Home TVEpisódio Crítica | Legends of Tomorrow – 5X01: Meet the Legends

Crítica | Legends of Tomorrow – 5X01: Meet the Legends

por Luiz Santiago
278 views (a partir de agosto de 2020)
legends-of tomorrow Meet the Legends 5x01-1

  • Há SPOILERS! Leia aqui as críticas dos outros episódios.

Depois do episódio Especial “00” de Legends of TomorrowCrisis on Infinite Earths – Parte Cinco, a série retorna à sua programação normal com Meet the Legends, o início oficial (e perigoso) da 5ª Temporada do show. E eu disse “perigoso” porque o roteiro desse episódio tinha que trabalhar em duas vertentes: a primeira, lidando com o retorno de Sara e Ray e Mick do crossover e a segunda, lidando com algo ainda mais complicado e ingrato, que é a introdução já avançada do simpaticíssimo Behrad Tomaz (Shayan Sobhian) na equipe.

A estrutura utilizada pelos roteiristas Grainne Godfree e James Eagan foi, em uma só palavra, matadora. Depois do decepcionante Hey, World!, eu confesso que estava com medo, algo que há muito eu não tinha em relação à série. Mas a reentrada do show no ar veio de maneira direta, brincando com a exposição de maneira inteligente, engraçada e com uma boa dose de loucura, aquilo que a gente realmente esperaria de LoT. Como muita coisa mudou ou se colocou no meio da linha do tempo dos personagens nos últimos tempos, a volta do programa tinha por obrigação tratar desses assuntos em tela, e seria um porre ver 40 minutos de exposição engraçadinha a respeito da Crise, de Oliver ou mesmo de B., que enquanto não tem um crush na série, posso disponibilizar um espaço para ele aqui no meu coração, ao lado do furacão Avalance.

Como o uso da metalinguagem não é algo novo na série, coube ao diretor Kevin Mock colocar na tela de maneira criativa o status atual do show, fazendo-o de forma bem rápida e não-contínua com os traumas de Sara e de modo muito competente com Behrad. Minha antipatia para com o personagem no Finale da 4ª Temporada deu um enorme giro de recepção, fazendo com que eu visse com bons olhos tudo relacionado ao personagem aqui, algo que não posso dizer de Mona, Gary e da sumida incoerente de Charlie, por exemplo. Se tivesse que escolher, claro que eu prefiro essa sumida do que ver a personagem jogada sem fazer nada ou apenas povoando as cenas, mas convenhamos: nem tanto ao Céu, nem tanto à Terra, não é mesmo?

Voltando a Behrad, o texto conseguiu incluir o personagem de forma objetiva, orgânica e sem abusar de elementos expositivos: a metalinguagem bastou para recolocar todo mundo num mesmo espaço, afastar Constantine temporariamente e introduzir a temática da temporada, já aludida no ano anterior — uma nova caçada a vilões, dessa vez, a corpos reencarnados cujas almas estavam no inferno. Vocês que acompanham minhas críticas há tempos sabem que eu desgosto imensamente dessa reciclagem de tema, mas estou pronto para pagar a língua. Se usarem-no bem, então que seja este e vamos que vamos!

O legal da dinâmica metalinguística é que a entrada de Rasputin como a primeira alma reencarnada do Inferno caiu como uma luva, sendo o objeto de filmagem de uma equipe de documentaristas. O princípio para a ação dessa equipe é válido, mas bem fraco e claramente os showrunners não deixam a série orbitar outros problemas, jogando com as mesmas coisas para tentar mudar elementos apenas na superestrutura, o que é uma constante nas séries de heróis da CW, então a gente já sabe… De qualquer forma, o recurso é bem utilizado e Kevin Mock não perde a oportunidade de nos colocar também a perspectiva e não apenas a ideia de um doc sobre as Lendas, um bom toque estético que cimenta o gênero abordado.

Pelo visto Mona realmente vai sair da equipe, certo? Se for e voltar apenas como Rebecca Silver, eu acho isso excelente. Já em relação Gary, rogo que os showrunners tenham orientado os roteiristas dessa temporada a darem ao personagem o brilho que ele tinha no começo, sendo engraçado e entrando e saindo de cena nas horas certas. Cortar as bobagens e os exageros dele é vital para não torná-lo odioso. E em relação a Zari… ela vai voltar mesmo? Assim fica complicado, bem complicado. Mas vamos ver que caminho de fato vão tomar daqui para frente. E lá vamos nós de novo. Preparados?

