Entenda Melhor | Vingadores: Era de Ultron – 65 Referências, Easter-Eggs e a Cena Pós-Créditos

Atenção: Este artigo contém SPOILERS de Vingadores: Era de Ultron em particular e do Universo Cinematográfico Marvel em geral. Portanto, cuidado!

Versão original desse artigo publicada em 24 de abril. Esta versão, de 03 de maio, é integralmente atualizada e revisada.

Vingadores: Era de Ultron apresenta Ultron, Visão e Ulysses Klaue ao Universo Cinematográfico Marvel, assim como desenvolve o Barão Strucker, Wanda e Pietro Maximoff, personagens que vimos rapidamente na cena de meio de créditos da Capitão América: Soldado Invernal. Além disso, ele sacode o status quo desse universo ao introduzir efetivamente o conceito das Joias do Infinito aos heróis da Terra (elas já haviam sido explicadas para nós em Guardiões da Galáxia) e ao reorganizar os Vingadores ao final.

Se você quer saber dos detalhes dos personagens novos desse filme, leiam o seguinte material:

 Barão Strucker

Ulysses Klaw/Garra Sônica

Feiticeira Escarlate

Mercúrio

Visão

Ultron

Mas, se quiserem realmente conhecer cada detalhe escondido no mais novo filme de Joss Whedon, então acompanhe-me nessa viagem ao longo de todas as referências e easter-eggs que achei. [Atualização] E nossos leitores ajudaram MUITO no aperfeiçoamento desse artigo. Foram tantas sugestões que atualizei a postagem duas vezes e, de 37 referências e easter-eggs, cheguei a 46 na segunda vez e, agora, na terceira, a 65 (com duas – as últimas – que eu mesmo achei, depois de pesquisar bastante). [Fim da Atualização]

Se discordarem ou tiverem achado outros, não deixem de comentar abaixo. Vamos lá:

1. Ultron e seu design original:

Antes de Ultron ganhar sua versão 2.0 e, depois, a 3.0, ele usa as armaduras danificadas de Tony Stark – de sua Legião de Ferro – para ter um corpo. É assim que ele se apresenta pela primeira vez aos estupefatos Vingadores e é nesse momento que Joss Whedon homenageia a versão original de Ultron nos quadrinhos, que parece manter sempre a “boca aberta” e tem olhos brilhantes.

mosaico ultron 1

Cara de um, focinho do outro.

2. Ultron e Manto Rubro:

Outra homenagem de Whedon aos primórdios dos quadrinhos de Ultron é fazer com que ele não se revele de imediato para Wanda e Pietro, na igreja no centro de Sokovia. Ouvimos apenas a voz, mais humana do que robótica (do fantástico James Spader) e, em seguida, nas sombras, vemos uma figura envolta em um manto vermelho que logo se revela como Ultron. Nos quadrinhos, é assim que Ultron é apresentado pela primeira vez, inclusive usando o nome Manto Rubro, em The Avengers #54, de julho de 1968 (conforme nossa crítica, aqui).

mosaico ultron 2

(1) Ultron como Manto Rubro; (2) Ultron sendo revelado com frase muito semelhante a do filme.

3. A Vingança de Ultron:

Muito da linha narrativa do filme foi inspirada por uma das melhores histórias com Ultron: A Vingança de Ultron. Nela, Ultron destrói um país fictício – Slorênia – para atrair os Vingadores que, ao chegarem, encontram um gigantesco exército de diferentes versões de Ultron. No filme, Ultron tem sua base de operações no país fictício de Sokovia, que ele destrói e, lá, enfrenta os Vingadores com centenas de drones.

aou easter vingança de ultron comics

A chacina perpetrada por Ultron.

4. Ultron-5:

A primeira versão de Ultron a aparecer nos quadrinhos foi Ultron-5 e isso é claramente referenciado no filme com o drone da Legião de Ferro escolhido por Ultron para “representá-lo” diante dos vingadores. É o drone nº 5! Duvidam? Então voltem na imagem do item 1 acima e reparem, no peito de Ultron, do lado esquerdo da luz, os contornos de um número 5 bem ali…

5. Jocasta:

Depois que Visão aparece, os Vingadores se reúnem novamente para atacar Ultron. Nos preparativos, vemos Tony Stark remexendo seu material para fazer o upload do programa Sexta-Feira (mais sobre ele adiante) como a nova inteligência artificial de sua armadura, já que J.A.R.V.I.S. se foi. Nesse momento, um dos discos que ele dispensa tem a inscrição JOCASTA. Nos quadrinhos, Jocasta é um robô que Ultron criou para ser sua noiva, mas que acabou se rebelando contra ele e se unindo aos Vingadores.

aou easter jocasta

A bela e metalizada Jocasta.

6. Sexta-Feira:

Esse é o nome da inteligência artificial com voz feminina que Tony Stark passa a usar em sua armadura depois que J.A.R.V.I.S. é incorporado ao Visão. A referência, aqui, não vem dos quadrinhos, mas sim da imoral obra de Daniel Defoe, Robinson Crusoé. Sexta-feira, claro, é o nativo que passa a ser o amigo e servo do britânico perdido na ilha. Há, aqui, talvez, um pouco de chauvinismo embutido na referência, pois, nesse contexto, Sexta-Feira é sinônimo de lealdade e subserviência e repare que a voz que ouvimos é de uma mulher. Típico de Tony Stark e tenho certeza que Pepper Potts não aprovaria…

aou easter friday

Sexta-Feira não está com a sombrinha…

[Atualização] Nosso leitor MegaMelque me corrigiu informando que Sexta-Feira vem dos quadrinhos também, como uma secretária virtual que Tony Stark usa. E ele tem toda razão. Furo meu. De toda forma, meus comentários sobre o chauvinismo de Tony Stark continuam valendo! [Fim da Atualização]

7. Joias do Infinito:

Essa é a primeira vez que os Vingadores tomam conhecimento da existência das Joias – ou Gemas – do Infinito, em uma sub-trama com Thor muito mal montada dentro da narrativa maior. E, pela primeira vez, uma joia é batizada efetivamente como nos quadrinhos. A joia que está dentro do cajado de Loki e que, depois, passa para a testa do Visão é a joia da mente. Até agora, no Universo Cinematográfico Marvel, quatro joias:

– a Joia da Mente, antes no cajado de Loki, agora na testa do Visão;

– a Joia do Espaço, que alimenta o Tesseract ou Cubo Cósmico, no cofre de Odin em Asgard;

– a Joia da Realidade, ou Éter, enviada para o Colecionador e que acaba aparentemente sumindo depois da explosão de sua “coleção” em Guardiões da Galáxia;

– a Joia do Poder, que ficava dentro do Orbe e que, agora, está sob a guarda da Nova Corps. em Xandar.

