Especial | Homem Animal

O Homem Animal (Animal Man)  — Bernhard “Buddy” Baker — foi criado por Dave Wood (roteiro), Carmine Infantino e George Roussos (arte e finalização) na revista Strange Adventures #180, com data de capa de setembro de 1965. Após as participações descontinuadas nessa revista o personagem, com sua capacidade de Mimetismo Animal (copiar as habilidades de qualquer bicho), teve participações esporádicas na DC Comics, eventualmente fazendo parte dos Heróis Esquecidos (Forgotten Heroes, que apareceram pela primeira vez na Action Comics Vol.1 #552, de 1984) e só ganhando real atenção e importância a partir de 1988, quando começou a ser escrito por Grant Morrison. Neste Especial, trago todo o material do personagem criticado aqui no Plano Crítico, organizado em arcos ou edições separadas, postos na exata ordem em que foram originalmente publicados. Para ler as críticas, basta clicar nas imagens ou nos links de cada história.
.

Origem e Primeiras Aventuras

1965 – 1967

Composta por cinco aventuras, esta fase mostra as aparições iniciais do Homem Animal na revista Strange Adventures, entre as edições #180 e 201 (de forma descontínua, entre os anos de 1965 e 1967), com roteiro de seu criador, Dave Wood. Aqui, tivemos um momento de apresentação do personagem que não foi nada animador, deixando claro o por quê Buddy Baker foi escanteado por muito tempo. Toda essa fase chegou a ser publicada no Brasil, pela Ebal. Os títulos das edições dessa fase são esses: Eu Tive os Poderes dos Animais, A Volta do Homem-Animal, O Herói Com os Poderes de Animal, Homem-Animal, Herói ou Monstro? e O Chefão Gorila.

  • Para ler a crítica da Origem e Primeiras Aventuras do Homem Animal, clique aqui.

.

O Fim do Cartel

The Cartel  (1980)

plano critico homem animal e mulher maravilha plano critico

Parceria de duas edições do Homem Animal com a Mulher-Maravilha, encerrando um arco começando um pouco antes na revista da heroína. Infelizmente, uma participação que não faz jus a Buddy e desperdiça a possibilidade de uma boa batalha. Edições #267 e 268 da revista Wonder Woman Vol.1. Ambas as edições foram publicadas no Brasil pela Ebal. Títulos das edições desse arco: O Homem-Animal (The Man Who Walked with Beasts) e Campo de Batalha: França (Battleground: France).

.

O Evangelho do Coiote

The Coyote Gospel  (1988 – 1989)

Primeiro arco da famosa fase de Grant Morrison à frente do Homem Animal e também início do primeiro título solo do personagem. Aqui, temos não só a transformação de um herói de quinta categoria em um grande fenômeno de qualidade e vendas, mas também o começo de um marco histórico para a DC Comics. Revista Animal Man Vol.1, edições #1 a 9Publicada no Brasil pela Panini (em formato completo) e pela Abril e Brainstore Editora em formato menor. Sinopse do volume: Buddy Baker é um super-herói – o homem com poderes de animais. Mas, no mundo de hoje, quem precisa da ajuda de um Homem-Animal? A humanidade… ou os próprios seres dos quais ele toma emprestado os poderes? Ou seria Buddy quem mais necessita de ajuda?

  • Para ler a crítica de O Evangelho do Coiote, clique aqui.

.

Origem das Espécies

Origin of the Species  (1989)

Segundo arco da fase Grant Morrison à frente do Homem Animal. Revista Animal Man Vol.1edições #10 a 17 Secret Origins Vol.2, edição #39. Publicado no Brasil pela Panini, em formato completo; e em formato menor pela Abril e Brainstore Editora. Sinopse do volume: No mundo de hoje, quem precisa da ajuda de um Homem-Animal? Essa pergunta se torna mais incômoda e as resposta ainda menos clara. Enquanto Buddy tenta encontrar o caminho a seguir, uma crise ainda maior de identidade o espreita – uma que não afeta apenas sua vida, mas os próprios alicerces da realidade.

  • Para ler a crítica de Origem das Espécies, clique aqui.

.

Deus Ex Machina

1989 – 1990

Terceiro e último arco de Grant Morrison à frente do Homem Animal, um encerramento brilhante e profundamente metalinguístico para uma história inesquecível. Revista Animal Man Vol.1edições #18 a 26Publicado no Brasil pela Panini, em formato completo; e em formato menor pela Abril. Sinopse do volume: É complicado encontrar seu criador… e Buddy Baker, o homem com poderes animais, está prestes a descobrir exatamente o quanto isso é difícil. Com a realidade fluindo ao seu redor, Buddy precisa descobrir o que está por trás de sua existência extremamente maleável. Mas o custo dessa informação é pior do que ele poderia conceber – e a verdade está além até mesmo da imaginação.

.

