Home TVEpisódio Crítica | The Flash 2X19: Back to Normal

Crítica | The Flash 2X19: Back to Normal

por Luiz Santiago
114 views (a partir de agosto de 2020)

estrelas 2

Obs: Há spoilers. Leiam as críticas dos demais episódios de The Flash, aqui.

Back to Normal é um título errado para este episódio. Nenhuma das situações mostradas aqui, ou mesmo o contexto de perigo delas, com um Barry sem poderes, já tiveram precedentes na série. O que tivemos antes foi um “homem mais rápido do mundo que não era o mais rápido do mundo” [já contei para vocês a história do meu coelho de infância, o Sebastião, que dava de mil a zero no Barry Slug?] e claro, o melodrama e o vilão da semana; mas no conjunto da obra não estamos, de fato, voltando ao normal. Estamos rompendo a barreira da anormalidade.

Um dos recentes dissabores da DC-para-as-massas na TV tem sido a reafirmação de uma identidade teen nivelada por baixo, muito mais ingênua e clichê do que deveria, como é possível comprovar em Legends of Tomorrow, Arrow e, de forma menos grave — se comparada às outras duas –, The Flash. O incômodo disso tudo? O fato de séries para um público teen não necessariamente precisarem ser estúpidas e patologicamente didáticas ou ensandecidamente sem lógica como vemos nessa tríade (e posso estar sendo injusto com The Flash, que ainda possui salvação e não é exatamente um martírio de se ver, mas está no caminho). Em Back to Normal, o espectador prova um pouco desses modelos tortuosos de um roteiro que fala demais, mas não chega a lugar nenhum. E talvez por isso mesmo, aposta em fan service de pouco ou nenhum sentido (perceberam as pinceladas de Ponto de Ignição?), chegando a conclusões tenebrosas.

Com Barry Barrichello sem poderes, qual foi a ideia genial dos autores para nos fazer lembrar de que, mesmo nessa situação, ele ainda tem a “alma de um velocista”? Ora, fazê-lo vestir o uniforme sem necessidade e com um novo adereço inventado de última hora apenas… porque sim, claro! Se a ideia era voltar ao normal, não seria mais coerente para os roteiristas apostarem unicamente no uso do Star Labs para chegar a alguma coisa? Afinal, temos ali um garoto com o poder de vibrar entre dimensões (convenientemente escanteado, perceberam?) e um QI altíssimo; temos a mente do Barry, esta sim, muito rápida; temos o gênio Wells; e temos Jesse, que é inteligentíssima. E temos tecnologia de ponta à mão. Vamos parar e pensar um pouco, de forma fria e ponderada: como é possível aceitar o andamento narrativo desse episódio, considerando todos esses fatores?

Alguns podem trazer à tona o inútil vilão da semana, Griffin Grey, um vilão bem mais interessante nos quadrinhos. Confesso que me peguei gostando do diálogo quase filosófico dele com Wells, no cativeiro, mas foi um lampejo apenas. Com Caitlin sequestrada e Barry Sloth sem poderes, qual a necessidade de um vilão da semana? De verdade, procurem achar uma justificativa plausível e narrativamente coerente para a existência de Griffin Grey a 4 episódios da temporada terminar. É irresponsável por parte da produção permitir que a série caminhe para um novelo de pequenas crônicas, talvez com a intenção de justificar um filler ruim. E pior: amontoam coisas e inventam “velhas novidades” ao invés de utilizarem o tempo de sobra (já reclamei demais sobre temporadas de 23 episódios, mas não dá para não chover no molhado… de novo!) para juntar algumas pontas e fechar mini-arcos anteriormente abertos.

Danielle Panabaker na Terra-2 chama a atenção como Nevasca, mas apenas por um momento. E nisso eu devo culpar mais a direção de John F. Showalter do que a capacidade dramática da atriz, e explico por quê. Tentem se lembrar da primeira sequência no covil de Zoom neste episódio. Pontos positivos: fotografia com filtro sépia muito bem aplicada, ótima exploração da câmera pelo set e excelente apresentação de Nevasca, com seu jeito sassy de ser. Pontos negativos: a chatice das batidas do “homem da máscara de ferro” e o erro crasso em não lhe dar mais importância, mudar a figura que temos dele (o verdadeiro Jay, certo? Ou não?). Agora pensem em como o mesmo covil foi sendo mostrado ao longo do episódio e como Nevasca foi mudando de uma personagem provocativa e intrigante para uma mulher de quase-murmúrios e insistência em um estereótipo forçado, cheio de maneirismos. Não há como negar que estas são orientações da direção que, devo admitir, mantém o bom uso do espaço cênico no covil de Zoom (ponto que também se repete na delegacia, na cena notura entre Wally e Joe, uma das sequências mais bem dirigidas do episódio) mas destrói completamente a exploração dos personagens após o primeiro bloco.

De repente, temos um psicopata com empatia, capaz de sentir amor e, ao que parece, ciúmes! Vamos jogar fora toda a literatura de psiquiatria, psicologia e psicanálise e adotar o “estilo Zoom” de tratar casos de distúrbios mentais, que tal? Logo agora, que ele estava se tornando um vilão realmente interessante, o roteiro traz essa bobagem para atrapalhar. Sem contar que as entradas e saídas dele no covil e aquele negócio de tirar a máscara e botar a máscara chega a ser enervante. Eu tenho a impressão de que a qualquer hora que ele vai tirar aquilo e vai aparecer o Papa-Léguas ou o Sonic ou o meu coelho Sebastião dizendo “e aê galerinha do whatsApp!“… Se é para fazer charminho cobrindo uma identidade que a gente já conhece, que seja feito com classe.

Por fim, alguns pontos para fechar este capítulo. Um: Wally ganhou um grama e meio de simpatia aqui, vocês não acham? Dois: Jesse Quick! Sério, isso? Mais um velocista? Que tal apresentar Wally primeiro a este novo mundo e depois, talvez, colocar mais uma velocista em cena? E três: VÃO REFAZER A GODDAMMIT EXPLOSÃO DO ACELERADOR DE PARTÍCULAS? Por favor, meu digam que o arco dessa segunda metade inteira da temporada não será resolvido com essa decisão sandia!