Faltam a revelação, ainda, da Joia do Tempo e da Joia da Alma. Querem suposições? Para mim, uma é o Olho de Agamoto, amuleto mágico do Doutor Estranho, cujo filme solo será lançado em 2016 e a outra, a Joia da Alma, estaria na posse de Adam Warlock, personagem a ser apresentado, talvez (espero muito!), em Guardiões da Galáxia 2, em 2017 ou até mesmo direto em Vingadores: Guerra do Infinito – Parte I, em 2018.

Todas as joias juntas, na Manopla do Infinito (que já apareceu de relance no cofre de Odin e também na cena de meio de crédito de Vingadores: Era de Ultron – mais comentários sobre isso adiante), tornam o ser que a utilizar incrivelmente poderoso.

Ah, e vocês já repararam que o nome dos objetos em que as joias se encontram em inglês começam a soletrar o nome THANOS? Duvidam? Então vejam:

aou easter gemas do infinito filmes

Mente explodida? Pois é, a minha também…

8. Vibranium e Wakanda:

Metal do qual é feito o escudo do Capitão América e que Ultron usa para criar o corpo que acaba sendo do Visão. Esse metal é obtido apenas em um país no Universo Marvel: Wakanda (fictício). Ele é mencionado pela primeira vez no Universo Cinematográfico Marvel em Era de Ultron e é governado por T’Challa, o Pantera Negra, cuja primeira aparição será em Capitão América: Guerra Civil (segundo notícias) e que terá filme solo em 2018. A conexão com Ulysses Klaue (Andy Serkis), no filme, também não é aleatória, conforme comentarei mais abaixo.

mosaico panther

(1) O Pantera nos Quadrinhos; (2) Chadwick Boseman, o ator que viverá o personagem no cinema; (3) Arte conceitual do Pantera no filme e (4) Wakanda.

9. O Quarto Vermelho, balé e a Viúva Negra:

Nas lembranças catalisadas na Viúva Negra por Wanda Maximoff, vemos Natasha ainda bem jovem, treinando para ser super-espião no que ela chama de Quarto Vermelho (Red Room). Nos quadrinhos, esse é o nome das instalações soviéticas responsável por um completo programa de treinamento de espiões. Além disso, vemos uma aula de balé ao fundo e, nos quadrinhos, esse passado como bailarina é um implante cerebral feito na personagem.

Dentro do Universo Cinematográfico Marvel, é possível ver um pouco mais de detalhes sobre esse programa de treinamento, quando, em Agent Carter, a agente do título enfrenta “Dottie”, egressa desse programa, com direito a uma visita ao local de treinamento.

mosaico red room

(1) Red Room nos quadrinhos e (2) Red Room em Agent Carter.

10. Wanda e Pietro são inumanos?

Nos quadrinhos, Wanda e Pietro Maximoff eram mutantes, mas isso mudou recentemente, quando a Marvel, em mais um retcon provavelmente influenciado pelo fato que não pode usar o termo “mutantes” no cinema, alterou seu legado para que os dois passassem a ser inumanos.

Os inumanos, como os quadrinhos revelam e como fica claro em Agents of S.H.I.E.L.D. formam uma raça que sofreu experiências genéticas dos Kree (depois de outras experiências pelos Celestiais, mas não quero complicar muito a história, ainda que um Celestial tenha aparecido em Guardiões da Galáxia) e que tem, em seu DNA, uma predisposição para sofrerem alterações por um processo chamado terrigênese. É o que acontece com Skye e Raina na série mencionada. Em outras palavras, há humanos na Terra com essa, digamos, “tolerância”  às transformações, que são muito variadas, dando os mais diversos poderes.

wanda pietro

Wanda e Pietro são inumanos afinal de contas?

Fica claro, em Era de Ultron, que os gêmeos ganham seus poderes por intermédio dos poderes do Cetro de Loki conforme usado pelo Barão Strucker. Ao mesmo tempo, fica claro que Wanda e Pietro foram os únicos a sobreviverem ao processo. Será isso, então, uma indicação de que eles são, na verdade, inumanos e que essa característica os permitiu sobreviver? E será que o Cetro (com a Joia da Mente) destravou os poderes inumanos que a terrigênese  destravaria? E mais ainda: será que as Joias do Infinito e a terrigênese têm alguma ligação mais direta no Universo Cinematográfico Marvel?

[Atualização] Nosso leitor Claudio Nogueira tem a seguinte teoria: No item 10, sobre o fato dos gêmeos serem inumanos ou não e a transformação sem terrigênese. Em Homem de Ferro 3 somos apresentados ao conceito do slot para upgrades no cérebro. Slot esse que o Killian preenche com a Extremis. Vi num editorial de algum site gringo que a terrigênese, o soro de supersoldado e a radiação gama seriam alguns dentre vários métodos pra se preencher o slot ou alguma coisa assim. [Fim da Atualização]

11. Barão Strucker e os gêmeos:

Desde que o Barão Strucker e os gêmeos Maximoff apareceram na cena de meio de crédito de Capitão América 2, fica evidente como Strucker tem uma doentia relação paternal com os dois. Parece-me que isso não é aleatório, pois, nos quadrinhos, Strucker tem dois filhos gêmeos – Andrea e Andreas Von Strucker – que a HYDRA submete a experimentos e que, no processo, se tornam super-poderosos, chamados juntos de Fenris. Não quero dizer que Wanda e Pietro são os gêmeos de Strucker, apenas que houve uma espécie de “homenagem” ao que foi estabelecido nos quadrinhos. Saibam mais detalhes sobre o Barão Strucker e sua família, aqui.

12. Wanda e Visão:

Uma das mais inusitadas relações amorosas dos quadrinhos Marvel se deu entre Wanda Maximoff (Feiticeira Escarlate) e o Visão. Os dois se casam e tem até filhos (leiam mais aqui) ao longo de sua história editorial.

Whedon deixou algumas pequenas piscadelas para esse relacionamento aqui e ali em seu filme. Primeiro, vemos Wanda lendo a mente do Visão ainda em formação, quando ele está no berço criado por Helen Cho. Mais tarde, durante a batalha em Sokovia, o Visão resgata Wanda do perigo iminente. Laços foram criados. Resta saber se a Marvel dará corda a esse relacionamento que tem tudo para ser explosivo.

aou easter vision and scarlet witch comics

Wanda e Visão, par romântico!

