Home TVEpisódio Crítica | His Dark Materials (Fronteiras do Universo) – 2X06: Malice

Crítica | His Dark Materials (Fronteiras do Universo) – 2X06: Malice

por Luiz Santiago
1098 views (a partir de agosto de 2020)

  • Há SPOILERS! Confira a crítica para os outros episódios da série aqui.

Penúltimo episódio desta 2ª Temporada de His Dark Materials, Malice representa algo bem interessante para a série, fazendo um ajuntamento de tudo o que os roteiros construíram ao longo da temporada e colocando essas forças todas em ação. Percebam que até o episódio passado, os grupos que ganham distintas narrativas aqui ainda se encaminhavam para o seu destino, o local onde todos — ou quase todos — deveriam se encontrar no desfecho desse segundo ano.

Aqui, vemos todas essas forças presentes ou cercando o “lugar de encontro”, sendo agora o núcleo de Lyra, Will e as bruxas o ímã que atrai os outros personagens, curiosamente (ou cinicamente?) defendendo uma coisa muito específica, seja para proteger, seja para matar a garota. Por mais que a ideia de “Lyra é uma menina especial” já tenha aparecido na série antes, é a primeira vez que vemos uma real demonstração de forças que apoiam essa afirmação, essa profecia. E o roteiro aproveita bem a deixa: ao mesmo tempo que o Magisterium age para caçar e exterminar Lyra, o lado que a defende ganha ainda mais importância.

E isso se dá por dois motivos. O primeiro, porque a profecia claramente engloba algo que tem a ver com todos os mundos, mexendo na realidade que os personagens conhecem nesse momento da série. O segundo, porque Lyra já tinha em torno de si a força dúbia de sua mãe e a força de qualquer outra pessoa que queria estar perto dela para protegê-la. Nesse caso, a série reforça o lado emocional, tornando a personagem ainda mais importante e com isso abrindo caminhos que, talvez, possam nos trazer algumas preocupações.

A partir do momento que um personagem tem a sua camada de importância reforçada (mesmo que as coisas em torno dessa importância seja um parcial mistério), isso exige bem mais do ator/atriz que o interpreta, e aí é que os nossos problemas podem aparecer, uma vez que Dafne Keen tem apenas momentos isolados de ótima presença em tela. Seja como for, eu gostei muito da fluidez com que o diretor Jamie Childs levou cada um dos blocos de personagens aqui, dando um espaço aceitável para cada um deles e fazendo com que estivessem em movimento, deixando claro que algo importante está para acontecer.

Apesar de eu achar que a reta final da 1ª Temporada contou com uma construção geral mais focada, entendo que isso foi possível porque a série ainda não tinha expandido seus horizontes. Aqui, a despeito de alguns tropeços no decorrer dos capítulos, a série chegou a um final interessante em todas as suas pontas. Torçamos agora para que sejam bem amarradas.

His Dark Materials (Fronteiras do Universo) – 2X06: Malice — Reino Unido, 2020
Direção: Jamie Childs
Roteiro: Lydia Adetunji, Jack Thorne
Elenco: Dafne Keen, Ruth Wilson, Lin-Manuel Miranda, Ariyon Bakare, Amir Wilson, Andrew Scott, Ruta Gedmintas, Jade Anouka, Simone Kirby, Will Keen, Frank Bourke, Remmie Milner, Sasha Frost, Bella Ramsey, Ella Schrey-Yeats
Duração: 50 min.

Você Também pode curtir

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumimos que esteja de acordo com a prática, mas você poderá eleger não permitir esse uso. Aceito Leia Mais