Lista | Os Filmes (Originais) de 2016 que Ansiosamente Aguardamos

Está chegando o final de ano e é hora de olharmos para o quem vem por aí. Confabulamos muito e montamos uma lista dos 20 filmes originais que mais aguardamos em 2016. As regras são simples: (1) tem que ser filmes ainda não lançados no circuito comercial de cinema no Brasil mesmo que já tenham sido lançados fora daqui e (2) todos devem ser originais, ou seja, não podem ser continuações, prelúdios, spin-offs e reboots de outros filmes (conforme nossa interpretação, claro). Além disso, tendo em vista as fontes escassas sobre filmes não americanos estreando em 2016 com bom grau de certeza, a lista infelizmente focou em produções americanas, com poucas exceções.

Mas podem deixar que faremos uma segunda lista, muito em breve, somente dedicada às continuações e afins.

Participaram da elaboração da lista Ritter Fan, Luiz Santiago, Handerson Ornelas, Melissa Andrade e Anthonio Jorge.

Fiquem com a lista e, como sempre, queremos saber o que vocês acharam. Deixamos algo de fora? Incluímos algum que você não concorda? As datas de lançamento no Brasil são apenas previsões e poderão mudar.

Deadpool
(Deadpool, dir: Tim Miller)

deadpool poster

Handerson: Acho que toda a divulgação do longa do mercenário mais diferenciado da Marvel Comics nos trouxe até aqui, não é mesmo?

Luiz: O filme mais “the zuera never ends” de 2016! Isso é OBRIGATÓRIO para todo mundo!

Anthonio: Pode ser chatice minha, mas nunca fui fã do herói. A hype foi tanta, contudo, que meu nível de ansiedade já está razoável. Não se compara com os outros filmes do gênero, mas Deadpool valerá a pena, mesmo se for para ver a Fox destruindo mais um herói.

Previsão de lançamento no Brasil: 11 de fevereiro.

Mogli: O Menino Lobo
(The Jungle Book, dir: Jon Favreau)

mogli_o_menino_lobo_poster

Luiz: Quando eu vi o trailer do filme me bateu uma nostalgia de infância enorme. Senti exatamente aquilo que escrevi como uma das causas que empurram espectadores para verem adaptações e continuações no artigo sobre a morte da criatividade: o sentimento afetivo em relação à obra e a vontade de vê-la em tela grande simplesmente fazem a cabeça de qualquer um virar e pagar o quanto for para ver a obra.

Anthonio: Sempre fui mais fã daquele jogaço para Super Nintendo do que do desenho, e o trailer conseguiu trazer de volta memórias que eu já tinham se perdido. O visual ficou fantástico e qualquer filme com participações de Christopher Walken e Bill Murray merecem uma atenção maior.

Previsão de lançamento no Brasil: 14 de abril.

Doutor Estranho
(Doctor Strange, dir: Scott Derrickson)

doutor_estranho

Fan art: Erkan Bahadir

Anthonio: Minha maior expectativa para 2016, certamente. Cumberbatch e Tilda Swinton, dois atores que gosto muito, traduzindo para as telas uma das histórias mais fascinantes da Marvel e introduzindo um novo universo de magia e obscurantismo dentro do Universo Cinematográfico Marvel. Ter em Strange uma figura de peso presente nos cinemas em todos os outros filmes da Marvel – só a citação de seu nome em Capitão América: o Soldado Invernal causou euforia – é motivo suficiente para ficar ansioso.

Melissa: Estou com a mesma expectativa em relação a esse filme como estava com Homem-Formiga. Sem mencionar o Benedict Cumberbatch e um universo ainda não explorado pela Marvel: o do fantástico.

Previsão de lançamento no Brasil: 03 de novembro.

O Regresso
(The Revenant, dir: Alejandro González Iñárritu)

o_regresso

Handerson: Iñárritu com uma direção admirável de tão bela + dose de western + Leornardo Di Caprio mais uma vez tentando brigar pelo Oscar. Coloca minha mão no fogo por esse filme.

Melissa: Poderia fazer uma boa justificava aqui mas vou listar três coisas pelas quais esse filme me chamou atenção: Alejandro González Iñárritu, Leonardo Di Caprio e Tom Hardy. Fim.

Previsão de lançamento no Brasil: 21 de janeiro.