Nascido Para Ser Selvagem

Born To Be Wild  (1990 – 1991)

homem animal nascido para ser selvagem_plano_critico

Primeiro e único arco de Peter Milligan à frente do Homem Animal, um verdadeiro mergulho dada-surreal no personagem. Revista Animal Man Vol.1edições #27 a 32Publicado no Brasil pela Panini, em formato completo; e em formato menor pela Metal Pesado. Sinopse do volume: Buddy Baker, o homem com poderes animais, passou por um inferno nos últimos tempos. Após ter a família brutalmente assassinada, ele embarcou em uma jornada em busca de vingança, mas os caminhos que percorreu o levaram muito além da realidade para um confronto inusitado com seu próprio criador. Após o embate que se seguiu, Buddy voltou ao próprio mundo e encontrou a família miraculosamente viva.

  • Para ler a crítica de Nascido Para Ser Selvagem, clique aqui.

.

Réquiem Para uma Ave de Rapina

Requiem For a Bird of Prey  (1991)

homem-animal-requiem-para-uma-ave-de-rapina-plano-critico

Primeiro arco de Tom Veitch à frente do Homem Animal. Revista Animal Man Vol.1edições #33 a 37.Publicado no Brasil pela Panini, em formato completo; e em formato menor pela Metal Pesado. Sinopse do volume: O maior e mais imediato problema do Homem-Animal – a sensação de não pertencer ao próprio mundo – finalmente foi resolvido. Mas não sem muita dor… e sacrifício. Agora tudo que ele quer é recolocar a vida no eixo, e isso implica em reativar a carreira profissional e restabelecer laços com a família. Mas, se está tudo de volta ao que era, por que os animais da vizinhança estão morrendo? E quem é o novo e misterioso vizinho?

  • Para ler a crítica de Réquiem Para uma Ave de Rapina, clique aqui.

.

O Senhor dos Lobos

Master of Wolves  (1991 – 1992)

homem-animal-o-senhor-dos-lobos-plano-critico

Segundo arco de Tom Veitch à frente do Homem Animal. Revista Animal Man Vol.1edições #38 a 44Publicado no Brasil pela Panini, em formato completo; e em formato menor pela Metal Pesado. Sinopse do volume: Buddy Baker costumava ser o homem com poderes animais, pelo menos enquanto conseguia controlar seus dons mais do que especiais. Até o dia em que tudo mudou e ele passou a ter problemas: animais começaram a morrer por conta de suas habilidades. A conexão com o campo morfogênico está passando por mudanças, e Buddy vai precisar de ajuda pra lidar com a nova realidade – estranhas figuras já o espreitam a partir das sombras.

  • Para ler a crítica de O Senhor dos Lobos, clique aqui.

.

O Significado da Carne

The Meaning Of Flesh  (1992)

plano critico homem animal o significado da carne

Terceiro e último arco de Tom Veitch à frente do Homem Animal. Revista Animal Man Vol.1edições #45 a 50Publicado no Brasil pela Panini, em formato completo. Sinopse do volume: Com uma terrível sequência de acontecimentos, Buddy conseguiu afastar de uma só vez os amigos e família. Até Cliff, seu filho, fugiu de casa devido à ausência paterna. A falta de perspectiva na vida do homem com poderes animais fez com que Ellen Baker fosse atrás de sustento, retomando o trabalho de freelancer. E ela encontrou abrigo na indústria dos quadrinhos junto a um editor com um gosto pouco convencional.

  • Para ler a crítica de O Significado da Carne, clique aqui.

.

Carne e Sangue

Flesh and Blood  (1992 – 1993)

Animal Man (1988-1995) plano critico carne e sangue

Primeiro arco de Jamie Delano à frente do Homem Animal. Revista Animal Man Vol.1edições #51 a 56Publicado no Brasil pela Panini, em formato completo. Sinopse do volume: Buddy Baker, o homem com poderes animais, venceu as forças das trevas e da não existência, mas o preço da vitória foi alto. A pressão dos últimos eventos dividiu a família Baker e os traumas do episódio ainda estão vivos na mente hipersensível da jovem Maxine, que vem sendo assombrada por sonhos proféticos. Já Cliff, o filho mais velho, perdeu o contato com o pai e está sob a guarda de um tio. Passada a tempestade, agora é o momento de pai e filho se reconciliarem e reunir a família uma vez mais.

.

Presas e Garras

Tooth and Claw  (1993)

Animal_Man_Vol_1_61_plano critico presas e garras

Segundo arco de Jamie Delano à frente do Homem Animal. Revista Animal Man Vol.1edições #57 a 63Publicado no Brasil pela Panini, em formato completo. A partir da edição #57, ou seja, desde o início deste arco, a revista do Homem Animal passou para as asas do selo Vertigo, sob as quais permaneceu até o cancelamento do título. Sinopse do volume: Após todas as provações possíveis e imagináveis, a família Baker está reunida uma vez mais. Bom, mais ou menos. Ellen está viajando e Buddy e as crianças estão por conta própria. Nessas horas, o dom de poderes animais pode ser tanto uma bênção quanto uma maldição – principalmente quando um simples passeio de compras com os filhos se converte em uma cruzada santa entre Buddy Baker, fanáticos religiosos, exploradores de animais e consumidores enlouquecidos!