O que podemos tirar de bom deste episódio é a canção Israelites, de Desmond Dekker, que toca no início do episódio, quando Barry Turtle acorda em seu “regular day“. Tente ouvir e não dançar com essa música para acordar feliz.

The Flash 2X19: Back to Normal  (EUA, 2016)
Direção: John F. Showalter
Roteiro: Brooke Roberts, Katherine Walczak
Elenco: Grant Gustin, Candice Patton, Danielle Panabaker, Carlos Valdes, Keiynan Lonsdale, Tom Cavanagh, Jesse L. Martin, Teddy Sears, Violett Beane, Haig Sutherland
Duração: 42 min.

Você Também pode curtir

125 comentários

Ariel Araujo 7 de maio de 2016 - 22:03

Depois de Demolidor, the flash virou série para “criancinha” dormir.

Responder
Luiz Santiago 7 de maio de 2016 - 23:03

Depois de Demolidor? Hummmm… sei não, hein!

Responder
Luiz Santiago 7 de maio de 2016 - 23:03

Depois de Demolidor? Hummmm… sei não, hein!

Responder
Ariel Araujo 8 de maio de 2016 - 00:27

Flash não é ruim, mas Demolidor é fantástica!

Responder
Ariel Araujo 8 de maio de 2016 - 00:27

Flash não é ruim, mas Demolidor é fantástica!

Responder
Luiz Santiago 8 de maio de 2016 - 00:34

huahuahauahuahuahauhauhauahu
Socorro!!!

Demolidor é mesmo uma série fantástica.

Responder
Luiz Santiago 8 de maio de 2016 - 00:34

huahuahauahuahuahauhauhauahu
Socorro!!!

Demolidor é mesmo uma série fantástica.

Responder
Jean 2 de maio de 2016 - 10:14

Vim aqui só pra falar que o episodio é ruim, mas até o Flash chegou antes de mim pra comentar isso.

Responder
Luiz Santiago 2 de maio de 2016 - 12:47

Hahahaha, chegou uns 2 minutos antes, ou seja, comparando esforços, você foi mais rápido que ele!

Responder
Luiz Santiago 2 de maio de 2016 - 12:47

Hahahaha, chegou uns 2 minutos antes, ou seja, comparando esforços, você foi mais rápido que ele!

Responder
Jean 2 de maio de 2016 - 10:14

Vim aqui só pra falar que o episodio é ruim, mas até o Flash chegou antes de mim pra comentar isso.

Responder
Lucas Mateus Santos 2 de maio de 2016 - 02:57

Meu deus mais esta segunda temporada de flash não emplaca mesmo, ela tem uns quatro episódios bons que até Luiz já citou, mais a temporada não engrena de jeito nenhum. Que episodio alt totalmente da historia, me perdoem o linguajar, que filler de merda. Serio se for pra continuar fazendo estas merdas cancela que ficarei menos triste. A série esta se baseando em um dramalhão adolescente que beira ao ridículo, a atuação de filhinha decepcionada da jesse foi no mínimo ridículo, este vilão da semana desnecessário e sem falar no ultimo episódio onde o barry consegue ficar com a mesma velocidade que o zoon e no máximo corre com ele pela cidade, agora que eles estavam em pé de igualdade ao invés do flash enfrenta-lo o que ele faz? entrega sua velocidade mesmo depois que o zoon libertou o garoto, que roteiro mal escrito e dirigido. Sério da forma que esta segunda temporada está sendo conduzida infelizmente eu prefiro o fim da serie. Detalhe para mim nem Arow nem Legends of Tomorow existem mais, já parei de assistir estas porcarias há muito tempo, ambas tinham potencial igual ao The Flash mais foram pro lado negro da força, e agora Flash está seguindo direitinho seus passos.

PS: Nem falei da explicação sem sentido do zoon no episodio 18 de como ele arrumou outro jay para poder ficar nas duas terras.

Responder
Luiz Santiago 2 de maio de 2016 - 12:44

Bem vindo ao clube dos decepcionados @lucasmateussantos:disqus! Isso aqui está mesmo indo de mal a pior. E cara, parece que tem coisa pior chegando por aí. Estou só vendo como eles vão conseguir tirar a velocidade do Zoom ou vencê-lo. Porque aquela PORCARIA de saída de refazer a explosão simplesmente me fez jogar a toalha.

Responder
Luiz Santiago 2 de maio de 2016 - 12:44

Bem vindo ao clube dos decepcionados @lucasmateussantos:disqus! Isso aqui está mesmo indo de mal a pior. E cara, parece que tem coisa pior chegando por aí. Estou só vendo como eles vão conseguir tirar a velocidade do Zoom ou vencê-lo. Porque aquela PORCARIA de saída de refazer a explosão simplesmente me fez jogar a toalha.

Responder
Lucas Mateus Santos 2 de maio de 2016 - 15:42

Luiz o pior na opção de refazer á explosão é a tentativa ridícula de imitar ponto de ignição. Dá-me muita tristeza ver uma serie com tamanho potencial indo por um caminho tão fraco, daqui a pouco vira Small Ville. Ando me fazendo está pergunta ao longo de toda a segunda temporada, o que aconteceu lá dentro da CW para termos aquela excelente primeira temporada e esta merda de segunda temporada? serio algo drástico precisa ser feito, caso contrario RIP The Flash, Legends of Tomorow e Arow. É assim que nosso sonho Nerd acaba.

Responder
Lucas Mateus Santos 2 de maio de 2016 - 15:42

Luiz o pior na opção de refazer á explosão é a tentativa ridícula de imitar ponto de ignição. Dá-me muita tristeza ver uma serie com tamanho potencial indo por um caminho tão fraco, daqui a pouco vira Small Ville. Ando me fazendo está pergunta ao longo de toda a segunda temporada, o que aconteceu lá dentro da CW para termos aquela excelente primeira temporada e esta merda de segunda temporada? serio algo drástico precisa ser feito, caso contrario RIP The Flash, Legends of Tomorow e Arow. É assim que nosso sonho Nerd acaba.

