Editorial | Retrospectiva: O Plano Crítico em 2016

arrival-plano-critico

              Relembre os nossos editoriais dos anos anteriores aqui.

Enfim, o fim de 2016! E que aninho do canhão, hein! Muitas perdas de artistas grandiosos, muita movimentação política aqui na Fanfarrolândia, muito filme ruim, promessas cinematográficas e televisivas não cumpridas, muito hate com o novo Caça-Fantasmas, e… ah, eu sei que os editoriais-retrospectivos devem ser palavras fofas do Editor, com uma mensagem “pra cima” e tudo o mais, só que eu não poderia começar o Editorial deste ano sem relembrar um pouquinho do gosto amargo que 2016 nos trouxe. Por outro lado, nós tivemos VOCÊS, leitores, que nos acompanharam fielmente e nos ajudaram a vencer as hordas de xinamentos, que se divertiram nas críticas de Flash e Sua Turminha da Pesada, e se espantaram com uma nova classificação de obras do site, a nota LIXO ATÔMICO.

E pensar que começamos totalmente inocentes e bonitinhos…

1-janeiro-plano-critico2016-ano-novo

1º de Janeiro

Dois grandes Especiais de diretores foram feitos este ano, sendo o primeiro a se encerrar, a nossa abordagem para a filmografia dos irmãos Joel e Ethan Coen; e o segundo, trazendo críticas para TODOS os filmes dirigidos por Woody Allen. Vocês sabem que nós temos a loucura implantada em cada projeto de crítica que fazemos, então certamente se lembram de abordagens não necessariamente sequenciais, como os especiais fixos de filmografia, mas “sazonais” (uh, eu estou caprichando nas palavras que não consegui usar em nenhuma crítica esse ano, então já aproveito para botar pra fora três que estão forçando pra sair desde janeiro: quedemos / hiperbólico / destrambelhadamente).

Os 5 maiores destaque desses “grandes esforços menores” que vocês parecem adorar, dada a recepção nas nossas redes sociais, vão para:

  • Semana Quentin Tarantino — febre de publicações em preparo para Os Oito Odiados;
  • Império da Zuera Deadpool;
  • Coisas do Superman (vulgo “QUE HOMEM, MEU DEUS!”), uma longa sequência de publicações lideradas pelo Çiççer Gan (para quem ainda não percebeu, eu gosto de zuar com o nome do Ritter), que fez questão até de ouvir audiodramas para medir a tessitura do grandalhão ( 😯 )
  • Programa Internacional de Suicídio Aleatório e Inválido, mais conhecido como “Mini Especial Esquadrão Suicida” — temos fotos exclusivas do Jilermy Korau (isso mesmo, eu mudo o nome de quem eu quiser, achou ruim? Vem pra cima então!) vestido de Arlequina, indo ver o filme. No toggle abaixo, vocês comprovarão, se tiverem coragem, o corpo peludo em vestes curtas do Jilermy Korau todo mocinho, todo faceiro, todo treloso, todo pimpão… Ele recebeu um total exato de 983 “Ê LÁ EM CASA!!!“, nesse dia.

CENAS-FORTES-CENAS-FORTES

Jilermy Korau indo ver Esquadrão Suicida

arlequina-homem-plano-critico

 

  • Quinzena Kirk Douglas ou, como utilizamos no nosso facebook, KIRK DOUGLAS: 100 ANOS DE UMA LENDA VIVA; especial dividido apenas entre as duas pessoas mais maduras desse site, o Xixxer Pan e eu, Loes-çon Thágu.
28-fevereiro-plano-critico-oscar

28 de Fevereiro

Para um ano tão movimentado de publicações, nós também tivemos o prazer de aumentar a nossa turma, tendo chegado oficialmente o seguinte quinteto:

  1. Rafael Sabido dos Mantras Cinematográficos — que  começou no começo do ano (eu sei, essa construção é péssima, mas ele começou mesmo no começo do ano! O primeiro texto dele publicado foi ao ar em 29 de janeiro!);
  2. Fernando Filhote Que Está Me Devendo Vários Um Chopp — o “garoto-terror do pancadão” que eu praticamente adotei para tentar ensinar o caminho da verdade (hehehe — hahaha — hohoho — hihihi — huhuhu) mas que parece que não está dando muito certo;
  3. Pedro Pedreiro Penseiro Esperando o Trem — um dos caras mais solícitos e do tipo “copo sempre meio cheio” do planeta Terra;
  4. Cida, a Loka Duslivru — imaginem vocês que eu e a Cida demos aula na mesma escola! Conseguem visualizar isso? E o que nos aproximou mesmo foi a literatura, um livrinho simpático do Jostein Gaarder chamado O Castelo nos Pirineus, que eu emprestei para ela, e então começamos a conversar… olha o que deu! E digo mais: em 2017 tem surpresas!!!
  5. Rafael Fanfarrolêro da Fanfarrolândia — membro “dazantiga” do Plano Crítico, que retorna à casa!

