Entenda Melhor | Cronologia e Publicações do Homem-Aranha

plano critico homem-aranha quadrinhos indice lista

O propósito deste Entenda Melhor é viajar com vocês pelas linhas editoriais de um dos mais queridos personagens da Marvel Comics (sim, antes de alguns outros só se tornarem realmente queridinhos com os filmes…), desde a sua criação, até a publicação mais recente. Antes, porém, vale alertar que este não é um apanhado de todas as aparições do Cabeça de Teia nos quadrinhos, em revistas de terceiros. Trata-se de um Entenda Melhor com os títulos solo do aracnídeo nos mais diferentes Universos, cabendo todos os que vestiram o manto. Os destaques maiores em cada realidade vão para as séries regulares, com a exposição dos arcos. Só no caso de Peter Parker que as séries secundárias também receberam este tratamento.

Em seguida, estão classificadas, em ordem cronológica, as séries especiais, as minisséries, as realidades alternativas, team-ups e os one-shots. As publicações para as quais temos análises aqui no Plano Crítico também estão devidamente marcadas com os links, basta clicar e vir discutir conosco!

Agora é com vocês: qual desses é o seu título favorito? Qual dos arcos você leu ou gostaria de ler? Qual é a sua fase, artista ou autores favoritos? Deixe seu comentário no final deste Entenda Melhor!

.

Séries Principais

.

Amazing Spider-Man Vol.1 — (1ª Fase)

Março de 1963 até Outubro de 1998

plano critico amazing spider-man homem aranha

NOTAS

  • Depois da edição #406 (outubro de 1995), o título se tornou Scarlet Spider-Man por apenas 2 edições, publicadas entre novembro e dezembro de 1995. Em janeiro de 1996, o título Amazing Spider-Man voltou normalmente, em continuidade (sem cumulativo), na edição #407.
    .
  • A edição #441 (novembro de 1998), foi a última da FASE UM deste volume. Depois dela, a continuidade seguiu em um novo título, Amazing Spider-Man Vol.2 (janeiro de 1999), com edição inaugural escrita por Howard Mackie, desenhada por John Byrne e finalizada por Scott Hanna.

ARCOS

[…]

.

Peter Parker, The Spectacular Spider-Man Vol.1

Dezembro de 1976 até Dezembro de 1987

Peter Parker, The Spectacular Spider-Man plano critico

NOTAS

  • Depois da edição #133 (dezembro de 1987), a revista mudou de título para The Spectacular Spider-Man, mas manteve a numeração das edições, com o cumulativo deste volume, o que quer dizer que a primeira edição de The Spectacular Spider-Man já foi com o número #134.

ARCOS

.

Web of Spider-Man Vol.1

Abril de 1985 até Outubro de 1995 (com adições posteriores, em 2012)

Web of Spider-Man plano critico

NOTAS

  • O título foi encerrado na edição #129 (outubro de 1995), mas recebeu uma continuidade de mais duas revistas, em 2012, com edições intituladas Web of Spider-Man #129.1 e .2 (Brooklyn Avengers: Part 1 and 2).

ARCOS

.

The Spectacular Spider-Man Vol.1

Janeiro de 1988 até Novembro de 1998

The Spectacular Spider-Man plano critico

NOTAS

  • Este volume contou com uma edição flashback, The Spectacular Spider-Man #-1 (julho de 1997), intitulada That Thompson Boy!, que, em tese, se passa antes da revista de estreia do volume.

ARCOS

.

Spider-Man

Agosto de 1990 até Novembro de 1998

Spider-Man plano critico Vol.1

NOTAS

  • Este volume possuiu uma edição flashbackSpider-Man #-1 (julho de 1997), intitulada Proto-Goblin, que em tese se passa antes da revista de estreia do volume.

ARCOS

  • Edições #1 a 5: Tormento
  • Edições #6 a 12: Percepções

.

