Entenda Melhor | A Cronologia do Batman: Ano Dois

batman ano dois plano critico linha do tempo timeline

O Ano Dois que nos propomos classificar aqui é o da Era Moderna!

As regras e observações sobre o modelo de construção desta linha do tempo são exatamente os mesmos comentadas no texto do Ano 1, que você pode conferir aqui. O foco central da cronologia são sempre as principais histórias canônicas da Era Moderna do Batman, ou seja, o período que vai de Batman: Xamã até a história anterior ao “reboot” dos Novos 52.

.

“Ano Dois” não faz parte do Ano 2

Publicada entre junho a setembro de 1987, Batman: Ano Dois (ou Detective Comics #575 — 578) foi escrita após a febre de Ano Um, numa clara tentativa de “dar continuidade” à história de Miller e Mazzucchelli. Inicialmente desprezada do cânone, a trama foi em partes aceita como oficial em 2011, com a publicação do volume DC Retroactive: Batman – The 80’s #1. A partir de então, ficou claro que este Ano Dois de Mike W. Barr só poderia se encaixar e em partes no ANO 5 do Batman da Era Moderna e só a sua primeira parte funciona dentro do cânone, o restante continua sendo uma linha alternativa [NOTA: eu particularmente desprezo esse tipo de história, porque não acho lícito pegar migalhas dentro de uma trama e esquecer a maioria. Só estou destacando o ponto porque depois do citado DC Retroactive, muita gente passou a considerar o tal “pedacinho canônico” desse Ano Dois do Barr]. Os elementos que podem ser considerados oficiais nessa polêmica história são: a construção da futura Wayne Enterprises Tower; o namoro de Bruce com Rachel Caspian, que se tornaria freira no futuro; a luta do Batman com o vilão da Era de Ouro, Ceifador e o juramento do Morcego em não mais usar armas de fogo em combate. A partir daí, as coisas entram para uma linha do tempo paralela.

.

BATMAN: ANO DOIS

1990

.

  • NOTA 1: O real início desse Ano Dois começa ainda na introdução de Batman: Irresistible, que se passa durante o mês de janeiro. A ação do Batman aqui é bem rápida, salvando uma velhinha dos bandidos. A trama irá se estender com o desenvolvimento da história de Frank Sharp, cuja linha enfim se cruzará com a do Morcego daí a cinco meses, ou seja, em junho deste Ano 2.
    .

#1. Jornada do Cavaleiro das Trevas

Batman: Journey Into Knight (2005 – 2006)

A ação se divide em dois blocos. As primeiras 6 edições se passam entre fevereiro e início de março (o aniversário de Bruce é a dica básica) e as 6 últimas entre junho e setembro. Há uma particularidade em relação à segunda datação abordada nos detalhes adiante. Aqui, Batman tenta impedir o contágio de Gotham pelo The Carrier. Bruce Wayne é acusado de assassinato e se torna fugitivo. Ele eventualmente acaba em Arkham e é “tratado” pelo Coringa (também interno do Asilo). Chega a nova namoradinha de Bruce, Summer Skye Simmonds. Mais detalhes aqui.

Batman, Jornada do Cavaleiro

.

#2. Você Entende os Seus Direitos? (Epílogo)

Batman Confidential #22 a 25 (2008 – 2009)

O epílogo dessa aventura acontece aqui no Ano Dois, no final do mês de março. Batman captura o Charada, seguindo os eventos da parte final de Detective Comics Annual #8. Mais detalhes aqui.

Do you

.

#3. Déjà Vu (Solo #5)

(2005)

Esta pequena aventura é uma nova representação (canônica, porém) do conto The Stalker, de Steve Englehart, originalmente publicado na Detective Comics #439. Batman vê os pais de uma criança serem assassinados e relembra a sua própria trágica história, perseguindo com afinco os assassinos. Mais detalhes aqui.

batmansolo4dejavu-pc

.