Responder
Luiz Santiago 3 de maio de 2016 - 01:13

Essa cadência para o fan service de má qualidade parece ter sido o mote dessa temporada. Também me pergunto o que foi que aconteceu para fazerem a série chegar a este nível.

Responder
Luiz Santiago 3 de maio de 2016 - 01:13

Essa cadência para o fan service de má qualidade parece ter sido o mote dessa temporada. Também me pergunto o que foi que aconteceu para fazerem a série chegar a este nível.

Responder
Lucas Mateus Santos 2 de maio de 2016 - 02:57

Meu deus mais esta segunda temporada de flash não emplaca mesmo, ela tem uns quatro episódios bons que até Luiz já citou, mais a temporada não engrena de jeito nenhum. Que episodio alt totalmente da historia, me perdoem o linguajar, que filler de merda. Serio se for pra continuar fazendo estas merdas cancela que ficarei menos triste. A série esta se baseando em um dramalhão adolescente que beira ao ridículo, a atuação de filhinha decepcionada da jesse foi no mínimo ridículo, este vilão da semana desnecessário e sem falar no ultimo episódio onde o barry consegue ficar com a mesma velocidade que o zoon e no máximo corre com ele pela cidade, agora que eles estavam em pé de igualdade ao invés do flash enfrenta-lo o que ele faz? entrega sua velocidade mesmo depois que o zoon libertou o garoto, que roteiro mal escrito e dirigido. Sério da forma que esta segunda temporada está sendo conduzida infelizmente eu prefiro o fim da serie. Detalhe para mim nem Arow nem Legends of Tomorow existem mais, já parei de assistir estas porcarias há muito tempo, ambas tinham potencial igual ao The Flash mais foram pro lado negro da força, e agora Flash está seguindo direitinho seus passos.

PS: Nem falei da explicação sem sentido do zoon no episodio 18 de como ele arrumou outro jay para poder ficar nas duas terras.

Responder
Red Ranger 1 de maio de 2016 - 06:52

Essa série está virando um Arrow da vida pra mim! Cheguei a cochilar nesse episódio de tão tedioso! Não vi nada demais nele, totalmente descartável e perda de tempo!

Responder
Luiz Santiago 1 de maio de 2016 - 11:18

Pois é! Para uma série que deveria falar de coisas rápidas, ficção científica e tramas para fazer pensar, The Flash está quase como história para dormir mesmo.

Responder
Luiz Santiago 1 de maio de 2016 - 11:18

Pois é! Para uma série que deveria falar de coisas rápidas, ficção científica e tramas para fazer pensar, The Flash está quase como história para dormir mesmo.

Responder
Red Ranger 1 de maio de 2016 - 18:25

Exatamente!

Responder
Red Ranger 1 de maio de 2016 - 18:25

Exatamente!

Responder
Red Ranger 1 de maio de 2016 - 06:52

Essa série está virando um Arrow da vida pra mim! Cheguei a cochilar nesse episódio de tão tedioso! Não vi nada demais nele, totalmente descartável e perda de tempo!

Responder
H-Alves 30 de abril de 2016 - 20:24

Pois é odiei esse negócio da Caitlyn. Esse negocinho de sentir cumplicidade só pq são sócias foi um saco. Até pq o Cisco já tinha deixado bem claro que tipo de pessoa ela era. E muito pior, ela ainda vai inventar de matar a Caitlyn, puta que pariu mulher, no momento em que o vidro quebrou ela tinha que ter se mandado sem nem olhar pra trás. Não gostei dela morrer, poxa que saco. Era uma ótima personagem, ela e o sósia do Cisco podiam tocar o terror ainda, dava pra aproveitar os dois muito bem, agora aposto que ainda vão mostrar a Íris e o Barry da terra 2 pra ficar aquele negocinho de como é ver os dois casados.

Responder
Luiz Santiago 1 de maio de 2016 - 01:08

Pior, @hiale:disqus é que a morte da Nevasca ficou com um toque de moral tãaaaaoooo podre que me deu muita raiva. Nevasca é uma baita personagem, ela ter morrido foi um puta erro da produção. Também odiei isso.

Responder
Luiz Santiago 1 de maio de 2016 - 01:08

Pior, @hiale:disqus é que a morte da Nevasca ficou com um toque de moral tãaaaaoooo podre que me deu muita raiva. Nevasca é uma baita personagem, ela ter morrido foi um puta erro da produção. Também odiei isso.

Responder
H-Alves 30 de abril de 2016 - 20:24

Pois é odiei esse negócio da Caitlyn. Esse negocinho de sentir cumplicidade só pq são sócias foi um saco. Até pq o Cisco já tinha deixado bem claro que tipo de pessoa ela era. E muito pior, ela ainda vai inventar de matar a Caitlyn, puta que pariu mulher, no momento em que o vidro quebrou ela tinha que ter se mandado sem nem olhar pra trás. Não gostei dela morrer, poxa que saco. Era uma ótima personagem, ela e o sósia do Cisco podiam tocar o terror ainda, dava pra aproveitar os dois muito bem, agora aposto que ainda vão mostrar a Íris e o Barry da terra 2 pra ficar aquele negocinho de como é ver os dois casados.

Responder
Yuri 30 de abril de 2016 - 16:25

Sinceramente, está me cansando… Meu Deus que episódio foi esse, muito ruim, deu até sono!

Responder
Yuri 30 de abril de 2016 - 16:25

Sinceramente, está me cansando… Meu Deus que episódio foi esse, muito ruim, deu até sono!

Responder
Luiz Santiago 30 de abril de 2016 - 23:00

Eles parecem não aprender com as coisas boas que fazem. Ao tentar inventar coisa nova, zoam tudo… Estou com você, cara: tá me cansando.

