Crítica | The Wolf Among Us – Episódio 1: Faith

estrelas 5

Telltale Games, fundada em 2004, se tornou famosa pelos seus jogos Back to The Future e The Walking Dead. Este último foi considerado o jogo do ano de 2012 e, caso você ainda não tenha jogado, corra e tire o atraso, porque o jogo é sensacional! Seguindo o mesmo estilo de jogabilidade point and click dos games anteriores, a desenvolvedora lançou o primeiro capítulo de The Wolf Among Us.

A primeira coisa que se deve saber sobre o jogo é: ele é baseado nos quadrinhos Fábulas, publicada pela Vertigo. Se passa em um universo no qual personagens de contos de fada como Branca de Neve, Bela, Fera, Ichabod Crane, dentre diversos outros, vivem disfarçados entre os humanos. A moradia dessas fábulas, como são chamados, varia desde um condomínio luxuoso denominado Woodlands até guetos em bairros como o Bronx. Os seres que não possuem forma humana se disfarçam através de um feitiço vendido por bruxas, ao que dá entender, por um preço alto.

Espelho, espelho meu...

Espelho, espelho meu…

Essas criaturas possuem uma grande longevidade e não podem ser mortas tão facilmente. O mais interessante, contudo, é que os contos de fadas pelos quais são famosos realmente aconteceram há muito tempo e desde então eles saíram daquele reino. Antes que pareça que tudo isso é muita informação para se absorver, o jogo nos transmite isso gradualmente através de sua história com bastante coesão, não soando como uma simples explicação para os não conhecedores dos quadrinhos.

Não se deixe enganar achando que esse é um jogo infantil baseado em contos de fada. Estamos falando das fábulas originais, onde as irmãs de Cinderela cortam pedaços do pé para vestir a sandália de cristal e o Caçador deixa pedras na barriga do Lobo Mau antes de costurá-la novamente. Tanto os quadrinhos quanto o game baseado neles são adultos e repletos de violência e críticas sociais.

Nos situando ainda mais nesse universo nos são apresentados belos gráficos que utilizam a técnica do cel-shading que mescla a sensação de estar lendo um quadrinho com o 3D em terceira pessoa dos jogos atuais. A estética final é deslumbrante, encaixando-se perfeitamente com a proposta do jogo.

Assim como The Walking Dead – The Game, The Wolf Among Us é dividido em episódios que serão lançados aos poucos até o verão de 2014 (verão do hemisfério norte, só para ficar claro). Neste primeiro episódio, somos apresentados ao protagonista e nosso personagem: Bigby Wolf, sim, O Lobo Mau. Bigby é o xerife de Fabletown, encarregado de manter a ordem dessa comunidade fantástica. Quando um assassinato ocorre em frente ao condomínio de Woodlands, cabe a nós, na pele do lobo, investigar. A história progride como um filme de investigação, com diversos elementos noir e nos mantêm imersos e tensos durante toda sua duração.

As mecânicas do game são bastante simples – diversos elementos ocupam a tela e basta clicar neles para interagir de maneira específica. Em alguns momentos temos controle do personagem em um ambiente, mas em geral o jogo progride através de diálogos interativos. Tais conversas nos dão séries de opções de resposta, cada qual alterando a forma como a história vai se desenrolar, provocando grandes mudanças que afetam, inclusive, os episódios subsequentes. Isso garante um bom replay ao jogo, dificilmente um playthrough será igual ao anterior, o que facilmente pode ser visto através de estatísticas das escolhas dos outros jogadores que nos são mostradas ao fim de cada episódio.

Hit him!

Hit him!

Além da parte investigativa e do diálogo, The Wolf Among Us, nas cenas de maior ação (que vão te deixar na beirada da cadeira), nos faz reagir rapidamente apertando determinados botões. Por exemplo, quando um objeto é atirado na direção do personagem, devemos prontamente desviar apertando o direcional para a direita. Por essa razão, recomendo o uso de um controle, mesmo se estiver jogando a versão para o computador – eu fui pego de surpresa quando tive de apertar a tecla “w” pela primeira vez. Tenha em mente, também, que não é possível voltar atrás de uma ação/escolha sem recomeçar o capítulo.

The Wolf Among Us é um jogo essencial, principalmente para fãs de quadrinhos,  tendo lido Fábulas ou não – embora é provável que o jogador tenha vontade de ler a história após o game. Conta com uma ótima narrativa e jogabilidade que irão entreter do início até o fim. Quando o episódio acabar espere sentir aquela sensação de desolação por ter que esperar meses para descobrir o que vem a seguir, o que somente melhora o game através da expectativa.

The Wolf Among Us – Episódio 1: Faith
Desenvolvedora:
 Telltale Games
Lançamento: 11 de Outubro de 2013
Gênero: Aventura
Disponível para: PS3, PS Vita, PC, Xbox 360, Mac, iOS

GUILHERME CORAL. . . .Refugiado de uma galáxia muito muito distante, caí neste planeta do setor 2814 por engano. Fui levado, graças à paixão por filmes ao ramo do Cinema e Audiovisual, onde atualmente me aventuro. Mas minha louca obsessão pelo entretenimento desta Terra não se limita à tela grande - literatura, séries, games são todos partes imprescindíveis do itinerário dessa longa viagem.