Lista | 15 Spin-Offs de Star Wars Totalmente Inusitados

Não deixe de acessar nosso Especial Star Wars

Rogue One: Uma História Star Wars estreou e nos mostrou que a ideia de lançar um spin-off de Star Wars a cada dois anos pode dar muito certo. No espírito do filme, decidimos elaborar essa lista com historias completamente inusitadas, algo que jamais veríamos no cinema feito pela Disney – nos baseamos desde Se Beber, Não Case, até Hiroshima, Meu Amor, pensando naqueles personagens bem secundários ou buscando explicar algumas coisas que George Lucas parece ter esquecido. Portanto, leiam o que temos a dizer e deixem suas próprias ideias.

8D8, O Odiado
(dir: Quentin Tarantino, roteiro: Luiz Santiago)

img_1179

8d8 era um dedicado droide de extração de minérios. Desde que foi programado e teve consciência de si, ele percebeu que o mundo onde vivia era um lugar terrível, e que todos os habitantes precisavam sofrer, por não fazerem nada para mudar toda aquela situação. Durante as horas de trabalho, ele fingia identificar novas rochas, mas controlava um pequeno grupo de tráfico de informações para o Império. Anos se passam e ele encontra uma companheira eletrônica, que certo dia é levada para um campo de concentração na enevoada Lua de Alzoc III. 8d8, em fúria, realiza um massacre no campo onde trabalhava e foge, deixando um rastro de morte por onde passa. Na cena final do filme, vemos Jabba descer de uma nave e oferecer proteção e um trabalho que 8d8, agora chamado “o Odiado”, gostaria muito de exercer: ser um droide torturador, aquele mesmo que conhecemos em O Retorno de Jedi.

Um Drink Com Jar Jar Binks
(dir: Werner Herzog, roteiro: Luiz Santiago)

img_1181

A morte de Padmé Amidala teve um impacto tremendo na vida do Gungan Jar Jar Binks. Após o funeral da Senadora, ele se encontrou brevemente com Obi-Wan e disse apenas estas palavras: “Jar Jar vai se perder em Naboo. Ninguém vai encontrar Jar Jar“. 12 anos depois, ele é encontrado e concorda gravar uma série de entrevistas para este documentário de 7 horas, em preto e branco, filmado em primeiro plano, com lentas côncavas e sem cortes.

Aqui, Jar Jar está com as orelhas decepadas, cego de um olho e com uma doença terminal, cheio de pústulas no corpo, com voz praticamente inaudível, espumando uma constante gosma pela boca e com vermes esguichadores pululando de sua cabeça. Em vários momentos do documentário ele oferece cogumelos alucinógenos de J’t’p’tan para o diretor Werner Herzog, que rejeita educadamente. Bebendo sem parar para aliviar as dores alucinantes, Jar Jar Binks conta como foi parar no mundo da prostituição, como se apaixonou por um Stormtrooper mas percebeu tarde demais que era apenas uma armadilha (o que fez com que ele tivesse o corpo inteiro perfurado por espinhos venenosos de Kashyyyk, deixando-o paralisado por 15 dias), e como ele serviu de fantoche para uma certa operação, supostamente a favor da Rebelião, mas foi novamente enganado e teve seus dentes arrancados, reimplantados e novamente arrancados por um famoso caçador de recompensas.

No final do documentário há uma nota, dizendo que dois dias depois da longa entrevista, Jar Jar foi encontrado esfolado em um beco de Naboo, seu corpo exibido na frente de uma cantina, cheio de moscas, parcialmente queimado. Obi-Wan é mostrado enterrando o Gungan, nos créditos finais.

Landoland
(dir: Ridley Scott, roteiro: Luiz Santiago)

img_1183

Drama político que acompanha 24 horas na vida de Lando Calrissian, desde o seu contato com Darth Vader, um dia antes da chegada da Millennium Falcon a Bespian, até o momento em que ele recebe Han Solo e seus amigos em Cloud City.

