Home TVEpisódio Crítica | Invencível – 1X04: Problemas em Marte

Crítica | Invencível – 1X04: Problemas em Marte

por Kevin Rick
2809 views (a partir de agosto de 2020)

  • Há spoilers. Leiam, aqui, a crítica dos episódios anteriores.

É uma história estranhamente genérica.

– Amber

Depois de três episódios iniciais frenéticos, que apresentam a premissa genérica e divertida da série ao mesmo tempo que correm com a transição violenta e satírica para trabalhar o discurso duplo da obra, além de inserir uma gigantesca classe de personagens e subtramas, o quarto episódio propõe um encadeamento mais ordinário, no melhor sentido da palavra.  A frase descrita acima da Amber, pouco antes do final do episódio, acaba sendo uma piscadela do roteiro ao público, confirmando a ideia do clichê levado à aventura de Mark, em uma típica, e novamente bem feita, construção do caráter do personagem e seu crescimento como super-herói.

A narrativa “contida” do protagonista protegendo um grupo de astronautas em direção à Marte, deparando-se com marcianos – obviamente verdes e metamorfos – que sequestram o grupo humano, enquanto equilibra sua vida pessoal e relacionamento com Amber, funciona com uma honestidade gigantesca. Não é nada diferente ou surpreendente do que já vimos em histórias de super-heróis ou simples jornadas de heróis mesmo, mas o descompromisso proporciona um ótimo divertimento na viagem espacial à Marte, além do romantismo bobo adolescente que manobra bem o desenvolvimento do protagonista como Invencível e como Mark.

O fato do quarto capítulo da temporada ter uma sequência de eventos mais simples e que tenta fazer o mínimo possível fora dos dois núcleos principais – já falo do segundo -, dá um espaço narrativo, um respiro se achar melhor, à série, trazendo um desenrolamento mais introspectivo e intimista, apesar do teor mais comum da história. Isso fica ainda melhor no segundo núcleo do episódio: o relacionamento de Nolan e Debbie, que ganha um tom mais dramático que o seguimento de Mark, preenchendo a trama com uma ótima expansão do cenário familiar dos Grayson.

Muitos leitores expuseram as similaridades que sentiram entre Nolan e Homelander nos primeiros episódios, e confesso ter percebido isso apenas após ter lido esses comentários, mas agora não consigo deixar a comparação de lado. O diferencial jaz no toque mais humano da personalidade de Nolan, claramente afetado por suas ações cruéis e em conflito interno entre seus ideais – ainda desconhecidos – e seu amor por Debbie e Mark. Os diálogos em Roma são incríveis no desenvolvimento do ego perturbado do personagem, além de que o fato de Debbie ser uma parte importante dessa dinâmica, e não apenas servir de muleta ao absurdo de Nolan, dão um ar maduro ao roteiro, que manuseia bem a frustração e dúvida de Debbie – Sandra Oh continua arrasando, aliás – com a luta de Nolan para coordenar suas ações e a busca por satisfação na aprovação de sua esposa. Vai ser divertido acompanhar o arco matrimonial deles imerso no ego violento de Nolan.

Ademais, Problemas em Marte é um episódio de elaboração, tanto de subtramas que ganham pouco espaço, mas têm suas migalhas jogadas aqui e ali, como os Sequids e o Robô, além do bom desenvolvimento de personagens secundários como Cecil e Damien Darkblood – espero que ele retorne! -, que fragmenta a narrativa geral – duas, na verdade – com mais cuidado. Núcleos principais esses que trabalham o mesmo discurso de elaboração, mas de uma perspectiva mais intimista e identitária dos Grayson. Um episódio que não será lembrado por um grande impacto ou evento memorável, mas que cumpre seu papel de progresso narrativo com bastante atenção e eficiência, provando que a adaptação de Invencível está em boas mãos criativas.

Invencível – 1X04: Problemas em Marte (Invincible – 1X04: Neil Armstrong, Eat Your Heart Out) – EUA, 02 de abril de 2021
Criado por: Robert Kirkman, Cory Walker, Ryan Ottley
Direção: Jeff Allen, Cory Evans
Roteiro: Ryan Ridley
Elenco: Steven Yeun, Sandra Oh, J.K. Simmons, Gillian Jacobs, Zazie Beetz, Walton Goggins, Jason Mantzoukas, Grey Griffin, Kevin Michael Richardson, Zachary Quinto, Andrew Rannells, Chris Diamantopoulos, Mark Hamill, Melise, Khary Payton, Clancy Brown, Jeffrey Donovan, Djimon Hounsou
Duração: 44 min.

Você Também pode curtir

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumimos que esteja de acordo com a prática, mas você poderá eleger não permitir esse uso. Aceito Leia Mais