Crítica | DuckTales (2017) – 2ª Temporada: Episódios 21 a 24

moonvasion___ducktales_2017_plano critico finale

Os últimos quatro episódios da segunda temporada de Ducktales já estão disponíveis e muita coisa aconteceu, desenvolvendo alguns personagens de maneira surpreendente e estabelecendo as principais ameaças do futuro da animação. Sem mais delongas, vamos à eles porque essa semana foi perfeita! E, é claro, spoilers, leia por sua conta e risco.

.

Timephoon!

Timephoon! planocritico ducktales

O Professor Pardal é um dos meus personagens favoritos, então ver o retorno de sua banheira / máquina do tempo nas mãos de Luisinho foi uma proposta divertida do começo. Neste episódio fica visível como o pato e seus esquemas para conseguir uma fortuna acabam afetando a sua família, o que coloca Dumbela em uma posição difícil, tendo que repreender o filho de alguma maneira depois de ter ficado tantos anos sem vê-lo. Além do drama familiar, que também acaba criando uma situação desconfortável para Madame Patilda, quem lidou com as travessuras das crianças antes de Dumbela, temos uma jornada ao passado, mas não aos tempos de busca por ouro de Patinhas, bem antes disso, aos tempos pré-históricos, quando somos introduzidos a Bubba, o homem das cavernas. 

Timephoon! tem toda a ação e comédia que você espera de Ducktales, sem contar as referências aos quadrinhos clássicos de Carl Barks (não lembro se ele criou Dedão, o dinossauro de estimação de Bubba, mas adorei a presença dele no episódio), mas é nas interações entre Dumbela, Patilda e Luisinho que está a força dessa história, mostrando um pouco das consequências das aventuras das crianças e o dilema de uma mãe tentando se reconectar com seus filhos. Como puder ver até agora, essa temporada deu destaque para o desenvolvimento de Luisinho e sua frustração em lidar com os obstáculos de conseguir o que quer. 

Timephoon! (EUA, 9 de Setembro de 2019)
Direção: Jason Zurek
Roteiro: Madison Bateman
Elenco: David Tennant, Ben Schwartz, Bobby Moynihan, Kate Micucci, Danny Pudi, Toks Olangundoye
Duração: 22 min.

.

GlomTales!

GlomTales! plano critico ducktales

Ele conseguiu! Mac Mônei pode não ter a maior fortuna do mundo, mas conseguiu algo tão poderoso quanto: tomar conta da canção de abertura da série. Em Glomtales!, o segundo pato mais rico do mundo tem mais um plano infalível e decide reunir os maiores adversários de Patinhas para um confronto direto, recrutando sua própria família para combater a de seu arqui-inimigo (mesmo que todos considerem a Maga Patalójika como a verdadeira grande ameaça para Patinhas). 

Com Luisinho sozinho na mansão, de castigo por conta dos eventos do episódio anterior, temos uma situação Esqueceram de Mim perfeita, mas a história segue um rumo completamente diferente, principalmente por conta da falta de planejamento de Mac Mônei. 

A melhor parte de Glomtales! está nas conexões com outras produções Disney, como a música de aniversário de A Nova Onda do Imperador, e no retorno de personagens, desde o robô de proteção DT-87 até a “família” de Mac Mônei, formada pela ardilosa Maga Patalójika, os confusos Petralha, o tecnológico Mark Beaks e o teatral Don Karnage. As piadas com a música Big Rock Candy Mountain, de Harry McClintock, e o trocadilho com bitcoins, os Beak Coins, foram algumas das referências mais engraçadas. 

Glomtales! (EUA, 10 de Setembro de 2019)
Direção: Tanner Johnson
Roteiro: Collen Evanson
Elenco: David Tennant, Ben Schwartz, Bobby Moynihan, Kate Micucci, Danny Pudi, Keith Ferguson
Duração: 22 min.

.

The Richest Duck in the World!