Fode
(dir: Walter Hugo Khouri, roteiro: Luiz Santiago)

img_1184

Pornochanchada existencialista em animação do diretor paulista Walter Hugo Khouri, passada exclusivamente dentro da cabeça de Fode, uma das cabeças do Troig Fode and Beed. O filme mostra as fantasias sexuais de Fode com uma Togruta que ele viu nua, muitos anos atrás. A animação traz vozes de Vera Fisher como a Togruta; Alexandre Frota como o cafetão que obrigará Fode a… bem, fazer algo em troca de ter vídeos e nudes da Togruta; Xuxa, como adestradora de coelhinhos de Dantooine; Cláudia Ohana como a cabeleireira da Togruta e Wesley Safadão como par romântico da Togruta, que vive correndo pelado atrás dela, atrapalhando todas as fantasias de Fode. Esses eventos acontecem um ano antes de A Ameaça Fantasma.

Hevy: Metal
(dir: M. Night Shyamalan e Danny Boyle, roteiro: Luiz Santiago)

img_1185

Música de terror, 10 minutos de escuridão, com sons de animais do planeta Kamino. Hevy, um Clone Trooper, acabou de desertar das Guerras Clônicas porque acreditava estar sendo perseguido por um espírito maligno que ele ainda não identificara. Ele se enconde em uma instalação secreta do planeta Kamino e tenta contatar amigos, chegando até Cutup, um grande amigo, com quem ele vivia falando sobre uma “boa vida fora das tropas”. Eles marcam de se encontrar em uma caverna subaquática e lá aparece METALLICLONE, um espírito metálico-clonado que diz que a perseguição que ele e seus “irmãos” sofrem só irá embora quando eles “explodirem as forças malignas com o metal“. Hevy e Cutup formam uma banda de Death Metal, passam por diversas modificações na aparência e seguem carreira musical. Eles se tornam famosos e grandes ícones da música galática, tendo muitos shows patrocinados por Jabba ao longo da carreira. Eles são mortos junto com todo mundo em Alderaan, no primeiro dia daquela que deveria ser a sua última turnê.

Este é Figrin D’an
(dir: Martin Scorsese, roteiro: Ritter Fan)

img_1186

Um rockumentary reunindo imagens de arquivo raras que contam em detalhes a conturbada e controversa vida de Figrin D’an desde seu nascimento em um lar humilde em um dos planeta mais remotos da Orla Exterior, passando pelo estrelato no Palácio Imperial em Coruscant como favorito do Imperador, seu fatídico encontro com Sy Snootles até ele tragicamente encerrar sua carreira em um cantina em Mos Eisley tocando com os Modal Nodes.

A Vingança Verde
(dir: Brian de Palma, roteiro: Ritter Fan)

img_1187

Filme de vingança/máfia. Oola sobreviveu ao covil de Jabba, à caverna de Rancor e teve sua vingança roubada por Rebeldes. Decidida a mudar sua vida, a Twi’lek galga vagarosamente seu lugar entre o cartel mafioso do Hutts para destruí-los definitivamente por dentro. Passado entre O Retorno de Jedi e O Despertar da Força, A Vingança Verde é um épico de décadas mostrando a transformação completa de uma mulher.

Morte e Vida Migalhenta
(dir: Paul Thomas Anderson, roteiro: Ritter Fan)

img_1188

Drama existencial. Migalhas Indecentes é o trágico último sobrevivente de sua numerosa família depois da Seca dos Nove Anos em Tatooine e de diversos ataques de esfomeadas tribos do Povo da Areia. Sucessivamente encontrando-se com personagens que moldariam sua personalidade e cuidando do último oásis da região, Migalhas sofre uma última e gigantesca perda pessoal que o leva a peregrinar pelo deserto até ser carinhosamente colhido por Jabba. O que segue é história.

Violência Gratuita
(dir: Uwe Boll, roteiro: Ritter Fan)

img_1180

Pensem no clássico filme de Michael Haneke encontrando-se com Hellraiser, toda a franquia Jogos Mortais e toda a franquia O Albergue com pitadas de Rejeitados pelo Diabo, O Massacre da Serra Elétrica e um experimental e arriscado mergulho nos polêmicos snuff films, tendo como alvo única e exclusivamente Jar Jar Binks. E por sete horas ininterruptas.

