Lista | Planeta dos Macacos: Os Filmes Ranqueados

Mais uma franquia retorna aos cinemas! Agora é vez da longeva Planeta dos Macacos e, como não poderíamos deixar de fazer, elaboramos esta lista ranqueando todos os filmes da série, desde o original de 1968, até O Confronto. Como de costume, deixamos de fora o mais recente, A Guerra, por este ainda estar muito fresco em nossas mentes. Vale ressaltar que toda e qualquer lista reflete a opinião daqueles que contribuíram para sua confecção; portanto, se esta não reflete a sua visão da franquia, deixe nos comentários abaixo qual seria o seu ranking pessoal!

Desta lista participaram: Ritter “Caesar” Fan, Luiz “Maurice” Santiago, Guilherme “Koba” Coral, Lucas “Thade” Nascimento, Adriano “Cornelius” de Oliveira.

O critério de desempate – que tivemos que usar uma vez – foi a quantidade de colocações mais baixas que o filme levou, ou seja, dois filmes com a mesma pontuação final são desempatados se um, por exemplo, receber três 8º lugares e, o outro, dois 8º lugares.

Dito isso, confiram a posição de cada filme abaixo e não deixem de acessar as nossas críticas de cada um deles, bastando, para isso, clicar na imagem ou título! E votem, no final da lista, nos seus três filmes preferidos da franquia.

8o lugar (11 pontos):
A Batalha do Planeta dos Macacos

a batalha do planeta dos macacos

Em último lugar, uma surpresa. O quinto e último filme clássico da saga símia realmente não é lá essas coisas, mas De Volta ao Planeta dos Macacos é normalmente considerado o pior. Mas não teve jeito. A democracia atuou de forma inclemente e deixou claro que Batalha é o filme que os votantes aqui consideraram o mais fraco. Fazer o que, não é mesmo?

7º lugar (14 pontos):
De Volta ao Planeta dos Macacos

de volta ao planeta dos macacos

Em penúltimo lugar, temos o Culto à Bomba, os mutantes psíquicos e deformados, o Taylor que aparece por cinco minuto, o Brent aleatório que chega no “planeta” do nada e o fim da Terra com a explosão da bomba Alfa-Ômega. Um filme que poderia ter acabado com a saga símia por completo, mas, milagrosamente, não acabou. Mas é certamente um filme para ser esquecido.

6º lugar (18 pontos):
A Conquista do Planeta dos Macacos

conquest-apes-still

A rebelião símia encabeçada por Caesar, filho de Zira e Cornelius na Terra do passado (ou presente, depende) começa aqui, em Conquista do Planeta dos Macacos. Um filme com um belo potencial, mas que nunca é realizado completamente pois a Fox avarenta resolveu determinar um orçamento certamente de não mais do que 10 dólares por dia para a produção.

5º lugar (23 pontos):
O Planeta dos Macacos – 2001

planet of the apes 2001

A colocação do remake de Tim Burton aqui mostra que o filme é muito melhor do que se imagina, com uma cuidadosa direção de arte e inacreditáveis próteses símias que dão vida aos chimpanzés, orangotangos e gorilas sem apagar as feições dos atores por trás. Uma ode aos efeitos práticos que merece mais uma chance por aqueles que torcem o nariz e implicam muito mais em razão daquele finalzinho WTF do que pelo restante do filme em si!

4ºugar (33 pontos):
Fuga do Planeta dos Macacos

planet of the apes 3

Fuga do Planeta dos Macacos é, sem dúvida alguma, o melhor filme da saga clássica símia depois do original de 1968, tanto que ficou 10 pontos a frente do reboot de 2001 e apenas dois pontos atrás dos dois filmes do reboot mais recente! Roddy McDowall volta à franquia e Ricardo Montalban é introduzido como Armando, dono de circo que ajuda Cornelius e Zira a escaparem da sana assassina dos humanos depois que os dois – e o cientista Milo – sobrevivem à destruição da Terra no futuro, somente para chegar na Terra do passado/presente, em uma inversão de papéis muito bem executada e, claro, trágica.

3º lugar (35 pontos):
Planeta dos Macacos: O Confronto

planeta dos macacos o confronto

O segundo filme do segundo reboot da saga símia ficou em terceiro lugar! A consolidação de Caesar no poder e o efetivo início de seu conflito em larga escala com os humanos é, sem dúvida alguma, uma espetacular continuação para um já excelente recomeço da história da transformação da Terra no “planeta dos macacos”. Andy Serkis mais uma vez arrasa como seu trabalho de captura de performance, que evoluiu sensivelmente desde o primeiro filme.

Mas a grande verdade é que O Confronto empatou com A Origem em sua pontuação e tivemos que aplicar nosso critério de desempate aqui, mostrando que esse novo reboot realmente tem uma altíssima e uniforme qualidade.

2º lugar (35 pontos):
Planeta dos Macacos: A Origem

Rise of Planet of Apes

Empatado com sua continuação, A Origem é um dos poucos exemplos de remakes/reboots que realmente valem o celuloide em que foi gravado. CGI bem usado. Uma ótima e envolvente história de origem e atuações de se tirar o chapéu de Andy Serkis, James Franco e John Lithgow.

1o lugar (47 pontos):
O Planeta dos Macacos

planet of the apes 1968

Acho que ninguém tinha dúvida que o original de 1968 ficaria em primeiro lugar, não e mesmo? O Planeta dos Macacos é um clássico imortal da ficção científica, repleto de críticas sociais, atuações impressionantes, momentos marcantes, frases inesquecíveis e, claro, aquele final mindblown que poucos filmes na História do Cinema tiveram com a mesma intensidade e qualidade. Uma obra-prima, sem sombra de dúvida!

#########

Concorda com a lista? Discordam? Agora é a hora de mandar sua opinião e sua própria lista pessoal nos comentários abaixo e votando na enquete! Vamos lá, colegas primatas, queremos saber o que vocês acham dessa incrível franquia!

 

RITTER FAN & GUILHERME CORAL . . . Primeiro híbrido-crítico do Plano Crítico, Ri&Gui é a junção de duas mentes insanas, perturbadas e ousadas prontas para dominar o mundo. Surgidas diretamente das séries da CW, essas mentes pretendem espalhar, além da dominação, o amor e o nonsense pela Galáxia. Contemplem, ó, mortais, uma nova categoria de crítico!