Especial | Graphic MSP: Cronologia de Publicações

Após o sucesso do projeto MSP 50, iniciado em 2009 e que consistia na interpretação dos personagens de Mauricio de Sousa por cinquenta artistas diferentes, ficou claro que o público realmente gostava de ver essas tão famosas figuras da Nona Arte brasileira com outros traços e com um texto mais maduro, mais sério.

O passo seguinte da Maurício de Sousa Produções (passadas as coleções MSP 50, MSP +50 e MSP Novos 50) foi investir em algo mais bojudo dentro dessa premissa de novos criadores relendo personagens tão queridos. Em outubro de 2012 foi publicada a primeira edição do selo Graphic MSP, dando início a um projeto de grande sucesso de público e crítica. O presente especial reúne, em ordem cronológica, todas as publicações desse selo, com as devidas críticas lincadas. Boa leitura a todos!

.

1. Astronauta – Magnetar

Outubro de 2012

astronauta-magnetar-capa plano critico

O Astronauta visita uma galáxia distante para estudar um magnetar, uma estrela de nêutrons que possui um campo magnético estimado em um bilhão de teslas. Mas ele comete um erro que pode custar a sua vida. Agora, com a nave danificada e sem comunicação, ele está “náufrago no espaço” e precisa encontrar uma forma de escapar antes de ser derrotado pela insanidade que insiste em tomar sua mente. E a saída pode estar em aliar a tecnologia aos ensinamentos de seu velho avô, há tanto tempo falecido. Roteiro e arte de Danilo Beyruth. Cores de Cris Peter.

.

2. Turma da Mônica – Laços

Junho de 2013

plano critico turma da monica laços

O Floquinho desapareceu. Para encontrar seu cachorro de estimação, Cebolinha conta com os amigos Cascão, Mônica e Magali e, claro, um plano ´infalível´. Em Laços, os irmãos Vitor e Lu Cafaggi levam os clássicos personagens de Mauricio de Sousa a uma aventura repleta de emoção, lembrança e perigos. Roteiro e arte de Lu Cafaggi e Vitor Cafaggi. Cores de Vitor Cafaggi e Priscila Tramontano.

.

3. Chico Bento – Pavor Espaciar

Agosto de 2013

plano critico chico bento pavor espaciar

Tinha tudo para ser mais uma noite tranquila na Vila Abobrinha. Mas Chico Bento, o seu primo Zé Lelé, o porco Torresmo e a galinha Giserda acabam abduzidos por alienígenas que têm planos sinistros. Em Pavor Espaciar, o autor Gustavo Duarte reinterpreta os personagens de Mauricio de Sousa mesclando perigo, aventura, suspense e humor. Roteiro e arte de Gustavo Duarte.

.

4. Piteco – Ingá

Novembro de 2013

PLANO CRITICO PITECO INGÁ

O povo de Lem se vê obrigado a migrar porque o rio próximo à aldeia secou. Mas o valente caçador Piteco decide não ir, pois precisa resgatar Thuga, que foi raptada pela tribo dos homens-tigre. Nesta releitura inusitada e repleta de ação, o paraibano Shiko (pseudônimo do artista plástico e quadrinista Francisco José de Souto Leite) acerta em cheio ao misturar a sua origem nordestina à essência do homem das cavernas criado por Mauricio de Sousa. Roteiro e arte de Shiko.

.

5. Bidu – Caminhos

Agosto de 2014

PLANO CRÍTICO BIDU CAMINHOS

Em Caminhos, os autores Eduardo Damasceno e Luís Felipe Garrocho reimaginam de modo belíssimo a forma como Bidu e Franjinha, os dois primeiros personagens criados por Mauricio de Sousa, se tornaram melhores amigos. Uma aventura cheia de problemas, surras, desvios de rota, chuva, cachorros, decisões difíceis e ternura. Mais uma edição que nasce clássica, apresentando a reinterpretação de personagens do maior quadrinista brasileiro sob a ótica de novos autores do quadrinho nacional. Roteiro e arte de Eduardo Damasceno e Luis Felipe Garrocho.

.

6. Astronauta – Singularidade

Dezembro de 2014

PLANO CRÍTICO ASTRONAUTA SINGULARIDADE

Em Singularidade, o Astronauta investiga um buraco negro, mas o que era uma missão científica se torna uma aventura muito perigosa. E, desta vez, ele não está sozinho em sua nave! Depois de Magnetar, Danilo Beyruth continua sua releitura do herói espacial de Mauricio de Sousa. Roteiro e arte de Danilo Beyruth. Cores de Cris Peter.

.