Blue Milk: De Tatooine Para Toda Galáxia
(dir: Eduardo Coutinho, roteiro: Handerson Ornelas)

img_1190

Neste documentário você aprenderá sobre a ascensão do império que realmente importa: a do melhor leite da galáxia, as empresas Blue Milk. Um compilado de entrevistas, arquivos e videos que te prometem mostrar como a famosa linha de leite azul conquistou o paladar de uma galáxia inteira, assim como seus constantes desafios a enfrentar, como os radicais ativistas dos direitos dos Banthas.

Binks: O Lado Negro de um Gungan
(dir: Denis Villeneuve , roteiro: Handerson Ornelas)

img_1182

Todo mundo sabe que Jar Jar Binks foi determinante para o golpe de Palpatine. E eis que a suspeita de todos era verdade: JAR JAR É UM LORD SITH. Crucial para os planos de Palpatine, ele se mostrou um poderoso aliado se infiltrando desde entre jedis no fatídico Episódio I, até chegar no senado. E nesse spin-off todas as máscaras irão cair: conheça Binks, o mais poderoso Sith da galáxia e peça-chave para a conquista do Império. Eu sei que você quer saber o que houve com ele entre o Episódio III e IV e este filme te trará respostas, assim como mostrará a real face do personagem. Esqueça as piadas infantis e medíocres, vai ter sangue, muito sangue, e este será seu mais novo Sith favorito, totalmente consumido pelo ódio. YOU UNDERESTIMATED HIS POWER.

Se Beber, Não Vire Jedi
(dir: Todd Phillips, roteiro: Guilherme Coral)

img_1191

Após a morte de Conde Dookan (ou Dooku), Anakin, Obi-Wan e Yoda decidiram tirar uma noite para comemorar o iminente fim das Guerras Clônicas. No clube Outlander, em Coruscant, os dois tem uma noite regada de cervejas Corellianas e acabam experimentando alguns death sticks. No dia seguinte, ambos acordam sem qualquer memória da noite anterior, Obi-Wan esquece que já foi dono de qualquer dróide, Anakin se esquece de sua aprendiz, Ahsoka Tano. O grande problema é: onde está o Mestre Yoda?

Tattoine, Meu Amor
(dir: Alain Resnais, roteiro: Guilherme Coral)

img_1192

Owen e Beru Lars recebem Luke Skywalker de Obi-Wan e vivem uma vida tranquila em Tattooine. Ali eles enxergam a ascensão do Império, cada um com uma diferente perspectiva sobre o passado e o presente. Owen culpa os Jedi pela queda da República e Beru acredita que Luke deve seguir os caminhos de seu pai. Sob o crepúsculo dos dois sóis do planeta, eles precisam descobrir o que é ser um cidadão sob domínio do Império. Uma nouvelle vague Star Wars.

A Caça
(dir: Thomas Vinterberg, roteiro: Guilherme Coral)

img_1193

Yarael Poof é um mestre Jedi encarregado de treinar os jovens padawans que recentemente foram admitidos da Ordem. Depois de um falso testemunho de uma de suas aprendizes, contudo, ele é taxado de pedófilo e passa por um forte escrutínio a fim de confirmar sua culpa. Mas não é fácil viver sob o constante julgamento dos outros Jedi e as ações violentas de todos à sua volta.

Bantha
(dir: Gus Van Sant, roteiro: Guilherme Coral)

img_1194

Crescer com o nome Dooku e Sifo-Dyas é fácil e os dois futuros membros da Ordem Jedi com certeza não aguentaram a pressão. Em um dia normal de uma escola de Coruscant, eles acabam assassinando todos os jovens do colégio e conseguem escapar através de sua conexão com a Força, realizando boas ações para esconder seu passado negro. Aqui conheceremos a trajetória desses dois Jedi e como Dooku conseguiu seu título de Conde, ao entregar presentes de Natal, vestido de Papai Força.

######

E aí, quais filmes inesperados da saga você gostaria de ver no cinema? Deixe abaixo nos comentários!

GUILHERME CORAL. . . .Refugiado de uma galáxia muito muito distante, caí neste planeta do setor 2814 por engano. Fui levado, graças à paixão por filmes ao ramo do Cinema e Audiovisual, onde atualmente me aventuro. Mas minha louca obsessão pelo entretenimento desta Terra não se limita à tela grande - literatura, séries, games são todos partes imprescindíveis do itinerário dessa longa viagem.