Home TVTemporadas Crítica | Black Mirror – 2ª Temporada

Crítica | Black Mirror – 2ª Temporada

por Iann Jeliel
272 views (a partir de agosto de 2020)
Não é uma média.

Mesmo se tratando de uma antologia, Black Mirror demonstrava uma identidade única através de seus capítulos, embora seja de certa forma apelativa ao propor suas discussões de maneira visualmente carregada para o impacto ser maior do que propriamente os comentários. Ao menos, no seu primeiro ano isso não foi um problema pela habilidade solo dos episódios em questão, mas isso não se repete em seu segundo ano, pelas ideias ora recicladas ora óbvias demais.
.

2X01 – Volto Já

Começando uma nova temporada que já inicia com um episódio bem abaixo dos demais da primeira, ainda que seja muito interessante em diversos aspectos. Ele entrelaça de forma até competente os males de uma possível tecnologia de clonagem com as dificuldades da aceitação da morte, explorando os anseios da protagonista diante de uma situação tão desconfortante, e ao mesmo tempo perturbadora, ao ter uma nova versão de seu marido em casa. O clima bisonhamente natural no qual os eventos se desdobram é o ponto crítico aqui, até porque essa realidade de estarmos buscando nos satisfazer sexualmente com artificialidades não está distante, e isso se demonstra intrigante ao ser entrelaçado com um estudo sobre as dificuldades da aceitação da morte. A construção dessa crítica é bastante sutil… Até chegar o final. Nele, o episódio meio que força a barra ao tentar criar um anticlímax, em vez de simplesmente acabar numa nota avulsa, não dá para fazer os dois ao mesmo tempo porque isso gera uma contradição até narrativa. Tirando isso, é até um baita episódio.

Black Mirror – 2X01: Be Right Back | EUA – 11° de Fevereiro de 2013
Direção: Owen Harris
Roteiro: Charlie Brooker
Elenco: Hayley Atwell, Domhnall Gleeson, Claire Keelan, Sinead Matthews, Flora Nicholson, Glenn Hanning, Tim Delap
Duração: 48 minutos
.

2X02 – Urso Branco

O episódio mais superestimado da série. Para muitos, um dos melhores, para mim, passa muito longe de ser tão complexo pela forma “reciclada” como é conduzido. Pegando ideias já vistas em uma roupagem mais urgente e até de mais temáticas, como o limite entre a justiça e a vingança. No primeiro minuto que caímos de paraquedas junto da protagonista nesse desafio estranho, já podemos associar rapidamente as ideias que justificariam tal estranheza. Essa previsibilidade inicial já quebra todo o senso de mistério e da própria tensão do episódio. Tensão essa que é mal-construída e forçada, no sentido de criar situações extremas demais tanto para inserção quanto para saída de situações mirabolantes. Falta muita sutileza, algo daqui pra frente recorrente em Black Mirror, que passou a não saber dosar seu extremismo em transmitir metáforas sem se tornar óbvia. Ainda que acrescente questionamentos novos na temática repetida, a forma de condução também ser derivada a torna bem menos impactante do que quando apareceu pela primeira vez.

Black Mirror – 2X02: White Bear | EUA – 18° de Fevereiro de 2013
Direção: Carl Tibbetts
Roteiro: Charlie Brooker
Elenco: Lenora Crichlow, Michael Smiley, Tuppence Middleton, Ian Bonar, Elisabeth Hopper, Nick Bartlett, Nick Ofield, Russell Barnett
Duração: 42 minutos
.

2X03 – Momento Waldo

E a segunda temporada só fica mais desinteressante, dessa vez com um episódio que consegue transmitir a mensagem com muito mais louvor, porém de uma forma extremamente arrastada. É o primeiro episódio da série em que realmente se sente o tempo passar, por conta de personagens enfadonhos e subtramas desnecessárias que alongam muito a temática, que é interessante. O episódio conversa muito bem sobre a cultura de culto a subcelebridades e em como daqui a pouco concebemos poder moral e capital a essas pessoas, criando um verdadeiro caos político. Porém, a forma como isso é desenvolvido é pouco impactante e conduzida por um protagonista antipático que não convence após a virada “tarde demais”, o que por si só já deixa o episódio abaixo da média.

Black Mirror – 2X03: The Waldo Moment | EUA – 25° de Fevereiro de 2013
Direção: Bryn Higgins
Roteiro: Charlie Brooker, Christopher Morris
Elenco: Daniel Rigby, Chloe Pirrie, Jason Flemyng, Tobias Menzies, Christina Chong, James Lance, Ed Gaughan, Kenneth Collard, David Ajala, Michael Shaeffer
Duração: 43 minutos
.

XXXXXXXXXXX

A 2ª temporada de Black Mirror, infelizmente, leva a sua identidade para um nível quase formulaico em pouquíssimo tempo, restando esperar que em algum capítulo ou outro no futuro venha de forma mais inspirada.

Black Mirror – 2ª Temporada | EUA, 2013-2014
Criação: Charlie Brooker
Duração: 3 episódios + Especial de Natal

Você Também pode curtir

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumimos que esteja de acordo com a prática, mas você poderá eleger não permitir esse uso. Aceito Leia Mais