13. Bucky Barnes não foi esquecido:

Bucky – ou Soldado Invernal, como queiram – não aparece em Era de Ultron, mas ele não foi completamente esquecido. Lembram-se quando, na festa de Stark, Steve Rogers e Sam Wilson (o Falcão,vivido por Anthony Mackie), Wilson diz ao Capitão que não participou do ataque à fortaleza de Strucker porque estava lidando com um caso de “pessoa desaparecida”? Pois bem: é evidente que Wilson está procurando Bucky Barnes, que desapareceu após os eventos de Capitão América 2 e que veremos de volta, muito provavelmente, em Capitão América 3.

aou easter falcon winter

Falcão e Soldado Invernal.

14. Referências internas:

Whedon costura o Universo Cinematográfico Marvel não só com seus personagens e sua narrativa. Há muitas pistas visuais espalhadas por todo o filme:

– O Leviatã dos Chitauri na fortaleza de Strucker;

– O monumento em lembrança à Batalha de Nova York que é mostrado logo antes da Torre dos Vingadores surgir;

– A tecnologia Chitauri usada pelas forças da HYDRA na batalha que abre o filme;

– A luta entre o Homem de Ferro e o Hulk termina exatamente da mesma maneira que a cena mais memorável do primeiro Vingadores. Aquele soco quase cartunesco que o Hulk dá em Thor é repetido, só que dessa vez é Stark, com a armadura Hulkbuster que soca o Hulk;

mosaico hulkbuster

Puny god! Puny armor!

– Vemos um pouco da dança prometida entre Steve Rogers e Peggy Carter quando o Capitão está enfeitiçado por Wanda.

15. Clint Barton circense:

Nos quadrinhos, Clint Barton, o Gavião Arqueiro, tem sua origem relacionada com o circo, onde aprendeu a usar arco e flecha, sua arma preferida. Há uma referência a isso quando, na discussão sobre o martelo de Thor, Barton diz que ele é “um truque… um show de circo”.

hawkeye

Gavião Arqueiro no circo…

[Atualização] Georgia Germer lembra que há um alvo jogado no celeiro de Barton. Mais uma referência ao seu passado circense?

E Ruth Schmidt Bervig tem mais ainda: “Também tem uma cena em que mostram um closet e numa das prateleiras aparece um capacete vermelho e amarelo, bem circense! O Clint deixou o circo, mas o circo nunca deixou o Clint!”

[Fim da Atualização]

16. Quem é digno para levantar Mjölnir?

Antes de Ultron aparecer pela primeira vez, vemos os Vingadores discutindo sobre o martelo de Thor – Mjölnir – e como só ele pode levantá-lo. Todos tentam, mas ninguém consegue. Apenas o Capitão América faz o martelo se mexer, para a preocupação de Thor e a Viúva Negra diz que não precisa responder a essa pergunta.

Bem, nos quadrinhos, o Capitão já foi considerado digno para empunhar o martelo de Thor. Além disso, em What If Age of Ultron, uma história “O Que Aconteceria Se…”, a Viúva efetivamente empunha o martelo e se transforma na Deusa do Trovão.

mosaico hammer

Capitão Thor e a Viúva do Trovão.

No final das contas, isso não é lá um mérito, pois muitas outras pessoas já conseguiram empunhar Mjölnir ao longo das décadas nos quadrinhos. Mas podem ter certeza que essas duas menções não foram aleatórias.

17. Hulk odeia Banner.

Todo mundo que lê os quadrinhos do Hulk sabe que Hulk odeia o fracote do Banner. E isso nunca havia sido explorado de verdade no Universo Cinematográfico Marvel até agora, quando vemos que a menção de Banner ao Hulk por Natasha o deixa ressabiado.

18. Guerra Civil chegando!

Em 2016, o grande evento Marvel será a adaptação cinematográfica de sua melhor saga nos quadrinhos: Guerra Civil. Em seu âmago, há o controle dos heróis defendido por Tony Stark e a liberdade defendida, claro, por Steve Rogers. E essa rivalidade entre os dois nunca foi mais visível no Universo Cinematográfico Marvel do que agora, com o Capitão literalmente discordando de cada movimento do Homem de Ferro, seja ao descobrir que ele inadvertidamente criou Ultron sem avisar a ninguém, seja ao descobrir que deseja fazer o download de J.A.R.V.I.S. no corpo inerte do que viria a ser o Visão.

civil war

Uma das icônicas imagens de Guerra Civil.

Não há dúvida que essas duas formas de ver o mundo ajudarão a formar as duas facções em Capitão América: Guerra Civil e já deixá-la clara em Era de Ultron – ainda que isso já tenha aparecido no primeiro Vingadores – é uma ótima maneira de se introduzir o assunto aos não-iniciados.

19. Wanda louca:

Um evento traumático na vida da Feiticeira Escarlate – Wanda Maximoff – a faz enlouquecer e alcançar níveis de poderes inacreditáveis na história Vingadores: A Queda e na saga Dinastia M. Ela perde o controle sobre sua mutação (ou terrigêneses, pouco importa) e dizima seus colegas, acaba com os mutantes e cria uma utopia.

scarlet witch crazy

Os Vingadores não têm chance…

Claro que nada nem próximo disso acontece em Era de Ultron, mas, quando Pietro morre e Wanda sente sua morte, ela demonstra o quanto sua agonia pode ser destrutiva ao vaporizar diversos drones de Ultron ao seu redor ao mesmo tempo. Não é uma referência aleatória, pode ter certeza e isso pode, com o tempo, ser muito bem utilizado em um filme futuro.

20. Firefly?

Confesso que posso estar fazendo conexões onde não existem, mas adoro Firefly e, quando Ultron fala “People have looked to the sky and seen hope. I’ll take that from them first.” não pude deixar de lembrar da finada série Firefly, também de Joss Whedon. Coincidência? Humm, acho que não…

21. Geoffrey Crawford:

Quem é esse cara? Bem, nos quadrinhos ele é um professor de física na Universidade de Desert State e mentor de Bruce Banner. Ele se transforma no vilão Ravage, com poderes semelhantes aos de Hulk.

ravage

Igualzinho ao Hulk…

E porque eu o menciono? Partindo da premissa que nada é coincidência em Era de Ultron, reparem que, na sequência da luta entre o Hulkbuster e o Hulk, mais especificamente quando Stark leva um prédio inteiro abaixo, é possível ver um caminhão com CRAWFORD na lateral. Sim, está lá. Vejam novamente.

22. Ragnarok:

A visão que Thor tem quando é enfeitiçado por Wanda o coloca em uma festa decadente em que conversa com Heimdall. Não há menção expressa, mas quer parecer que essa é uma visão de futuro, do fim de Asgard em um evento conhecido como Ragnarok que, não por acaso, é o subtítulo do terceiro filme solo de Thor, a ser lançado em 2017.

