Home TVEpisódio Crítica | Star Wars: The Bad Batch – 1X07: Cicatrizes de Batalha

Crítica | Star Wars: The Bad Batch – 1X07: Cicatrizes de Batalha

por Ritter Fan
2132 views (a partir de agosto de 2020)

  • Há spoilers. Leiam, aqui, as críticas dos demais episódios da série.

Cicatrizes de Batalha começa deixando bem claro que os Mal Feitos, certamente por não terem ainda decidido o que fazer da vida, estão cada vez mais enfronhados com Cid que, finalmente, mostra que não está exatamente empregando os clones em missões, mas sim de certa maneira escravizando-os, mantendo-os permanentemente à sua disposição usando os grilhões da dívida para isso. A chegada do Capitão Rex, que certamente era aquela imagem holográfica com quem as irmãs Martez conversavam ao final de Desmontagem, quebra essa rotina e leva o grupo ao planeta Bracca, basicamente um enorme cemitério de naves espaciais, para retirar os chips inibidores.

Confesso que achava que a subtrama da dor de cabeça de Wrecker seria explorada por mais tempo, com consequências mais insidiosas para o grupo, talvez até mesmo conectando-se com o já longínquo drama de Crosshair, mas, muito ao contrário, ela acaba aqui. No entanto, o episódio foi consideravelmente eficiente em lidar com a situação, não só deixando Rex alarmado por Hunter e os demais ainda terem os chips na cabeça a ponto de ele se sentir ameaçado, como também colocando Wrecker momentaneamente sob a influência da Ordem 66, querendo exterminar todos ao seu redor, inclusive Ômega, em uma estrutura bastante previsível em tudo, menos no desfecho, com o grandalhão não “acordando” de seu transe em razão das súplicas da menina, mas sim pelo bom e velho tiro de blaster por Rex.

É, sem dúvida alguma, uma resolução talvez fácil demais para esse problema do grupo, que já aponta inclusive para como Crosshair será curado, mas que, no final das contas, tem seu valor por ser uma história bem contada em um episódio particularmente belo visualmente, com os cruzadores espaciais caídos e enferrujados criando tomadas inspiradas que a direção de Saul Ruiz faz de tudo para amplificar. Até mesmo a sequência de ação com a enorme dianoga tentando fazer de Wrecker sua refeição é cuidadosa e dinâmica, com um linda iluminação que trabalha focos de luz e reflexos na superfície da água e nos tentáculos do monstro que são de cair o queixo, alguns degraus acima da animação mais padrão de praticamente todos os episódios anteriores.

A própria presença de Rex foi bem executada, sem festejar demais a presença do personagem. A preocupação do roteiro de Jennifer Corbett pareceu muito mais deixar claro para os Mal Feitos que eles não estão sozinhos nesse mundo novo pós-Guerras Clônicas e, para Hunter em particular, que existe ainda muitas lutas a serem travadas e que ele precisa encontrar o caminho certo para sua equipe. Na verdade, a relutância da série em “encaixar” os clones em alguma posição clara, é uma grande curiosidade minha que, espero, seja saciada com algo realmente relevante dado o “mistério” da coisa toda toda até agora. Tomara que Dave Filoni tenha um destino de curto prazo interessante para Hunter e equipe, sem obviedades e sem também esquecer o conflito interno marcado pela “deserção” de Crosshair, assunto que precisava retornar à temporada por agora para não ficar distante demais do desenvolvimento da equipe, especialmente considerando que eles não mais têm chips inibidores.

Aliás, o final de Cicatrizes de Batalha parece justamente apontar para um possível retorno de Crosshair à temporada, considerando que o grupo de clones foi localizado e o Império alertado sobre sua localização, o que parece indicar que a pancadaria continuará ali mesmo no planeta Bracca, ou, talvez, até mesmo em Ord Mantell, com o envolvimento direto de Cid. O episódio pode não ser um divisor de água, mas ele sem dúvida alguma é um dos mais redondos e interessantes da temporada até agora, com visuais arrebatadores e ótimas, ainda que breves, sequências de ação que não perdem de vista o desenvolvimento dos personagens.

Star Wars: The Bad Batch – 1X07: Cicatrizes de Batalha (Star Wars: The Bad Batch – 1X07: Battle Scars – EUA, 11 de junho de 2021)
Criação: Dave Filoni
Direção: Saul Ruiz
Roteiro: Jennifer Corbett
Elenco: Dee Bradley Baker, Michelle Ang, Rhea Perlman
Duração: 28 min.

Você Também pode curtir

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumimos que esteja de acordo com a prática, mas você poderá eleger não permitir esse uso. Aceito Leia Mais