Home TVEpisódio Crítica | Mr. Robot – 4X10: 410 Gone

Crítica | Mr. Robot – 4X10: 410 Gone

por Luiz Santiago
262 views (a partir de agosto de 2020)

  • Há SPOILERS deste episódio e da série. Leia aqui as críticas dos outros episódios.

Em termos de diferença na continuidade e exploração de uma outra camada da série, 410 Gone se parece bastante com 404 Not Found, mas o presente episódio está acompanhado de um certo número de problemas narrativos que abalam a qualidade geral, tornando-o o pior dessa temporada, pelo menos até o momento.

Escrito e dirigido por Sam Esmail410 Gone funciona como uma leve demonstração de consequências, ou seja, o que aconteceu após o sensacional 409 Conflict. Particularmente, eu não esperava que o nível épico fosse mantido em um “episódio de consequências” como este, até porque nós já estamos acostumados com a ressaca que possuem os capítulos posteriores a outros muito importantes ou de qualidade muito alta. No entanto, me pegou de surpresa a imensa diferença de ritmo dos eventos, o que talvez seja mais sentido aqui pelo fato de o foco central do roteiro estar em uma relação que não vai para lugar nenhum, ou que bem pouco traz de novidades para a série, uma escolha estranha quando pensamos que estamos na reta final.

O primeiro choque foi com o fato de Dom estar viva. Vocês que acompanham minhas críticas a algum tempo já sabem a minha enorme chatice em torno de coesão dramática. Por isso foi que não achei ruim que Dom ainda estivesse viva (porque sim, é possível), mas confesso que eu não queria isso não. A quebra de expectativas desse jeito faz o espectador se sentir traído e ao menos que exista uma compensação definitivamente grandiosa para equilibrar a balança (o que não aconteceu), a nossa visão será bem menos elogiosa ou empolgada diante do personagem que deveria estar morto… mas não está. E não é como se isso fosse uma novidade na TV, porque não é. Acontece até muito mais do que deveria. Mas para o que temos aqui em Mr. Robot e considerando o trabalho de Esmail até o momento, fica bem difícil não fazer apontamentos negativos sobre essa escolha.

O que torna a jornada ainda bastante válida é que Carly Chaikin e Grace Gummer estão incríveis em seus papeis e acabam dando uma sensação de que “estamos em casa”, mesmo que não estejamos. Em adição, ainda há o fato de que a fuga e a própria transferência/divisão do dinheiro para todo mundo que tinha perdido algo por ter uma conta na ECorp acontecem de maneira quase anticlimática. Nós ainda apreciamos alguns pontos aí porque encontramos uma dramaturgia azeitada, como já citei, e a sempre excelente direção de Esmail, com seus planos alucinantes e a câmera sempre viajando da maneira menos óbvia possível pelo cenário. Mas o episódio começa com uma uma enorme promessa e acaba enigmático demais, tendo uma trajetória que ganha mais pontos pela forma do que pelo que traz de contexto para nós. Não chega nem perto de ser um episódio ruim ou mesmo medíocre, mas está aquém da grandeza de todo o restante dessa temporada até o momento.

Mr. Robot – 4X10: 410 Gone (EUA, 8 de dezembro de 2019)
Direção: Sam Esmail
Roteiro: Sam Esmail
Elenco: Rami Malek, Carly Chaikin, Grace Gummer, Joey Bada$$, Don Guillory, James Andrew O’Connor, Bobby Cannavale, Mary Crosbie, Lizzy Plimpton, Abdul L. Howard, Kelsey Venter, ayatri Bahl, Bobby Roman, Catrina Ganey
Duração: 47 min.

Você Também pode curtir

41 comentários

Reniton Cleiner 29 de março de 2020 - 16:47

Geral querendo que a Dom morresse mas ela merece demais de ter paz. Tomara que ela encontre a Darlene depois tb kkk, gosto de finais felizes.

Responder
vinicius Emanuel 16 de dezembro de 2019 - 11:41

Só um folego, para nos recuperamos do episodio anterior. Mas achei meio incoerente o cara da livraria dizer que o DarkArmy não tem mais interesse Neles, sendo que “Eles” foram os responsáveis pelo golpe mais fatal que a organização recebeu, se é que vai sobreviver a ele, do ponto de vista de uma organização criminosa, isso não faz sentido. Mesmo que não faça mais sentido o Elliot e Darlene morrerem o DarkAmy iria querer isso, assim como não fazia sentido mais matar o PRICE, mas o Ministro Fez, por puro emocional.