E além desses cinco oficializados em 2016, ainda temos pelo menos cinco novos redatores em fase de testes. Quem sabe em 2017 vocês não começam a ver textos mais frequentes de gente nova aqui pela nossa casinha? Mas nós somos exigentes, então todos precisam passar pelo batismo de fogo, que é fazer o TESTE DO SOFÁ À DISTÂNCIA, com o Jilermy vestido de couro, fazendo mímica do Livro de Receitas da Dona Benta para que o candidato tenha que acertar… Eh azin besbu abiguinhu.

DOIS MOMENTOS DO ANO

Centenário do Aprisionamento de “Sonho”

6-de-julho-sandman-plano-critico

6 de Junho

.

Hermione + Hermione nos bastidores de

Harry Potter e a Criança Amaldiçoada

11-julho-plano-critico

11 de Julho

Como co-criador, junto com o Fiffer Shan, da atual versão do Plano Crítico (outubro de 2013 em diante — nota: a primeira versão do site, da qual eu também sou co-criador, junto com outros parceiros, na época, data de março de 2012), e como editor do site, também junto com Kikker Qan, uma das minhas grandes felicidades é ver o engajamento dos leitores (vocês mesmos, seus lindos) nos comentários das postagens, nas nossas redes sociais, nos emails e mensagens que recebemos. E isso é tão bom e de tão grande valor para nós, que eu praticamente não tenho palavras para agradecer o total de 41.908 comentários (e contando!) que acumulamos! Vocês são demais!

E sabem de uma coisa? Querem ver como os nossos leitores são pessoas loucas e maravilhosamente e fofíneos?

__ Ah, Loes-çon Thágu, mas tem um monte de gente xingando!

__ Ô Jurema, vamoparano! Já falei do povo doido no começo! Todo o restante do Editorial agora é para agradecer o nosso verdadeiro público, o povo que até pra discordar vem na vibe de miçangueiro, vendedor de arte na praia, sóooooooooooooo trocando uma ideia mutho louca… OI? DORRRRRRGAS? Hã…, o que eu tava falando meso? É… Babei todo o teclado aqui, pai, desculpa aí.

21-julho-plano-critico

21 de Julho

Agora é o momento de falar da nossa grande extravagância do ano, uma das coisas que mais me divertiram e que foi maravilhoso ter visto aonde chegou. E olha que o início de tudo foi só uma brincadeirinha minha e uma provocação do Fiffer Lan! Com vocês, o inominável e inclassificável…

O Dia em Que o Plano Crítico se Tornou

a Sociedade dos “Poeteiros” Vivos

plano-critico-poemas-comedia

Este texto/zueeeeraça foi maior prova de que nossos leitores não são desse mundo. Por isso que eu quero aqui agradecer a todos o POELEITORES que fizeram questão de entrar no nosso jogo e comentar em verso! Muito obrigado a:

  • genio plaboy e safadão / Wagner / Tiago Lima / Caio Vinícius / Diogo Amorim/ Filipe Isaías / Kate Bishop / Kevin Rick / Cine Survivor / SuzukaDriver90 / Kid Dracula / Rodrigo Patini / Leonardo Sette Pinheiro.

Nós não imaginávamos que os comentários seriam em forma de poemas, ficamos realmente tocados pela maneira como vocês abraçaram a brincadeira e resolveram brincar também, nas nossas regras!

***

Agora vem o grande momento do troféu de PIOR PESSOA relacionada ao Plano Crítico em 2016! E claro que não podia ser outra pessoa! Ele, o esquecido! Ele, o menino mais enrolado do Cosmos! Ele, que faz valer o enigmático ditado nordestino “desculpa de menino amarelo é comer barro“:

JILERMY KORAU

O menino já esgotou todas as cartas de desculpas possíveis e teve a pachorra dos pântanos de publicar para vocês, no nosso facebook, que “estava sem luz” [ahã!] e que por isso não ia escrever uma certa crítica… Vejam o nível da preguiça do filisteu. E claro, nem eu nem Sisser Zan poderíamos deixar barato. Aí está a prova do dia em que Jilermy foi desmascarado para todo o Brasil. Solta aí na telinha, produção!

22-agosto-plano-critico

22 de Agosto

Outros cinco grandes eventos marcaram o segundo semestre do site neste ano. O primeiro deles foi o início de uma série de publicações de livros da saga Harry Potter (Cida arrebentou nas críticas!), bem como republicação dos filmes e contos, listas e tudo o que era possível para preparar o nosso público para Animais Fantásticos e Onde Habitam.

O segundo evento foi a sequência do mega Especial Star Wars [bom… nem tão mega assim… porque o Especial Doctor Who dá uma surra de havaianas de pau na fuça do Especial Star Wars, viu Kikker Han e Jilermy? — só trabalho com fatos, princesas, sorry].

O terceiro evento foi mais uma edição do Outubro do Terror, mês das bruxas, onde que publicamos, religiosamente (hehehe), uma obra de terror por dia; projeto mais uma vez encabeçado pelo Leonardo, o homem das trevas. Já os dois últimos eventos dessa saga foram as minhas e as aventuras do Jilermy em festivais de cinema. Abaixo, as fotos e os Especiais completos que comprovam a nossa jornada.