Legends of Tomorrow – 5X01: Meet the Legends (EUA, 21 de janeiro de 2020)
Direção: Kevin Mock
Roteiro: Grainne Godfree, James Eagan
Elenco: Brandon Routh, Caity Lotz, Maisie Richardson-Sellers, Tala Ashe, Jes Macallan, Courtney Ford, Amy Louise Pemberton, Nick Zano, Dominic Purcell, Matt Ryan, Ramona Young, Adam Tsekhman, Sisa Grey, Shayan Sobhian, Michael Eklund, Adam Beauchesne, Callum Seagram Airlie, Paul Batten, Ryan Elm, Luisa Jojic, Clare Filipow, Gregory Tunner
Duração: 42 min.

Você Também pode curtir

30 comentários

Isac Marcos 1 de fevereiro de 2020 - 19:07

De volta aos “trabalhos” com LoT e foi grata a experiência com este retorno. Curti colocarem o Rasputin logo de cara. Tbm espero que Mona, Gary e Charlie virem apenas participações ao longo da temporada. Pelo que andei lendo, Constantine é que vai ser mais recorrente (até pela temática).
P.S.: quando a “gente” já tá íntimo, nem chama mais de Berhad, é B. mesmo 😅🤣
Mal chegou e já tomou o posto do Nate (e olha que nesse episódio o Nate — até pelas cenas fazendo fotografia pra revista e aparecendo como galã diante das câmeras — estava “bem na foto” rsrs).

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 1 de fevereiro de 2020 - 20:41

Esse B. é foda! Pena que essa semana não teve episódio…

Responder
Wies e thal 29 de janeiro de 2020 - 15:03

Que delícia de episódio!

Responder
Wies e thal 29 de janeiro de 2020 - 15:03

“Minha antipatia para com o personagem no Finale da 4ª Temporada deu um enorme giro de recepção, fazendo com que eu visse com bons olhos tudo relacionado ao personagem aqui”
Ma-co-nhei-ro kkkkkkkkkk

Responder
Wies e thal 30 de janeiro de 2020 - 14:25

Hahahaha tamo junto!

Responder
Gabriel Cabral 26 de janeiro de 2020 - 23:26

Gostei muito desse episódio, principalmente todos usando os seus poderes, principalmente Nate ficando de aço e Ray encolhendo. Já fazia bastante tempo que isso não acontecia.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 26 de janeiro de 2020 - 23:47

Foi para começar a temporada e “tirar a reclamação” de cena. A questão é: será que voltam a fazer isso só no Finale? HAUAHUAHAUHAUAHUAH

Responder
Gabriel Cabral 27 de janeiro de 2020 - 01:41

Provavelmente, mas eu espero que não hahaha

Responder
Wies e thal 29 de janeiro de 2020 - 15:03

Acho que o ray explodindo o rasputin foi uma referência à brincadeira do homem formiga explodindo o thanos

Responder
Pedro Augusto 24 de janeiro de 2020 - 23:23

Gostei da critica, e a respeito bastante, mas confesso que n vejo MT por que n da 4 estrelas. Claro, tem defeitos como o sumiço gratuito da Charlie e outros, mas acho que meu lado fan de legends tava animado d+ para considerar isso. Quero ver a Nora, e saber como vai ser essa parte do Constante no inferno (me lembro vc cutia o cenário de lá né?). Fiquei animado e supreso com a parte do Rasputin perceber uma falta no Nate que nem ele mesmo sabia, foi mt inesperado pra mim. Espero que essa temporada seja tão boa quanto ou melhor quanto as anteriores.
Ps.: Eu e minha irmã n odiamos MT o final da temporada anterior hehe, chegamos até a chorar na cena do Baby James.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 25 de janeiro de 2020 - 01:07

A participação do Rasputin foi muito legal. Se usarem bem as outras “almas” nos episódios seguintes, prevejo uma baita sequência de vilões que farão a história andar com qualidade. #oremos

Responder
Pedro Augusto 25 de janeiro de 2020 - 10:18

Oremos

Responder
MichellePhillips31 25 de janeiro de 2020 - 17:09

Hello! I want to meet a reliable and purposeful man. Necessarily with a sense of humor. Decent and responsible. It is imperative that I want and strive to create a family. The man I would like to see by my side is brave, has a strong character, smart, who enjoys life with all its ups and downs. I am ready to travel and want my man to have the same likes. But if we are different it is also interesting because we can complete each other learning more! I would like to meet a self-contained, self-confident, intelligent, successful man, who loves children, who is happy in his life, who has an active life position and seeks to create a strong happy family. Let know know you like me or I won’t know it.