Responder
Luiz Santiago 30 de abril de 2016 - 23:00

Eles parecem não aprender com as coisas boas que fazem. Ao tentar inventar coisa nova, zoam tudo… Estou com você, cara: tá me cansando.

Responder
Régis Valker 30 de abril de 2016 - 00:00

Eu tava lendo outra critica com 4 estrelas e quase confundi na hora de comentar. O episodio foi uma bosta!! kkkk
Mereceu nem 2 estrelas ao meu ver. Conseguiram fazer desse episodio uma copia do que mais odiei em Supergirl e LoT.

Responder
Luiz Santiago 30 de abril de 2016 - 02:53

HAHAHAHA, 4 estrelas? Sério??? UAU, haja boa vontade, amor, paixão, e muito açúcar na alma e em toda a existência, agora e pelas próximas 456 gerações pra dar 4 estrelas pra esse episódio. Nossa. Deu até um nó no coração agora…

Responder
Luiz Santiago 30 de abril de 2016 - 02:53

HAHAHAHA, 4 estrelas? Sério??? UAU, haja boa vontade, amor, paixão, e muito açúcar na alma e em toda a existência, agora e pelas próximas 456 gerações pra dar 4 estrelas pra esse episódio. Nossa. Deu até um nó no coração agora…

Responder
Régis Valker 1 de maio de 2016 - 00:13

Esqueci de escrever, estava lendo uma critica de outra seria que teve 4 estrelas, se nao me engano era lucifer.
Esse episodio de flash so vale 4 estrelas se for 4/100.

Responder
Régis Valker 1 de maio de 2016 - 00:13

Esqueci de escrever, estava lendo uma critica de outra seria que teve 4 estrelas, se nao me engano era lucifer.
Esse episodio de flash so vale 4 estrelas se for 4/100.

Responder
Luiz Santiago 1 de maio de 2016 - 01:06

HUAHUAHAUHAUAHUAHAUHAUAHUAHAUHAUAHUAHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUAAUHAUHAUAHUAHUAH

Vou adotar essa frase agora para definir episódios ruins de The Flash e LoT!!!

Responder
Luiz Santiago 1 de maio de 2016 - 01:06

HUAHUAHAUHAUAHUAHAUHAUAHUAHAUHAUAHUAHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUAAUHAUHAUAHUAHUAH

Vou adotar essa frase agora para definir episódios ruins de The Flash e LoT!!!

Responder
Régis Valker 30 de abril de 2016 - 00:00

Eu tava lendo outra critica com 4 estrelas e quase confundi na hora de comentar. O episodio foi uma bosta!! kkkk
Mereceu nem 2 estrelas ao meu ver. Conseguiram fazer desse episodio uma copia do que mais odiei em Supergirl e LoT.

Responder
Biel 29 de abril de 2016 - 21:18

Pioraram a série de forma impressionante! A primeira temporada foi irregular, mas boa. Tinha um grande vilão (e ótimo intérprete) e apresentou outros vilões clássicos. Vem a segunda temporada, um vilão mais rápido, mais ameaçador, mais sombrio, agora vai… E não decola! Pelo jeito vão fazer os 2 últimos episódios ótimos e deixar mais promessas para a temporada 3.
Mas já tá cansando os fãs da série

Responder
Biel 29 de abril de 2016 - 21:18

Pioraram a série de forma impressionante! A primeira temporada foi irregular, mas boa. Tinha um grande vilão (e ótimo intérprete) e apresentou outros vilões clássicos. Vem a segunda temporada, um vilão mais rápido, mais ameaçador, mais sombrio, agora vai… E não decola! Pelo jeito vão fazer os 2 últimos episódios ótimos e deixar mais promessas para a temporada 3.
Mas já tá cansando os fãs da série

Responder
Luiz Santiago 1 de maio de 2016 - 01:09

Eu tive dificuldades com a série desde o início, para falar a verdade, mas confesso que tinha muito mais facilidade em assistir e me divertir do que agora… Agora tá cruel, viu.

Responder
Luiz Santiago 1 de maio de 2016 - 01:09

Eu tive dificuldades com a série desde o início, para falar a verdade, mas confesso que tinha muito mais facilidade em assistir e me divertir do que agora… Agora tá cruel, viu.

Responder
Batman 29 de abril de 2016 - 18:57

Sacanagem o que fizeram com a figura do Zoom, que parecia um vilão ameaçador e impotente, para um bobalhão apaixonado.

Responder
Luiz Santiago 29 de abril de 2016 - 21:26

Pois é, velho, fica aquele mimi incoerente e que se espalha para todo o episódio, com mini-tramas que não dá para engolir de jeito nenhum.

Responder
Luiz Santiago 29 de abril de 2016 - 21:26

Pois é, velho, fica aquele mimi incoerente e que se espalha para todo o episódio, com mini-tramas que não dá para engolir de jeito nenhum.

Responder
Batman 29 de abril de 2016 - 18:57

Sacanagem o que fizeram com a figura do Zoom, que parecia um vilão ameaçador e impotente, para um bobalhão apaixonado.

Responder
jcesarfe 29 de abril de 2016 - 18:36

Esse episódio pega todas as qualidades e jogam no mato 10 segundos depois, horrível, sem nexo e o pior, estragaram boa parte da série com essa fase mal feita.

Responder
Luiz Santiago 29 de abril de 2016 - 21:25

E pior ainda fazerem isso na reta final. Há dois episódios atrás eles foram tão bem! Aff… isso desanima muito.

Responder
Luiz Santiago 29 de abril de 2016 - 21:25

E pior ainda fazerem isso na reta final. Há dois episódios atrás eles foram tão bem! Aff… isso desanima muito.

Responder
jcesarfe 29 de abril de 2016 - 18:36

Esse episódio pega todas as qualidades e jogam no mato 10 segundos depois, horrível, sem nexo e o pior, estragaram boa parte da série com essa fase mal feita.

