Home Audiodramas Crítica | As Histórias Perdidas – 1X05: Paradise 5

Crítica | As Histórias Perdidas – 1X05: Paradise 5

por Luiz Santiago
28 views (a partir de agosto de 2020)

Equipe: 6º Doutor, Peri
Espaço: Planeta Targos Delta
Tempo: Século 35

Paradise 5 foi originalmente concebido para substituir Terror of the Vervoids como arco de apresentação de Mel aos espectadores, mas acabou sendo abandonado no meio do caminho. Quando resgatou o projeto, a Big Finish trocou a companheira do Doutor nesta aventura para Peri e estabeleceu a história entre os arcos Revelation of the DaleksThe Mysterious Planet.

Dirigido por Barnaby Edwards, a saga começa num momento cômico, com Peri reclamando que o Doutor está visitando muitos conhecidos pelo Universo, sempre encontrando problemas nessas ocasiões. Nesse caso, porém, o Time Lord assegura à sua companheira que não haverá nenhum problema. Eles estão a caminho do planeta Targos Delta, a fim de passar algum tempo com um velho amigo do Doutor, o professor Albrecht Thompson.

Os primeiros impasses começam com a aparência do local, que Peri condena fortemente, chamando a atenção para questões ambientais que o Doutor, curiosamente, escanteia, voltando sua atenção para a busca do amigo… que se torna infrutífera. Nesse ponto, o espectador se depara com um número bem grande de semelhanças desta história com outras tantas tramas da BF, mas isso não significa que estamos diante de algo ruim. A questão do professor desaparecido e o processo de busca que se inicia não é lá muito inovador, mas dentro de outro contexto (como o da Série Clássica), a trama passa a ter um pouco mais de relevância e destaque, especialmente na criação do suspense e ocultação do verdadeiro vilão por bastante tempo.

O famoso “paraíso” aqui guarda um segredo terrível sob o mármore branco e seus enfeites dourados. A explicação final para os querubins mudos e principalmente para o tal Elohim não é exatamente satisfatória. Aliás, o ideal de motivação do vilão aqui carrega todos os pontos negativos da Série Clássica nos anos 80, principalmente na maneira como encerra as histórias mais complexas, com diálogos didáticos e apressados. Pelo menos há uma boa quebra entre a realidade bélica que o “paraíso” ocultava e uma real viagem de descanso para o Doutor e Peri, que seguem para umas pequenas férias em Manhattan.

The Lost Stories 1X05: Paradise 5 (Reino Unido, março de 2010)
Direção: Barnaby Edwards
Roteiro: PJ Hammond, Andy Lane
Elenco: Colin Baker, Nicola Bryant, Alex Macqueen, James D’Arcy, Helen Goldwyn, Andree Bernard, Teddy Kempner, Claire Wyatt, Richard Earl
Duração: 150 min.

Você Também pode curtir

2 comentários

Rafael Lima 2 de novembro de 2019 - 23:33

Curiosa essa decisão da Big Finish de substituir a Mel pela Peri na história, já que ambos têm dinâmicas sensivelmente diferentes com o Sexto Doutor. Se bem, que como esta foi pensada pra ser a primeira história da Mel, talvez não se note a diferença.

Uma pena que a história escorrega justamente no desfecho, pelo que você aponta. Mas por outro lado, gosto de esta ser uma história que parece destacar um pouco a faceta botânica da Peri pela questão ambiental, um lado da Companion que os roteiristas deveriam ter abordado mais na série (e no UE).

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 3 de novembro de 2019 - 02:20

Pois é! Mas até que a dinâmica funciona bem, inclusive nas brigas entre eles, com boa pontada de humor, carinho e parceria dependendo do momento. E a Peri realmente está na linha de frente aqui. Bem bacana ver isso.

Responder

Escreva um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumimos que esteja de acordo com a prática, mas você poderá eleger não permitir esse uso. Aceito Leia Mais