7. Penadinho – Vida

Maio de 2015

PLANO CRITICO PENADINHO VIDA

A Alminha vai reencarnar. E Penadinho nunca teve coragem de dizer que ela é o amor da sua… morte! Pra piorar, a fantasminha sumiu e precisa ser encontrada até o amanhecer, quando a Dona Cegonha a levará. Em Vida, Paulo Crumbim e Cristina Eiko reinterpretam os personagens de Mauricio de Sousa de uma forma leve, apaixonante e divertida. Roteiro e arte de Paulo Crumbim e Cristina Eiko.

.

8. Turma da Mônica – Lições

Julho de 2015

PLANO CRITICO TURMA DA MÔNICA LIÇÕES

Sequência direta de Laços, título lançado em 2013, em Lições, Mônica, Magali, Cebolinha e Cascão precisam encarar as consequências de um erro grave… O oitavo título do selo Graphic MSP, Turma da Mônica – Lições, é o segundo álbum dos irmãos Cafaggi trazendo sua visão da Turminha. A continuação da saga da Turma da Mônica é garantia de mais uma história emocionante! Roteiro e arte de Lu Cafaggi e Vitor Cafaggi. Cores de Vitor Cafaggi, Lu Cafaggi e Paula Markiewicz.

.

9. Turma da Mata – Muralha

Outubro de 2015

PLANO CRITICO MURALHA

Uma releitura ousada dos clássicos personagens de Mauricio de Sousa numa trama repleta de intriga política e aventura. Um metal tão raro quanto rentável mudou a história da Turma da Mata e do reino de Leonino. Hoje, eles estão em lados opostos e um confronto é inevitável. Jotalhão, Rita Najura, Luís Caxeiro, Coelho Caolho, Fuinha, Furão e outros personagens se envolvem neste conflito cheio de drama, humor, romance e ação. Roteiro de Artur Fujita, arte de Roger Cruz e cores de Davi Calil.

.

10. Louco – Fuga

Dezembro de 2015

LOUCO FUGA PLANO CRITICO

O seu nome é Licurgo Orival Umbelino Cafiaspirino de Oliveira, mas pode chamá-lo de Louco. Ele corre dos guardiões do silêncio, enquanto viaja pelas histórias para libertar um pássaro. Ou não? Roteiro e arte de Rogério Coelho. Cores de Rogério Coelho e Francis Ortolan.

.

11. Papa-Capim – Noite Branca

Abril de 2016

PLANO CRITICO PAPA CAMPI NOITE BRANCA

Uma ameaça sobrenatural pode tomar a vida dos membros da aldeia de Papa-Capim. E o jovem índio tem não só a difícil missão de detê-la, mas de convencer o Pajé de que foi o escolhido para isso. Em Noite Branca, Marcela Godoy insere o personagem de Mauricio de Sousa numa trama tensa e surpreendente. Tudo no belo traço de Renato Guedes. Cor base de Diogo Nascimento e Paula Goulart.

.

12. Mônica – Força

Setembro de 2016

MONICA FORÇA PLANO CRITICO

Sempre que é preciso, a Mônica usa sua força para resolver os problemas. Agora, terá que enfrentar o maior deles. E não poderá ser na base da coelhada. Em Força, Bianca Pinheiro faz a principal personagem de Mauricio de Sousa (e do quadrinho brasileiro) encarar o grande desafio de sua vida, numa história tão dolorida quanto emocionante.

.

13. Bidu – Juntos

Novembro de 2016

BIDU JUNTOS PLANO CRITICO

De repente, Bidu deixou as ruas e passou a ter um dono. Mas essa nova emocionante realidade vai trazer muitas dúvidas e problemas, tanto para ele quanto para o pequeno Franjinha. E é isso que os autores Eduardo Damasceno e Luis Felipe Garrocho contam em Juntos, mais uma divertida e emocionante Graphic do cãozinho azul criado por Mauricio de Sousa.

.

14. Astronauta – Assimetria

Novembro de 2016

ASSIMETRIA PLANO CRITICO ASTRONAUTA

Depois do sucesso de Magnetar e Singularidade, Danilo Beyruth impõe ao herói espacial de Mauricio de Sousa um desafio para o qual ele, mesmo com toda a sua experiência, não está preparado. Em Astronauta – Assimetria, o que era uma missão investigativa em Saturno se transforma numa aventura com desdobramentos absolutamente imprevisíveis. Cores de Cris Peter.

.

15. Chico Bento – Arvorada

Abril de 2017

ARVORADA PLANO CRITICO CHICO BENTO

Em Arvorada, Chico Bento, o caipira mais famoso dos quadrinhos, leva uma daquelas lições que a vida de vez em quando dá em todos nós. Porque nem tudo pode ser deixado pra depois. Numa reinterpretação belíssima do clássico personagem Mauricio de Sousa, o premiado cartunista Orlandeli cria uma história tocante, com visual magnífico e momentos de amor, dor, humor, mistério e, especialmente, aprendizado.

.

