Home TVEpisódio Crítica | Legends of Tomorrow – 6X06: Bishop’s Gambit

Crítica | Legends of Tomorrow – 6X06: Bishop’s Gambit

por Luiz Santiago
2194 views (a partir de agosto de 2020)

  • Há SPOILERS! Leia aqui as críticas dos outros episódios.

Com Sara voltando ao centro das atenções, estava claro que o episódio seria daqueles intensos, de tirar o fôlego mesmo. Se colocarmos de lado o alien personificado em Amelia Earhart (não gostei tanto assim das cenas de destruição naquela sala da Waverider) temos aqui um capítulo bem fluído e que é capaz de tocar em todos os pontos dramáticos agora em andamento no programa: aparece o núcleo de Sara; Mick e e sua alienígena de aventuras, idem; Gary também reaparece e todo mundo do núcleo da Terra está igualmente em cena. E mesmo com tantos personagens, os roteiristas conseguem contar uma boa história, sem escantear ninguém.

Na crítica de  The Satanist’s Apprentice eu deixei claro o meu incômodo com o plano de Bishop, mas ora, vejam só, nesse episódio as coisas passam a ter uma perspectiva diferente, já que descobrimos algumas coisas em relação ao personagem. Essa situação toda com os clones inicialmente não me pegou, mas agora consigo ver um bom potencial para tal enredo. A questão não é apenas o clone por si só, mas o fato de Bishop ter uma versão para si mesmo e o fato de que Sara realmente morreu e foi clonada, com sua consciência transferida para esse novo corpo. Vocês ficaram de boca aberta, no final? Porque eu fiquei.

Agora a gente entende perfeitamente o que Bishop quis dizer com “temos muito mais em comum do que você pensa, Sara“. Aí é que entramos em uma ótima sequência de causas e feitos. Porque se Bishop não tivesse mandado buscar Sara (ainda não vejo nenhum motivo especial para ser ela), nada disso teria acontecido. Acontecendo, porém, ele tem o mérito e o desconto por ter criado um clone humano e, até onde a gente sabe, sem alterações para a capitã. Esse é um dilema que pode pautar alguns diálogos e situações adiante, mas, mais do que isso, dará o pontapé para a nova relação entre Sara, as Avas e o próprio Bishop. Ou vocês acham que vai rolar um novo Poço de Lázaro mais adiante?

E que surpresa é ver Mick mais uma vez sendo utilizado na série! Das três vezes que isso aconteceu antes, considerando a participação dele em todo o show, não creio que as participações chegaram sequer próximas à boa interação entre atitude heroica + atitude birrenta + elemento cômico que ele está tendo agora. Para quem começou essa temporada com a PIOR retratação de todo o elenco (e desde os Gaviões, uma das piores de todo o programa, falando do elenco regular), vê-lo receber bons roteiros e atuar de uma forma convincente e interessante tem me deixado muito surpreso e feliz. Se ele continuar assim, pode ficar na série (hehehe).

Com a chocante revelação desse final, muitas implicações devem vir para as Lendas. Como estamos quase chegando no meio da temporada, me pergunto se demorará muito para a resolução desse arco e início de uma outra história ou se a temporada inteira irá rodar em torno desse resgate e/ou das implicações da Sara clonada e da Sara morta. O que vocês acham? Para mim, o importante é manter a fluidez e o lado interessante dos episódios. Sou meio cético na insistência em um único arco para séries de caráter cômico, porque o humor acaba se desgastando muito rápido devido às repetições e, por consequência, acaba interferindo nas outras abordagens.

Preferiria um encerramento de arco agora e início de uma outra história OU de uma consequência que abra os portões para uma trama com foco diferente, mesmo que mantenha essa linha de resgate a Sara, como John em busca de algo alienígena para recuperar seus poderes… ou quem sabe essa relação de Spooner com os aliens. De todo modo, acho que essas são coisas que não ficarão sem respostas, então temas para diversificar a linha narrativa da temporada já temos. E provavelmente outras devem aparecer em breve, para a nossa alegria.

Legends of Tomorrow – 6X06: Bishop’s Gambit (EUA, 13 de junho de 2021)
Direção: Kevin Mock
Roteiro: Emily Cheever, James Eagan
Elenco: Caity Lotz, Tala Ashe, Jes Macallan, Olivia Swann, Adam Tsekhman, Shayan Sobhian, Lisseth Chavez, Amy Louise Pemberton, Nick Zano, Dominic Purcell, Matt Ryan, Raffi Barsoumian, Aliyah O’Brien, Jennifer Oleksiuk, Jorge Johnson, Sidika Larbes
Duração: 42 min.

Você Também pode curtir

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumimos que esteja de acordo com a prática, mas você poderá eleger não permitir esse uso. Aceito Leia Mais