#4. Batman & Mulher Gato: Rastro de Pólvora

Batman/Catwoman: Trail of the Gun (2004)

Introdução bastante competente das caraterísticas, modus operandi e elementos de moral e ética de Selina Kyle, que aqui está à caça (bem… todos os bandidos de Gotham estão) de uma “arma definitiva”. Acusada de ter cometido uma chacina, a Mulher-Gato passará uma parte do tempo buscando se defender e o encontro com Bruce então acontece. Eles levam uma conversa séria sobre armas e Selina aponta umas boas verdades sobre o Batman. Mais detalhes aqui.  rastro de pólvora batman mulher gato

.

#5. Gótico

Legends of the Dark Knight #6 – 10 (1990)

Mr. Whisper/Sussurro (Manfred Winchester) é o vilão dessa história. Uma surpresa interessante aqui é a relação que o Sr. Sussurro tem com Bruce. Embora não fique claro, a aparência de resolução do caso aqui é de quase um mês, contanto com a viagem de Bruce até a Áustria para obter dados sobre a origem de Mr. Whisper. Mais detalhes aqui.

plano critico batman gothic gotico batman

.

#6. Perseguição

Legends of the Dark Knight #107 – 108 (1998)

Batman encontra uma vilã que age à noite, apenas no Distrito sob responsabilidade de Gordon. Inicialmente tem dificuldade de entender o padrão, porque a motociclista vingativa age de maneira muito parecida com a dele. A trama se passa no início do verão e termina de maneira trágica para a vilã, lembrando um tempo de Gordon (provavelmente em Chicago) como policial. Baby James Jr. aparece nessa história. Mais detalhes aqui.

PLANO CRITICO LENDAS DO CAVALEIRO DAS TREVAS STALKING PERSEGUIÇÃO BATMAN

 

#7. Irresistible

Legends of the Dark Knight #169 – 171 (2003)

Lembram-se da minha observação da NOTA 1? Pois aqui estamos. Esta parte da aventura se passa no mês de junho, por ocasião da manipulação de Frank Sharp estar dominando o prefeito de Gotham. Alguns encontros, em diferentes ocasiões de intimidação e real enfrentamento acontecem entre Batman e Sharp ao longo de pelo menos três semanas. No fim, Frank acaba sendo internado no Arkham. Mais detalhes aqui.

batmanirresistible-pc

 

#8. Estufa

Legends of the Dark Knight #42 – 43 (1993)

Hera Venenosa se encontra pela segunda vez com Batman nesta história, e tomamos isso a partir de uma fala de Gordon. Hera saiu do sanatório e agora trabalha na Universidade de Gotham. Aqui, ao longo de uma semana, é estruturada a personalidade de Pamela Isley e Batman segue com sua investigação até Seattle. Arqueiro Verde e Dr. Jason Woodrue (Homem-Florônico) são mencionados, embora o Morcego ainda os fosse conhecer. Fim do relacionamento de Bruce com Summer Skye Simmonds.

plano critico batman estufa hot house

.

#9. Testamento

Legends of the Dark Knight #172 – 176 (2003 – 2004)

História tensa, com o surgimento da violenta gangue Rough Justice, que acaba invadindo a Mansão Wayne e descobrindo mais do que deveria, embora, no final dessa história, não tenha nada com que Bruce se preocupar… Algumas colocações podem levar a interpretações de que estas ações se passam alguns meses antes, próximo à história Jornada do Cavaleiro das Trevas, mas dada a ação de Gordon + a relação de Bruce com sua Companhia, não consigo ver essa história acontecendo no início desse Ano Dois.

plano critico testamento batman

.

#10. Segredos da Batcaverna: A Ilha Dinossauro

The Batman Chronicles #8 (1997)

A trama já é conhecida de todos. Aqui, porém, temos a história de como o T-Rex foi parar como um troféu, na batcaverna, após a luta do Batman contra Stephan Chase, em seu parque temático. Diferente de Testamento, a colocação dessa história pode sim estar um pouco mais cedo nessa linha do tempo, mas como não temos o detalhe do dino na batcaverna antes disso, e como o teremos frequentemente depois dessa trama, acho lógico que ela esteja aqui.