Sensational Spider-Man Vol.1

Janeiro de 1996 até Novembro de 1998 (com adições posteriores, em 2012)

Sensational Spider-Man plano-critico Vol.1

NOTAS

  • O título foi encerrado na edição #33 (novembro de 1998), mas recebeu uma continuidade de mais duas revistas, em 2012, com edições intituladas Sensational Spider-Man #33.1 e .2 (Monsters!: Part 1 and 2).

.

Amazing Spider-Man Vol.2

Janeiro de 1999 até Novembro de 2003

Amazing Spider-Man Vol 2 plano critico

NOTAS

  • Este volume foi até a edição #58 (novembro de 2003), quando encerrou sua história e, a continuidade dela, voltou para o Volume 1 do Homem-Aranha, já com o cumulativo das edições aqui publicadas, ou seja, Amazing Spider-Man #500 (dezembro de 2003).

ARCOS

.

Peter Parker: Spider-Man

Janeiro de 1999 até Agosto de 2003

Peter Parker Spider-Man Vol 2 plano critico

NOTAS

  • Esta revista foi uma continuação da Spider-Man, de 1990, por isso mesmo é possível encontrá-la citada algumas vezes como Peter Parker: Spider-Man Vol.2.

.

The Spectacular Spider-Man Vol.2

Setembro de 2003 até Junho de 2005

The Spectacular Spider-Man Vol 2 plano critico

NOTAS

  • Este volume foi a continuação da série de 1976, mas não seguiu a numeração cumulativa. Ela foi renumerada para #1, o que a caracteriza, de fato, como um novo volume, não uma sequência.

ARCOS

.

Amazing Spider-Man Vol.1 — (2ª Fase)

Dezembro de 2003 até Fevereiro de 2013

plano critico homem aranha volume 2 segunad fase

NOTAS

  • A publicação deste volume se encerrou com a chegada da edição #700 às bancas, em fevereiro de 2013.
    .
  • O título teve um Especial chamado Spider-Man #-1 (julho de 1997), que, em tese, se passa antes da revista de estreia do volume.
    .
  • O Especial Amazing Spider-Man #700.1 até 700.5 (com todas as revistas publicadas em fevereiro de 2014), são a sequência de leitura para o encerramento do bloco após a revista de número #700.

ARCOS

.

 Friendly Neighborhood Spider-Man

Dezembro de 2005 até Novembro de 2007

homem-aranha peter Friendly Neighborhood Spider-Man plano critico

NOTAS

  • Esta série teve o título derivado de uma frase que marca alguns momentos do Homem-Aranha: “é só mais um serviço prestado pelo amigão da vizinhança“, que curiosamente carrega uma baita irona, já que na maioria de sua carreira, o Cabeça de Teia foi considerado uma ameaça, um criminoso (JJJ teve um papel importante nisso) ou qualquer coisa do tipo, menos um “amigão”.

.

Sensational Spider-Man Vol.2

Abril de 2006 até Dezembro de 2007

Sensational Spider-Man Vol 2 plano critico

NOTAS

  • Este volume foi a continuação do título Marvel Knights: Spider-Man, que após a edição #22 (março de 2006) foi renomeado para Sensational Spider-Man, que manteve a cumulação numérica, ou seja, a revista de estreia deste volume é a de número #23.

.

Web of Spider-Man Vol.2

Dezembro de 2009 até Novembro de 2010

Web of Spider-Man Vol 2 plano critico

NOTAS

  • Este título procurou apresentar um novo ponto de vista para as aventuras do teioso, destacando-se aí o roteiro mais cômico de J.M. DeMatteis.

.

Superior Spider-Man

Março de 2013 até Novembro de 2014

Superior Spider-Man plano critico

NOTAS

  • Esta série trouxe um novo Otto Octavius, que assumiu o corpo de Peter Parker, fazendo Peter morrer no corpo de Octavius. Ele conservou as memórias de Parker e esteve determinado a ser um melhor Homem-Aranha, além de um homem melhor do que Otto Octavius. O título substituiu a longa série The Amazing Spider-Man, após a conclusão da história Último Desejo.

