Entenda Melhor | Rogue One: Uma História Star Wars – O Segundo Trailer em Detalhes

Saiu o segundo trailer de Rogue One, mais novo filme da melhor franquia do universo (ao menos segundo Guilherme Coral e Ritter Fan)! Como fizemos com o primeiro trailer, lançado em abril, trazemos para vocês esse preview todo comentado, com especulações, teorias mirabolantes e, é claro, previsões pautadas não só no que sabemos do filme com base nos trailers em si, como em nosso conhecimento de fanáticos por Star Wars. O filme será lançado por aqui em 15 de dezembro de 2016.

Antes de entrarmos nessa parte, porém, que tal assistir o trailer mais uma vez?


 Contextualizando
rogueone02

rogueone03

rogueone04
rogueone06

Nem todo mundo vive de Star Wars como nós, então essa sequência inicial serve para contextualizar – “bandeiras do Império dominam a galáxia” – quem ainda não sabe que esse filme se passa antes de Uma Nova Esperança (não é continuação de O Despertar da Força!). Mas que gratificante ver um Star Destroyer clássico nas telonas novamente, ainda mais ao som dessa versão mais lenta da Marcha Imperial, não é? Aliás, a Marcha em si já dá o tom que se espera do filme, além de servir de “prelúdio” para a revelação no último segundo do trailer de que um certo Lorde Sith estará presente na fita. Em termos de personagens, logo vemos Jyn Erson (Felicity Jones), a protagonista e Saw Gerrera (Forest Whitaker), que usa uma armadura e um respirador que lembra os implantes cibernéticos do próprio Vader. O personagem, vale lembrar, teve sua versão jovem introduzida no cânone pela primeira vez em Star Wars: The Clone Wars. O planeta é Jedha, antes um local de particular interesse para a Ordem Jedi e onde vários crentes da antiga filosofia ainda vivem.

Lucasfilm

rogueone07

Interessante ver o logo da Lucasfilm sem nada da Disney, eles estão realmente respeitando ao máximo o que veio antes da compra da companhia (e esquecendo a Trilogia Prelúdio, graças à Força).

Alistair Petrie

rogueone09

“Você pode ser confiada sem suas algemas?” – diz o personagem de Alistair Petrie, cujo nome não sabemos ainda, somente que faz parte (obviamente) da Aliança Rebelde, ainda que essa seja liderada por Mon Mothma, que aparece pouco depois.

Capitão Cassian Andor

rogueone10

Aqui vemos o capitão Cassian Andor (Diego Luna) retirando as algemas já mencionadas. A questão é: Jyn Erso era prisioneira do Império ou dos Rebeldes? Afinal, por que não confiariam nela se houvesse sido detida pelos imperiais? Nossas apostas vão para ela sendo uma espécie de contrabandista da mesma forma que Han Solo fora antes de Uma Nova Esperança.

A missãorogueone11

rogueone12

Mon Mothma (Genevieve O’Reilly) dá as caras, enfim. Para quem não se lembra, a personagem (sendo personificada por outra atriz, naturalmente) estava no briefing da missão para destruir a Estrela da Morte no Episódio VI e, respeitando os filmes clássicos, nós a temos aqui oferecendo a missão para Jyn Erso (Felicity Jones). O’Reilly, aliás, encarnou a mesma personagem em A Vingança dos Sith, em uma cena que acabou sendo cortada da versão final do filme. É muito bacana ela ter sido escalada novamente e vê-la finalmente brilhar nas telonas.

Romance?rogueone13

E Cassian já parece gostar de Jyn. Será que teremos mais um romance em Star Wars? Até agora só tivemos Han-Leia e Anakin-Padmé (ah e Luke-Leia também, he, he, he…).

A escala da Estrela da Morte

rogueone15

rogueone16

rogueone17

rogueone18

Os Star Destroyers saem da sombra da Estrela da Morte, muito similarmente ao que vemos em O Império Contra-Ataca, quando as naves ficam às sombras do Super-Star Destroyer de Darth Vader. Agora sabemos que os planos serão roubados na ocasião do teste da arma, o que nos leva a crer que ela permanecera oculta até então – Tarkin, que supervisionara a construção da arma, como lemos em Tarkin, fez um bom trabalho!

Recrutador

rogueone19

rogueone20

Curiosamente, Cassian oferece sua ajuda para a missão aqui. Como ouvimos posteriormente, ele atua como recrutador da Aliança. Já qual é sua posição lá dentro, permanecemos sem saber.

