Home TVEpisódio Crítica | Invencível – 1X07: Precisamos Conversar

Crítica | Invencível – 1X07: Precisamos Conversar

por Kevin Rick
2844 views (a partir de agosto de 2020)

  • Há spoilers. Leiam, aqui, a crítica dos episódios anteriores.

Eu não sei vocês, mas eu já vinha adorando Invencível desde o primeiro episódio, com alguns deslizes aqui e ali, mas nada que diminua drasticamente a qualidade da temporada. Grande parte da crítica, tanto minha, como também geral, pelo que tenho visto aqui no site, parte da violência, alguns gostando e outros não em relação aos diferentes tons do show, ora adolescente, ora violento, e também a questão das múltiplas subtramas que fragmentam certos episódios de um jeito estranho. Acredito que ambas as críticas são válidas, e já citei elas nos textos anteriores, com o roteiro acertando e errando em diferentes episódios, mas com o saldo sempre extremamente positivo. Este episódio, no entanto, acerta em cheio nesses quesitos.

Primeiro que nos 15 minutos iniciais do episódio quase todos os núcleos da série são completamente resolvidos. Isso, de certa forma, faz eu torcer ainda mais o nariz para Eu Só Quero o Progresso, que aparenta ser um encheção de linguiça total olhando em retrospecto, pois o roteiro de Simon Racioppa utiliza 1/4 do tempo para amarrar quase todas as subtramas aqui, de maneira bem orgânica aliás, e deixa o restante do espaço do episódio para trabalhar a construção de tensão e grandiosidade em torno da verdade e encontro de Omni-man e Mark. Quando eu digo “resolvidos”, não significa necessariamente “finalizados”, mas Precisamos Conversar tem êxito no desfecho temporário do romance de Mark e Amber, o arco de busca de propósito da Eve, a separação de Debbie e Nolan, o retorno de Immortal, o embate com Cecil, em uma satisfatória sequência de eventos se juntando e conectando-se para focar nas consequências, nos preparando para a épica conclusão entre Mark e seu pai.

A única exceção das pontuais subtramas no episódio é o núcleo secundário do Robô, que recebe um grande espaço de tempo, mas, caramba, como ele também é feito com esmero, trazendo um bom desenvolvimento para o personagem em torno da sua complexa vivência, além de oferecer a “discussão”, mais reflexiva do que realmente pautada no episódio, de que viver sem liberdade não é vida, em uma bela sequência com seu clone. Posso estar forçando um pouquinho a barra, mas achei a cena um momento genuinamente bonito. Ainda acho que o núcleo secundário rouba o ritmo do episódio em determinados momentos, mas a montagem transita muito bem entre Robô e Nolan.

E um dos melhores aspectos do episódio reside na maneira que a direção utiliza a violência, pois agora com a audiência de certa forma acostumada com a brutalidade, o roteiro a manuseia para chocar os personagens dentro da série, como a sequência de Nolan assassinando os soldados robóticos, deixando os membros da agência horrorizados com a carnificina, ou então a exposição global do assassinato de Immortal, demonstrando a verdadeira faceta de Omni-man para o mundo, assim como para Mark. É um episódio de revelação para os vários personagens deste Universo que o mundo super-heroico não é essa maravilha toda, utilizando a hostilidade como narrativa num efeito contrário para o espectador, não mais em (muito) choque, mas mantido em tensão com a sensacional escalada de conflito em torno da verdade para os integrantes da animação.

Precisamos Conversar, apesar de ser uma elaboração para o épico desfecho da temporada, é um capítulo de encerramento, demonstrando o ótimo controle narrativo da equipe criativa em equilibrar, conectar e cercar os arcos e as temáticas de heroísmo da série. Todo o frenético segundo ato com as várias batalhas de Nolan se amontoando, o retorno de personagens e o encontro dele com Mark são de uma grandiosidade de manter o espectador em atenção obsessiva. Minhas únicas críticas negativas seriam a respeito da animação um tantinho inconsistente, e o fato de que as várias subtramas comprimidas poderiam ter sido melhores adaptadas em episódios anteriores, mas é complicado não amar esse episódio que trabalha tão bem os discursos da série, alguns de maneira inversa, e transpassa um sentimento de compensação com as amarras narrativas, ainda trazendo divertidíssimas sequências de ação. O que resta é a esperada conclusão épica.

