Home TVEpisódio Crítica | The Flash – 7X07: Growing Pains

Crítica | The Flash – 7X07: Growing Pains

por Luiz Santiago
1465 views (a partir de agosto de 2020)

  • Há SPOILERS deste episódio e da série. Leia aqui as críticas dos outros episódios.

Growing Pains muda um caminho que poderia ser muito interessante para The Flash e, por outro lado, dá a resposta para um enigma nem não enigmático assim: o que aconteceria com Frost nesta temporada? Não é como se a possibilidade de algo ruim como sua prisão fosse um segredo para o público, mas a forma como isso iria acontecer e, agora, as possibilidades que isso traz para a série são coisas que nos deixam de orelha em pé.

Primeiro, a prisão em si. Este foi um episódio de definição para Frost que, após um flerte bem bobinho e “bem CW” dela com o vilão sexy chamado Chillblaine, que a produção da série foi buscar lá dos quadrinhos de 1992, num texto de Mark Waid, acaba se rendendo às loucuras da lei, que ainda me parece bastante estranha como decisão final. Pode até ser que essa caça à personagem seja apenas uma tardia e mal estruturada forma de exercício da justiça, mas será um discreto tiro no pé se isso se confirmar em definitivo, caindo no clássico “muito barulho por nada“. Assim como foi a linha de desconfiança plantada entre Barry e a Força de Aceleração personificada.

Nos episódios anteriores e em praticamente toda a duração desse aqui, tivemos Barry com os poderes descontrolados e uma rejeição cada vez mais forte em relação à presença da Força, para, no final do capítulo, fazer com que as coisas terminassem amigavelmente. Essa situação pode ser apenas uma estratégia de roteiro? Eu torço fervorosamente para que sim, porque senão, volto a clamar a ação do tiro do pé nessa situação também. E ainda mais forte que a condição gerada pela condução do drama de Frost, agora na cadeia.

Ao que tudo indica, Barry só estava resistindo demais a presença da Força por motivos emocionais, e o roteiro até que usa um ponto de partida inteligente para construir o argumento: a separação e diferenças entre Caitlin e Frost versus a “separação” (ou… manifestação) e diferenças entre a Força de Aceleração e Barry Allen. Isso foi bacana como um tipo de amarrador de pontas. Mas a tal amizade firmada entre os dois me pareceu um balde de água fria em algo que poderia ser uma cem vezes mais interessante do que apenas um relação “só love” entre os dois. E se a intenção fosse essa o tempo todo, que pelo menos a coisa fosse colocada de maneira compassada ao longo dos episódios, para que seu resultado fosse orgânico, não abrupto.

Passada essa impressão de falsa bonança no mar, temos não apenas manifestações estranhas de diferenças Forças rondando os personagens, mas também a geração de matahumanos a partir de conhecimentos mais recentes explorados na série, o que talvez venha acompanhado de uma ligação, de um plano bem maior ao final da temporada. O tipo de manipulação da matéria e certas preocupações da equipe apontam para isso.

Eu preferiria que tivessem mantido Allegra longe da série até o episódio 19 (essa temporada vai até o episódio 18, vale lembrar) e não tivessem afastado Cisco por um episódio, mas é o que temos. E entre as caras de bolacha que essa personagem faz a cada três segundos em cena + sua programada inutilidade graciosa ao longo do episódio, trocamos mais uma vez um bom personagem por uma coadjuvante que já deveria ter desaparecido há tempos. Talvez seja o meu espírito do dia, mas Allegra aqui me irritou imensamente… acho que pela primeira vez. Nas outras eu apenas era indiferente ou levemente blasé, em relação a ela, o que não aconteceu aqui. Vai entender.

Será que vamos caminhar para um arco de redenção em mais esse ano? Frost precisa ter o nome limpo na justiça, mas a gente fica ressabiado porque já sabemos que ela está disposta a fazer grandes sacrifícios (a cena em que derrota Chillblaine prova isso), o que talvez acene para algo trágico adiante. Vai depender de quanto o amor do showrunner para com a personagem conseguirá mantê-la separada de Caitlin e ativa na série. #oremos

The Flash – 7X07: Growing Pains — EUA, 13 de abril de 2021
Direção: Alexandra La Roche
Roteiro: Sam Chalsen, Jess Carson
Elenco: Grant Gustin, Candice Patton, Danielle Panabaker, Carlos Valdes, Brandon McKnight, Jesse L. Martin, Kayla Compton, Michelle Harrison, Carmen Moore, Jon Cor, Stephanie Izsak, Malaika Jackson
Duração: 43 min.

Você Também pode curtir

Escreva um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumimos que esteja de acordo com a prática, mas você poderá eleger não permitir esse uso. Aceito Leia Mais