ARCOS

.

Amazing Spider-Man Vol.3

Junho de 2014 até Outubro de 2015

Amazing Spider-Man Vol 3 plamo critico

NOTAS

  • Este foi um título tagueado como All-New Marvel Now.
    .
  • Foi a continuação da série Superior Spider-Man (2013). Peter Parker retornou aqui como o Homem-Aranha. A série durou for 18 edições regulares, com alguns especiais chamados de “Point One“. O título foi encerrado no calor dos eventos de Guerras Secretas, retomado mais adiante como The Amazing Spider-Man Vol 4.

ARCOS

.

Amazing Spider-Man Vol.4

Iniciado em Dezembro de 2015

Amazing Spider-Man Vol 4 plano critico

NOTAS

  • Depois dos eventos de The Amazing Spider-Man Vol.3 e do tie-in Renovando os Votos, o Homem-Aranha retornou com outra série regular, agora em uma realidade financeira, tecnológica e heroica completamente diferente.

ARCOS

.

Universo Ultimate

Ultimate Spider-Man Vol.1 — (Peter Parker)

2000 – 2014

A linha Ultimate (Terra-1610) surgiu então como uma forma de revitalizar o Homem-Aranha (o primeiro personagem desse novo Universo, seguido dos X-Men), apresentando elementos do século 21 e mostrando Peter Parker como um adolescente de 15 anos, bem diferente do já maduro Peter Parker da Terra-616. Coube ao trio Brian Michael BendisBill Jemas e Mark Bagley recontar a clássica origem do personagem narrada por Stan Lee e Steve Ditko na Amazing Fantasy #15  (1962). Era uma jogada arriscada. Mas acabou dando muito certo continue lendo as críticas.

Ultimate Marvel Universe (2000-2015) plano critico

.

Ultimate Comics Spider-Man Vol.2 — (Miles Morales)

2011 – 2013

Dizer que o Homem-Aranha é um dos personagens mais queridos e conhecidos de toda a história não é nenhuma novidade, mas será que seu alter-ego, Peter, é tão famoso quanto o herói? O Homem-Aranha é um símbolo, ou esse personagem está eternamente limitado a ser apenas um indivíduo? Essas foram algumas das perguntas que todos os fãs de quadrinhos fizeram quando a Marvel anunciou que outra pessoa vestiria o manto do herói aracnídeo continue lendo as críticas.

ultimate-homem-aranha-1-plano-critico

.

Séries Secundárias, Séries Especiais e Minisséries

Anos Perdidos — (Ben Reilly)

1995

Em 1995, a Marvel decidiu mostrar como foi a vida do principal personagem das histórias do Clone: Ben Reilly; talvez, com o intuito de aproximar mais o personagem dos leitores. A minissérie Anos Perdidos mostra um pouco do que aconteceu ao nosso herói antes de ele voltar para Nova Iorque como o Aranha Escarlate. Foram cinco anos de viagem por todos os EUA, como um nômade em busca de um destino final. Seu auto-exílio o levou a Salt Lake City; a um novo emprego; um relacionamento amoroso… Mas então, o que torna esta mini-série um conto de boa qualidade, diferente da enrolada Saga do Clone? continue lendo a crítica.

homem aranha anos perdidos

.

Azul

2002 – 2003

O pontapé inicial da “conversa” entre Peter e Gwen está na derrota do Duende Verde em The Amazing Spider Man #40, aqui recontada por meio da majestosa arte de Tim Sale, que remete maravilhosamente aos traços de John Romita, em uma espetacular homenagem que enaltece ainda mais toda essa nostálgica fase do Teioso. No prosseguir do âmbito narrativo, com a presumida perda de memória do Duende, e consequentemente de Norman, que havia antes descoberto a identidade do herói, Parker passa a visitar o seu arqui-inimigo e se aproximar de Harry Osborn continue lendo a crítica.

spider-man-blue

.