Invencível – 1X07: Precisamos Conversar (Invincible – 1X07: We Need to Talk) – EUA, 23 de abril de 2021
Criado por: Robert Kirkman, Cory Walker, Ryan Ottley
Direção: Jeff Allen
Roteiro: Simon Racioppa
Elenco: Steven Yeun, Sandra Oh, J.K. Simmons, Jason Mantzoukas, Gillian Jacobs, Zazie Beetz, Walton Goggins, Grey Griffin, Kevin Michael Richardson, Zachary Quinto, Chris Diamantopoulos, Melise, Khary Payton, Ezra Miller, Andrew Rannells, Jonathan Groff, Mark Hamill, Ross Marquand
Duração: 46 min.

Você Também pode curtir

46 comentários

jonatas dias 2 de maio de 2021 - 01:26

Excelente crítica Kevin!! Já viu o último episódio? Quando vai sair aqui no site?? Série sensacional, não conhecia. Comecei a acompanhar após ler as suas críticas aqui no site. Abraços

Responder
Kevin Rick 3 de maio de 2021 - 21:19

Obrigado, Jonatas! A crítica do episódio final saiu ontem! Depois me conte do que achou hehe Abraços!

Responder
Beto Magnun 27 de abril de 2021 - 20:58

Não tem muito o que acrescentar sobre o episódio, mas queria ressaltar os gêmeos. O lance da rivalidade e como eles são geniais, e ao mesmo tempo uns tapados.

Responder
Kevin Rick 29 de abril de 2021 - 14:40

Sim, são muito divertidos hahahaha

Responder
Doc Zumbério 27 de abril de 2021 - 18:34

Eu fui comparar com a HQ e gostei mais da versão do desenho(Eu até fiquei feliz que a dupla de clones não foi preso porque são meus vilões favoritos).

Responder
Kevin Rick 29 de abril de 2021 - 10:40

Cara, eu amo a HQ, mas concordo contigo. Estou achando a adaptação melhor em vários sentidos narrativos. Claro que o audiovisual dá mais espaço para isso, mas a equipe criativa realmente engrandeceu o já muito bom material original.

Responder
Kevin Rick 29 de abril de 2021 - 14:40

Cara, eu amo a HQ, mas concordo contigo. Estou achando a adaptação melhor em vários sentidos narrativos. Claro que o audiovisual dá mais espaço para isso, mas a equipe criativa realmente engrandeceu o já muito bom material original.

Responder
Raphael 27 de abril de 2021 - 15:10

Critica que reproduziu exatamente o que eu senti! A cada minuto a tensão ia aumentando exponencialmente, mal podia me conter no sofá. Robô arco sensacional, Imortal mostrou porque era um herói importante (mesmo ironicamente morrendo de novo) antes e Omini-Man revelando sua faceta monstruosa ao mundo em um clímax de tirar o fôlego. Aliás, gostaria da sua opinião: Se Mark não tivesse interferido, Nolan teria derrotado aquele monstro? No mais, é isso. Excelente texto mais uma vez!

Responder
Kevin Rick 29 de abril de 2021 - 14:38

Obrigado, Raphael! Sobre sua pergunta, acredito que sim. Nolan é o personagem mais apelão da série hehehe Só deram aquela enrolada como artifício narrativo, na minha concepção.

Responder
Lucas Casagrande 27 de abril de 2021 - 09:03

Que animação muito foda, e esse episódio ? pelo amor, ansiosissimo pro próximo

Eu já sabia o que ocorreria pq eu já tinha os primeiros 5 encadernados da série, ainda assim fiquei surpreso pq mudaram a forma de mostrar alguns eventos, e achei isso muito bom, preciso voltar a ler urgente, vou ler tudo antes de voltar a segunda temporada hahaha

Kirkman é rei demais, que obra fodastica que é Invencivel

Responder
WAGNER ANDERSON SOARES RODRIGU 27 de abril de 2021 - 23:53

Fiquei tenso o episodio inteiro.

Responder
Raffiinha 27 de abril de 2021 - 02:15

Esse episódio foi insano. Eu já sei o desfecho da série, mas ele, mesmo assim, conseguiu me tirar o fôlego.