Loes-çon e Jilermy, os cara-crachá

Festival do Rio: Guilherme Coral

.

22 de Dezembro. Loes-çon em e-mail para Jilermy: a senhora tem foto do seu crachá do

Festival do Rio? Eu queria para colocar no meu Editorial.

22 de Dezembro. Jilermy em e-mail para Loes-çon: tenho, sim senhora. Te mando em 5 minutos.
,

ATÉ HOJE ESTOU ESPERANDO…

.

.

Mostra SP: Luiz Santiago

luiz-mostra-sp-plano-critico

A área que mais sofreu mudanças na constância e oferta de críticas este ano aqui no Plano Crítico foi a sessão de LITERATURA. Ainda tivemos a instituição de três novas propostas de publicação ao longo do ano:

  • Terça Brasilis (estabelecendo a terça-feira como o dia para críticas de obras do cinema nacional — confiram a nossa tag Cinema Brasileiro);
  • Mangá Day (sexta-feira, dia para publicar críticas de mangá — nossa, o Capitão Óbvio mandou beijos, viu, Loes-çon!);
  • Sábado de Sangue (o nome já deixa claro: os sábados viraram dias de filmes de terror e… bem, vocês sabem a palavra).

E vão aqui os destaques dos próprios críticos para as melhores coisas que escreveram em todo o ano de 2016, segundo o seu próprio julgamento. Estão indicados apenas autores com pelo menos 10 textos publicados no ano, de modo que alguns ficaram de fora, pois entraram a pouco tempo aqui no Asilo Arkham… A contagem de textos para cada autor abaixo é o total de todas as suas publicações no site.

Nome Crítico do Crítico

Nº de Textos

Destaque Pessoal de 2016

Loes-çon Thágu 1868  Watchmen (1986 – 1987)
Bipper Tan 1445  Cidadão Kane
Jilermy Korau 820 O Amante da Rainha
Leun Ardu 270 O Padre e a Moça (1966)
Luq Aznaçi Mentu 182 Interestelar (OST)
Ãder Çom-or Nelas 171 15 Álbuns Internacionais…
Hã Tony Oj’ Orgi 99  Namor: As Profundezas
Rá Faeunov Elu 84  Túmulo Dos Vagalumes
Phernã Docamp Oz 39  É Fada!
P. Drokun Ña 33  Star Wars: Ahsoka
Sí Dahzev Edo 13  A Cidade & A Cidade

.

.
MOMENTO DELÍCIA NA COBERTURA DA CCXP 2016

guilherme-coral-plano-critico

1º de Dezembro. Jilermy Korau, o LUMBERSEXUAL que você respeita.

NOTA: Jilermy não entende o significado do meme “que você respeita“. Podem zuar ele bastante, eu deixo. Principalmente porque ele me roubou várias vezes esse ano e merece ser punido de alguma forma. Por isso quero aproveitar esse momento de memórias [foca aqui no Luiz, Zequinha, olha, ele está emocionado!] para fazer um momento de denúncia séria, um momento que eu chamarei de…

Ajemti Cefelis Emko Moda Uzhoto

Durante vários momentos neste ano, Jilermy Korau roubou textos, muitos textos meus, coisas que eu disse publicamente que QUERIA escrever, e essa USURPADORA dos infernos foi lá e escreveu na minha frente. Por isso criamos uma novela dedicada a este filho de Baal. Este Saduceu dos Pampas. Este Amorreu das Chapadas. Este Fariseu das Falésias. Este Heteu dos Golfos. Este Jebuseu das Enseadas. Este Perizeu da Várzea. Contemplem:

guilherme-coral-a-usurpadora

E então é isso, pessoal (uh, nesse momento me veio uma coisa à mente, algo que eu assistia quado era criança: ATENÇÃO, HORA DE MATAR A FOME, TÁ NA MESA PESSOAAAAAAAAAAAAAAAAAAAL! — entendedores entenderão) chegamos ao final de mais um ano e mais um Editorial!

Muitíssimo obrigado a todos vocês por mais um ano de companhia, apoio, comentários, concordâncias, discordâncias, prestígio, xingamentos… enfim, obrigado por fazerem parte do #timePlanoCrítico e permitirem que o site continue crescendo, nos dando vontade de continuar aquilo que sabemos fazer de melhor: ZUAR [insira aqui algo que fazemos nesse espaço de gente doida]. Obrigado pela divulgação, por seguirem as nossas redes sociais, pelas dicas, elogios e críticas. Muito obrigado! E espero que continuemos juntos  em 2017.

FELIZ ANO NOVO!

LUIZ SANTIAGO. . . .Depois de recusar o ingresso em Hogwarts, fui abduzido pelo Universo Ultimate. Lá, tive ajuda do pessoal do Greendale Community College para desenvolver técnicas avançadas de um monte de coisas. No mesmo período, conheci o Dr. Manhattan e vi, no futuro, Ozymandias ser difamado com a publicação do diário de Rorschach. Hoje costumo andar disfarçado de professor, mas na verdade sou um agente de Torchwood, esperando a TARDIS chegar na minha sala de operações a qualquer momento.