Responder
Fabiano Waughan 15 de dezembro de 2019 - 17:31

Esse episódio foi tranquilo bem suave e no final a cena da Dom no avião eu pensei que ia dar merda 😬

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 15 de dezembro de 2019 - 17:43

Eu também pensei.

Responder
Denis Diniz Junior 14 de dezembro de 2019 - 21:05

O episodio mais HUMANO da serie, esquecemos o que é ser, viver e sentir. A grande maioria quer “super-heróis”, mas Sam nos coloca com humanos que choram que demostram toda essa qualidade encontrada no homem. Elas cada um com seus problemas (pra quem olha de longe “pequenos”), mas para as personagens são profundos, dolorosos a ponto de não ser fácil encontrar a felicidade. Como conseguir ser feliz?? Uma viagem vai me transformar??? Muito inteligente as pessoas olhando no parque , parecia que estava olhando para o espectador, parecia que estávamos dentro do episodio, isso não é a primeira vez que esse gênio faz isso. Episodio sensacional, e pelos comentários como damos pouco valor a nossa humanidade, qual sensação se tem com um episodio como esse???

Responder
RUSSO 14 de dezembro de 2019 - 18:44

Deixa o Mr. Robot fazer uma novelinha pra acalmar os ânimos!!! Hahahahahaha.
Concordo que o episódio foi super aquém da belíssima temporada, mas não me espanto em ter um episódio para abaixar a bola do telespectador, respirar um pouco e ficar atento porque vem chumbo grosso pela frente. Opinião. Inclusive, fiquei com um cagaço no último minuto do episódio com o som das turbinas do avião com os créditos rolando na tela, achando que ia dar merda…

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 14 de dezembro de 2019 - 22:51

Não foi ruim, mas se comparado aos grandes episódios dessa temporada… Uh!

Responder
bre.ribeiro 12 de dezembro de 2019 - 00:48

Mano o que foi isso? Afffff

Responder
Paulo Victor 11 de dezembro de 2019 - 23:52

Episódio bem estranho. Tirando a transferência do dinheiro e as participações de Irving e Joey, foi bem frustrante.

Responder
Luis 11 de dezembro de 2019 - 22:36

Essa temporada esta sensacional, fiquei put* com o final :@

Responder
Felipe Ferreira Cardoso 14 de dezembro de 2019 - 16:57

final bem bosta, concordo

Responder
Luis 22 de dezembro de 2019 - 21:36

Pelo contrario, gostei muito do episódio, só fiquei puto por bem parece que as duas vão ficar juntas isso não ocorre

Responder
Camila 11 de dezembro de 2019 - 10:49

Esse foi o pior mesmo da temporada. Achei muito leve kkk, deu uma quebrada, mas eu até gostei, tirando a parte da música estilo romance clichê. No final, eu esperava uma tragédia para contrastar com a música, mas não teve. Tô acostumada com essa série partindo meu coração e é assim que eu gosto!

Responder
Douglas 11 de dezembro de 2019 - 10:49

Não achei esse episódio ruim, achei bem bom até, claro, inferior aos outros mas nada que chegue a ser ruim.

Palmas para o Joey Bada$$, um dos melhores personagens da série, sua interação com a Dom e a Darlene foi simplesmente hilária!

Quando o Irving apareceu eu dei um sorriso bem largo, que personagem fenomenal, estava com saudades dele, pena que essa deve ter sido a única aparição dela nessa temporada, saudades!

Esse episódio me deu uma sensação de que vem coisa ruim pela frente, tava tudo muito alegre pra ser real, será que o avião da Dom vai ser derrubado pelo Dark Army?

+3 episódios para o fim!
#InEsmailWeTrust

Responder
Luis 11 de dezembro de 2019 - 22:36

Será que a darlene vai aparecer dormindo do lado da Dom no banco?

