Home TVEpisódio Crítica | The Walking Dead: World Beyond – 2X06: Who Are You?

Crítica | The Walking Dead: World Beyond – 2X06: Who Are You?

Mudança de planos.

por Iann Jeliel
1.490 views (a partir de agosto de 2020)

Who Are You?

  • Há SPOILERS. Leiam aqui as críticas de World Beyond e, aqui, as de todo o universo The Walking Dead.

World Beyond está sendo especialista, tal como a série-mãe, em jogar baldes de água fria depois das ótimas preparações de clímaces  que acabam sendo falsos por serem quebrados no episódio seguinte. Em Who Are You? vemos  a segunda vez que isto ocorre, embora, desta vez, seja por conta de um movimento racional, e com sentido, dos personagens. Em vez de decidirem simplesmente fugir para Portland e acusar a CRM dos genocídios em Ohama e Campus Colony, decidem ficar base cientifica para investigá-la internamente e descobrir provas mais concretas do envolvimento da Republica Cívica nesse incidente. É verdade que eles tinham em mãos a papelada roubada por Huck que indicava a conexão dos eventos, mas os documentos ainda precisavam ser decodificados e acompanhados de algo concreto para apresentar alguma relevância.

Nesse sentido, o grande objetivo do grupo centra-se na missão furtiva de Huck (Annet Mahendru) e Felix (Nico Tortorella) – voltando a trabalhar em equipe – invadindo o laboratório de Dr. Lyla (Natalie Gold) onde aconteciam os experimentos misteriosos com os zumbis para pegar algo de relevante, enquanto Hope (Alexa Mansour), Iris (Aliyah Royale) e Leo (Joe Holt) a distraem em uma conversa num jantar. Leo, felizmente, ao desistir do plano de fuga, também desistiu de conversar com Lyla sobre, especialmente pelo surgimento conveniente de uma memória de seus primeiros dias nas pesquisas, em que recorda ter visto aqueles documentos na mão de sua companheira. O seu desconfiômetro, no entanto, é devidamente posto à prova quando o episódio decide dedicar um pouco de seu tempo para revelar mais quem é Lyla sem mascara, contando a sua motivação de antes do apocalipse, do luto familiar que virou uma obsessão em encontrar uma cura ou solução para o problema zumbi.

Não dá para saber até onde se trata de alguma manipulação sua ou se é a verdade dita nua e crua, mas a dubiedade presente nos leva a crer que a doutora, se souber do que está acontecendo, pode ter o mesmo do posicionamento ideológico de Hope acerca da resolução do problema da CRM. Imaginava que Hope havia mudado de lado quando aceitou o plano de fuga, mas, na verdade, sua conversa com Íris reforça que ela segue acreditando no objetivo científico da comunidade e este não deve ser punido, ao contrário da irmã que deseja exterminá-la por vingança, quebrando todo o laboratório. Penso que Hope e Lyla se alinhariam para propor uma revolução interna no local, que seria possível caso aquela a fórmula anterior se concretizasse como efetiva, pois elas ganhariam influência na sociedade. Só que ainda é preciso saber mais sobre Lyla e a exata hierarquização da República Cívica.

Não fica claro qual a exata posição de Jadis (Pollyanna McIntosh) nesse contexto, visto que aparentemente ela foi treinada por Huck, mas aqui aparece com um degrau acima na pirâmide – provavelmente pela captura de Rick Grimes (Andrew Lincoln) sutilmente mencionada – somente para vigiar a sargento sem muito motivo, já que Elizabeth (Julia Ormond) acreditou na palavra da filha. Diria ser um elemento promissor para gerar suspense na sequência da invasão do laboratório, mas essa premissa nem é aproveitada na cena, quem dirá num clima de desconfiança ao longo do episódio acerca das traições escondidas de Huck. Me questiono ainda por que Percy (Ted Sutherland) saiu nessa missão, afinal, aqui ele foge para entregar a mensagem de que vão ficar e destruir o laboratório (segundo a intenção de Íris), expondo o restante que não precisava se preocupar com nada ao terem o aval de continuar na comunidade e gerando uma crise política no Perímetro, indiretamente levando à morte repentina de Dev (Abubakr Ali) no final do capítulo, que podia ter sido evitada.

Pensem bem, se a mensagem não fosse entregue, Elton (Nicolas Cantu) não precisaria contar o segredo de Indira (Anna Khaja) doente para Will (Jelani Alladin), que não iria querer invadir a CRM para alertar que eles não devem queimar o laboratório por conta dessa doença de Indira e, consequentemente, Dev não morreria para os soldados. Ficou barato ainda isso não ter gerado um atrito entre Elton e Asha (Madelyn Kientz), que interpretou bem a intenção do menino e foi até uma forma de aproximá-los mais na “bonitinha” cena do ritual à luz da Lua. Vale destacar que não fica claro se foi por um acaso que aqueles soldados encontraram Will e Dev na floresta ou se já chegaram atirando porque Silas (Hal Cumpston) entregou ou Percy foi descoberto antes de fugir porque ele não aparece no Perímetro nem em outras cenas na CRM.

Descobriremos nos próximos episódios. Who Are You? mais uma vez escapa do que poderia já ser um segmento intenso para o clímax da série, mas ao menos sua pausa não é tão freada. A morte inesperada, ainda que de alguém pouco relevante, vai apimentar a situação entre o Perímetro e a CRM, abrindo o terreno para outras perdas que precisam acontecer nesse clima próximo ao fim.

The Walking Dead: World Beyond – 2X06: Who Are You? | EUA, 07 de Novembro de 2021
Criação: Scott M. Gimple, Matthew Negrete
Direção: Heather Cappiello
Roteiro: Rohit Kumar
Elenco: Aliyah Royale, Alexa Mansour, Nicolas Cantu, Nico Tortorella, Annet Mahendru, Joe Holt, Natalie Gold, Jelani Alladin, Ted Sutherland, Pollyanna McIntosh, Anna Khaja, Madelyn Kientz, Abubakr Ali, Gissette Valentin, Lee Spencer, Daniel Baldock, Gilbert Cruz, Wes Jetton
Duração: 45 minutos

Você Também pode curtir

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumimos que esteja de acordo com a prática, mas você poderá eleger não permitir esse uso. Aceito Leia Mais