Entenda Melhor | Doctor Who: The Five(ish) Doctors Reboot

estrelas 5

No dia em que tivemos a exibição do Especial de 50 anos de Doctor Who, The Day of the Doctor, tivemos também um presente e ao mesmo tempo uma homenagem ao aniversário, escrita e dirigida por Peter Davison, o ator que interpretou o 5º Doutor entre 1981 e 1984: The Five(ish) Doctors Reboot. O título do episódio é uma clara referência ao Especial de 20 anos da série, The Five Doctors.

O exercício cômico é obviamente uma produção não canônica, mas completa lindamente e com muito bom humor a semana comemoração de 50 anos de DW, e traz em cena um gigantesco número de pessoas e elementos da série (nas versões clássica e nova), além de 6 Doutores e piadas internas para fazer qualquer whovian adorar Peter Davison ainda mais, por encabeçar um projeto como esse. E se você ainda não assistiu ao episódio, comece pelo trailer a seguir.

A proposta de Davison foi muitíssimo bem executada e teve adesão de fãs famosos e muita gente que esteve ou que está ligado à série de alguma forma. O roteiro brinca com a possibilidade dos Doutores da era clássica serem ou não chamados para participar do Especial de 50 anos, e então, quando percebem que o convite não vai acontecer, empreendem uma jornada épica para tentar falar com Steven Moffat, atual showrunner da série e resolverem o problema.

Qualquer pessoa que conheça um pouquinho da série clássica que seja e tenha amor pela série com certeza riu e se emocionou ao mesmo tempo com o episódio, que tem confissões preciosas dos atores, como essa aqui: “Por quê nós estamos fazendo isso? / É! Por quê estamos fazendo isso? / Pelos fãs!“.

O trailer acima começa com Peter Davison e seus dois filhos mais novos, Louis e Joel Davison, assistindo ao Especial de Natal de 2012, The Snowmen, e é então que surge a conversa sobre o aniversário de 50 anos. Durante todo o Especial teremos a aparição de familiares dos Doutores e outras piadas familiares relacionadas à série.

No início do episódio oficial também temos um familiar importante. Do lado esquerdo da tela está sentado o ator Sean Pertwee, filho de Jon Pertwee, o 3º Doutor. Ao seu lado, temos a atriz Olivia Coleman, que interpretou a mãe-hospedeira do alien-prisioneiro no episódio The Eleventh Hour, que marca o início de Matt Smith em Doctor Who. Também é importante lembrar que a atriz é uma das protagonistas de Broadchurch, série que tem a presença de outros atores importantes de DW: David Tennant (o 10º Doutor), Arthur Darvill (Rory Williams, ou Rory o Romano) e David Bradley (Solomon em Dinosaurs on a Spaceship e William Hartnell em An Adventure in Space and Time).

Sean Pertwee e Olivia Coleman.

Na sequência abaixo, temos algumas caras conhecidas e outras não conhecidas que aparecem no sonho de Davison, logo no início do episódio. Na sequência em que aparecem, do canto superior esquerdo para frente: Matt Smith (11º Doutor); Jenna Coleman (Clara Oswald); Lauren K. (figurinista); Heddi-Joy Taylor (3ª assistente de direção); Louisa Carvell (assistente de direção); Steven Moffat (atual showrunner); James DeHavilland (2º assistente de direção) e Janet Fielding (Tegan Jovenka, companion do 5º Doutor).

E agora a sessão família & amizade. Na mesma sequência de leitura usada nos quadros acima, nós temos: Marion Baker (esposa de Colin Baker); Georgia Moffet (filha de Peter Davison e esposa de David Tennant); Ty Tennant (filho de Georgia Moffet e adotado por David Tennant); Lucy, Bindy, Lally e Rosie Baker (filhas de Colin Baker fugindo dele); Alice Knight e Nick Jordan (a “família secreta” de John Barrowman) e Christian Brassington (amigo de longa data do casal Georgia-David e ator de audiodramas da Big Finish).

