Entenda Melhor | Capitão América 2: Tudo Que Você Precisa Saber (sem spoilers)

O Universo Cinematográfico Marvel pode confundir os não-iniciados pela quantidade de personagens e de informações cruzadas que o estúdio joga em seus filmes. O objetivo desse pequeno e ricamente ilustrado Entenda Melhor é situar o leitor nesse universo, fazer a ligação com os quadrinhos e tornar a experiência mais palatável e, em alguns casos, mais aprofundada (ou mais confusa, não sei…).

Mas não se preocupem, pois NÃO HÁ SPOILERS, a não ser que seja escolha do leitor lê-los.

Divirtam-se!

1. O Capitão América e seu novo uniforme

Todo mundo conhece o Capitão assim, bem espalhafatoso:

mosaico cap

E, por isso, ele ganhou o apelido de “Bandeiroso” por essas bandas. Mas pouca gente, por outro lado, conhece o Capitão com esse uniforme aqui:

mosaico cap am super soldier final

Não é uma invenção do filme, como vocês podem ver. Durante uma época (bem recente, mas bem antes do segundo filme), um determinado personagem que permanecerá sem nome para evitar qualquer tipo de spoiler, tornou-se o novo Capitão América quando o Capitão original morreu. Como morte em quadrinhos é algo muito relativo e nada sério, quando Steve Rogers (o Capitão original) ressuscitou, ele decidiu que não mais seria o Capitão e passou a agir de forma mais secreta, apenas com o nome Super-Soldado. Isso não durou muito tempo, mas o fato é que o uniforme todo azul é bem mais discreto e interessante do que o clássico e, claro, bem menos patriótico, tornando o herói mais “internacional” e menos “americano”, apesar do nome… No filme, o Capitão usa também esse uniforme novo, demonstrando, de uma vez por todas, que o Universo Cinematográfico Marvel está cada vez mais próximo do Universo Editorial Marvel, ou vice-versa.

2. Falcão

O Falcão, nos quadrinhos, é um dos parceiros mais constantes do Capitão América e suas aventuras. Criado em 1969 por Stan Lee e Gene Colan, o Falcão (Sam Wilson é sua identidade secreta) foi o primeiro herói afro-americano mainstream (eu sei que o Pantera Negra veio antes, em 1966, mas T’Challa é africano, não afro-americano!) e o primeiro e ainda um dos poucos que não tem, no nome, alguma expressão que se relacione com a cor de sua pele. No começo, o Falcão não voava e tinha uma roupa verde. Seu poder, graças ao Cubo Cósmico (não vou nem entrar em detalhes para não complicar) era se comunicar com Asa Vermelha seu, bem, falcão de estimação. Depois, ele ganhou um uniforme com asas e passou a voar, além de ter seu poder de comunicação com Asa Vermelha expandido para todas as aves do mundo.

A primeira versão abaixo do herói era no estilo de sua época: nas cores vermelha e branca e com o torso nu. Depois, veio a versão Ultimate – a do meio – mais galgada na “realidade” e sem o falcão de estimação. Era apenas um soldado com asas. E, claro, como vocês devem ter reparado na foto mais à direita, é na versão Ultimate que o design do Falcão do filme, vivido por Anthony Mackie, foi inspirado.

mosaico falcon

3. Batroc, o Saltador

O nome é ridíciulo, o uniforme também e o bigodinho pior ainda, mas Batroc, o Saltador, é um dos mais tradicionais inimigos do Capitão América, criado em 1966. Seu poder? Bem, nenhum na verdade. Ele é um mercenário francês especialista no estilo de luta conhecido como savate. Basicamente ele salta e chuta o Capitão o tempo todo e Steve Rogers normalmente o derrota com um peteleco. No filme, o canadense George St-Pierre, lutador de MMA, viverá o vilão, mas, como vocês podem ver na foto, nada do bigodinho… Que pena!

mosaico batroc

4. Soldado Invernal

É aqui que o potencial de spoilers é grande, MAS todo mundo pode ler tudo que vem ANTES da imagem, pois não haverá spoilers. Depois da imagem, só leiam quem já conhece quem o Soldado Invernal é. Para quem não sabe nada e quer continuar mais ou menos assim, basta entender que o Soldado Invernal foi criado por Ed Brubaker em sua aclamada série com o Capitão América a partir de 2005. Ele é um espião e assassino com um braço biônico treinado pelos russos e vem do passado do Capitão América. Provavelmente, sua origem não será igual a dos quadrinhos, mas em espírito, ao menos, a ideia será essa. Reparem só como sua versão cinematográfica é igualzinha a dos quadrinhos!

mosaico winter soldier

Ok, galera, AGORA TEM SPOILERS. Não leiam nada se não quiserem ter surpresas estragadas e pulem direto para o perfil do Nick Fury.

Eu avisei.