The Richest Duck in the World! plan o critico ducktales

Os eventos do episódio anterior fizeram com que Luisinho se tornasse o pato mais rico do mundo. Com isso, ele atrai a atenção de uma figura misteriosa e ameaçadora do passado de Patinhas, o Bombie (ou Zumba, ou Corongo, como é chamado em algumas edições brasileiras lançadas pela editora Abril; o título mais simples e sugestivo é apenas Zumbi, como é traduzido por aqui em A Saga do Tio Patinhas), um “morto-vivo” que está sempre atrás de quem assumir o título de ser mais rico do mundo.

Nos quadrinhos, o zumbi é criado como uma maldição para Patinhas pelo feiticeiro africano Foola Zoola, o que precisou ser atualizado por conta das óbvias conotações racistas e xenofóbicas que o original carregava. A nova versão do zumbi é fisicamente maior e seu rastro de destruição deve ser consertado por Luisinho, mas ele parece mais preocupado com seu dinheiro do que as casualidades que ele desencadeou, o que está ligado diretamente à motivação do antagonista, que aqui tem um propósito mais prático e relevante para a trama.

Com o risco de afetar negativamente a imagem de Luisinho, que chega aos limites do egoísmo para conseguir o que quer, The Richest Duck in the World! tem o trabalho de desenvolver o personagem e criar um tipo de retcon de um elemento importante do passado de Patinhas. Não tão dramático quanto Timephoon!, mas igualmente importante, essa é a primeira vez em que Luisinho mostra para Patinhas que poderia ser um sucessor merecedor da fortuna pato.

The Richest Duck in the World! (EUA, 11 de Setembro de 2019)
Direção: Matthew Humphreys
Roteiro: Madison Bateman
Elenco: David Tennant, Ben Schwartz, Bobby Moynihan, Kate Micucci, Danny Pudi
Duração: 22 min.

.

Moonvasion!

Moonvasion! plano critico ducktales

Assim como a temporada anterior terminou em uma batalha épica de quarenta minutos com todos os personagens retornando para a Guerra das Sombras contra a Maga Patalójika, Moonvasion! é a conclusão do arco de Dumbela, Donald e o povo da lua, começando com uma das naves de Lunaris chegando a Patópolis, logo revelando suas intenções de dominação. 

Por conta do tamanho do exército de Lunaris, Patinhas, com a ajuda de Pardal, recruta todos os seus aliados para uma batalha pelo destino do planeta. Temos a feliz participação de personagens como Robopato (Gizmoduck), Peninha, Gastão e a ameaça que se esconde na noite, Darkwing Duck, em uma entrada triunfal que nenhum Capitão América seria capaz de replicar. Ver cada um utilizando suas habilidades específicas para contribuir para o plano de Patinhas foi um dos melhores momentos da série até agora, e um atestado do excelente trabalho dos roteiristas em manter os personagens consistentes e envolventes. 

No fim, é apenas com um esquema, e não um plano, que Lunaris pode ser confrontado. O inimigo investigou todas as possíveis saídas que Patinhas possa pensar, o que fez o pato considerar uma união surpreendente e hilária. Em uma temporada com raríssimos pontos baixos, como a pouca participação de Patrícia nos episódios finais, Ducktales ainda consegue se superar com um combate espacial cheio de efeitos especiais bem feitos, ação e tensão, referências aos jogos (Patinhas batendo na cabeça dos adversários com a bengala foi o auge do meu ano), um certo rato bilionário viciado em comprar estúdios, e o esperado retorno do pato mais corajoso de dois mundos.

The Richest Duck in the World! (EUA, 12 de Setembro de 2019)
Direção: Tanner Johnson, Jason Zurek
Roteiro: Madison Bateman, Colleen Evanson, Bob Snow, Christian Magalhaes
Elenco: David Tennant, Ben Schwartz, Bobby Moynihan, Kate Micucci, Danny Pudi
Duração: 44 min.

ROBERTO HONORATO . . . Criado pela TV, minha família era o programa dos Muppets e minha segunda casa era a locadora (era fácil de chegar, só precisava atravessar a rua). Não me incomodava rebobinar todas as fitas, e nem podia, já que assistia o mesmo filme várias vezes. E quando não é cinema, o cheiro de quadrinhos me chama de longe e preciso gastar dinheiro que não tenho. E nunca esqueça: #sixseasonsandamovie