Home TVEpisódio Crítica | The Flash – 7X08: The People V. Killer Frost

Crítica | The Flash – 7X08: The People V. Killer Frost

por Luiz Santiago
1042 views (a partir de agosto de 2020)

  • Há SPOILERS deste episódio e da série. Leia aqui as críticas dos outros episódios.

Ora, ora, orai, eis que a Força de Traição Aceleração colocou as garrinhas de fora, não é mesmo? E depois do eventos que vemos nesse episódio, aquela nossa conversa sobre a vilania da personagem volta à tona. E com uma dúvida importante e inquietante. Ela é realmente quem diz ser? Vamos considerar algumas coisas, em termos de coerência com a série (não vou nem colocar os quadrinhos do Flash na linha aqui): a Força de Aceleração, apesar de ser uma manifestação da natureza, não agiria dessa forma tão desprezível em relação à vida de uma outra pessoa, certo? Ou estou enganado? O que vocês acham a respeito?

Essa mudança de postura da Força, porém, não é um verdadeiro choque para nós, apenas um “choque moral e de contexto” dentro do episódio. Como disse antes, já falávamos sobre isso aqui nos comentários das críticas e os roteiros, desde o início dessa 7ª Temporada, nunca fizeram muita questão de esconder um lado meio sombrio da personagem. Apesar de dúvidas existirem agora, creio que não importa o caminho que a produção vá seguir, não tem muito como estragar o que deve acontecer com a Força daqui para frente. Vai ser interessante se ela realmente for a manifestação da Força, agindo cega de ódio e desejo de vingança. E também vai ser interessante se ela não for a Força, porque aí seria uma outra manifestação que se infiltrou no grupo e sabia muitas coisas sobre Barry e Companhia. Eles vão precisar se esforçar muito pra pisar na bola com esse conceito.

Derivada dessa linha de manifestação, Alexa Rivera/Fuerza (Sara Garcia) faz a sua primeira aparição completa aqui, em sua identidade humana e em sua versão “possuída” por uma versão monstruosa da Força. Enquanto via as cenas de apresentação da personagem eu não pude deixar de perceber o quão maravilhoso é termos roteiros que deixam o maniqueísmo de lado e constroem personagens com nuances de bom e mau, dando de cara uma grande profundidade para esses indivíduos. A temporada já vinha fazendo isso em diversas linhas (e acho que o principal caso até aqui foi em relação a Kadabra, em Central City Strong), mas esse episódio traz o melhor nessa área para o público.

Na outra ponta, o mesmo tipo de discussão é desenvolvido durante o julgamento de Frost, com gente da acusação e da defesa mostrando lados bons e questionáveis de si mesmos. O julgamento, aliás, é menos épico do que o título do episódio sugere, mas funciona muito bem, só que dando importância para outra coisa: a postura de Frost diante de um dilema moral e judiciário. Várias questões sociais e emocionais são apresentadas aqui, e confesso que fiquei até emocionado com o caminho que o texto seguiu no final (tocar Nina Simone cantando Don’t Explain em um momento como aquele é pra destruir qualquer um!). Por um lado, foi uma forma inteligente de se livrar de Frost — bem… isso se ela realmente permanecer presa pelo resto da vida –, e por outro, uma maneira aplaudível de opor opiniões quando falamos da punição de alguém pelos seus crimes. Quem diria… The Flash fazendo uma boa discussão sobre esse tema, hein?

The People V. Killer Frost tira alguns potenciais obstáculos do caminho e adota uma linha de andamento da série que eu não esperava, pelo menos nesse momento da temporada. Barry e seus amigos agora têm, além das lutas cotidianas contra os bandidos, seres, criaturas e outros metas que veem o mundo como um lugar que precisa ser eliminado; versões diferentes da Força de Aceleração para vencer. Uma temporada bastante ágil, mais profunda na forma como apresenta os temas e que precisará de muito cuidado para fechar tudo isso de maneira orgânica. Alguém bota fé?

The Flash – 7X08: The People V. Killer Frost — EUA, 4 de maio de 2021
Direção: Sudz Sutherland
Roteiro: Jonathan Butler, Gabriel Garza
Elenco: Grant Gustin, Candice Patton, Danielle Panabaker, Carlos Valdes, Brandon McKnight, Jesse L. Martin, Kayla Compton, Danielle Nicolet, Michelle Harrison, Carmen Moore, Sara Garcia, Donna Soares, Debbie Podowski, Stephanie Izsak, Donny Lucas
Duração: 43 min.

Você Também pode curtir

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumimos que esteja de acordo com a prática, mas você poderá eleger não permitir esse uso. Aceito Leia Mais