Crítica | Star Wars Resistance – 1X18: The Disappeared

Depois de uma breve viagem para as regiões desconhecidas no episódio da semana passada, The Core Problem, Star Wars Resistance volta a nos mostrar as tramas envolvendo a Colossus. Com o argumento de que os pilotos e as suas corridas são perigosas para a segurança da estação, Capitão Pyron manda Doza encerrar com todas as atividades envolvendo a prática. É claro que os cidadãos da plataforma ficam, imediatamente, enfurecidos. Toda a economia do local parece girar em torno dessas disputas, os pilotos são tratados como grandes estrelas, chegando até a morar em um local separado do resto da população. Sem as corridas, a plataforma parece não ser nada.

Para piorar a situação dos habitantes de local, algumas pessoas começam a desaparecer repentinamente. Tudo começa quando Tora Doza não consegue encontrar seu amigo piloto Hype Fazon, ela pergunta a Kaz que logo assume que a Primeira Ordem deu um sumiço no amigo de Tora, esse que teve a reação mais fervorosa contra a proibição das corridas feita pelo regime.

É claro que esta afirmação de Kaz inicia um novo conflito entre ele e Tam Ryvora, uma das personagens que mais gosta da atuação da Ordem. Não acredito que Ryvora seja totalmente leal ao regime, como Yaker diz em um episódio anterior, a maioria dos personagens mais novos cresceu em um mundo onde o Império não existia mais, a paz reinava em uma nova república. Kaz, Tam, Tora e Neeku são personagens novos demais para para entender todo o sangue que muitas pessoas deram para que eles possam ter as liberdades que desfrutam hoje. Kaz entende muito por conta do seu pai, que é um político influente da república. Neeku já afirmou que seus familiares foram caçados pelo Império por serem alienígenas, Tora tem um pai que era ativo dentro do Império, mesmo que em segredo, Capitão Doza deve ter comentado sobre os problemas da ditadura. A única que não teve nenhum familiar perseguido pelo antigo regime é Tam, e por isso ela não vê a Primeira Ordem como ameaça.

Kaz e Tora decidem tomar atitude perante a todos esses desaparecimentos, mas para isso eles precisam da ajuda de Yaker. É aqui que vemos uma das cenas mais interessantes de todo o episódio, Kaz e sua amiga entram no escritório de Yaker e vem que ele e a autoridade máxima da plataforma, Capitão Doza, já estão construindo um plano contra as ações radicais da Primeira Ordem. Já sabemos que Doza é um ex membro do Império, é muito interessante vermos um ex imperial e um ex rebelde trabalhando juntos.

Yaker e Doza planejam pedir ajuda para a Resistência, essa que muito provavelmente não irá atender ao pedido. Especula-se que os eventos de The Disappeared estão acontecendo em paralelo com a captura de Poe e o início de O Despertar da Força. Seria muito interessantes ver Kaz recebendo o pedido de socorro de Leia feito em Os Últimos Jedi.

Junto com Tora e o seu novo droid, Kaz tem a idéia de, ao invés de resgatar os habitantes desaparecidos, roubar a nave da Primeira Ordem. Esse é um plano bem inteligente, retirá-los de sua prisão não resolveria o problema, no dia seguinte troopers iriam ver que os cidadãos contidos tinham sidos resgatados e colocariam a Colossus de cabeça para baixo para encontrá-los. Roubar a nave permite que aqueles que estavam presos fujam da ilha de ferro sem que a Ordem perceba que isso aconteceu.

Durante o resgate, o roteiro de Steven Melching ainda faz uma curva para dar atenção a Hype Fazon, que teve seu ego evidenciado durante todo o episódio. Mas que no final deixa sua segurança para ajudar Kaz, que estava prestes a morrer nas mãos de um trooper. É dito que Fazon e os outros prisioneiros irão para Takodana, planeta que Maz Kanata vivie.

Parece interessante ver Kanata e seus amigos se juntarem aos habitantes da Colossus para lutarem contra a Primeira Ordem. Sabemos que durante os Últimos Jedi Kanata aparece brevemente durante um conflito, quem sabe se esse conflito não é a luta de Kaz e seus amigos contra o regime dentro da plataforma.

Na última cena do episódio vemos Kaz voltando para a oficina, quando ele chega no local encontra seus amigos rendidos por diversos Stormtroopers. Com certeza esse foi o maior gancho que a série já nos deixou entre um episódio e outro.

The Disappeared foi o episódio que mais mostrou essa construção de tensão entre o regime e o resto da galáxia. Mesmo que aqui vejamos apenas um recorte muito pequeno da vastidão do mundo de Star Wars. Tudo se encaminha para um momento de grande tensão, que são os acontecimentos ocorridos nos últimos dois filmes da franquia. Estou muito interessado para ver qual será a trama paralela de Kaz e a Colossus.

Star Wars Resistance – 1X18: The Disappeared (EUA, 24 de Fevereiro de 2019)
Criado por: Carrie Beck, Dave Filoni, Kiri Hart
Direção: Sergio Paez
Roteiro: Steven Melching
Elenco: Christopher Sean, Scott Lawrence, Josh Brener, Suzie McGrath, Bobby Moynihan, Jim Rash, Donald Faison, Myrna Velasco, Lex Lang, Stephen Stanton, Mary Elizabeth McGlynn, Diedrich Bader, Rachel Butera, Oscar Isaac.
Duração: 22 minutos.

PEDRO CUNHA . . . Com corpo e alma de Hobbit, sou um eterno Padawan e aprendiz. Amigo dos ursos, dos elfos e das águias. Nativo de Krypton e apreciador da sétima, nona e de TODAS as artes. Quando tentado sempre rebato; "sou um Jedi, como meu pai antes de mim".