U-Wing

rogueone21

rogueone22

rogueone23

Eis que testemunhamos a apresentação da U-Wing, mais novo acréscimo ao hangar de Star Wars e aos nosso brinquedos nas estantes de casaProvavelmente essa será a Millenium Falcon de Rogue One e reparem que é Cassian quem pilota a nave. Reparem, também, que o planeta de onde a nave decola parece ser Yavin-4, o mesmo que serve de base rebelde em Uma Nova Esperança.

Prisioneiros do Império

rogueone24

rogueone25

Prisioneiros rebeldes sendo escoltados por Stormtroopers. Serão eles resgatados em breve? Jyn não parece muito feliz em ver a cena.

Baze Malbus

rogueone26

rogueone27

rogueone28

rogueone29

rogueone30

Uma missão desse porte não se realiza sozinho e, aqui, vemos um dos possíveis recrutas, Baze Malbus (Wen Jiang), mostrando que sua mira é muito melhor que a dos Stormtroopers, o que não é nenhum mérito! Mas somos deixados com uma questão: esse já é o segundo planeta que vemos, além das cenas espaciais – quantos a protagonista percorrerá antes de sua missão ser de fato iniciada? Ou será que veremos o processo de recrutamento de todos os membros do grupo Rogue One?

Tanques!rogueone31

rogueone32

O Império agora tem tanques (e não são flutuantes)! Acho que não haviam descoberto os dewbacks ainda. Reparem que os tripulantes têm armaduras diferentes, o que significa mais uma adição à fileira de tipos diferentes de troopers imperiais em forma de bonequi…, ahan, action figures, em nossas prateleiras…

Ip Man

rogueone33

rogueone34

rogueone35

rogueone36

rogueone37

Ip Man, digo, Donnie Yen entra na jogada! Ele é Chirrut Îmwe, que evidentemente conta com conhecimento sobre a Força, afinal, para ser cego e com um bastão colocar todos esses Stormtroopers no chão é preciso ser ao menos um jedi-wannabe, pois pelo que foi reportado, não haverá Jedis propriamente ditos no filme (com exceção de um certo cara que foi para o Lado Negro da Força, claro). Afinal, os troopers podem ter mira ruim, mas nem tanto.

C3PO para maiores

rogueone38
rogueone40

Aqui a versão para maiores de C3pO, o K-2SO (vivido com captura de performance por Alan Tudyk) cuja personalidade, pelo pouco que pudemos ver, se assemelha com a de HK-47, de Knights of the Old Republic e também com as dos dróides assassinos (BT-1 e Triplo Zero) da Doutor Aphra da série mensal em quadrinhos recente Darth Vader. Será que ele vai chamar os humanos de meatbags e se oferecer para matar qualquer um que veem pela frente? É interessante notar, também, no símbolo do Império em seu braço. Provavelmente trata-se de um antigo dróide imperial que foi tomado pelos rebeldes.

Uma nova perspectivarogueone42

Essa daqui nos deu espasmos de alegria. Pela primeira vez vemos a Estrela da Morte sem estar “de pé”, muito interessante, não? Esperemos que seu gerador de gravidade se encontre na base da arma, caso contrário os engenheiros tiveram uma grande dor de cabeça construindo isso daí.

That’s no moon
rogueone44

Olha, um eclipse! Wait. That’s no moon.

Diretor Orson Krennicrogueone45

rogueone46

Não, esse daí não é o Grão-Moff Tarkin, seu nome e título é Diretor Orson Krennic (Ben Mendelsohn), possivelmente o oficial encarregado dos testes da arma – Tarkin provavelmente está ocupado demais em seu cargo de liderança e possivelmente será chamado junto de Vader quando os planos forem roubados. Aliás, não seria uma boa ter um grão-Moff presente na estação de batalha se o teste der errado e ela explodir.

Presente de natal

rogueone47

Falta pouco!

Batalha na praia

rogueone48

rogueone49

rogueone50

Olha só os soldados rebeldes com roupas muito parecidas com o que vemos em Hoth, no Episódio V! Onde essa batalha se passa não sabemos, felizmente. Precisamos de surpresas no filme. Mas é interessante ver uma batalha do universo Star Wars passada em um ambiente tropical. O nome do planeta? Scarif.

Ip Man 2

rogueone51

E Donnie Yen novamente aparece, mostrando que ele se juntou ao grupo rebelde após provar ser um total badass.

