Home TVEpisódio Crítica | Star Wars: The Bad Batch – 1X04: Encurralados

Crítica | Star Wars: The Bad Batch – 1X04: Encurralados

por Ritter Fan
3665 views (a partir de agosto de 2020)

  • Há spoilers. Leiam, aqui, as críticas dos demais episódios da série.

Não demorou muito e pela segunda vez em apenas quatro episódios, os roteiros de The Bad Batch recorrem ao velho artifício de obrigar que os Mal Feitos pousem em um planeta para fazer algo na nave. Diferente de Saída às Pressas, porém, Encurralados resulta em uma boa história de ação que, mesmo não trazendo novidades, funciona muito bem de maneira autocontida e também revelando que Ômega está sendo procurada por alguém, talvez os kaminoanos ou alguma entidade mais sinistra.

E, claro, Dave Filoni não perdeu a oportunidade de inserir a versão mais nova de Fennec Shand, a caçadora de recompensas que ele mesmo criou e recentemente introduziu em The Mandalorian, mais especificamente em The Gunslinger. Ming-Na Wen retorna ao papel, emprestando a voz à sua personagem que tem a missão de sequestrar Ômega, algo que não demorar a acontecer depois que os ex-soldados da República pousam no planeta Pantora para conseguir suprimentos e, principalmente, camuflar o sinal do motor de dobra para evitarem ser seguidos. É, inegavelmente, um episódio básico, mas exatamente por abraçar essa qualidade com fervor, o roteiro de Christian Taylor consegue tirar leite de pedra, mantendo a narrativa refrescante a todo tempo, mesmo que não sendo mais do que uma repetição de sequências consideravelmente semelhantes, com a direção de Saul Ruiz não titubeando em colocar na telinha momentos atrás de momentos de tiroteio e especialmente de voo que, no cômputo geral, funcionam muito bem.

Esse é claramente um episódio que deveria ter vindo antes de Saída às Pressas, pois ele fortalece a conexão da menina clone com os clones veteranos, especialmente Hunter, sem precisar recorrer precocemente à pretensa conexão pai-e-filha que tanto prejudicou a outra história. Aqui, a conexão é orgânica e compassada, sem parecer forçada em momento algum exatamente por acontecer em meio a uma caçada à sequestradora de Ômega, o que alia história à ação frenética de maneira equilibrada e inteligente, ainda que não particularmente original. Ajuda muito que Shand, personagem que permanece inominada, aliás, é imediatamente relacionável, mesmo para quem está sendo apresentada a ela aqui, pois não só o design de seu uniforme é elegante, sem tentar chamar atenção exagerada para si mesma, como seu rosto foi trabalhado a partir das feições rejuvenescidas da atriz, o que automaticamente a separa, em termos qualitativos, dos demais rostos “quadrados” que o CGI padrão da série impõe a quase todos os demais.

Outro ponto positivo é que Encurralados parece ser o primeiro passo para desenvolver Ômega para além da criança inserida na trama só para tornar a série identificável também para um público bem jovem, como claramente foi, lá no começo, a inserção de Ahsoka Tano como Padawan de Anakin Skywalker, em The Clone Wars. Quem for sincero e procurar pela memória, ou tiver a paciência de retornar ao começo dessa até bem longeva série, notará que a jovem Jedi era tipicamente a mala sem alça que conseguia ser ainda mais chata que o já difícil de aturar Anakin chorador e batedor de pezinho e que, com o tempo, foi se tornando uma personagem complexa e completa, com vida própria. Como estamos falando de Filoni mais uma vez, é perfeitamente razoável imaginar que ele tem planos análogos para Omega na medida em que The Bad Batch caminhar, até porque mais até do que em The Clone Wars, a série spin-off precisava mesmo de sangue novo em meio aos Mal Feitos de forma a beneficiar eles mesmos. Resta saber quem está atrás da menina e porque, mesmo que sejam mesmo os kaminoanos.

Encurralados pode até ser simples em sua proposta, mas o episódio, sem dúvida alguma, consegue tirar a série do razoável marasmo em que muito rapidamente estacionou. Entre o mistério ao redor de Omega e o potencial sombrio da história de Crosshair, The Bad Batch começa a timidamente caminhar de maneira independente, ainda que seja necessário algo realmente relevante – e logo – para tornar a série mais do que apenas uma mera curiosidade passageira.

Star Wars: The Bad Batch – 1X04: Encurralados (Star Wars: The Bad Batch – 1X04: Cornered – EUA, 21 de maio de 2021)
Criação: Dave Filoni
Direção: Saul Ruiz
Roteiro: Christian Taylor
Elenco: Dee Bradley Baker, Michelle Ang, Ming-Na Wen
Duração: 26 min.

Você Também pode curtir

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumimos que esteja de acordo com a prática, mas você poderá eleger não permitir esse uso. Aceito Leia Mais