23. Visão de Stark:

A visão apocalíptica que Tony Stark tem ao ser enfeitiçado por Wanda faz referência à visão de futuro que Tony Stark tem nas publicações da chamada Era Heróica dos Vingadores e que envolve Ultron também. Ele não vê o futuro em si, mas sim um gráfico críptico dando a entender que diversos acontecimentos cataclísmicos aconteceria, culminando com a saga Era de Ultron (lembrando: sem relação com o filme).

24. Escudo magnético:

Uma das melhorias que Tony Stark fez no uniforme do Capitão América é uma espécie de magneto que ele usa para recuperar seu escudo. Isso foi tirado diretamente dos quadrinhos e é algo que surgiu há muito tempo na história do Capitão América. É Whedon revirando o baú Marvel…

mosaico escudo

Ideia antiga, filme novo…

25. Armadura Bleeding Egde:

O design da armadura que Tony Stark usa na batalha final contra Ultron (sem ser a Hulkbuster) parece ter sido integralmente inspirada no modelo Bleeding Edge, que ele usou pela primeira vez em Invincible Iron Man Vol. 1 #25, de junho de 2010.

bleeding edge

Bleeding Edge: uma das armaduras mais bonitas de Tony Stark.

26. “Uniforme” de Wanda Maximoff:

Wanda usa uma roupa comum durante todo o filme (com exceção do finalzinho) que tem o vermelho como cor principal, cor essa que, claro, faz referência à cor de seu uniforme clássico nos quadrinhos. Mas, lógico, considerando na natureza pouco prática do “maiô” da Feiticeira Escarlate, ninguém em sã consciência esperaria vê-lo – ou mesmo algo próximo – em Era de Ultron.

mosaico wanda

Wanda fashion.

Mas isso não quer dizer que seu “modelito” foi aleatório. Ao contrário, ele parece ter sido inspirado pelo uniforme que a Feiticeira usa na animação X-Men: Evolution.

[Atualização] Nosso leitor Caio Ribeiro achou o uniforme da Feiticeira bem ao finalzinho do filme muito parecido com o que vemos no começo de Uncanny Avengers. Olhem só:

witch uniform

Tirando a tiara, até que é parecido mesmo.

[Fim da Atualização]

27. “Uniforme” de Pietro Maximoff:

Pietro, quando usa algo que parece um uniforme, tem padronagem de cores que remete à padronagem branca e azul clara de seu uniforme mais clássico dos quadrinhos. Além disso, apesar de não ter um “raio”, há padrões de desenho que dão essa impressão.

mosaico pietro

Uma boa adaptação de uniforme, não?

28. Novo uniforme do Gavião Arqueiro:

São meus olhos ou Clint Barton, no filme, usa uma mistura de seu uniforme da versão Ultimate com o de sua identidade de Ronin, que usou durante um tempo nos quadrinhos?

mosaico hawkeye

Fusão de ideias?

[Atualização] Já nosso leitor Caio Ribeiro acha o uniforme novo do Gavião Arqueiro inspirado nesse aqui, dos anos 90:

hawkeye 90

Os anos 90 maltratando os uniformes dos heróis…

[Fim da Atualização]

29. New Avengers Facility:

Ao final de Era de Ultron, somos apresentados à New Avengers Facility, uma espécie de QG e instalação de treinamento para os Vingadores, cortesia, claro, de Tony Stark. Mas o próprio Stark, assim como Barton, Hulk e Thor parecem sair do grupo, ao menos temporariamente e cabe então ao Capitão e à Viúva Negra treinarem os Novos Vingadores: Visão, Falcão, Máquina de Combate e Feiticeira Escarlate (quem sabe futuramente o Soldado Invernal, Pantera Negra, Tremor e Homem-Formiga também?).

O mais interessante, porém, é o conceito do lugar. Uma espécie de “academia” de treinamento, algo que não só bate com o que é mencionado em Agents of S.H.I.E.L.D. como parte de um projeto do Diretor Phil Coulson, mas, também, algo criado nos quadrinhos, a Academia dos Vingadores, moldada para treinar novos recrutas poderosos.

E, claro, o nome usado – New Avengers Facility – tem duplo sentido. Pode ser traduzido como “Nova Instalação dos Vingadores” ou Instalação dos Novos Vingadores”. Novamente, eu garanto, não foi sem querer…

30. Quem afinal é Verônica?

Tive que remexer meus alfarrábios para achar algo que pudesse se encaixar com a menção à Veronica como sendo o satélite que fornece a armadura Hulkbuster ao Homem de Ferro. Não achei nada satisfatório de verdade, pois a única Veronica relacionada como Tony Stark é uma personagem mínima chamada Veronica Benning, terapeuta do heróis que acaba se envolvendo com ele (lógico).

aou easter veronica comics

Taí a Verônica! Deve ter sido um romance inesquecível para Tony batizar um satélite “delivery” de armaduras com o nome dela, não?

A ligação, porém, vai além do mero nome, pois, nos quadrinhos, Veronica ajuda Tony a recuperar uma de suas mãos, ferida em combate e tornada inútil. No filme, Tony pede “uma mão” à Veronica, que literalmente reconstrói a mão da Hulkbuster.

Ufa!

[Atualização] Henrique Valle tem mais a dizer sobre Veronica, dessa vez usando como fonte o site Comics Alliance: “a Verônica é uma referência a Archie (a Turma da Mônica dos EUA), em que duas garotas competem para ficar com o Archie: Verônica e Betty. Como é o nome da paixão do Bruce Banner, mesmo?”

Interessante essa, não? Mas acho que não invalida a suposição que coloquei mais acima. [Fim da Atualização]

31. Helen Cho:

Helen Cho, vivida por Claudia Kim, é uma cientista coreana que ajuda na recuperação de Clint Barton e criou um “berço” de regeneração que acaba sendo usado por Ultron para criar o corpo que acabaria sendo o do Visão. Mas, claro, Helen Cho não é um personagem aleatório.

mosaico helen cho

(1) Helen Cho nos quadrinhos; (2) Helen Cho no filme e (3) Amadeus Cho.

Nos quadrinhos, ela é mesmo coreana (assim como a atriz que a vive, aliás) e é mãe de Amadeus Cho, um geninho do Universo Marvel surgido em 2006 e que teve importante participação na saga Hulk Contra o Mundo e na publicação The Incredible Hercules, quando o deus grego substituiu o Hulk. Será indicação que veremos Amadeus em futuro próximo? Porque não, não é mesmo?

32. Ulysses Klaue:

Ulysses Klaue é um personagem retirado diretamente dos quadrinhos e que se transforma no vilão Garra Sônica. Sua presença no filme é curta, mas importante, pois ele tem ligação com o vibranium que Ultron tanto deseja. Se quiserem saber mais sobre a biografia do vilão, leiam aqui.