Acho incrível como as mudanças que eles fizeram na trama deu uma fluidez ainda maior.

Eu nem me incomodo com as subtramas. Sei q todas elas possuem sua importância e vão desembocar em um trama principal interessante.

Dps desse episódio sou só elogios à Amazon.

Responder
Kevin Rick 27 de abril de 2021 - 14:45

Mesma experiência aqui. Sabemos o que acontece, mas a série ainda consegue nos deixar tensos. E sim, eu também estou adorando todas as mudanças!

Responder
Lucas Casagrande 27 de abril de 2021 - 05:03

Que animação muito foda, e esse episódio ? pelo amor, ansiosissimo pro próximo

Eu já sabia o que ocorreria pq eu já tinha os primeiros 5 encadernados da série, ainda assim fiquei surpreso pq mudaram a forma de mostrar alguns eventos, e achei isso muito bom, preciso voltar a ler urgente, vou ler tudo antes de voltar a segunda temporada hahaha

Kirkman é rei demais, que obra fodastica que é Invencivel

Responder
Peter 26 de abril de 2021 - 16:26

O crime da Amazon é nos deixar ansiosos por outro ep depois de um episódio maravilhoso desses. Sem condição.

Responder
Kevin Rick 27 de abril de 2021 - 14:44

Sim hahahaha O pior vai ser o hiato…

Responder
Magnosama 26 de abril de 2021 - 14:25

Adorei a conclusão da trama do Robô,
ele não esconder nada e ser absolutamente sincero com a menina monstro e os outros heróis, foi sensacional…
gostei muito
e concordo em absoluto com a nota para o episódio.

Responder
Overath 26 de abril de 2021 - 08:29

Só tenho uma coisa a dizer: série fantástica!
Show!!!!!!!!!!!

Responder
Kevin Rick 27 de abril de 2021 - 14:43

Show mesmo!

Responder
Flavio Batista Dos Santos 26 de abril de 2021 - 02:17

Quanto a animação eu acho já disse por aqui q é legalzinha, não me enche os olhos, é ultra genérica. Fica sempre a impressão q é algum episódio de X-Men Evolution, Super Choque ou Ben 10.
A Eve é igualzinha a Jean Grey de X-Men Evolution.
Mas aí alguém é cortado ao meio e você lembra que é Invencível hahaha
Me incomoda o traço simplório contudo a série é tão boa que eu deixo pra lá.

Responder
Flavio Batista Dos Santos 26 de abril de 2021 - 02:11

Caracas, alguém mais ficou com dó do Imortal?
O que eu tô mais curioso é em saber qual o discurso que o Omni Man vai usar com o Mark pra explicar tudo o que fez.

Responder
Kevin Rick 27 de abril de 2021 - 14:42

Coitado do Immortal… É o pior imortal da história HAHAHAHAHA

Responder
Flavio Batista Dos Santos 28 de abril de 2021 - 00:39

E ainda bem q ele é imortal, assim pode voltar e ser “morto” de novo! Kkkkk

Responder
Kartman Conka 25 de abril de 2021 - 23:54

Excelente episódio, passou tão rápido que achei q tinha tido 20 minutos kkkk
Sobre a inconscistencia da animação acho q é mais um problema do formato em si, já vi várias animações com o mesmo problema, provavelmente dedicam o orçamento pra momentos chaves.

Responder
Kevin Rick 27 de abril de 2021 - 13:23

Sim, mas é bem leve. Ainda gosto bastante desse estilo. E passou rápido mesmo kk

Responder
Shabê Furtado 25 de abril de 2021 - 23:24

Cara, dos melhores episódios de série que eu já assisti. Chapei!

Responder
Kevin Rick 27 de abril de 2021 - 13:21

Incrível mesmo!

Responder
Gustavo Borgonovi 25 de abril de 2021 - 22:23

A situação com a Amber, a meu ver, foi muito melhor resolvida do que nos quadrinhos. A do Nolan tb, mais extensa e detalhada… Episódio fantástico!

Responder
Kevin Rick 27 de abril de 2021 - 13:21

Também achei melhor desenvolvida. Aliás, a adaptação supera bastante coisa do material original nesse começo, adicionando mais camadas e detalhes. O núcleo de Debbie e Nolan é uma diferença fantástica, e totalmente inesperada.