Responder
Stella 24 de janeiro de 2020 - 13:18

ótima crítica. Foi um ótimo episodio de comedia, ri bastante, ficou muito bem feito. Eles que são os guardiões da galaxia da DC, por mais que a warner tente emplacar o Esquadrão, as Lendas mereciam mais investimento.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 24 de janeiro de 2020 - 14:33

Super mereciam! Com um time mais azeitado de roteiristas e melhor investimento de produção essa série podia ser uma baita sensação do gênero.

Responder
Gabriel Filipe 24 de janeiro de 2020 - 19:17

Realmente, acho q a série tbm merecia mais marketing, pois mts largaram a série pela terrível s1 e se recusam a voltar, mesmo com tantas pessoas dzd q a série melhorou mt. Não é atoa q do Arrowverse, mesmo sendo a melhor em qualidade é a pior em audiência, infelizmente

Responder
DianneJohnson38 26 de janeiro de 2020 - 05:32

Hello!!! I want to meet a man who is sincere and honest because I am sincere and a family person. For more info please come to my profile.

Responder
Fantasma do Espaço 24 de janeiro de 2020 - 12:00

Ainda vou ver…mas espero que tenha um feedB… para lembrar…pq não lembro de Nada.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 24 de janeiro de 2020 - 12:00

Dá pra retomar de boas! A própria estrutura do episódio permite isso.

Responder
Gabriel Filipe 24 de janeiro de 2020 - 09:12

E LoT está de volta. O ep pode nn ter sido perfeito, mas foi o suficiente pra tirar o gosto ruim do finale e do ep 9 de Arrow… Gostei muito do episódio. Confesso q gosto mt da Mona e gostava dela na equipe, mas acho q a série tava super ultilizando ela. Nn senti essa simpatia td pelo Behrad, preciso ainda ver mais do personagem. O roteiro foi mt bom, hilário como legends DEVE ser, mas soube colocar um pouco de drama qdo foi preciso com a Sara e a Ava, amo como elas são sem dúvidas o melhor casal do Arrowverse, eles realmente constroem as relações delas com dramas naturais e nn coisas forçadas como as séries irmãs. Adorei o Rasputin, ele foi hilário, ele e o Nate interagindo foi sensacional e eu nn gosto do Nate. Fico triste com a saída abrupta e aleatória da Charlie. Eu gosto mt da atriz q faz ela e eu gosto mt da própria Charlie, o humor dela é mt bom e na última temporada ela foi a minha personagem favorita, junto com o Constantine e a Zari, mas agr ela some e nn sabemos se vai voltar ou nn. Mas agr eu deixo uma pergunta: Se tds as séries do Arrowverse são feitas, praticamente, pelas mesmas pessoas pq Legends é TÃO melhor q o resto???

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 24 de janeiro de 2020 - 10:21

É que Legends tem a licença de ser ridículo, @disqus_Xvut7oPM56:disqus. Lembra que na 1ª Temporada eles tentaram fazer algo SÉRIO e não deu certo, aquilo foi lixo puro? Aí a partir da 2ª a série começou a ser cômica e da 3ª em diante abraçou o lado ridículo dos super heróis, como se fosse aquela Liga da Justiça cômica do Keith Giffen e J.M. DeMatteis. É por isso que acaba sendo melhor, eles não tem essa obrigação de ser sombrio, sério, cabeçudo, dramático, blablabla. É uma série bagaceira! Daí com essa liberdade, o resultado fica bem melhor que o resto.

Responder
Gabriel Filipe 24 de janeiro de 2020 - 19:23

Sb o mais engraçado, logo a série q menos tem a obrigação de ser dramática é a q melhor trabalha o drama das personagens no arrowverse kkkk

Responder
JenniferHunter28 26 de janeiro de 2020 - 05:27

Hi! I believe there are no accidental meetings between souls. We were meant to be together. We just need to look around on this site. So, you are my ideal man if you know how to love me with all your heart. Come to site on my profile.

Responder
Leandrodosanjos 29 de janeiro de 2020 - 20:16

A Charlie continua na série…Seu passado será mostrado nesta temporada….

Responder
Gabriel Filipe 31 de janeiro de 2020 - 16:24

Ainda bem

Responder
Lucas 24 de janeiro de 2020 - 03:46

E a referencia ao Homem-Formiga?! Sensacional kkkkk

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 24 de janeiro de 2020 - 10:02

Hehehhehehee

Responder
Peter 24 de janeiro de 2020 - 10:08

SIZE…. MATTERS!!! HUAHAUHAUH

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 24 de janeiro de 2020 - 10:45

HAHAHAHAHHHAHA EU RI DEMAIS!

Responder

Escreva um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumimos que esteja de acordo com a prática, mas você poderá eleger não permitir esse uso. Aceito Leia Mais