Kaue, nos quadrinhos, quer roubar o vibranium de Wakanda e, no processo, mata T’Chaka, pai de T’Challa, o futuro Pantera Negra. T’Challa inutiliza a mão do vilão que, depois, insere uma arma sônica no lugar. No filme, a mão de Klaue é cortada por Ultron e ele tem uma marca de “ladrão” no pescoço, indicando que ele foi preso em Wakanda por roubo do vibranium.

mosaico klaw

(1) Klaue ou Klaw já sem a mão; (2) Klaw como Garra Sônica e (3) Andy Serkis como Klaue.

Além dessa outra conexão com o Pantera Negra, Garra Sônica junto com a segunda versão dos Mestres do Terror, foi o primeiro vilão com quem Ultron trabalhou nos quadrinhos, quando ele se apresentou como Manto Rubro (vide acima), o que fecha perfeitamente a referência e a razão da presença de Klaue em Era de Ultron.

[Atualização] Nosso leitor Rafael Sousa reparou que a mão cortada no filme é a esquerda, enquanto a dos quadrinhos é a direita. Olhos de lince! [Fim da Atualização]

33. Dr. List:

O Dr. List (Henry Goodman) não foi retirado dos quadrinhos. Sua primeira aparição se deu na cena de meio de créditos de Capitão América 2, ao lado do Barão Strucker. Ele também aparece como um dos líderes da HYDRA em Agents of S.H.I.E.L.D.

mosaico list

List. List everywhere…

Nada como usar pequenos personagens para fazer conexões dentro do Universo Cinematográfico Marvel, não?

34. Laura Barton:

Esposa “secreta” de Clint Barton em Era de Ultron vivida por Linda Cardellini, Laura é realmente esposa do herói, mas não no universo normal Marvel (o chamado Terra-616), mas sim no Universo Ultimate de onde, aliás, muito do que vemos no Universo Cinematográfico Marvel foi tirado.

mosaico laura

Laura Barton loira ou morena?

35. Stan Lee:

O imortal Stan Lee que, tenho certeza, toma boas doses da Fórmula do Infinito, faz sua tradicional ponta em Era de Ultron como um convidado da festa de Tony Stark que quer beber a bebida asgardiana oferecida por Thor. Ele sai de lá carregado, balbuciando “Excelsior” marca registrada do homem responsável por fazer da Marvel o que ela é hoje.

36. Banksy:

O famoso grafiteiro (já que é politicamente incorreto chamar de pichador) Banksy aparece o tempo todo como inspiração das pichações pinturas de rua que vemos em Sokovia. E, como se isso não bastasse, Tony Stark solta seu nome no filme. Seria merchandising?

37. A cena de meio de créditos:

Era de Ultron não tem cena de final de créditos e sua cena de meio de créditos é tão simples que nem merece uma explicação separada. Trata-se, mais uma vez, de Thanos (Josh Brolin) que deu as caras pela primeira vez, para regozijo dos fãs, na cena pós-créditos de Vingadores e, depois, em Guardiões da Galáxia. Ele aparece muito brevemente abrindo um armário (?) para pegar sua Manopla do Infinito e para dizer, meio que desapontado, que “vai ter que fazer tudo sozinho”, ou seja, referenciando as joias do infinito. Se quiser saber mais sobre Thanos e a Manopla do Infinito, leiam as seguintes críticas: Desafio Infinito, Guerra Infinita, Cruzada Infinita, Abismo InfinitoA Imperativa Thanos, O Invencível Homem de Ferro #55 e Infinito.

thanos

Thanos + Manopla do Infinito + Joias do Infinito = Muita Dor de Cabeça…

Mas uma coisa: a Manopla não estava no cofre de Odin? O que raios ela está fazendo com Thanos agora? Loki deu para ele, agora que está posando como Odin? Hmmmm. Mistério…

[Atualização] Nosso perspicaz leitor Peterson Rodriguez matou a pau com essa afirmação: “Acho que a manopla no filme do Thor é realmente só um easter egg. Ela tá com todas as gemas e é pra mão direita, a que o Thanos coloca na cena no meio dos créditos vai na mão esquerda.”

Eu acho que a manopla que aparece nos créditos não tem as gemas, mas sobre a questão da mão direita vs mão esquerda procede sim! Olhos de águia. [Fim da Atualização] 

[Atualização 2] Nosso leitor Jean Pierre Martins diz: “E vale lembrar que nas visões do Thor uma das jóias está dentro de um planeta que é destruído. Thanos fez com que o Campeão destruísse um planeta inteiro só pra poder pegar a gema do poder”.

Com certeza Thanos não pestanejaria em destruir um planeta inteiro – ou dois ou três – para pegar uma joia.

Nosso leitor Fernando de Moraes, no entanto, discorda que a Manopla no cofre de Odin seja só um easter-egg. Vejam o que ele tem a dizer:

“Agora, vamos as teorias sobre a cena “entre-créditos”: não acredito que, como um dos colegas comentou, a Manopla exposta na sala de tesouros de Odin seja só um easter-egger, acredito que seja uma réplica, e que a original também estava lá, guardada (afinal, se eles produziram uma réplica e se Odin sabia que o Aether e o Tesseract eram Joias do Infinito, então ele deveria ter a Manopla original e deveria saber sua funcionalidade, o que explica o porquê dele ter optado por entregar o Aether para o Colecionador, pois seria imprudente ficar com duas Joias mais a Manopla).

Agora, se a Manopla original estava em Asgard, assim como o Tesseract, e o Loki está governando Asgard (disfarçado de Odin) é provável que ele tenha dado tanto a Manopla quanto o Tesseract para Thanos, para saldar seu débito. Aqui cabe um parêntesis grande (tem uma cena no primeiro Vingadores em que o servo de Thanos entrega o Cetro para o Loki e diz: “Se você falhar, se o Tesseract não nos for entregue, não haverá nenhum reino, nenhuma lua árida onde Ele não o achará. Você acha que conhece a dor? Ele fará você desejar por algo doce como a dor”).

Por fim, acredito que além de entregar o Tesseract e a Manopla para o Thanos, provavelmente foi o Loki quem mandou o Thor recuperar o Cetro aqui na Terra (também para devolvê-lo a Thanos), mas, como o Thor resolveu deixar a Joia aqui, com o Visão, o próprio Thanos decidiu que ele mesmo virá pegá-la (o que explica a cena “entre-créditos” de Vingadores 2).”

E aí, gostaram da teoria completa do Fernando? Confesso que gostei muito!

[Fim da Atualização 2]

38. Ordem e Caos:

Nosso leitor Alberto Junior detectou uma menção a “ordem e caos” que pode ser uma referência ao Dr. Estranho já que, famosamente, ele manipula poderes relacionados com a “ordem” e a Feiticeira Escarlate com o “caos”. Possível visita da Feiticeira no filme solo de Estranho? Seria bem legal.