Responder
Junito Hartley 25 de abril de 2021 - 19:12

Rapaz que episodio foi esse, quando acabou eu dei um sorriso e falei comigo mesmo, “PQP que episodio foda!”. sobre o robô, pensei que ele era do mal, que bom que no final das contas ele é do bem. Também percebi a inconsistência nos traços do desenho, tomara que melhorem isso, essa serie merece.

Responder
Kid Pool 26 de abril de 2021 - 10:47

Ele não é do “bem” mas também não é do mal…. Você irá ver talvez se tiver uma 2 ou 3 temporada

Responder
Asimovisaac 26 de abril de 2021 - 19:27

Ele é o cara dos fins justificam os meios

Responder
Kid Pool 26 de abril de 2021 - 20:24

Tipo o Cecil só que mais hardcore

Responder
Asimovisaac 27 de abril de 2021 - 02:04

Todos em Invencível terminam na merda de algum jeito, todavia, o Mark foi muito prejudicado psicologicamente, ou melhor, Anissa que o diga.

Kid Pool 27 de abril de 2021 - 13:30

Na verdade o Mark saiu foi por cima pois ele vira o rei da poha toda.

Kevin Rick 27 de abril de 2021 - 13:19

O robô é um personagem interessantíssimo!

Responder
Victor Martins 25 de abril de 2021 - 18:04

Um dos melhores episódios que já assisti, de qualquer série.

Queria mais séries animadas de heróis nesse estilo. Queria uma de The Authority, mas com Warren Ellis fica complicado. Black Hammer seria legal também, apesar de que não gosto da HQ.

Responder
D.Spider 25 de abril de 2021 - 20:41

serie animada de The Authority?…apoio essa ideia!! AMAZON…leia esse comentário!!

Responder
Gustavo Borgonovi 25 de abril de 2021 - 22:20

Mais um apoiando. E com o traço no estilo do QUITELY

Responder
blackisamu 26 de abril de 2021 - 13:32

Authority e Planetary rsrsrs

Responder
blackisamu 26 de abril de 2021 - 17:32

Authority e Planetary rsrsrs

Responder
Kevin Rick 27 de abril de 2021 - 13:17

CARAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

Uma série animada de The Authority ou de Black Hammer seria uma MARAVILHA. Jogo Wildstorm inteira do Ellis aí também, apesar dos podres… Conhece a Valiant? Seria outro universo insanamente divertido de ver em séries animadas nesse estilo.

Responder
JC 25 de abril de 2021 - 17:24

Cara, como eu estava ansioso pra falar desse episódio por aqui.
Nem li a crítica ainda, mas só pela nota, obviamente concordamos.
Não vejo tanto desenho animado como antes, mas vou te dizer, faz BASTANTEEEEEEEEEEEEE tempo que um não faz ficar agoniado, nervoso, tenso, bichoooooooooooo
Que episódio ESPETACULAR.

E cheio de coisas de heróis, super socos, lutas, tudo está lá, e mesmo assim com um puta desenvolvimento.
Obra de arte esse episódio!

Responder
Kevin Rick 27 de abril de 2021 - 13:16

Obviamente concordamos hehehe

Responder
D.Spider 25 de abril de 2021 - 12:39

Eu poderia discorrer sobre muita coisa…mas como há tempos, já me considerava quase “orfão” de uma serie animada de super herois ( somente nesse contexto.), e meu amigos…como foi bem vinda essa serie…acreditem eu sorri, do começo ao fim, em cada episódio…minha alegria foi resgatada,pena que por pouco tempo. Espero que a próxima temporada não demore tanto!!…obrigado, Kirkman, amazon…INVENCIVEL!

Responder
Kevin Rick 27 de abril de 2021 - 13:15

Espero que não demore também! Sobre séries animadas de super-heróis, eu te recomendaria Young Justice, umas das minhas favoritas da última década. Não é uma pegada violenta, mas é um show incrivelmente maduro e divertido!

Responder

Escreva um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumimos que esteja de acordo com a prática, mas você poderá eleger não permitir esse uso. Aceito Leia Mais