Lista | Homem de Ferro: As Melhores e Piores Armarduras

O Homem de Ferro, criado em 1963 por Stan Lee, Larry Lieber, Don Heck e Jack Kirby é, obviamente, um herói cinquentenário com algum tipo de transtorno obsessivo-compulsivo seríssimo e incurável. Afinal de contas, Tony Stark, sua nada secreta identidade, não para de inventar armaduras novas. São dezenas e dezenas delas desde a desengonçada Mark I, toda cinza e construída a partir de um clip, um rolo de barbante e uma goma de mascar em algum buraco perdido do Vietnam.

Como o terceiro filme com o herói estreará nos cinemas em poucos dias, eu revirei meu baú de quinquilharias para relembrar as mais bacanas e, principalmente, as mais ridículas armaduras do Homem de Ferro. Separei cinco em cada categoria, sem apelar para armaduras dos filmes e de versões de universos alternativos (só fiquei com a Terra-616 mesmo – e você, nerd que está lendo esse meu texto, sabe do que estou falando), com apenas uma exceção: dei uma volta lá na Terra da fracassada e terrível série Heróis Renascem, pois, tecnicamente, o universo lá apresentado faz parte da “continuidade normal” dos heróis Marvel. Ah, evitei também armaduras que não foram desenhadas para o próprio Tony Stark, ou seja, nada de Máquina de Combate e Resgate nessa lista, ok?

Bom, mas chega de baboseiras nerds e vamos para as armaduras, começando pelas melhores e terminando pelas tenebrosas:

As cinco melhores:

5. Silver Centurion

(Iron Man v. 1, # 200, novembro de 1985)

iron man silver centurion

Essa foi a primeira vez que Stark mudou a combinação de cores da armadura padrão (não conto as usadas para uma missão apenas), saindo o tradicional dourado e vermelho e entrando o prateado e o vermelho, só que em tom mais escuro. Ficou muito bacana e isso sem falar no redesenho do reator Arc no peito (sai o círculo, entra algo meio triangular) e na completamente desnecessária e inútil, mas mesmo assim bem legais ombreiras. Não me xinguem, gosto das ombreiras, pois sou um filho dos anos 80 e, como todos sabem, essa década não foi particularmente notável em termos de moda, mas quem viveu a época é sempre obrigado, por juramento e contrato, a gostar de tudo dela…

4 – Armadura Stealth – Mark IV

(Iron Man v. 5, # 3, fevereiro de 2013)

iron man stealth armor mk iv

A história pode ter sido um lixo quase total, mas finalmente acertaram no design de uma armadura stealth. Como vocês verão na “outra lista” logo abaixo, tudo que era feito antes era tacar tinta preta e/ou azul escura em uma armadura qualquer de Tony Stark. Sei que essa é bem recente, mas ficou cool demais.

3. Extremis – Mark I

(Iron Man, v. 4, # 5, março de 2006)

iron man extremis armor

Esse é um redesenho modernoso e bastante interessante da armadura clássica, com cores mais mudas e sérias e sem seguir em detalhes a anatomia de Tony Stark. Claro que, para essa armadura realmente funcionar, devemos esquecer que ela sai de dentro do corpo de Stark (não, não vou explicar, mas essa linha narrativa é de me fazer trincar os dentes…).

2. Armadura Bleeding Edge

(Invincible Iron Man v. 1, # 25, junho de 2010)

iron man bleeding edge

Essa armadura, bem mais “orgânica” que todas as demais, quase parece um “collant” (alguém ainda usa essa palavra???), mas a combinação de cores e a intercalação das partes vermelhas e douradas conseguem, de um lado, manter o visual original e, de outro, dar uma aparência verdadeiramente nova ao Ferroso.

1. Armadura “clássica”

(Iron Man, v. 1, # 1, maio de 1968)

iron man classic armor

Vocês não esperavam coisa diferente, não é mesmo? Foi totalmente impossível escolher uma armadura diferente dessa para o 1º lugar. Afinal de contas, não só essa foi a armadura que Stark usou mais tempo (para lá de 20 anos), como é a que literalmente fez o herói deslanchar nas publicações. Nada das armaduras gigantes, nada de visores com chifres. Temos o tradicional vermelho e dourado com curvaturas anatômicas, os discos na cintura e as ombreiras circulares. Simples e perfeita.