Responder
Matt 11 de dezembro de 2019 - 08:55

Ah eu gostei desse episódio, apesar do clima filler depois de uma sequencia de episódios 10/10 foi até um bom fechamento do arco da Dom, e ver o Irving e Leon aparecendo também já valeu muito. Mas também concordo que esse foi o menos melhor dessa emproada, mas muito por conta episódios dos outros serem sensacionais

Responder
Maximiliano Prado Montanari 10 de dezembro de 2019 - 23:21

Acho que foi mais um filler. Como acaba no 13° e o hack principal já aconteceu, precisavam de um filler PRA far tempo de fazer tudo o que falta nos últimos três ep. Fiquei bem tenso quando a Dom encontra o cara do Dark Army vendendo livros, achei que a qualquer momento esse cara ia matar alguém, ou que o avião fosse explodir assim que decolasse. Gostei do momento da transferência. Pra mim, foi bom quebrar o ritmo frenético e a tensão exacerbada, pq estava ficando difícil acompanhar tudo o que estava acontecendo, tudo tão pesado, tudo tão necessário, sempre. Tive a mesma sensação do episódio anterior, que acabou bem rápido, parecia um episódio de sitcom. Gosto dessas mudanças. Foi bom, porque agora tudo o que vier vai ser muito pesado. Também pode ser que a “sobrevivência” da Dom seja somente algo dentro da cabeça da Darlene. Sabemos que ela é muito perturbada também, e agora sabemos o porquê. A única coisa que me deixou triste essa semana foi saber que a série não foi indicada pra nenhuma categoria do Globo de Ouro. E outras séries bem inferiores estão no páreo. GOT, por exemplo, depois do final lixo que teve, nem deveria figurar na lista. Mas, enfim, estamos tendo o privilégio de assistir a uma das maiores obras primas televisivas da nossa geração. Muito Obrigado Sam Esmail e toda a equipe da série por nos proporcionar essa experiência.

Responder
Felipe Ferreira Cardoso 14 de dezembro de 2019 - 16:57

caaara, GENIAL se a Dom tivesse morrido e virasse uma personalidade da Darlene!!! iria salvar o episódio!

Responder
Cesar 10 de dezembro de 2019 - 23:15

Pior episódio da série, justamente numa reta final que tava beirando a perfeição. Meu baque inicial também foi ver a Dom viva. Mas eu passei o final do episódio todo com a sensação de que algo ia/irá acontecer no avião, e se isso se confirmar será maquiavelicamente perfeito.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 14 de dezembro de 2019 - 22:37

Eu também to achando que tem algo pela frente. Algo sério.

Responder
Italo Cardoso 10 de dezembro de 2019 - 22:17

A aula de comunismo foi muito massa! Darlene tá impagável (como sempre)!
E poxa… Adorei o episódio! Essa música da Carly Rae Japsen (“Runaway With Me”) tocando enquanto a Dom está correndo, bem sessão da tarde… Foi muito boa! Admito que comecei batendo palma e terminei gritando “NÃO PODE SER!”!

Foi um episódio bem relax mesmo. Mas essa temporada tá tão assim.. que sempre achei que alguém ia aparecer e matar elas.
E fora que essa coisa q o Irving disse de “… Eles estão preocupados com algo maior” me deixou bem tenso. E concordo que pode rolar algo com avião da Dom e/ou que WhiteRose não está presa (basta lembrar o quanto ela manipula a mídia)!

Sam Smail bateu de com força nesse EP, rs.

Responder
AMMC 10 de dezembro de 2019 - 18:23

Reta final amigo. Acho que Sam está alinhando já os personagens e a despedida inevitável da série. No reddit já tem gente torcendo pro avião cair e Dom morrer de vez. O que mais e impressionou foi Darlene, a superação do ataque de pânico e a cara de quem ainda tem muito o que fazer. Uma cena muito bacana quando ela devolver aos “pobres”, poderíamos ter um Elliot e uma Darlene aqui no Brasil. Episódio diferente, mas acredito que está nos mostrando o desfecho de alguns personagens, como Irving. Aguardando próximos passos de Elliot

Responder
Mário 10 de dezembro de 2019 - 17:52

No apartamento da Dom tem um pôster da Patsy Cline, que morreu de um acidente de avião. A Dark Army deixou as duas de lado de uma forma muito fácil.
Tem ainda a cena final bem enigmática que termina com ela, finalmente, conseguindo dormir…
Depois de 4 temporadas, não acredito mais em coincidências.

Responder
Maximiliano Prado Montanari 10 de dezembro de 2019 - 23:21

Verdade. Muito bem observado o Easter egg e o fato dela finalmente ter conseguido dormir. Essas coisas não acontecem à toa nessa série…

Responder
JC 14 de dezembro de 2019 - 04:24

Fiquei com a mesma impressão.. que agonia aquele desencontro!