16. Capitão Feio – Identidade

Setembro de 2017

CAPITÃO FEIO PLANO CRITICO

Ele é um homem solitário, sem memórias, sem passado e… extremamente poderoso. Mas a revelação de seu misterioso dom tornará cada vez mais difícil sua relação com a sociedade. Em Identidade, os gêmeos Magno Costa e Marcelo Costa fazem uma releitura angustiante e surpreendente do Capitão Feio, o principal vilão criado por Mauricio de Sousa.

.

17. Turma da Mônica – Lembranças

Dezembro de 2017

PLANO CRITICO TURMA DA MONICA LEMBRANÇAS

Mônica e Cebolinha tinham problemas para resolver. Mas juntos, e acompanhados de Magali e Cascão, eles são praticamente imbatíveis. Após o sucesso de Laços e Lições, Vitor Cafaggi e Lu Cafaggi fecham a trilogia com os clássicos personagens de Mauricio de Sousa com Lembranças, uma aventura cheia de intrigas, sopapos, planos, risadas e, claro, amizade. Cores de Flávio Markiewicz, Paula Markiewicz, Vitor Cafaggi (presente), Eduardo Damasceno, Lu Cafaggi (flashbacks).

.

18. Jeremias – Pele

Abril de 2018

JeremiasPele PLANO CRITICO

Numa reinterpretação ousada, porém necessária, como enaltece Mauricio de Sousa, em seu prefácio, o roteirista Rafael Calça e o desenhista Jefferson Costa dão vida a uma história forte, dura, emocionante, na qual Jeremias lidará pela primeira vez com o preconceito por causa da cor da sua pele. A história é recheada de dor, superação, aprendizado e preparação para a vida.

.

19. Horácio – Mãe

Julho de 2018

HORÁCIO MÃE PLANO CRITICO

Sozinho no mundo, Horácio nunca se conformou por não conhecer sua mãe, então decidiu procurá-la, numa aventura cheia de percalços e descobertas. Fabio Coala reinterpreta o clássico Tiranossauro Rex comedor de alface de Mauricio de Sousa, criando uma saga respeitosa e, ao mesmo tempo, ousada e emocionante.

.

20. Cebolinha – Recuperação

Outubro de 2018

PLANO CRITICO CABOLINHA RECUPERAÇÃO

Cebolinha fica de recuperação no final de ano por focar mais numa disputa com outro menino do que nos estudos. Mas seus problemas irão muito além da escola, e trarão outro tipo de aprendizado. Nesta releitura do clássico personagem de Mauricio de Sousa, Gustavo Borges apresenta uma história divertida, emocionante e, claro, cheia de planos infalíveis.

.

21. Astronauta – Entropia

Dezembro de 2018

ENTROPIA PLANO CRITICO ASTRONAUTA

Um dos primeiros autores a embarcar na formidável tarefa de reapresentar os personagens de Mauricio de Sousa em ousadas reinterpretações, Danilo Beyruth retorna ao universo do Astronauta em sua quarta aventura! Após os acontecimentos do volume anterior, Astronauta encontra-se em um quadrante desconhecido da galáxia, sem saber como voltar para a Terra. No entanto, ao atender a um chamado de socorro, ele se vê em meio a um conflito entre grupos alienígenas dispostos a tudo para que cada lado vença. Como se não bastasse, o herói espacial ainda precisa lidar com sua mais nova passageira, uma adolescente voluntariosa que acaba complicando a situação.

.

22. Mônica – Tesouros

Março de 2019

PLANO CRITICO TESOUROS

Mônica viaja com os pais para um hotel fazenda e o Sansão sofre um “acidente”. Mas o que ela achava que seria um passeio entediante vira uma jornada cheia de descobertas e aventuras. Depois do sucesso de Força, Bianca Pinheiro retorna à principal personagem de Mauricio de Sousa numa história que valoriza os pequenos tesouros da vida.

.

23. Piteco – Fogo

Junho de 2019

PLANO CRITICO PITECO FOGO

Lem é atacada por uma tribo desconhecida e poderosa. Quase todo o povo da aldeia é escravizado. Inclusive Piteco, que luta para não perder o que de mais valioso conquistou. Em Fogo, Eduardo Ferigato insere o homem das cavernas criado por Mauricio de Sousa em uma aventura repleta de misticismo, ação, intrigas, descobertas e ensinamentos.

LUIZ SANTIAGO (Membro da OFCS) . . . . Depois de recusar o ingresso em Hogwarts, fui abduzido pelo Universo Ultimate. Lá, tive ajuda do pessoal do Greendale Community College para desenvolver técnicas avançadas de um monte de coisas. No mesmo período, conheci o Dr. Manhattan e vi, no futuro, Ozymandias ser difamado com a publicação do diário de Rorschach. Hoje costumo andar disfarçado de professor, mas na verdade sou um agente de Torchwood, esperando a TARDIS chegar na minha sala de operações a qualquer momento.