Responder
Renatho Henrique Campos 29 de abril de 2016 - 17:53

Acho que você foi parcial demais nessa crítica. Talvez a série apenas não seja uma daquelas séries focadas no enredo. Quem aqui não adorava os powers Rangers, mesmo todos os episódis tendo a mesma dinamica?
Ainda acredito que a Season Finale vai ser surpreendente é vai mudar a opinião de muita gente sobre a série.

Responder
Luiz Santiago 29 de abril de 2016 - 21:24

@renathohenriquecampos:disqus, veja bem, não existe isso de “série não ser focada no enredo”. Veja, Powers Rangers era uma série horrorosa, ruim mesmo, sem absolutamente nenhuma qualidade narrativa, mas que chamava atenção e todos nós (eu pelo menos) adorava e que tenho verdadeira paixão nostálgica até hoje. Mas é, sem sombra de dúvidas, uma série horrível. Entenda: o fato de gostar de algo não significa que esse algo não possa ser ruim. Guilty pleasure…

Em se tratando de mídias audiovisuais, não há o “não ser focado no enredo”. Para esse tipo de mídia, enredo é a base, a matéria-prima. Se ele é ruim, a gente fala e explica por quê é ruim. Se é bom, a gente fala e explica por quê é bom.

Não sei se você vem acompanhando as minhas argumentações sobre a temporada, mas você vai encontrar pelo menos 3 elogios para episódios diferentes. A forma de colocar aqui pode ter um caráter mais informal que o que eu uso nas críticas para séries boas que acompanho por episódio, como Bates Motel ou Doctor Who, mas a opinião está inteirinha fundamentada, de modo que não há mesmo parcialidade (vazia, no sentido dado por você, porque toda e qualquer emissão de opinião, crítica ou não, é parcial, não é mesmo?).

Sobre o finale da série: sério mesmo? Eu sinceramente gostaria que isso fosse verdade. Estou cansado desse lenga-lenga aqui. Mas conte aqui, o que você andou vendo que pode trazer grandes surpresas para o final? Estou curioso.

Responder
Luiz Santiago 29 de abril de 2016 - 21:24

@renathohenriquecampos:disqus, veja bem, não existe isso de “série não ser focada no enredo”. Veja, Powers Rangers era uma série horrorosa, ruim mesmo, sem absolutamente nenhuma qualidade narrativa, mas que chamava atenção e todos nós (eu pelo menos) adorava e que tenho verdadeira paixão nostálgica até hoje. Mas é, sem sombra de dúvidas, uma série horrível. Entenda: o fato de gostar de algo não significa que esse algo não possa ser ruim. Guilty pleasure…

Em se tratando de mídias audiovisuais, não há o “não ser focado no enredo”. Para esse tipo de mídia, enredo é a base, a matéria-prima. Se ele é ruim, a gente fala e explica por quê é ruim. Se é bom, a gente fala e explica por quê é bom.

Não sei se você vem acompanhando as minhas argumentações sobre a temporada, mas você vai encontrar pelo menos 3 elogios para episódios diferentes. A forma de colocar aqui pode ter um caráter mais informal que o que eu uso nas críticas para séries boas que acompanho por episódio, como Bates Motel ou Doctor Who, mas a opinião está inteirinha fundamentada, de modo que não há mesmo parcialidade (vazia, no sentido dado por você, porque toda e qualquer emissão de opinião, crítica ou não, é parcial, não é mesmo?).

Sobre o finale da série: sério mesmo? Eu sinceramente gostaria que isso fosse verdade. Estou cansado desse lenga-lenga aqui. Mas conte aqui, o que você andou vendo que pode trazer grandes surpresas para o final? Estou curioso.

Responder
Renatho Henrique Campos 29 de abril de 2016 - 17:53

Acho que você foi parcial demais nessa crítica. Talvez a série apenas não seja uma daquelas séries focadas no enredo. Quem aqui não adorava os powers Rangers, mesmo todos os episódis tendo a mesma dinamica?
Ainda acredito que a Season Finale vai ser surpreendente é vai mudar a opinião de muita gente sobre a série.

Responder
Yuri Lucas 29 de abril de 2016 - 13:14

Ual, acho que pela 1° vez eu não concordei com você ao todo! Acho que analisei o capítulo por outra perspectiva, e vi algumas coisas boas e claro ruins. Começando com o Barry usar a roupa totalmente desnecessariamente, cara coloca essa bagaça na roupa do Joe afinal ele é o policial e Barry agora apenas uma pessoa normal.

Não achei que Wally ganhou simpatia mas beleza, e também ta ficando chato esse “fala comigo sem máscara” como se fosse fazer alguma diferença. Acredito que psicopatas podem sentir coisas como ciúmes, é esse tipo de coisa que abastece a sede dos assassinos psicopatas, agora falar que ama.. Por favor, eles mal se amam imaginam outras pessoas.

Agora o ponto legal da série que achei foi o fato de, o Dr. Wells querer proteger sua filha porque o Flash não pode mais. Quando percebe que não vai conseguir fazer isso, entende que está fazendo da maneira errada, e o único jeito de manter, não só sua filha, mas o “Mundo” (Star City pra ser exato) é devolvendo a velocidade do Barry Barrichello (Haha rachei muitoo). Uma boa sinopse não? Porém a maneira que ele quer é meio absurda mesmo, a explosão trouxe mais problemas do que soluções mas enfim.

Concluindo achei bom, não mais que isso. Mas como diz o ditado, “Uma andorinha não faz verão” e esse capítulo não vai salvar a temporada.

Responder
Luiz Santiago 29 de abril de 2016 - 21:15

Curioso é que o ponto que você gostou eu achei uma das coisas mais sem sem graça do episódio. No meu ponto de vista, a saída do Wells foi a repetição daquela coisa chatinha dele querer caçar a filha e tal. Eu ENTENDO que ele tinha que fazer isso, mas essa busca ganhar um destaque e vir convenientemente nesse momento…. confesso, não me pegou em nada. O bom disso tudo é que Jesse é uma boa personagem (bom, exceto o fato de ser a “Quick” agora), mas mesmo assim, trouxe um quê de energia para o time. Isso foi legal.