39. Lugar e caminho “especial”:

Nosso leitor Ruddy Alemão disse: “No início do filme a Agente Hill fala pro Capitão América que Sokovia fica ‘no caminho de tudo o que é especial’ e na série AoS Coulson se refere durante a interminável busca à cidade dos inumanos como “um lugar onde tudo é especial”. Uma referência cruzada proposital? Será que há relação entre Sokovia e as cidades secretas dos inumanos? Tudo é possível nesse fantástico Universo Cinematográfico Marvel.

40. Esperanças de vermos Planeta Hulk um dia:

Nossos leitores Guilherme Augusto e Draw fizeram a correlação entre o final, como Hulk indo embora sozinho em um Quinjet com Planeta Hulk. Será que essa referência procede? Digo que fiz a mesma correlação quando vi essa cena, pois sou cada vez mais partidário da tese que seria sensacional ver Hulk lutar como Gladiador em um planeta distante, mas descartei a hipótese em razão de comentários recentes de Kevin Feige na imprensa dizendo que a Marvel não pode fazer outro filme solo do Hulk (apenas de equipe), pois esse direito permanece com a Universal Studios. Como veio de Feige, essa afirmação deixou-me desanimado.

No entanto, com nossos dois leitores comentando nesse sentido, resolvi incluir aqui pois (1) o final do filme chega a mencionar que o jato caiu em algum lugar do Pacífico, mas sem dar certeza absoluta em razão do “modo furtivo” e quase indetectável em que ele se encontrava e (2) se o Homem-Aranha poderá aparecer em filmes do Universo Cinematográfico Marvel, então não seria difícil imaginar-se uma negociação com a Universal para outro filme solo. Dedos cruzados!

41. Pinóquio rules!

A citação a Pinóquio não fica só no trailer. Nosso leitor Mateus Woszak lembrou que Ultron canta a música de Pinóquio dentro do filme!

42. Capitão fazendo piadinha:

E o Mateus Woszak não parou só com o Pinóquio. Ele disse: “Há uma piadinha do Capitão América quando Maria Hill pergunta que tipo de gente se tornaria voluntário para esses tipos de pesquisas, ao se referir aos gêmeos. O Capitão responde algo como: é mesmo, quem seria o monstro ao se voluntariar a pesquisas de um cientista alemão?” nos fazendo recorrer a ele mesmo, no seu primeiro filme.”

E, realmente, essa brincadeira interna fazendo referência ao primeiro filme do Capitão América é muito boa.

43. Momento de raiva do espectador:

Mateus Woszak – ele novamente! – me lembrou do encerramento do filme, quanto temos certeza que o Capitão finamente dirá o famoso AVENGERS ASSEMBLE!, mas Whedon tira esse gostinho ao cortar bruscamente logo depois de AVENGERS. Depois, nós fanboys colocamos o nome do diretor na boca do sapo e ele vai reclamar…

44. Número 12:

Gabriel Dalledone me lembrou e Mateus Woszak reiterou: novamente temos uma citação ao número 12, quando Pietro diz que nasceu 12 minutos antes de Wanda. Não lembram do número 12? Em Vingadores, Tony diz que dará 12% de crédito para Pepper e Pepper diz o mesmo para ele no final do mesmo filme e o Senhor das Estrelas diz ter 12% de um plano em Guardiões da Galáxia

Nosso leitor jcesarfe perguntou o porquê dessa fixação com o 12, mas essa resposta eu não tenho fora o meu achismo de ser uma brincadeira interna da Marvel. Alguém sabe?

[Atualização] Nosso leitor Adam William tem uma teoria sobre o 12: “A fixação do número 12 deve ser devido ao primeiríssimo filme dos Avengers estrear em 2012.” [Fim da Atualização]

45. Extremis:

A relação de proximidade entre a Dra. Helen Cho e Tony Stark nunca é realmente explicada no filme, mas nosso leitor Renato Zanotte disse: “Quando Tony e a Dra. Helen estão trabalhando o Visão ainda na caixa, ela comenta da pele artificial diretamente pro Tony, algo como ‘Você sabe né?’ e ele concorda. Seria referência ao Extremis, já que essa armadura é tipo uma outra pele?”

Para quem não sabe, no celebrado arco Extremis, nos quadrinhos do Homem de Ferro, ele desenvolve uma armadura que literalmente sai de dentro dele mesmo quando ele quiser. Com Cho tem essa especialização com “novas peles”, não seria mesmo difícil imaginar que os dois já tivessem trabalhado em projeto semelhante. Se veremos uma armadura semelhante em filme futuro, só o tempo dirá!

[Atualização] Nossa leitora Georgia Germer tem olhos de águia e percebeu algo que realmente está lá e deixei passar: “Na cena em que a Dra Cho está “curando” Clint e todos estão impressionados com a pele sintética, aparece atrás dela em segundo plano, uma espécie de busto que eu achei parecido com as armaduras do Tony, mas são nas cores do Visão, inclusive a padronagem.” Será o protótipo da Extremis?

A leitora Aline Castro me corrigiu: “Só uma coisa: em relação ao Extremis, o Tony não o desenvolve, de fato quem o faz é uma outra cientista chamada Maya, ele apenas toma o soro, que o dá o poder de manipular qualquer tecnologia. O que fica ligado ao corpo dele, na verdade é a parte de baixo da armadura. Os pedaços desta, ele meio que ‘convoca’.

Está certa a Aline. Obrigado!

[Fim da Atualização]

46. Attilan:

Nosso leitor Urasam Urashima fez uma correlação de Sokovia sendo “levantada” por Ultron com Attilan, a cidade dos Inumanos que tem a mesma característica: “a cidade flutuando é uma referência a Attilan (até o formato lembra bastante) e o projeto utilizado pelo Ultron pode ter alguma referência ao mecanismo que os Inumanos utilizam”.

Outro leitor, o João Luiz, reitera a questão da tecnologia: “Só pra lembrar que o projeto deve ter sido tirado da Hydra e em Agents of Shield, eles estão monitorando as atividades inumanos, detectando os portais do Reader [Gordon]. Pode ser que numa delas tenham tido um vislumbre de Attilan e ela sumiu.”

E outro leitor ainda, jcesarfe, faz outra correlação com a tecnologia, dessa vez com a Kree que, por vias transversas, também se relacionam com os Inumanos: “Outra coisa que dá para ter quase certeza é que o projeto que Ultron usa para transformar a cidade em um meteoro é uma obra Kree, segue os mesmos esquemas das cidades Inumanas e usa geradores de força idênticos.”