Marvel Knights: Caído Entre os Mortos

2004

É seguro afirmar que o sucesso do selo Marvel Knights, criado na virada do milênio por Joe Quesada e Jimmy Palmiotti, moldou muito dos caminhos criativos que a Marvel seguiria pela próxima década continue lendo a crítica.

plano-critico-sm-dad-001

.

Team-Ups e One-Shots

.

Os Surpreendentes Homem-Aranha & Wolverine

2010

Homem-Aranha e Wolverine juntos é e sempre será uma premissa promissora. A troca de farpas constante entre os dois é um prato cheio se bem explorada, tal como a combinação de poderes desses que são os heróis mais populares da Marvel.  continue lendo a crítica.

os-surpreendentes-homem-aranha-e-wolverine-plano-critico

.

Homens-Aranha

2012

Homens-Aranha foi uma minissérie do tipo Team-Up, publicada em cinco edições no ano de 2012, como parte das comemorações editoriais para os 50 anos da criação do Amigão da Vizinhança. Ela promoveu o encontro entre Peter Parker (da Terra-616) e Miles Morales (da Terra-1610), o Homem-Aranha do Universo Ultimate continue lendo a crítica.

homens-aranha

.

De Volta ao Lar: Prelúdio do Filme

2017

Por via de regra, sempre antes dos lançamentos de um novo filme pertencente ao Universo Cinematográfico Marvel, a Casa das Idéias lança uma ou duas edições de quadrinhos que atuam como prelúdios do lançamento, preparando o espectador para essas novas aventuras. Em geral, tratava-se de histórias as quais ofereciam um breve olhar sobre determinados personagens ou situações continue lendo a crítica.

homem-aranha-de-volta-ao-lar-preludio-plano-critico

.

Realidades Alternativas

.

E Se… o Homem-Aranha Tivesse se Juntado ao QF?

1977

Terra-772. A série O Que Aconteceria Se… (What If…, no original), explora a ocorrência ou não de determinados eventos dentro do Universo Marvel e traz inúmeras variações para a continuidade oficial da editora, tendo o Vigia como guia dos acontecimentos e fazendo o papel de narrador ou comentarista pontual daquilo que cada edição apresenta. O primeiro volume da série, que contou com 47 edições (algumas com mais de uma história em seu interior) traz Uatu de sua base lunar, descrevendo os pontos de divergência para esta O Que Aconteceria Se… o Homem-Aranha Tivesse se Juntado ao Quarteto Fantástico? continue lendo a crítica.

o-que-aconteceria-se-o-homem-aranha-tivesse-entrado-parao-quarteto-fantastico-marvel-plano-critico

.

E Se… Outra Pessoa Tivesse Se Tornado o Homem-Aranha?

1978

Terra-78127. Flash Thompson se torna o Captain Spider. O roteirista não precisou de muita coisa para fazer a saga andar, porque Flash Thompson segue o típico papel de bully e irresponsável quando ganha os seus poderes, fator que marca definitivamente sua trajetória como um herói que um dia já matou, mesmo sem querer, uma pessoa, antes de vestir um manto. A história flui bastante no desenvolvimento, depois de um começo de bastante marasmo e diálogos bobos. O impasse da trama está no final, com o acúmulo de vilões e a derrota completamente boba do Capitão Aranha pelo Abutre. Mesmo com um enredo fraco, essa parte do volume tem a melhor arte da drama continue lendo a crítica.

Homem Aranha Plano Critico O Que Aconteceria Se

.

E Se… o Homem-Aranha Não Tivesse Casado com Mary Jane?

1990

Terra-901220. Se você é um daqueles leitores que, assim como eu, não gostam da ideia de terem casado o Homem-Aranha, esta pode ser uma história alternativa que certamente irá lhe deixar um pouco feliz. Não porque a trama central de Danny Fingeroth seja cômica ou os acontecimentos sejam positivos, afinal, é o Homem-Aranha, mas porque vê-lo desprendido de Mary Jane já é uma vitória [um pouco patética, mas… quem se importa?], mesmo que seja em um outro Universo continue lendo a crítica.

o-que-aconteceria-se-o-homem-aranha-nao-tivesse-casado-com-mary-jane-plano-critico

.