As cinco piores:

5. Armadura Stealth Mark I

(Iron Man v. 1, # 152, novembro de 1981)

iron man stealth armor low observable

Isso é o que acontece quando o desenhista derruba o tinteiro em cima de seu desenho. Pois é lógico que uma armadura “invisível” tem que ser preta ou azul escura, não é mesmo? Era melhor ter imitado o carro do 007 de Pierce Brosnan. Ridículo por ridículo, um Aston Martin invisível é bem mais bacana…

4. Armadura original dourada Mark II

(Tales of Suspense v. 1, # 40, abril de 1963)

iron man original gold

Gente, eu sei que essa é a segunda armadura do Homem de Ferro e a primeira é quase igualmente ridícula. Mas pensem bem: a primeira era a primeira, feita com arame e chiclete. Quando Tony Stark resolveu trocar de armadura, pois a primeira “assustava” as pessoas, ele resolveu pintá-la de dourado! Sério! O que ele queria? Cegar as pessoas com o brilho da armadura? E não satisfeito, ele ainda colocou uma SAIA na armadura. Como assim saia? Só faltaram uns cristais Svarovski para combinar…

3. Armadura de Hiper-gravidade Mark I

(Iron Man, vol 3, # 82, julho de 2004)

iron man hypergravity armor

Serio, o que raios é isso? Homem de Ferro com elefantíase? Como é que ele entra na armadura? Que pernão é esse? E pior: o resto da armadura continua proporcional, o que dá uma sensação estranhíssima… Mas a gota d’água é mesmo o nome dela. Hiper-gravidade? Usar “hiper” para batizar alguma coisa é muito, mas muito brega.

2. Armadura Ablativa Espacial Mark I

(Iron Man vol 3, # 71, outubro de 2003)

iron man ablative armor

Nesse ponto da minha escolha de armaduras ridículas, a oferta começou a ultrapassar a demanda e eu tive que cortar várias armaduras patéticas, como a Hidro-Armadura e a Armadura Asgardiana (haja o benedito!). Mas não consegui deixar de fora essa coisa disforme aí em cima…

O cara que desenhou isso precisa ter seu cérebro dissecado, estudado e, depois, incinerado, para não contaminar mais ninguém. Transformaram o Homem de Ferro em um alienígena feio e com cara de mau, com uma capacete de piloto de X-Wing e manoplas que só deixa os “dedinhos” de fora.

1. Armadura Prometheum Mark I

(Iron Man vol. 2 # 1, novembro de 1996)

iron man prometheum mk ii

GRRRRRRRRRRRR! ARRRRHHHHHHHHHH!

Olhem para mim! Sou mau como o Pica-pau, com minha cara de zangado, gomos ressaltados de músculos falsos e um protetor de virilha avantajado! E isso porque nem comecei a falar dos meus dois canos de descarga nas costas!

O Homem de Ferro atingiu o fundo do poço com essa coisa tecno-modernosa-com-tom-retrô-steampunk-criada-por-algum-doente-que-deveria-saber-que-menos-é-mais. E eu já disse que tem CANOS DE DESCARGA nas costas?

E vocês, fãs do Homem de Ferro, o que acharam das listas? Concordam, discordam? Deixei algo de fora?

RITTER FAN. . . . Aprendi a fazer cara feia com Marion Cobretti, a dar cano nas pessoas com John Matrix e me apaixonei por Stephanie Zinone, ainda que Emmeline Lestrange e Lisa tenham sido fortes concorrentes. Comecei a lutar inspirado em Daniel-San e a pilotar aviões de cabeça para baixo com Maverick. Vim pelado do futuro para matar Sarah Connor, alimento Gizmo religiosamente antes da meia-noite e volta e meia tenho que ir ao Bairro Proibido para livrá-lo de demônios. Sou ex-tira, ex-blade-runner, ex-assassino, mas, às vezes, volto às minhas antigas atividades, mando um "yippe ki-yay m@th&rf%ck&r" e pego a Ferrari do pai do Cameron ou o V8 Interceptor do louco do Max para dar uma volta por Ridgemont High com Jessica Rabbit.