Muito coisa para mastigar, não?

47. A Morte de Mércurio:

Todo mundo sabe que mortes de heróis em quadrinhos mainstream têm validade. Logo logo arrumam algum jeito interessante ou completamente estapafúrdio de trazer o sujeito de volta. Em alguns casos, mais de uma vez. Os únicos personagens de quadrinhos que morreram e (até agora) não ressuscitaram, até onde me lembro, foram o Tio Ben e o Capitão Marvel. E, no Universo Cinematográfico Marvel, esse morre-ressuscita já aconteceu com o agente Philip Coulson e também com Nick Fury e Bucky Barnes. Portanto…

Com base nisso, alguns leitores nossos apostam na volta de Mercúrio em um futuro próximo. Tales Hidequi acha “extremamente fácil trazer ele de volta. Quem acompanha AoS sabe. O projeto TAHITI, que ressuscitou o Coulson, foi projetado para recuperar um Avenger morto. Raina já recriou o GH325 uma vez, e com a ajuda dela seria possível de novo. Tem tudo que precisa pra trazer ele de volta.” Mayk Oliver afirma: “se ele é um inumano ele pode ser ressuscitado como Skye em AoS“. Lucas Borges ainda lembra que “a Feiticeira Escarlate, em um dos ápices de seus poderes, consegue ressuscitar o Mercúrio, depois de sua morte nas HQs”. Tiago Pitta afirma: “Além de não ter qualquer cena de velório ou funeral do cara [Mercúrio], tem uma pista no próprio filme. Antes de começarem o combate mais pica com o exército Ultron, tem uma fala em off do Capitão América para os Vingadores que diz algo como ‘se estiverem feridos, ignorem. Caso morram, levantem e sigam lutando’. Nesse exato momento aparece o Mercúrio dando uma risada, quase como um suspiro aliviado. Mario Vinicius tem isso a dizer: “Tem a questão da Dra. Cho faltar falar que a tecnologia dela consegue reviver as pessoas, e tem o berço, acho que essas questões podem ir além da criação do Visão. Eu nunca gosto da ideia de um herói morrer, kk quero acreditar que ele volte…”.

João Paulo Moura também espera muito que Mercúrio volte e Dennes Anderson diz, com base em artigo que leu: Capitão América 3: Guerra Civil, assim como nas HQs, pode terminar com o Capitão América morto (segundo especulado no artigo, pelo Ossos Cruzados e não pela Sharon Carter, como nas HQs), assim o mesmo não apareceria em Os Vingadores 3 parte 1, onde a equipe dos Novos Vingadores seria liderada pelo Doutor Estranho, e teria Bucky Barnes como seu sucessor no manto de Capitão América. Assim como o Cap, parte da formação original também não apareceria na primeira parte de Infinity War, no entanto, a segunda parte de Infinity War marcaria o retorno da formação original junto do novo grupo, incluindo Steve Rogers, ressuscitado graças ao poder das joias do Infinito, provavelmente, opinião minha, mais precisamente por meio da Joia do Tempo. Onde entra Mercúrio nessa? Simples. O mesmo poderia ser salvo também, não acham?”

48. Clint Barton controlado:

Lembram quando Barton diz à Wanda, depois de atacá-la, que o truque de controle mental dela não funcionará com ele, pois ele já passara por isso? Nossa leitora Georgia Germer me lembrou que essa é uma referência ao controle mental de Loki sobre Barton no primeiro Vingadores.

49. Luganenhum no filme?

Nosso leitor PauloRVC vem com uma teoria muito interessante: “O Ultron cita (na luta contra o Homem de Ferro, após ir buscar o vibranium com o Claw) o planeta Luganenhum de Guardiões da Galáxia. O Stark fala ‘você vai a lugar nenhum’, e o ultron responde algo como “eu já estou lá”, e logo em seguida “você vai entender”. Uma cena antes do Hulk x Hulkbuster. Será que o Ultron aparece em Guardiões 2 ou Vingadores 3? Aliança de Ultron e Thanos ou ainda melhor: Ultron e Howard, o pato, em breve?”

Se Ultron se unir ao Howard, os Vingadores não têm chance! Mas sério, gostei da referência aqui, só não sei se foi intencional. Mas, como não acredito em coincidências em filmes da Marvel, coloquei aqui para vocês, leitores, comentarem.

50. Spider Man, Spider Man…

Nosso leitor Cássio David quer muito que o Homem Aranha apareça logo nos filmes da Marvel. Vejam só o que ele disse e que recebeu corroboração de outro leitor, o Carlos Silva: “Só eu que achei que a cena em que o Cap América e a Wanda salvam o trem em movimento é uma clara referência a uma das cenas mais famosas do Homem Aranha do Tobey Maguire? Homem Aranha recém adquirido pela Marvel e que deve aparecer em breve.”

Será?

51. Wolverine, Wolverine… Não, peraí, música errada…

Nosso leitor Rodrigo Caetano verbalizou algo que eu vi e não acreditei na hora, mas que, pensando melhor, não temo como não ser verdade: “Pô tem uma coisa clássica que foi muito comentado no trailer inclusive, ‘as garras do Wolverine’ que foram na verdade as flechas do Gavião, mas isso foi muito proposital, né? Ainda colocaram no trailer para dar um suspense. Referencia total ao Wolverine.”

Sim, também acho. E ficou sensacional!

52. Coulson é quem descobre onde está Strucker:

Rodrigo Caetano também nos lembra que em Agents of S.H.I.EL.D., mais precisamente no capítulo 2X19, The Dirty Half Dozen, é Coulson quem consegue descobrir a localização exata da fortaleza de Strucker em Sokovia e passa a informação para Maria Hill. Esse Coulson é fogo, não?

53. Bruce Lee:

Todo mundo viu a camiseta do “Bruce Lee DJ” que Tony Stark usa, não? Bem, a camiseta em si é muito famosa e, além disso, é um ítem de propriedade de Robert Downey Jr., que a usou nas filmagens. Bacana! Obrigado aos nossos leitores Jonathan EstecheFilipe Isaías e Adam William por me lembrarem disso!

54. Ultron citando a Bíblia:

Quando Ultron está pegando o vibranium com Ulysses Klaw, ele não se faz de rogado e se compara à Deus ao citar a Bíblia diretamente: “sobre essa pedra edificarei a minha igreja” (Mateus 16, 18). Nossos leitores Silas da Silva e Gabriel Ricardo não me deixaram esquecer disso!

55. O filho de Clint Barton:

Nossos leitores Rodrigo Caetano e Marcelo Afonso têm olhos de águia: eles perceberam que, quando Natasha vê o filho recém nascido de Barton pelo smartphone, há, em sua camisa, o nome Nathaniel Pietro Barton. Homenagem de Barton ao sacrífico de Pietro Maximoff, claro!

