Home TVEpisódio Crítica | Boardwalk Empire 5X03: What Jesus Said

Crítica | Boardwalk Empire 5X03: What Jesus Said

por Guilherme Coral
34 views (a partir de agosto de 2020)

estrelas 4

What Jesus Said confirma o que já esperávamos para esta temporada de Boardwalk Empire. Para melhor trabalhar sua ampla gama de personagens veremos eles divididos em duas partes, intercalando os focos a cada episódio, com Nucky, obviamente, aparecendo em todos eles. Como em The Good Listener ficamos sem ver Chalky e Margaret, neste voltamos a observar este trecho de suas vidas.

Começamos já com o sr. White e seu companheiro, agora foragidos da prisão, invadindo uma casa. O ex-prisioneiro afirma para Chalky que conhece aquele lugar e que ali há um cofre com diversas fortunas. O que encontram na moradia, contudo, são duas moças – mãe e filha – que, amedrontadas, negam terem qualquer tipo de dinheiro. A direção de Ed Bianchi logo chama a atenção, denotando, lentamente, a loucura do companheiro de White. Vemos com clareza uma mente perturbada, beirando a cada instante um acesso de violência que pode levar embora a vida daquela família. É aberto o vínculo direto com o desfecho da temporada anterior e a morte da filha de Chalky, que não gosta nem um pouco das ações do homem ao seu lado. Um conflito é iminente o espectador sabe disso e espera por isso, é gerada uma tensão evidente e sufocadora, mas que acaba perdendo um pouco da força pela extensão desse ponto de vista do episódio.

Felizmente, a montagem novamente não deixa a desejar e tira nosso cansaço sabendo exatamente quando colocar os flashbacks da vida jovem de Nucky. Agora acompanhamos sua crescente paixão por Mabel Thompson, o grande amor da vida de nosso protagonista. Não posso deixar de notar a coragem de Terence Winter em nos dar tantos detalhes da vida de Thompson e se livrando da possibilidade de uma série prequel, como o marketing da atualidade pediria. A história por trás do atual Enoch continua tão envolvente quanto antes, tirando nosso medo de que criaria um ritmo lento para os episódios – muito pelo contrário – como dito em minhas duas críticas anteriores essas lembranças são bem utilizadas para criarem elipses temporais, garantindo o dinamismo do capítulo.

Mas não é só a infância de Nucky que nos chama a atenção, sua vida adulta continua acelerada, encaixando-se de forma orgânica e saudável para o episódio. É interessante notarmos como, em cada episódio, o vemos em um lugar diferente. Primeiro em Cuba, depois em Nova York e agora de volta em Atlantic City. Rapidamente nos é passada a impressão de que ele está correndo contra o tempo, como se tivesse muito a se fazer e um curto período disponível. Sabe ele que seu fim se aproxima (não necessariamente a morte, talvez uma aposentadoria)? Afinal, os flashbacks são inseridos de forma a nos fazer pensar que partem dele e não de um simples truque do roteiro. De qualquer forma, ele se prepara para um eventual conflito com Luciano. Afinal, após os eventos de The Good Listener, é de se esperar que tenhamos um momento explosivo nesta temporada, criando já uma grande expectativa no espectador.

Mas o roteiro de Cristine Chambers e Howard Korder não se contentam com o que já tem e trazem de volta um ótimo personagem do ano passado. O assustador Doctor Narcisse retorna calmo como nunca e logo desagrada Charlie Luciano, negando uma oferta de proteção. Estaríamos diante de uma nova possível aliança entre esse doutor e Nucky? De qualquer forma, sua volta para a série traz boas lembranças do ótimo caminho que a série tomou na temporada anterior. Infelizmente suas cenas pareceram perdidas dentro da dinâmica deste capítulo em particular, mas abrem precedentes interessantes para o restante do ano.

Com mais altos do que baixos, o terceiro episódio da quinta temporada de Boardwalk Empire não deixa a desejar, nos trazendo queridos personagens de volta enquanto trabalha, de forma bem-sucedida, com o que já apresentou em The Good Listener e Golden Days for Boys and Girls. Impossível não se deixar levar pela ansiedade de conhecer o restante dessa história que beira o seu desfecho.

Boardwalk Empire 5X03: What Jesus Said (EUA, 2014)
Showrunner: Terence Winter
Direção: Ed Bianchi
Roteiro: Cristine Chambers, Howard Korder
Elenco: Steve Buscemi, Michael K. Williams, Chris Caldovino, John Ellison Conlee, Ivo Nandi, Vincent Piazza, Kelly Macdonald, Anatol Yusef, Patricia Arquette, Jeffrey Wright

Você Também pode curtir

Escreva um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumimos que esteja de acordo com a prática, mas você poderá eleger não permitir esse uso. Aceito Leia Mais