Na sequência abaixo temos, ainda na mesma ordem de leitura das colagens anteriores: QUADRO 1 – Gabriela Ricci (coordenadora de assistência de produção), Des Hughes (atual produtor da série), Sandra Cosfeld (secretária de produção); QUADRO 2 – Nicholas Pegg (diretor e autor de inúmeros roteiros de audiodramas da Big Finish), Barnaby Edwards, com Colin Baker ao lado (coordenador de operação dos Daleks e diretor de inúmeros episódios da Big Finish); QUADRO 3 – David Troughton (filho de Patrick Troughton, o 2º Doutor, e ator desde a infância, chegando inclusive a fazer papeis pequenos em arcos protagonizados pelo seu pai. Apareceu em DW pela última vez no episódio Midnight, na era do 10º Doutor), Nicholas Briggs (voz dos Daleks e Cybermen, Produtor Executivo da Big Finish e diretor e autor de diversos audiodramas), Frank Skinner (comediante britânico e fã de DW); QUADRO 4 – Russell T Davies (ex-showrunner da série).

Na colagem abaixo, temos: Jemma Churchill (atriz de áudios da Big Finish); Niki Wardley (companion do 8º Doutor nos áudios da Big Finish); Dan Starkley (Strax, o Sontaran); Ian McKellen (ator, fã assumido de Doctor Who e voz da Grande Inteligência no Especial de Natal de 2012, The Snowmen); David Tennant (o 10º Doutor); John Barrowman (Capitão Jack Harkness); Jon Culshaw (no clipe de Shada, interpretando Tom Baker – também dublando a voz do ator); Peter Jackson (diretor de O Hobbit e fã assumido de DW, tendo inclusive comentado em seu twitter que gostaria de dirigir um episódio da série) e Bruno Du Bois (assistente de direção de O Hobbit e fã da série, que pediu para aparecer nas filmagens desse Especial).

Por fim, a sequência onírica de Steven Moffat, onde vemos aparecer um montão de companions da série clássica. Eu tomei a liberdade de marcar cada um com um número para que não houvesse confusão na hora de nomeá-los e na hora do leitor identificá-los. Também é importante dizer que essa sequência foi inspirada na regeneração do 5º Doutor. Quem tiver a curiosidade de ver, há um vídeo abaixo.

Clique aqui para ver a regeneração do 5º Doutor

Nesse sonho, temos a presença dos seguintes companions: 1. Sarah Sutton (Nyssa, companion do 4º e 5º Doutores); 2. Sophie Aldred (Ace, companion do 7º Doutor); 3. Deborah Watling (Victoria, companion do 2º Doutor); 4. Lalla Ward (Romana II, companion do 4º Doutor); 5. Carole Ann Ford (Susan, neta do Doutor e companion do 1º Doutor); 6. John Leeson (K9, o cão androide que possui 4 modelos, teve sua própria série, foi companion do 4º Doutor, de Sarah Jane e doado para diferentes companions em seus diferentes modelos); 7. Lisa Bowerman (Bernice,  companion do 7º e do 8º Doutores em livros, quadrinhos de audiodramas da Big Finish); 8. Anneke Willis (Polly, companion do 1º e 2º Doutores); 9. Katy Manning (Jo Grant, companion do 3º Doutor); 10. Louise Jameson (Leela, companion do 4º Doutor); 11. Janet Fielding (Tegan, companion do 5º Doutor); 12. Matthew Waterhouse (Adric, companion do 4º e 5º Doutores).

Depois de toda essa viagem e ainda depois de ouvir as piadinhas internas, a brincadeira com o “Who?” e a citação de Peter Cushing (o Doutor dos dois filmes não canônicos da série), não tem como não se apaixonar por esse The Five(ish) e perceber que ele realmente foi feito para fãs e por pessoas que estão relacionadas à série, o que lhe aumenta ainda mais o significado.

Mais uma ideia genial de um dos Doutores e uma ótima homenagem aos 50 anos. Que muito mais dessas produções fantásticas venham por aí!

LUIZ SANTIAGO. . . .Depois de recusar o ingresso em Hogwarts, fui abduzido pelo Universo Ultimate. Lá, tive ajuda do pessoal do Greendale Community College para desenvolver técnicas avançadas de um monte de coisas. No mesmo período, conheci o Dr. Manhattan e vi, no futuro, Ozymandias ser difamado com a publicação do diário de Rorschach. Hoje costumo andar disfarçado de professor, mas na verdade sou um agente de Torchwood, esperando a TARDIS chegar na minha sala de operações a qualquer momento.