Homem-Aranha 2099

Terra-928 ou 2099 A.D. Em 1992, a Marvel lançou a linha 2099, visando ter mais um universo para criar novas histórias, personagens e poder construir uma linha do tempo do zero, além de permitir tramas mais ousadas, devido ao tom futurista. Obviamente, o Homem-Aranha, carro chefe da editora, foi um dos primeiros heróis a serem adaptados. Mas será que a nova versão do cabeça de teia é digna de seu manto? continue lendo a crítica.

homem-aranha-2099-de-1-a-10-1992-plano-critico

.

Homem-Aranha e Batman: Mentes Desordenadas

1995

Escrita por J.M. DeMatteis, esta trama é um cruzamento de linhas que se passa na Terra-Crossover ou (vejam que nomezinho horroroso!) Crossoververse, a Terra-7642 da Marvel, onde os personagens da Casa das Ideias coexistem com os personagens da Casa das Sombras. Aí também residem as criações e grupos de outras franquias como TransformersWildC.A.T.s e Witchblade continue lendo a crítica.

homem-aranha e batman plano critico

.

Homem-Aranha Noir

2009

Terra-Noir. Um dos super-heróis que mais encontrou versões alternativas ao longo de sua história definitivamente é o Homem-Aranha. Homem-Aranha 2099, Porco-Aranha, Gwen-AranhaHomem-Aranha Superior… essa fama do personagem é tão grande que nem foi surpresa quando o arco Aranhaverso foi criado na revista do aracnídeo alguns anos atrás continue lendo a crítica.

spiderman-noir

.

Aranhaverso Vol.2

2015

Terra-15513. Aranhaverso é mais uma dessas incontáveis tie-ins que giram em torno da grande saga Guerras Secretas. Escrito por Mike Costa, o roteiro se passa em uma terra que não vê seu herói Aracnídeo, Peter Parker, há um bom tempo. Ele é tido como morto e, em sua ausência, seis novas derivações de Aranha surgiram, entre elas Spider-Gwen e um Porco-Aranha (sim, você não leu errado! E não, a história não é roteirizada pelo Homer) continue lendo a crítica.

aranhaverso-2015-plano-critico

.

Ilha das Aranhas

2015

Terra-15513. Um vírus se espalha sobre a ilha de Manhattan, transformando todos os seus habitantes em meio humano, meio aranha. Liderados pela Rainha Aranha, heróis que foram contaminados, deixam de ser aquilo que já conhecemos e se tornam meros fantoches nas garras da vilã. É claro que existem alguns que não foram contaminados, esses liderados pelo Agente Venom (que já é uma desconstrução do personagem original), querem acabar com o reinado aracnídeo continue lendo a crítica.

ilha-das-aranhas-plano-critico

.

Renovando os Votos

2015

Terra-15513. A história se passa em um período que, me atrevo a dizer, todos os fãs do Aracnídeo sonhavam. Nós acompanhamos Peter desde de sua pré adolescência, vimos o garoto crescer e sentimos na pele o que a grande frase “grandes poderes e grandes responsabilidades” significa. Torcemos por Parker e Gwen, mas todos sabemos o trágico final da história do romance continue lendo a crítica.

renew-your-vows

.

LUIZ SANTIAGO. . . .Depois de recusar o ingresso em Hogwarts, fui abduzido pelo Universo Ultimate. Lá, tive ajuda do pessoal do Greendale Community College para desenvolver técnicas avançadas de um monte de coisas. No mesmo período, conheci o Dr. Manhattan e vi, no futuro, Ozymandias ser difamado com a publicação do diário de Rorschach. Hoje costumo andar disfarçado de professor, mas na verdade sou um agente de Torchwood, esperando a TARDIS chegar na minha sala de operações a qualquer momento.