Segredos da Batcaverna A Ilha Dinossauro plano critico

.

#11. Bom Policial… Mau Policial

Batman Confidential #29 – 30 (2009)

Esta história é uma continuação do arco Você Entende os Seus Direitos?. Nela, temos a saga de um policial que tem a vida arruinada pelo Coringa. Aqui temos, para todos os efeitos, a primeira aparição de Barbara Gordon nesta Era (ainda não adotada por Jim). Também aparecem aqui, pela primeira vez, Renee Montoya e Ventríloquo, com seu boneco Scarface. Mais detalhes aqui.

Bom Policial… Mau Policial Batman Confidential #29 – 30 plano critico

.

#12. Asas de Couro

Legends of the Dark Knight Annual #5 (1995)

Início de outubro. Dr. Kirk Langstrom e sua namorada Francine Lee trabalham em um projeto genoma envolvendo morcegos. Esta origem do Morcego Humano, como se vê, é diferente da saga narrada em Origem Secreta #39 — esta história substitui aquela. Batman passa maus bocados nas mãos da gangue The Ridgerunners (The Blackout Gang, na outra origem).

asas wings batman plano critico

.

#13. Asas

Batman: Legends of the Dark Knight #24 – 26 (1991 – 1992)

Essa história — que se desenvolve ao longo de 1 ano de 6 meses — torna não-canônica a trama de Legends of the Dark Knight #71 – 73, na luta de Batman contra o “lobisomem”. Esta é uma das lutas mais difíceis do Batman neste Ano Dois, e tem relação com algo que aconteceu na icônica Ano Um.

plano critico Legends of the Dark Knight #24 - 26 batman plano critico

.

#14. Playground

Batman: Legends of the Dark Knight #114 (1999)

Outra história longa, também iniciada em outubro, Playground acompanha de perto o desenvolvimento de Flyer, ao longo de 1 ano e 6 meses, envolvendo uma viagem de Batman a Chicago e algumas difíceis lutas contra o vilão Rhodes.

plano critico Batman Legends of the Dark Knight #114 plano critico

.

#15. Terror

Batman: Legends of the Dark Knight #137 – 141 (2001)

Final de outubro. O roteiro indica que não se passou muito tempo desde Acossado. Nesse caso, para evitar impasses de classificação (a não ser que o leitor queira modelar sua própria versão de linha do tempo do Batman, obviamente), deve-se desconsiderar a citação de Duas-Caras. Isto posto, temos uma relação ainda difícil entre Batman e Mulher-Gato, o que impede que essa história seja muito mais à frente, quando essa relação melhoraria e viraria cumplicidade. Um morcego é pintado por Gordon no batsinal. Bruce melhora o sistema de alarme de sua mansão.

terror plano critico Batman Legends of the Dark Knight #137 - 141 plano critico

.

#16. Temores (Dia das Bruxas)

Como é de se esperar, essa história se passa no final de semana do Dia das Bruxas. Inicialmente chamada de Escolhas (Choices), esta trama segue com os horrores do Espantalho por Gotham. Único ponto possivelmente questionável aqui é Batman não se lembrar da esposa de Gordon, quando ele a chama pelo nome. Esse lapso no Morcego, no entanto, pode ser explicado através de mais ou menos 999 trilhões de maneiras diferentes, inclusive dentro da própria narrativa, logo, não é uma inconstância. Mais detalhes aqui.

.

#17. Infectado

Batman: Legends of the Dark Knight #83 – 84 (1996)

Mais um tipo de experiência militar para gerar grandes soldados que não dá certo. Um dos soldados “infectados” se suicida, mas outro sai espalhando o terror por Gotham, até ser colocado no rastro do Batman.

plano critico batman infectado

.