Os Oito Odiados
(The Hateful Eight, dir: Quentin Tarantino)

os_oito_odiados

Handerson: É Tarantino, o que por si só é motivo pra ir ao cinema assistir. Agora leve em conta que ele fará um western, gênero que ele é fanático e já mostrou saber fazer tão bem como foi em Django Livre. Coloco triplamente minha mão no fogo.

Ritter: Qualquer coisa de Tarantino é sempre obrigatória, mesmo teatro de marionetes. Mas esse filme não só marca sua volta ao western, depois de Django Livre, como é a primeira vez que o diretor usará trilha sonora original em um filme seu e ela é composta por ninguém menos do que Ennio Morricone voltando ao gênero que o consagrou depois de um bom tempo distante. Além disso, ele filmou, como de praxe, em celuloide e, ainda por cima, em 70 mm! E claro, tem um elenco incrível também.

Previsão de lançamento no Brasil: 07 de janeiro (uma dica natalina: nossa crítica entrará no ar no dia 24 de dezembro, pois já assistimos ao filme!).

True Crimes
(dir: Alexandros Avranas)

jim-carrey-true-crimes

Handerson: A sinopse do filme se baseia em um artigo do New Yorker escrito por David Grann, contando o caso de de Krystian Bala, um escritor polonês condenado por assassinato em 2007. Após vários anos que o caso permaneceu em aberto e quase sem solução, Bala – que nunca foi um suspeito do crime – publicou um livro onde descrevia um assassinato exatamente igual ao que frustrava a polícia. Motivos para meu enorme interesse: 1- a sinopse, 2 – meu fanatismo por investigações policiais, 3 – Jim Carrey novamente em um papel sério e sombrio.

Previsão de lançamento no Brasil: ainda sem previsão.

Zootopia: Essa Cidade é o Bicho
(Zootopia, dir: Byron Howard, Rich Moore, Jared Bush)

zootopia-movie-poster

Handerson: Não há muito o que falar dessa nova animação da Disney, mas levando em conta o estilo diferenciado que esta tem optado pra divulgar Zootopia e baseado em suas últimas animações, é esperado pelo menos mais um ótimo longa.

Previsão de lançamento no Brasil: 18 de fevereiro.

Hail, Caesar!
(dir: Ethan Coen, Joel Coen)

hail_caesar

Luiz: Novo filme dos irmãos Coen com plot metalinguístico e Scarlett Johansson e George Clooney no elenco. Eis tudo o que nós precisamos para colocar este filme entre os mais esperados de 2016.

Previsão de lançamento no Brasil: 25 de fevereiro.

Animais Fantásticos e Onde Habitam
(Fantastic Beasts and Where to Find Them, dir: David Yates)

animais_fantasticos

Luiz: Creio que seja difícil encontrar alguém da minha geração (que era adolescente quando Harry Potter e a Pedra Filosofal foi lançado aqui no Brasil) que não se sinta animado por qualquer promessa de adaptação ou lançamento relacionado ao universo da saga. Não dá! E assim que este filme sair, lá estarei eu, na fila e super animado (com um pouco de medo também) para ver o que farão com essa obra.

Previsão de lançamento no Brasil: 17 de novembro.

Race
(dir: Stephen Hopkins)

race

Luiz: Depois de um bom tempo afastado das telonas, apenas com trabalhos em séries de TV e telefilmes, Stephen Hopkins volta com um filme de trama bastante forte e um elenco excelente. Race vai abordar a vida de Jesse Owens, atleta afro-americano que foi selecionado para competir nas Olimpíadas de Berlim em 1936, com a Alemanha sob regime de Adolf Hitler. Um drama histórico que mistura biografia, esporte e questões morais e éticas pesadas, um prato cheio para uma boa sessão. Assim espero.

Previsão de lançamento no Brasil: ainda sem previsão.

Deuses do Egito
(Gods of Egypt, dir: Alex Proyas)

deuses_do_egito_plano_critico

Anthonio: Fantasia mitológica, elenco curioso, tom épico. Tem tudo para ser um filme pipoca divertido.

Previsão de lançamento no Brasil: 24 de fevereiro.

Assassin’s Creed
(dir: Justin Kurzel)

assassins_creed_plano_critico

Anthonio: Tenho muitos problemas com os games da franquia e tendo a desconfiar de qualquer adaptação dos jogos no cinema. Mas confio em Michael Fassbender e, talvez, uma história original consiga quebrar minhas desconfianças.

Previsão de lançamento no Brasil: ainda sem previsão.