Bom, a Marvel infelizmente, em suas campanhas publicitárias do filme, não fez a menor questão de manter o segredo sobre quem o Soldado Invernal é. Além disso, basta olhar para perceber que, no elenco, há o ator Sebastian Stan como o Soldado Invernal. Ora, o cinéfilo atento notará que Stan viveu Bucky Barnes, o melhor amigo do Capitão que morreu no primeiro filme. Fazendo as contas, fica claro que o Soldado Invernal é Bucky. E a história, nos quadrinhos é mais ou menos assim: depois que Bucky morre, seu corpo é capturado por soldados soviéticos que substituem o braço que ele havia perdido por um biônico e passam a treiná-lo como espião para infiltrações complexas e assassinatos. Bucky não se lembra quem ele é e o condicionamento soviético o faz ser uma máquina de matar ao longo de décadas, durante a época em que o Capitão permaneceu congelado. Para manter o Soldado Invernal sempre jovem, os soviéticos o mantinham no gelo também, só descongelando-o para as missões.

Acabaram-se os spoilers.

5. Nick Fury

A imagem abaixo é propositalmente confusa. Mas é que resolvi fazer com que as cabeças de nossos leitores explodam! Não, não. Brincadeira. Parece confuso, mas não é (pelo menos não tanto assim)…

Bom, o primeiro Nick Fury da esquerda para a direita é o original, o primeiro a ser criado na Marvel lá atrás em 1963. Ele era um soldado do Comando Selvagem (o mesmo que aparece no primeiro filme do Capitão América) durante Segunda Guerra Mundial e, depois, tornou-se diretor da S.H.I.E.L.D., o equivalente marveliano da CIA, só que para super-heróis. Ele não envelhece na mesma velocidade de um ser humano normal, pois tomou a “fórmula Infinito”, que atrasa seu envelhecimento (leia-se: desculpa esfarrapada da Marvel para continuar usando o personagem). Fora isso, ele não tem poder nenhum, a não olhar para você com cara de mau.

A terceira imagem no mosaico abaixo – reparem que pulei a segunda – é a do Nick Fury do Universo Ultimate da Marvel, que é o universo que a editora criou para começar do zero sua cronologia há quase 15 anos (mas mantendo a cronologia normal em separado, chamada de Universo 616). Reparem que o Nick Fury de lá não só é negro como, também, é a cara do Samuel L. Jackson. Para quem acha que a Marvel simplesmente colocou a cara de Jackson em seu personagem por causa de seu aparecimento no primeiro Homem de Ferro, pense novamente. Eu disse que o Universo Ultimate tem quase 15 anos, ou seja, antecede o Universo Cinematográfico Marvel. Assim, o que a Marvel fez foi trazer rostos familiares para alguns personagens Ultimate, com especial destaque para Jackson como Fury (mas tem até o Justin Timberlake!).

Quando os projetos cinematográficos da Marvel começaram a aparecer, o estúdio fez uma escolha consciente de usar a versão Ultimate de Fury, provavelmente para se aproveitar da fama de Samuel L. Jackson, e o resultado foi perfeito, como fica claro na quarta imagem. Finalmente, para vocês entenderem exatamente o grau da fama do Fury de Jackson, no Universo 616 da Marvel (o normal), onde Nick Fury continua sendo branco, a Marvel inventou que o Fury original teve um filho negro que, por acaso, também perdeu um olho e que, por acaso, também se tornou um agente da S.H.I.E.L.D. e que, por acaso, também se chama Nick Fury, apenas acrescentado de um Jr. Vocês podem ver a imagem dele – também os cornos do Jackson – na quinta imagem abaixo, vestindo o uniforme de Super Soldado do Capitão América. Mas não é ele que aparece em Capitão América 2 e sim o Nick Fury normal do Universo Ultimate, vivido por Samuel L. Jackson? Confuso?

Então, só para terminar, vamos rebobinar! Vejam, agora, a segunda imagem. É David Hasselhoff, o primeiro ator a viver Nick Fury em filme, em 1998. Trata-se do telefilme Nick Fury: Agente da S.H.IE.L.D. que nem é tão ruim assim e The Hoff faz o papel de forma muito próxima ao que imaginamos do Fury original dos quadrinhos.

mosaico nick fury

6. Maria Hill

Maria Hill, nos quadrinhos, é a atual diretora da S.H.I.E.L.D., depois do sumiço do Nick Fury original (convenientemente defenestrado para dar lugar ao Jr, que mencionei acima). Ela foi criada em 2005 e tem uma personalidade durona, algo necessário para lidar de igual para igual com todos os super-heróis da Marvel, apesar de não ter poder algum (nem mesmo a “fórmula Infinito”). No cinema, ela apareceu pela primeira em uma ponta em Os Vingadores e aparecerá novamente em Capitão América 2, além de Os Vingadores 2, em 2015.

mosaico maria hill

7. Viúva Negra

Ah, a Viúva Negra. Natasha Romanoff. Scarlett Johansson…

Mas eu divago. A personagem, criada em 1964, já participou de uma enorme quantidade de super-grupos Marvel, incluindo Os Defensores e Os Vingadores, além de ter tido participações importantes na vida do Demolidor, Gavião Arqueiro e outros heróis. É uma espiã soviética inicialmente, que acaba se livrando do controle dos vilões e se bandeia para o lado dos mocinhos. No entanto, reparem que Romanoff é apenas uma de várias “Viúvas Negras”, todas espiãs do bloco comunista. Suas primeiras aparições foram sem o famoso uniforme preto, que só ganhou quando passou a fazer parte dos Vingadores. Apesar de ter nascido em 1928, a heroína não envelhece normalmente (aliás, não envelhece nada!) por ter passado por “melhorias” biotecnológicas. Isso foi feito em um retcon (que modifica o passado dos quadrinhos) mais para frente em sua carreira editorial. Depois, ela sofreu outro retcon e foi pareada profissional e amorosamente com o Soldado Invernal. Se quiserem mais detalhes sobre a Víuva, leiam nosso Entenda Melhor sobre ela.