Responder
Eduardo Martini 10 de dezembro de 2019 - 17:41

odiei o final desse episódio com aquele clichezinho

Responder
Isaque Pereira Dos Santos 10 de dezembro de 2019 - 15:49

Foi um episódio ótimo , não consigo enxergar isso como filler como algumas pessoas andam falando. Depois de toda a tensão que tivemos nos últimos episódios, gostei da sensação de tranquilidade que esse episódio transmite, principalmente em relação a cena da transferência bancária que foi ótima, mas claro que possuía um potencial muito maior de impacto. Tirar um pouco as câmeras do Elliot e focar na Darlene e na Dom foi ótimo, pois utilizou o potencial que o relacionamento das duas personagens tem na medida certa, e com um desfecho que por mais que traga um incômodo, é algo que o Esmail fez de uma forma bem bolada, principalmente no final quando mostram a superação de desafios que as personagem possuíam no dia-dia (A Dom que não conseguia dormir tranquilamente e a Darlene com seu ataques de pânicos), apesar do episódio não possuir um ritmo eletrizante, Sam Esmail não trouxe o episódio que a gente queria, mas sim um episódio leve que a gente precisava , imagino que também seja para se preparar para os 3 últimos episódios dessa séria fantástica!

Responder
Ribamar Júnior Cavalcante 10 de dezembro de 2019 - 15:38

A volta do Bobby Cannavale e a participação do Joey Bada$$ foram impagáveis também

Responder
Douglas 11 de dezembro de 2019 - 09:32

Leon e Irving são os melhores personagens da série.
O diálogo do Leon com a Dom foi simplesmente hilário!

Responder
Delsin Rowe 10 de dezembro de 2019 - 14:37

Galera, se vocês querem saber do plot da série, recomendo que assistam novamente o episódio 1×04. Onde foi comentado sobre a chave, o monstro do Elliot e, o mais importante, o verdadeiro Elliot. A mente do Elliot que estava sofrendo pela abstinência nos deu pistas sobre o tudo isso.

Responder
AMMC 11 de dezembro de 2019 - 09:24

já vi umas cinco vezes quando vi que o Sam comentou isso numa entrevista

Responder
Claudio Tavares 10 de dezembro de 2019 - 14:12

Valeu pela pequena participação do imprevisível Irving (Bobby Cannavale).

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 14 de dezembro de 2019 - 22:37

Esse personagem é foda!

Responder
nuwgott 10 de dezembro de 2019 - 13:20

Não consigo extrair da narrativa do episódio 4×08 qualquer evidência direta que Dom estaria morta. Muito pelo contrário, ela consegue notificar o FBI e decide esperar sozinha pelo socorro.

Ainda não assisti ao episódio recente mas já decidi que o verei junto com os outros ao fim da série. No atual ponto que a Série se encontra, acho melhor assim.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 10 de dezembro de 2019 - 21:41

Para mim, a morte dela era um fato consumado. Até o presente episódio. Paciência…
Tomara que morra no final, pelo menos.

Responder
Jadiel 10 de dezembro de 2019 - 13:16

Episódio gostosinho de se assistir…

Serviu mais pra dar uma respirada de toda a tenção dessa temporada. Não desgostei, mas também acho que foi o pior da temporada até agora.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 14 de dezembro de 2019 - 22:37

Um suspiro depois da loucura, né.

Responder
Guilherme Jorge 10 de dezembro de 2019 - 09:17

Realmente o pior episódio até o momento!
E tudo se passa um dia após os episódios anteriores? A Dom realmente é a “Dom Wick”, pois levou uma facada quase fatal e conseguiu correr com todo o fôlego pelo aeroporto!

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 14 de dezembro de 2019 - 22:37

Eu queria muito que ela tivesse morrido. Eu gosto da personagem, mas acho que seria mais coerente…

Responder
Lucas Rodrigues 10 de dezembro de 2019 - 06:38

Me incomoda o fato da Dom acreditar tão facilmente no Irving. Acho que eh forçar demais uma agente do FBI confiar em alguém como ele tão facilmente, depois de tudo que passou. Mas o FBI na série quase sempre foi bastante incompetente e nunca parecia ser realmente o FBI, né?
E a Dom decidindo ir pro vôo, sem saber onde sua familia tá, e confiando que realmente estão salvos… Sei lá, também não me convence.
Que a teoria do avião da 3a temporada não seja verdade, pois eu acharia mais lógico a morte dela sendo depois da facada que levou.

Responder
Camila 11 de dezembro de 2019 - 11:06

Verdade. Foi muito contrário à natureza e personalidade da personagem.

Responder

Escreva um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumimos que esteja de acordo com a prática, mas você poderá eleger não permitir esse uso. Aceito Leia Mais