Stormtroopers voando

rogueone52
rogueone54

Mais do tanque e Stormtroopers voando (para variar). Sinceramente nos perguntamos quem efetivamente gostaria de entrar para a academia imperial sabendo que vai ter um destino parecido. O salário deve ser muito bom!

Never tell me the odds

rogueone55

Never tell me the odds! Aposto que ele quis dizer isso.

Baze na praia

rogueone56

Baze, como esperado, também se junta a Jyn e ele definitivamente não gosta do Império, então deve derrubar muitos stormtroopers até o fim do filme.

Dark troopers?rogueone57

E esses soldados aí? Parecem dark troopers de Star Wars: Dark Forces. Mas eles são os Death Troopers, uma força elite do Império sob o comando direto do diretor Krennic. Os rebeldes sofrerão nas mãos desses soldados, esperamos, pois eles parecem ter um sistema de mira mais desenvolvido…

Kaboom!

rogueone58

Um transporte imperial destruído, a questão é: o que ele carregava e quem estava dentro dele?

He means well

rogueone60

Mais um rebelde com o símbolo do Império no ombro, nos levando a crer que eles irão se infiltrar de alguma forma na base em formato de Lua. Ou será que, como Finn, ele é do Império e decide ajudar a Aliança Rebelde? O nome do personagem é Bodhi Rook, vivido por Riz Ahmed.

X-Wings fora do espaço!

rogueone62

rogueone63

rogueone64

X-Wings em missões terrestres! Claro que já vimos isso em O Despertar da Força, mas ver as naves em seu design clássico aqui traz boas recordações.

AT-ATs

rogueone65

rogueone66

rogueone67

Será que isso funcionou, ou terão de utilizar landspeeders? Pelo fogo diríamos que o walker cairá, o que nos leva a crer que não se trata da mesma versão do AT-AT – na verdade, é uma versão diferente mesmo, a AT-ACT – vista em O Império Contra-Ataca, cuja couraça é praticamente indestrutível (menos por baixo, pois por baixo qualquer sabre de luz resolve…).

Fuga na velocidade da luz

rogueone70

rogueone71

rogueone72

rogueone73

Momento “nos tire logo daqui!” do trailer.

Well…shit

rogueone74 rogueone75

Se uma nave imperial não desse cabo de uma instalação ou nave maior não seria Star Wars.

Momento badass

rogueone77
rogueone79

Ou ela é muito maluca, muito habilidosa, ou sabe que há um aliado pilotando esse Tie-Fighter.

Rebeldes unidos!

rogueone80

rogueone81

rogueone82

A equipe toda reunida, pronta para realizar a missão, enfim! Vê-se claramente o papel de liderança que Jyn tomará.

Logo

rogueone83

E a logo do filme! Ainda não conseguimos gostar desse A Star Wars Story no título (e que soa ainda pior em português: Uma História Star Wars), mas nada é perfeito (exceto O Império Contra-Ataca), não é mesmo?

Participação especial

rogueone84

E o momento que todos estávamos esperando: Darth Vader! Chutaríamos (ou esperamos fortemente!) que ele aparecerá pouco no filme e que será chamado somente quando os planos forem efetivamente roubados, junto de Tarkin. Nossa esperança é que seja ele que, no fim, acabe matando a protagonista e o que estiver sobrando de rebeldes. Afinal, os personagens que vemos aqui, com exceção de Mon Mothma, não são nem mencionados nos filmes posteriores, o que significa que eles precisam sumir de alguma forma mais contundente e não simplesmente se aposentar depois de encerrada a missão ou inventarem uma desculpa do tipo “eles eram tão black ops, mas tão black ops que seus nomes foram apagados dos anais da Aliança Rebelde”. Queremos cabeças cortadas por sabres de luz se é para Vader aparecer! E não cabeças de extras. Queremos protagonistas no chão!

3D

rogueone85

Sim, o filme será em 3D. Alguma dúvida?

############################

É isso aí galera! Excitados para o lançamento do filme?

RITTER FAN & GUILHERME CORAL . . . Primeiro híbrido-crítico do Plano Crítico, Ri&Gui é a junção de duas mentes insanas, perturbadas e ousadas prontas para dominar o mundo. Surgidas diretamente das séries da CW, essas mentes pretendem espalhar, além da dominação, o amor e o nonsense pela Galáxia. Contemplem, ó, mortais, uma nova categoria de crítico!