Spotlight – Segredos Revelados
(Spotlight, dir: Tom McCarthy)

spotlight_plano_critico

Melissa: Esse filme despertou o meu interesse tanto pela história quanto pelo fato de que sou jornalista e esses grandes furos de reportagem me fazem gostar mais da minha profissão.

Previsão de lançamento no Brasil: 07 de janeiro.

Um Homem Entre Gigantes
(Concussion, dir: Peter Landesman)

concussion

Melissa: Adoro filmes sobre esportes, mesmo que nem sempre seja focado nas partidas e na ação em si e apenas nos bastidores de cada modalidade como Moneyball, por exemplo.

Previsão de lançamento no Brasil: 03 de março.

Moana
(dir: Ron Clements, John Musker)

moana_disney_plano_critico

Melissa: Amo Lilo & Stitch e lógico que Moana, que aparentemente possui o mesmo estilo, chamou muito a minha atenção. Ansiosa para ouvir a trilha sonora.

Previsão de lançamento no Brasil: 22 de dezembro.

O Bom Gigante Amigo
(The BFG, dir: Steven Spielberg)

the-bfg-book-cover

Ritter: Spielberg voltando a fazer filmes mágicos para crianças? E com base em obra de Roald Dahl? Não tem perigo de ficar de fora de minha lista!

Previsão de lançamento no Brasil: 30 de junho.

Knights of the Roundtable: King Arthur
(dir: Guy Ritchie)

king-arthur-ew-1374-cover_456x612

Ritter: Não gosto muito das produções hollywoodianas com Guy Ritchie na direção, mas sou absolutamente tarado pelas lendas arturianas. As chances de eu sair desapontado são grandes, mas mesmo assim quero ver e, quem sabe, surpreender-me.

Previsão de lançamento no Brasil: ainda sem previsão.

Esquadrão Suicida
(Suicide Squadron, dir: David Ayer)

esquadrao_suicida

Ritter: Sou Marvete de coração, mas, mesmo considerando os outros grandes lançamentos super-heroísticos de 2016, Esquadrão Suicida é o que mais atiça minha curiosidade. Parece diferente dos demais, mesmo comparado a Deadpool.

Previsão de lançamento no Brasil: 04 de agosto.

Jane Got a Gun
(dir: Gavin O’Connor)

jane_got_a_gun

Ritter: Um Western tendo como protagonista uma mulher e ainda por cima Natalie Portman? E dirigido por Gavin O’Connor do brilhante Guerreiro? E com Ewan McGregor? E Rodrigo Santoro? Sério, não dá para não ficar no mínimo muito curioso, não é mesmo?

Previsão de lançamento no Brasil: ainda sem previsão.

Story of Your Life
(dir: Dennis Villeneuve)

denis-villeneuve

Ritter: Tudo que eu preciso saber desse filme para ficar absolutamente louco para assistir é que ele é dirigido por Dennis Villeneuve (o sorridente da foto). Não importa que ele conte com Amy Adams, Jeremy Renner, Forest Whitaker e Michael Stuhlbarg no elenco e nem que ele seja de ficção científica com linguistas sendo recrutados para decifrar mensagens alienígenas que podem significar paz ou guerra com a Terra. Tudo o que importa é que Villeneuve, diretor de Incêndios, Os Suspeitos, O Homem Duplicado e  Sicario: Terra de Ninguém esteja no comando!

Previsão de lançamento no Brasil: ainda sem previsão.

#########

E nós queremos saber que filmes originais vocês mais aguardam em 2016. Participem!

RITTER FAN. . . . Aprendi a fazer cara feia com Marion Cobretti, a dar cano nas pessoas com John Matrix e me apaixonei por Stephanie Zinone, ainda que Emmeline Lestrange e Lisa tenham sido fortes concorrentes. Comecei a lutar inspirado em Daniel-San e a pilotar aviões de cabeça para baixo com Maverick. Vim pelado do futuro para matar Sarah Connor, alimento Gizmo religiosamente antes da meia-noite e volta e meia tenho que ir ao Bairro Proibido para livrá-lo de demônios. Sou ex-tira, ex-blade-runner, ex-assassino, mas, às vezes, volto às minhas antigas atividades, mando um "yippe ki-yay m@th&rf%ck&r" e pego a Ferrari do pai do Cameron ou o V8 Interceptor do louco do Max para dar uma volta por Ridgemont High com Jessica Rabbit.