No cinema, ela é encarnada por Scarlett Johansson e não há referência explícita ao seu passado soviético ainda que ela mantenha seu nome de origem. Ela é uma espiã da S.H.I.E.L.D. sob o comando de Nick Fury e surgiu pela primeira vez em Homem de Ferro 2 (o que é perfeito, considerando-se que a primeira aparição dela nos quadrinhos foi como antagonista do Homem de Ferro), depois em Os Vingadores e, agora, em Capitão América 2 como uma das principais personagens, provavelmente em razão do Soldado Invernal.

mosaico black widow

8. Arnim Zola

Confiem em mim. Não errei na imagem dos quadrinhos que coloquei abaixo. Esse é o Arnim Zola, inimigo do Capitão América, criado em 1977 por Jack Kirby: um nazista que transporta sua consciência para um robô que tem, no peitoral, a imagem do vilão quando ele era humano. Zola já criou muitos problemas para o Capitão América, inclusive muito recentemente no longo e excelente arco Perdido na Dimensão Z, ainda em publicação no Brasil.

No cinema, Zola já apareceu no primeiro Capitão América, como o cientista – completamente humano – que é basicamente o capanga do Caveira Vermelha. Nas telonas, ele foi e será novamente vivido pelo ator Toby Jones. Mas será que ele se transformará no monstro ou serão aparições em flashback? Ou é alguma outra coisa? Isso vocês só saberão vendo o filme, pois não contarei nada aqui!

mosaico arnim zola

9. Peggy Carter

O primeiro amor da vida de Steve Rogers, Margaret “Peggy” Carter apareceu pela primeira vez em 1966 como uma personagem sem nome e interesse romântico do Capitão durante a Segunda Guerra. Ela se juntara à Resistência Francesa ainda adolescente e se torna um soldado que luta ao lado do Capitão por várias vezes. Depois que o Capitão volta à vida, nos dias atuais, Peggy ainda está viva, mas já bem idosa e o Capitão passa a namorar Sharon Carter, que primeiro foi retratada como a irmã mais nova de Peggy e, depois, com o passar dos anos, ela foi “transformada” em sobrinha dela (nos quadrinhos vale tudo!).

No cinema, sua primeira aparição foi em Capitão América: O Primeiro Vingador, e substancialmente da mesma forma que nos quadrinhos. Peggy, vivida por Hayley Atwell, aparecerá novamente na continuação, mas não será aqui que o leitor descobrirá exatamente como.

mosaico peggy carter

10. Alexander Pierce

De todos os personagens da mitologia Marvel usados em Capitão América 2, Alexander Pierce é o que mais sofreu alterações.

Nos quadrinhos, ele é um fiel agente da S.H.I.E.L.D. que aparece como coadjuvante em diversas histórias com Nick Fury (o primeiro deles). Apesar de ser um personagem constante, nunca foi de grande destaque ou utilidade.

Em Capitão América 2, Pierce é vivido por Robert Redford, em uma daquelas surpreendentes escalações que a Marvel costuma fazer, e ele não é simplesmente um agente da S.H.I.E.L.D., mas sim um dos grandes chefões, estando acima ainda de Nick Fury (Jackson). Sua função no filme vai além disso, mas, novamente, nada revelaremos aqui!

mosaico alexander pierce

Gostaram? Faltou alguma coisa? Sentem-se preparados para Capitão América 2: O Soldado Invernal? Façam seus comentários aqui embaixo que responderei!

RITTER FAN. . . . Aprendi a fazer cara feia com Marion Cobretti, a dar cano nas pessoas com John Matrix e me apaixonei por Stephanie Zinone, ainda que Emmeline Lestrange e Lisa tenham sido fortes concorrentes. Comecei a lutar inspirado em Daniel-San e a pilotar aviões de cabeça para baixo com Maverick. Vim pelado do futuro para matar Sarah Connor, alimento Gizmo religiosamente antes da meia-noite e volta e meia tenho que ir ao Bairro Proibido para livrá-lo de demônios. Sou ex-tira, ex-blade-runner, ex-assassino, mas, às vezes, volto às minhas antigas atividades, mando um "yippe ki-yay m@th&rf%ck&r" e pego a Ferrari do pai do Cameron ou o V8 Interceptor do louco do Max para dar uma volta por Ridgemont High com Jessica Rabbit.