Lista | Guardiões da Galáxia 2: Músicas que Queremos no Filme!

E começou a contagem regressiva para Guardiões da Galáxia 2! Aquela que foi uma das escolhas mais arriscadas do Universo Cinematográfico Marvel tornou-se um de seus maiores acertos, quem diria? Não é a toa que a continuação já é um dos longas mais esperados da Marvel Studios. E o filme definitivamente não seria o mesmo se não fosse sua fantástica trilha sonora, ou melhor dizendo, Awesome Mix Vol. 1. Como já vimos no fim do primeiro filme, Peter Quill descobre o Vol. 2, legado por sua mãe. Então o que acha de pensarmos nas músicas que se encaixariam perfeitamente nessa nova mix tape da continuação? No clima do lançamento do primeiro teaser de Guardiões da Galáxia 2 (que você pode assistir logo abaixo), decidimos fazer uma lista das canções que gostaríamos de ver no segundo filme. Acompanhe nossas sugestões e digam-nos as que vocês, leitores, mais gostariam de ouvir em cena!

“Dream On” – Aerosmith

Guardiões da Galáxia com certeza é um dos maiores investimentos da Marvel Studios. Existe uma canção mais épica que Dream On do Aerosmith –  com seus riffs arrepiantes e agudos de Steven Tyler no talo – para ser tocada no ápice do filme?

“Venus” – Television

Só o nome da canção já tem tudo a ver com a temática de uma space opera como Guardiões da Galáxia. O Television mudou a forma de se ver o punk e isso pode ser exemplificado pela forma como inseriram os descolados e técnicos riffs de Venus. A canção respira os anos 70, surpresa mesmo é não ter visto ela na primeira mix tape.

“I Wanna Be Where You Are” – Michael Jackon

A figura mirim do Rei do Pop já esteve presente na primeira mix tape através do inesquecível I Want You Back do The Jackson 5. O pequeno Michael bem que poderia voltar na trilha de Guardiões da Galáxia 2 (principalmente já que o adorável baby Groot está confirmado) dessa vez por meio da ótima I Wanna Be Where You Are, canção direta de seu primeiro álbum solo, Got To Be There.

“Shadowplay” – Joy Division

Nada me tira da cabeça que Shadowplay, uma das mais emblemáticas canções do Joy Division, foi feita para ser tocada em meio a batalhas intergaláticas. Imagine a crueza dos riffs de Bernard Sumner junto à seriedade da voz de Ian Curtis (quase como um capitão de uma frota) inundando explosões de naves e tiros por toda parte. Pois é, uma montagem que poderia ser épica. Imaginou?

“Heroes” – David Bowie

James Gunn, diretor do primeiro e do próximo filme dos Guardiões, já se declarou fã de David Bowie, inclusive inseriu na trilha do primeiro longa a faixa Moonage Dream, do álbum The Rise And Fall Of Ziggy Stardust & The Spiders From Mars, um dos grandes marcos do Camaleão do Rock. Gunn chegou até a cogitar colocar uma participação especial do cantor no segundo filme, o que não ocorreu devido à morte de Bowie no início do ano. Existe uma atitude melhor que tocar Heroes para prestar uma homenagem ao gênio da música?

“You Won’t Change Me” – Black Sabbath

Entre as sugestões aqui presentes talvez esta seja a que causará maior surpresa. You Won’t Change Me, presente em um dos mais subestimados discos do Black Sabbath, Technical Ecstasy, está em um limbo de canções lendárias que vieram a ser, infelizmente, pouco lembradas até pelo público mais conhecedor da banda. Nada melhor que os riffs extraordinários de Tony Iommi, o típico clima hard rock dos anos 80 e os refrões impactantes de Ozzy para chamar atenção do público para essa (esquecida) pérola musical. Acredite, ela foi feita para ser tocada em meio às maiores aventuras espaciais.

“I Can’t Help Myself (Sugar Pie, Honey)” – Four Tops

Entre todas as canções nessa lista, esta vejo absurdamente a cara de Guardiões da Galáxia. Esse ótimo arranjo, animado e ensolarado, é digno do Senhor das Estrelas cantarolar para distrair um vilão. Definitivamente um clássico da Motown, a fábrica de hits do Soul americano nas décadas de 60 e 70.

“Saturday Night Alright For Fighting” – Elton John

A canção saída do clássico Goodbye Yellow Brick Road é um dos hits mais enérgicos de Elton John, dotado de um arranjo brilhante, ideal para cenas alucinantes de perseguição, explosões e batalhas espaciais. Com certeza Senhor das Estrelas ficaria orgulhoso de ouvir essa beleza pelos seus fones…

 “Just The Way You Are” – Billy Joel

Billy Joel é uma lenda dos anos 80, disso todo mundo sabe. Se a primeira canção a surgir em nossos ouvidos no primeiro filme foi a melancolia de I’m Not In Love do 10cc, nada mais justo que a sequência apresentar uma canção de Billy Joel, um dos artistas americanos mais importantes no soft rock de 70 e 80. Então que tal a bela Just The Way You Are, do clássico álbum The Stranger, pra funcionar de tema do casal Peter Quill e Gamora?

“You Can’t Hurry Love” – The Supremes

Como o Senhor das Estrelas diz no primeiro teaser trailer de Guardiões da Galáxia 2, “Existem dois tipos de pessoas no universo, aquelas que podem dançar e aquelas que não”. O embalo pop da marcante You Can’t Hurry Love do The Supremes – grupo feminino que revelaria Diana Ross – garante no mínimo o rebolado do pequeno Groot. Soul do mais alto nível.

HANDERSON ORNELAS. . . Estudante de engenharia química, fascinado por música, cinema e quadrinhos. Um fã de ficção científica e aventura que carrega seu fone de ouvido por todo lado e se emociona facilmente com música, principalmente com "The Dark Side Of The Moon". Enquanto não viaja pelo tempo e espaço em uma TARDIS, viaja pelo mundo dos livros e da música.