56. Buffy está no filme!

Calma. Isso foi nosso leitor Eduardo Carlos Buenas que perguntou: “A passagem em que Thor recorre aos espíritos passados poderia ser uma referência à série Buffy, em que a caçadora de vampiros recorreu aos espíritos passados para enfrentar Adam?”.

Nunca vi a série (eu sei, eu sei, pecado, mas não posso fazer nada), mas Whedon adora se auto-citar. Portanto, tudo é possível!

57. Os amigos de Fury:

Mais um comentário de Georgia Germer: “No finalzinho quando Fury avisa Natasha sobre o Quinjet ter sido achado, ele diz que teve ajuda de uns amigos: eu na hora pensei em AoS – Gemma, Fitz ou alguém da equipe do Coulson. Achei super cabível introduzir os atores da série nos filmes, assim como já se fala por aí dessa possibilidade.”

Georgia, não pensei nessa conexão, mas, agora que você disse, não consigo mais “despensar” nela!

58. Os Invasores:

Eu tinha ouvido isso da primeira vez, mas não quis acreditar. Então, nosso leitor Marcos Queiroz levantou a bola e disse que, em determinado ponto do filme, Maria Hill diz que “os invasores criaram os Vingadores”. Ele acha que a referência é sutil, mas está lá: os Invasores é uma menção ao grupo formado pelo Capitão, Bucky, Namor, Tocha Humana (o primeiro, um androide) e Centelha. Nosso leitore Jean Pierre Martins discorda e acha que a referência é aos Chitauri.

Eu acho que as duas interpretação são conciliáveis. A referência é mesmo aos Chitauri, mas parece ter havido mesmo, sutilmente, uma brincadeira com palavras para dar água na boca dos fãs. Particularmente, gosto muito da ideia e, tendo visto novamente o filme, acho que foi a intenção mesmo…

59. Nuvem “manopla”:

Nossos super atentos leitores Rodrigo Caetano e Carlos Alberto Pimentel Filho viram uma nuvem no formato de Manopla do Infinito ao redor das joias no sonho de Thor. E não é que eles têm razão?

60. Sonho de J.A.R.V.I.S.:

Nosso assíduo leitor Mateus Woszak não me deixou esquecer que, quando Ultron assimila J.A.R.V.I.S., vemos diversas imagens, inclusive várias do Universo Cinematográfico Marvel, uma delas sendo o momento em que Stark, antes de ser capturado pelos terroristas no primeiro filme do Homem de Ferro, faz sua demonstração de mísseis. Bacana o cuidado da Marvel em costurar seu passado no presente, não é mesmo?

61. O Cubo:

Nosso leitor Rodrigo Caetano tem uma interessante teoria: “Algo que me chamou a atenção numa cena do filme foi na torre dos vingadores, quando Tony vai analisar o Cetro, Banner entra na sala com algo na mão que me pareceu um cubo. A cena é rápida e achei que era idêntico ao que Coulson tinha em Agents of Shield, porém pode também ser uma referência à prisão O Cubo, já que é o Banner quem segura.”

Olha, não acredito em coincidências nesse filme!

62. Visão Frankenstein:

Esus lembra muito bem que a sequência em que Thor chega e usa seu raio para fazer o Visão viver faz referência ao que o Dr. Frankenstein faz com seu monstro sem nome. Além disso, tanto Esus quanto Dennes Anderson fazem a conexão de que sua vida se deve à Thor com o fato de o Visão ser digno de levantar o martelo do Deus do Trovão.

Carlos Alberto Pimentel Filho tem mais ainda a dizer sobre isso: “Pelo o que entendi das falas do Visão, o raciocínio do Visão em relação a vida e ao Ultron, é diferente dos demais heróis. Ele não condena o Ultron, ele o entende, sabe que ele está sofrendo. Enfim, a fala inicial dele, até empunhar o Mjolnir é de um cara neutro, justo e imparcial, como se ele estivesse num nível de conhecimento acima dos outros (tanto é que ninguem sabe se o Visão está do lado dos Vingadores ou não), por isso foi “digno” do Mjolnir. Foi o que eu captei.”

63. Gesto mágicos:

Nosso leitor Marco Vilela diz: “A Wanda usa a mesma posição das mãos do Dr. Estranho também. Acho que é na cena que ela arranca o ‘coração’ do Ultron que rola um close e dá pra ver a mesma posiçãozinha dos dedos pra fazer as mágicas.”

Queria é ver um embate entre ela e Estranho!

64. Roy Thomas:

Sabem quem é Roy Thomas? Não? Pois bem, ele foi o genial roteirista que criou tanto Ultron quanto o Visão. Não fazem ideia do porquê eu estar mencionando isso? Bem, sabe quando algo fica escondido nos recônditos mais obscuros de seu cérebro e, de repente, dá um estalo? É o que aconteceu na segunda vez que vi o filme. A banda que toca a música que ouvimos no “sonho” do Capitão América é Roy Thomas Players, uma clara referência ao criador. Bacana, não?

65. Cameron Klein:

Quem? Calma que vocês se lembrarão. Sabem aquele técnico da S.H.I.E.L.D. que é o primeiro a se negar a seguir as ordens da HYDRA depois que o Capitão América revela o plano da organização vilanesca em Capitão América 2? Pois bem, ele se chama Cameron Klein e foi criado originalmente para os quadrinhos Marvel (primeira aparição em Capitão América, vol. 3 #32). Se vocês repararem bem, ele aparece mais uma vez no aeroporta-aviões de Fury em Era de Ultron.

######

Viram mais alguma coisa? Errei algo? Deixem seus comentários aí embaixo!

E ficam já nossos agradecimentos pelas contribuições e correções recebidas, que já foram todas incorporadas ao texto!

RITTER FAN. . . . Aprendi a fazer cara feia com Marion Cobretti, a dar cano nas pessoas com John Matrix e me apaixonei por Stephanie Zinone, ainda que Emmeline Lestrange e Lisa tenham sido fortes concorrentes. Comecei a lutar inspirado em Daniel-San e a pilotar aviões de cabeça para baixo com Maverick. Vim pelado do futuro para matar Sarah Connor, alimento Gizmo religiosamente antes da meia-noite e volta e meia tenho que ir ao Bairro Proibido para livrá-lo de demônios. Sou ex-tira, ex-blade-runner, ex-assassino, mas, às vezes, volto às minhas antigas atividades, mando um "yippe ki-yay m@th&rf%ck&r" e pego a Ferrari do pai do Cameron ou o V8 Interceptor do louco do Max para dar uma volta por Ridgemont High com Jessica Rabbit.