Responder
Yuri Lucas 30 de abril de 2016 - 10:21

Realmente..
Meu Deus!! Acho que to entrando no mundo dos roteiristas e diretores!! Eu gostei do episódio :O kk
Me salva Luiz hahaha

Responder
Yuri Lucas 30 de abril de 2016 - 10:21

Realmente..
Meu Deus!! Acho que to entrando no mundo dos roteiristas e diretores!! Eu gostei do episódio :O kk
Me salva Luiz hahaha

Responder
Luiz Santiago 30 de abril de 2016 - 10:50

HAUHAUHAUAHUAHUAHUAHAU, eu também me pego entrando no mundo desses caras, o negócio é tão louco que a gente aprende a baixar expectativas.

Responder
Luiz Santiago 30 de abril de 2016 - 10:50

HAUHAUHAUAHUAHUAHUAHAU, eu também me pego entrando no mundo desses caras, o negócio é tão louco que a gente aprende a baixar expectativas.

Responder
Yuri Lucas 30 de abril de 2016 - 13:21

Bom eu só espero que isso não me atrapalhe na hora de ver o Bates kk.. Não vi ainda.

Luiz Santiago 30 de abril de 2016 - 16:42

Não deixe que atrapalhe não! Hahahhaha

Luiz Santiago 30 de abril de 2016 - 16:42

Não deixe que atrapalhe não! Hahahhaha

Yuri Lucas 30 de abril de 2016 - 13:21

Bom eu só espero que isso não me atrapalhe na hora de ver o Bates kk.. Não vi ainda.

Luiz Santiago 29 de abril de 2016 - 21:15

Curioso é que o ponto que você gostou eu achei uma das coisas mais sem sem graça do episódio. No meu ponto de vista, a saída do Wells foi a repetição daquela coisa chatinha dele querer caçar a filha e tal. Eu ENTENDO que ele tinha que fazer isso, mas essa busca ganhar um destaque e vir convenientemente nesse momento…. confesso, não me pegou em nada. O bom disso tudo é que Jesse é uma boa personagem (bom, exceto o fato de ser a “Quick” agora), mas mesmo assim, trouxe um quê de energia para o time. Isso foi legal.

Responder
Yuri Lucas 29 de abril de 2016 - 13:14

Ual, acho que pela 1° vez eu não concordei com você ao todo! Acho que analisei o capítulo por outra perspectiva, e vi algumas coisas boas e claro ruins. Começando com o Barry usar a roupa totalmente desnecessariamente, cara coloca essa bagaça na roupa do Joe afinal ele é o policial e Barry agora apenas uma pessoa normal.

Não achei que Wally ganhou simpatia mas beleza, e também ta ficando chato esse “fala comigo sem máscara” como se fosse fazer alguma diferença. Acredito que psicopatas podem sentir coisas como ciúmes, é esse tipo de coisa que abastece a sede dos assassinos psicopatas, agora falar que ama.. Por favor, eles mal se amam imaginam outras pessoas.

Agora o ponto legal da série que achei foi o fato de, o Dr. Wells querer proteger sua filha porque o Flash não pode mais. Quando percebe que não vai conseguir fazer isso, entende que está fazendo da maneira errada, e o único jeito de manter, não só sua filha, mas o “Mundo” (Star City pra ser exato) é devolvendo a velocidade do Barry Barrichello (Haha rachei muitoo). Uma boa sinopse não? Porém a maneira que ele quer é meio absurda mesmo, a explosão trouxe mais problemas do que soluções mas enfim.

Concluindo achei bom, não mais que isso. Mas como diz o ditado, “Uma andorinha não faz verão” e esse capítulo não vai salvar a temporada.

Responder
Maycon Oliveira 29 de abril de 2016 - 02:53

Acho que a série tem potencial, pois alguns episódios são muito bons, não entendo como pensam esses caras em arruinar o Flash. Sou fã da DC pois passei minha adolescência assistindo todas as animações da DC (inclusive tenho todas as temporadas de Liga da Justiça) ai esses caras destroem meu mundo!
Barry Barichello kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder
Maycon Oliveira 29 de abril de 2016 - 02:53

Acho que a série tem potencial, pois alguns episódios são muito bons, não entendo como pensam esses caras em arruinar o Flash. Sou fã da DC pois passei minha adolescência assistindo todas as animações da DC (inclusive tenho todas as temporadas de Liga da Justiça) ai esses caras destroem meu mundo!
Barry Barichello kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder
Luiz Santiago 29 de abril de 2016 - 05:35

@disqus_aTSX9yteAy:disqus, eu acho que a proposta da série foi essa. Eles estava de boa, sem nada pra fazer, daí um disse: que tal a gente arruinar a infância de milhares de fãs com um Barry Barichello?????

Responder
Luiz Santiago 29 de abril de 2016 - 05:35

@disqus_aTSX9yteAy:disqus, eu acho que a proposta da série foi essa. Eles estava de boa, sem nada pra fazer, daí um disse: que tal a gente arruinar a infância de milhares de fãs com um Barry Barichello?????

Responder
Vinícius Felipe 29 de abril de 2016 - 01:02

Que desperdício de tempo. Totalmente descartável.
CW e os produtores estão tirando sarro com a nossa cara. “Á lá galera, o babaca esperando por um episódio decente HUEHUE”

Responder
Luiz Santiago 29 de abril de 2016 - 05:36

CERTEZA que é isso que eles fazem.

Responder
Luiz Santiago 29 de abril de 2016 - 05:36

CERTEZA que é isso que eles fazem.

Responder
Vinícius Felipe 29 de abril de 2016 - 01:02

Que desperdício de tempo. Totalmente descartável.
CW e os produtores estão tirando sarro com a nossa cara. “Á lá galera, o babaca esperando por um episódio decente HUEHUE”

Responder
Lucas Wilker 28 de abril de 2016 - 20:21

The Flash está realmente indo de mal a pior , esta difícil digerir essa série toda semana com a mesma enrolação e esses roteiros cada vez mais rasos.
Espero que na 3 temporada eles transformem a série senão vou ser obrigado a abandonar. Haha
Excelente crítica! 🙂

Responder
Luiz Santiago 28 de abril de 2016 - 21:17

Obrigado, @lucas_wilker:disqus!
Eu estava esperando que eles fizessem algo mais interessante do que a temporada passada, tinha vários motivos e possibilidades para isso. Mas escolheram piorar o que já tinham feito. Não dá pra entender esses produtores.