#18. Coma

Batman: Legends of the Dark Knight #76 – 78 (1995)

Após um acidente de carro Bruce entra em coma, ficando por duas semanas nesse estado. Nessa “dimensão” desacordada, ele batalha contra um Soul Eater, tendo também visões de como seria a sua vida se ele não fosse um super-herói.

batman plano critico The Sleeping

.

#19. TAO

Batman: Legends of the Dark Knight #52 – 53 (1993)

Batman investiga um poderoso gangster que controla as atividades de Chinatown em Gotham City e mora em um pagode protegido por magia. Paralelamente, um assassino chamado Dragão é contratado para destruir a barreira mística e derrubar o império de Khan. O Dragão e o Homem-Morcego se conheceram há muito tempo, no Oriente, quando o jovem Bruce se aperfeiçoava para combater o crime.

batman tao plano critico

.

#20. Terminus Hotel

Batman: Legends of the Dark Knight #64 (1994)

Uma noite inteira em um inferno metafórico, no Terminus Hotel, um lugar onde assassinos passam seus últimos dias entes de entrarem definitivamente no Inferno. Um estudo de personagem (especialmente do Batman) e da mente de uma porção de assassinos. Uma histórias verdadeiramente psicológica.

Terminus batman plano critico

.

#21. Gangues

Batman: Legends of the Dark Knight #44 – 45 (1993)

Dois policiais matam um inocente a sangue frio. Eles são filmados por Merkling, que ameaça a candidatura do chefe de policia Yeats, dizendo que vai levar as imagens aos jornais e à televisão. Vários policiais encapuzados resolvem matar todas as pessoas que podem comprometer a candidatura do chefe de policia, e o único que pode detê-los é o Batman.

gangues plano criticio batman

.

#22. Lâminas

Batman: Legends of the Dark Knight #32 – 34 (1992)

Dezembro. Um misterioso serial killer surge em Gotham. Conhecido apenas como “Sr. Lime”, ele mata pessoas com idade acima de 60 anos. Obcecado por esse caso, Batman concentra todas suas energias para encontrar o assassino, esquecendo-se de Gotham temporariamente e cedendo espaço para o surgimento de um novo herói, que cai nas graças do povo, o Cavaleiro, um espadachim semelhante ao ídolo do homem-morcego, Zorro.
.
laminas plano critico batman

.

#23. Brinquedo Favorito

Batman: Legends of the Dark Knight #79 (1996)

Natal. Batman sai à caça de um bando de ladrões, mas não por causa de um roubo comum e sim pela subtração de um objeto muito especial para o Cavaleiro das Trevas.

brinquedo favorito plano critico batman

.

#24. Blink

Batman: Legends of the Dark Knight #156 – 158 (2002)

Lee Hyland conhece e se torna amigo de Batman. Sendo um meta-humano vigarista (apesar de cego), o homem traz algumas particularidades em relação ao modo como “enxerga” o mundo. A história se desenvolverá para caminhos densos, elencando snuff films e um tipo incomum e final de justiça.

Blink bamtna plano critico

.

#25. Pulp Heroes

Batman: Legends of the Dark Knight Annual #7 (1997)

Grande homenagem à Era de Ouro dos quadrinhos, essa HQ coloca o Batman investigando um assassinato no campo, caminho que o levará a ouvir coisas sobre a Segunda Guerra Mundial e sobre o herói pulp Steve Savage.

plano critico batman pulp heroes

LUIZ SANTIAGO. . . .Depois de recusar o ingresso em Hogwarts, fui abduzido pelo Universo Ultimate. Lá, tive ajuda do pessoal do Greendale Community College para desenvolver técnicas avançadas de um monte de coisas. No mesmo período, conheci o Dr. Manhattan e vi, no futuro, Ozymandias ser difamado com a publicação do diário de Rorschach. Hoje costumo andar disfarçado de professor, mas na verdade sou um agente de Torchwood, esperando a TARDIS chegar na minha sala de operações a qualquer momento.