida, aproveitando cada uma de suas pontas soltas.

A Crooked Mile é um episódio revelador, que traz a importante tarefa de introduzir um ameaçador vilão dentro da já complicada trama de The Wolf Among Us. Ele lentamente desconstrói o que acreditávamos no episódio anterior, inserindo-nos em uma nova problemática. Passamos agora da metade da história e as peças parecem já estar dispostas no tabuleiro. É claro que ainda teremos algumas revelações pela frente, mas agora o personagem principal tem um foco definido, foco que certamente nos prende mais do que nunca, como fica claro nos minutos finais do episódio. O quadro se abriu e garantiu ainda mais nossa imersão.

The Wolf Among Us – Episódio 3: A Crooked Mile
Desenvolvedora:
 Telltale Games
Lançamento: 08 de Abril de 2014
Gênero: Aventura
Disponível para: PS3, PS Vita, PC, Xbox 360, Mac, iOS

GUILHERME CORAL. . . .Refugiado de uma galáxia muito muito distante, caí neste planeta do setor 2814 por engano. Fui levado, graças à paixão por filmes ao ramo do Cinema e Audiovisual, onde atualmente me aventuro. Mas minha louca obsessão pelo entretenimento desta Terra não se limita à tela grande - literatura, séries, games são todos partes imprescindíveis do itinerário dessa longa viagem.