Responder
Luiz Santiago 28 de abril de 2016 - 21:17

Obrigado, @lucas_wilker:disqus!
Eu estava esperando que eles fizessem algo mais interessante do que a temporada passada, tinha vários motivos e possibilidades para isso. Mas escolheram piorar o que já tinham feito. Não dá pra entender esses produtores.

Responder
Lucas Wilker 28 de abril de 2016 - 20:21

The Flash está realmente indo de mal a pior , esta difícil digerir essa série toda semana com a mesma enrolação e esses roteiros cada vez mais rasos.
Espero que na 3 temporada eles transformem a série senão vou ser obrigado a abandonar. Haha
Excelente crítica! 🙂

Responder
Vini 28 de abril de 2016 - 15:47

Que episódio horrível. Concordo com tudo na crítica, nessa altura do campeonato e os produtores ainda insiste nesses vilões da semana que não acrescentam em nada. E Flash caminhando a passes largos de virar um Arrow da vida..

Responder
Luiz Santiago 28 de abril de 2016 - 21:16

Está mesmo. A série às vezes dá um passo para frente, mas na sequência dá uns 25 para trás. Assim fica complicado…

Responder
Luiz Santiago 28 de abril de 2016 - 21:16

Está mesmo. A série às vezes dá um passo para frente, mas na sequência dá uns 25 para trás. Assim fica complicado…

Responder
Vini 28 de abril de 2016 - 15:47

Que episódio horrível. Concordo com tudo na crítica, nessa altura do campeonato e os produtores ainda insiste nesses vilões da semana que não acrescentam em nada. E Flash caminhando a passes largos de virar um Arrow da vida..

Responder
Julia 28 de abril de 2016 - 15:41

As histórias desse episódio foram tão idiotas que a menos ruim foi o Wally querendo agradecer o Flash e metade do plot da Caitlyn, sério que com toda a inteligência dela nem se deu ao trabalho de ajudar/tentar saber quem é o outro lá? Mas na hora de confiar na doppelganger malvada que deixou o melhor amigo dela apavorado, ela fez. PAUSA: ??QUEM É ESSE CARA PRESO GENTE?? PASSOU DA HORA DE MOSTRAR!!. Virou dramalhão mexicano barato, a cada episódio me deixa mais entendia e irritada com esses plots. O “vilão da semana” só serviu para meter essa ideia tosca na cabeça do Wells. Nova explosão??? PQP, só falta recriarem um raio no laboratório para atingir o Barry também. O que séries com 20 e poucos episódios não fazem… Hoje em dia já procuro séries com menos episódios pq essa enrolação não me desce.

Responder
Julia 28 de abril de 2016 - 15:41

As histórias desse episódio foram tão idiotas que a menos ruim foi o Wally querendo agradecer o Flash e metade do plot da Caitlyn, sério que com toda a inteligência dela nem se deu ao trabalho de ajudar/tentar saber quem é o outro lá? Mas na hora de confiar na doppelganger malvada que deixou o melhor amigo dela apavorado, ela fez. PAUSA: ??QUEM É ESSE CARA PRESO GENTE?? PASSOU DA HORA DE MOSTRAR!!. Virou dramalhão mexicano barato, a cada episódio me deixa mais entendia e irritada com esses plots. O “vilão da semana” só serviu para meter essa ideia tosca na cabeça do Wells. Nova explosão??? PQP, só falta recriarem um raio no laboratório para atingir o Barry também. O que séries com 20 e poucos episódios não fazem… Hoje em dia já procuro séries com menos episódios pq essa enrolação não me desce.

Responder
Luiz Santiago 28 de abril de 2016 - 21:15

Compartilho desse sentimento, @disqus_3RN6fIzgwi:disqus! E pelo que vemos dos planos para a próxima temporada, esse encheção de linguiça permanece, o que é um verdadeiro sacrilégio!

Responder
Luiz Santiago 28 de abril de 2016 - 21:15

Compartilho desse sentimento, @disqus_3RN6fIzgwi:disqus! E pelo que vemos dos planos para a próxima temporada, esse encheção de linguiça permanece, o que é um verdadeiro sacrilégio!

Responder
H-Alves 30 de abril de 2016 - 20:30

Fora que já tá um saco essa coisa de todos que foram atingidos pela explosão sempre voltarem pra se vingar. Pode anotar, é certeza que na 3 temporada vai ter isso de novo.

Responder
H-Alves 30 de abril de 2016 - 20:30

Fora que já tá um saco essa coisa de todos que foram atingidos pela explosão sempre voltarem pra se vingar. Pode anotar, é certeza que na 3 temporada vai ter isso de novo.

Responder
Luiz Santiago 1 de maio de 2016 - 01:10

Já to botando minha barba de molho pra suportar isso mais 23 episódios… Haja saco, viu.

Responder
Luiz Santiago 1 de maio de 2016 - 01:10

Já to botando minha barba de molho pra suportar isso mais 23 episódios… Haja saco, viu.

Responder
Leonardo Sette Pinheiro 28 de abril de 2016 - 15:02

Vou adotar o sistema de sitcom assistir 20min 10 do início e 10 do fim….

Aliás só os 10 finais… Que episódio horroroso…

Responder
Dino, o ssauro 28 de abril de 2016 - 21:49

Eu as vezes ate coloco pra executar com o dobro de velocidade. Nao dá mais…

Responder
Dino, o ssauro 28 de abril de 2016 - 21:49

Eu as vezes ate coloco pra executar com o dobro de velocidade. Nao dá mais…

Responder
Luiz Santiago 28 de abril de 2016 - 21:14

Cara, isso aqui está complicado. Às beiras do fim da temporada, mais um vilão da semana! Não dá pra entender!!!

Responder
Luiz Santiago 28 de abril de 2016 - 21:14

Cara, isso aqui está complicado. Às beiras do fim da temporada, mais um vilão da semana! Não dá pra entender!!!

Responder
Leonardo Sette Pinheiro 28 de abril de 2016 - 15:02

Vou adotar o sistema de sitcom assistir 20min 10 do início e 10 do fim….

Aliás só os 10 finais… Que episódio horroroso…

Responder
Dino, o ssauro 28 de abril de 2016 - 08:57

Acho que irei rir eternamente do Barry Barrichello. Kkkklkkkkk

Responder
Dino, o ssauro 28 de abril de 2016 - 08:57

Acho que irei rir eternamente do Barry Barrichello. Kkkklkkkkk

Responder
Luiz Santiago 28 de abril de 2016 - 21:13

Hahahaha, mas fala sério, não combina?

Responder
Dino, o ssauro 28 de abril de 2016 - 21:46

Perfeitamente. Kkkk. Nem sei mais porque eu acompanho…

Responder
Dino, o ssauro 28 de abril de 2016 - 21:46

Perfeitamente. Kkkk. Nem sei mais porque eu acompanho…

Responder
Luiz Santiago 28 de abril de 2016 - 21:13

Hahahaha, mas fala sério, não combina?

Responder
planocritico 28 de abril de 2016 - 04:35

Pronto, agora vai me imitar com clipes ao final das críticas…

ahahahahahhahahahaahaahahahaahahah

– Ritter

Responder
Luiz Santiago 28 de abril de 2016 - 06:36

Me deixa, seu coração de carvão, de gelo, de enxofre!!!! Eu quero Lucifer!!! (olha como essa frase ficou estranha hahahahahah)

Essa técnica é maravilhosa. E no caso desse episódio eu PRECISAVA colocar algo dele que é realmente bom. 😀

Responder
Luiz Santiago 28 de abril de 2016 - 06:36

Me deixa, seu coração de carvão, de gelo, de enxofre!!!! Eu quero Lucifer!!! (olha como essa frase ficou estranha hahahahahah)

Essa técnica é maravilhosa. E no caso desse episódio eu PRECISAVA colocar algo dele que é realmente bom. 😀

Responder
Dino, o ssauro 28 de abril de 2016 - 21:47

Copiando o santíssimo Ritter! Como pôde? Kkkkkkkk

Responder
Luiz Santiago 29 de abril de 2016 - 05:37

Como diz o ditado, a gente tem que aprender com os MAIS VELHOS… Considerando que o Ritter tem 6,5 bilhões de anos, eu tenho que copiar ele, não tem jeito! HAUHAUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAH

Responder
Luiz Santiago 29 de abril de 2016 - 05:37

Como diz o ditado, a gente tem que aprender com os MAIS VELHOS… Considerando que o Ritter tem 6,5 bilhões de anos, eu tenho que copiar ele, não tem jeito! HAUHAUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAH

Responder
Dino, o ssauro 28 de abril de 2016 - 21:47

Copiando o santíssimo Ritter! Como pôde? Kkkkkkkk

Responder
Giovanni Fernandes Silveira 28 de abril de 2016 - 22:08

Join the discussion…ritter querido,cade a critica de agents of shield?

Responder
Giovanni Fernandes Silveira 28 de abril de 2016 - 22:08

Join the discussion…ritter querido,cade a critica de agents of shield?

Responder
Luiz Santiago 29 de abril de 2016 - 05:36

Já está no ar, @giovannifernandessilveira:disqus

Responder
Luiz Santiago 29 de abril de 2016 - 05:36

Já está no ar, @giovannifernandessilveira:disqus

Responder
planocritico 29 de abril de 2016 - 12:25

E, diferente de Flash, é uma belezura a série da Marvel… HAHAHHAAHHAHAHHAH

E não tem clipe ao final…

Abs,
Ritter.

Responder
planocritico 29 de abril de 2016 - 12:25

E, diferente de Flash, é uma belezura a série da Marvel… HAHAHHAAHHAHAHHAH

E não tem clipe ao final…

Abs,
Ritter.

Responder
Luiz Santiago 29 de abril de 2016 - 21:27

Tomara que FTWD fique ainda pior com o passar das semanas pra você sentir na pele… hahahahhahah

Luiz Santiago 29 de abril de 2016 - 21:27

Tomara que FTWD fique ainda pior com o passar das semanas pra você sentir na pele… hahahahhahah

planocritico 29 de abril de 2016 - 21:32

Pensa pelo lado positivo: em 10 anos, você poderá dizer que escreveu, por episódio, as críticas de 220 episódios de The Flash + 200 de LoT. Olha que pensamento BACANA e BONITO para guardar para o final de semana…

MUHAHAHAHAAHHAHAAHHHHHAAHAHAH

Abs,
Ritter.

planocritico 29 de abril de 2016 - 21:32

Pensa pelo lado positivo: em 10 anos, você poderá dizer que escreveu, por episódio, as críticas de 220 episódios de The Flash + 200 de LoT. Olha que pensamento BACANA e BONITO para guardar para o final de semana…

MUHAHAHAHAAHHAHAAHHHHHAAHAHAH

Abs,
Ritter.

Luiz Santiago 29 de abril de 2016 - 23:24

NÃAAOOOOOOO!!! Vão cancelar as duas na próxima temporada, você vai ver!

Luiz Santiago 29 de abril de 2016 - 23:24

NÃAAOOOOOOO!!! Vão cancelar as duas na próxima temporada, você vai ver!

planocritico 28 de abril de 2016 - 04:35

Pronto, agora vai me imitar com clipes ao final das críticas…

ahahahahahhahahahaahaahahahaahahah

– Ritter

Responder

Escreva um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumimos que esteja de acordo com a prática, mas você poderá eleger não permitir esse uso. Aceito Leia Mais