.

Formas Misteriosas

Mysterious Ways  (1993 – 1994)

animal man formas misteriosas plano critico

Terceiro arco de Jamie Delano à frente do Homem Animal. Revista Animal Man Vol.1edições #64 a 70 + Annual #1Publicado no Brasil pela Panini, em formato completo. Sinopse do volume: Buddy Baker tem uma profunda conexão com o Vermelho – a teia de energia que conecta toda a vida do planeta –, e isso tem afetado a família Baker de formas muito misteriosas. Maxine, a caçula do casal Buddy e Ellen, é uma das mais afetadas pelo legado dessa conexão. Os poderes que a menina vem manifestando deixam todos boquiabertos e preocupam a família, pois podem ser mal interpretados por algumas pessoas e isso pode trazer mais problemas para todos e, principalmente, para a menina…

  • Para ler a crítica de Formas Misteriosas, clique aqui.

.

Praga Vermelha

Red Plague  (1994 – 1995)

plano critico a praga vermelha homem animal animal man buddy baker tv maxine washington

Quarto e último arco de Jamie Delano à frente do Homem Animal. Revista Animal Man Vol.1edições #71 a 79Publicado no Brasil pela Panini, em formato completo. Sinopse do volume: Um novo movimento se forma ao redor do agora mais selvagem Buddy Baker, uma força crescente formada por homens e animais, todos seguindo Buddy, Maxine e um chamado selvagem do Vermelho. Mas o Homem-Animal está cumprindo um papel de Noé contemporâneo, salvando seu rebanho da extinção… ou é apenas um Flautista Mágico os levando a uma sangrenta e brutal extinção?

.

Tipo Selvagem

Wild Type  (1995)

plano critico homem animal tipo selvagem buddy baker arco prosser

Primeiro arco de Jerry Prosser à frente do Homem Animal, uma fase cheia de boas promessas que não seriam bem executadas e, em pouquíssimo tempo, levariam ao cancelamento do título. Revista Animal Man Vol.1, edições #80 a 83Sinopse do volume: Após a destruição do corpo, a consciência do Homem Animal está se afogando no Vermelho, o plano da existência onde toda a vida interage. Um ser misterioso que assumiu a fora da mãe de Buddy Baker oferece a ele a escolha entre dois possíveis futuros.

.

Anima Mundi e Dores de Parto

Birth Pains  (1995)

Aqui juntam-se dois mini-arcos: o segundo, terceiro e último trabalho de Jerry Prosser à frente do Homem Animal, que se depararia com o cancelamento do título pela DC Comics/Vertigo. Revista Animal Man Vol.1edições #84 a 89Sinopse do volume: Presa em uma nave alienígena, Maxine entra em uma perturbadora realidade alternativa de livrinhos de história de terror. Suspeitando que Maxine estava possuída por uma força sinistra, o Homem Animal procura pela alma sequestrada de sua filha e encontra uma estranha — e ainda assim, familiar — consciência: o feto na barriga de Annie.

  • Para ler a crítica de Anima Mundi e Dores de Parto, clique aqui.

.

52: Homem Animal, Estelar, Adam Strange e Lobo

52 Weeks: Animal Man, Starfire, Adam Strange and Lobo  (2006 – 2007)

plano critico 52 Homem Animal, Estelar e Adam Strange

A série 52, publicada semanalmente pela DC Comics entre os anos de 2006 e 2007, foi a “revelação de segredos” sobre o que aconteceu no Universo DC durante o “ano perdido” após Crise Infinita. Em 17 das 52 semanas da saga, tivemos a jornada espacial do Trio Improvável formado por Homem Animal, Estelar e Adam Strange (com participação de Lobo do meio para o final da aventura). Publicado no Brasil pela Panini, em formato completo.

  • Para ler a crítica de 52: Homem Animal, Estelar, Adam Straneg e Lobo, clique aqui.

.

Volta ao Lar

Countdown to Adventure  (2007 – 2008)

PLANO CRITICO HOMEM ANIMAL ESTELAR ADAM STRANGE VOLTA AO LAR

Volta o Lar (ou Contagem Regressiva Para Aventura) foi uma minissérie de oito edições. Nela, temos Adam Strange ao lado do Homem Animal e Estelar retornando a Rann e à Terra depois de um ano fora. Os três heróis compartilharam uma série de aventuras no Espaço, ao longo dos eventos de 52, pós-Crise Infinita e aqui precisam lidar com algumas consequências desse período fora. Publicado no Brasil pela Panini, em formato completo, nas revistas mix Prelúdio Para Crise Final.

.

Os Últimos Dias do Homem Animal

Last Days of Animal Man  (2009)

Animal_Man_plano critico os ultimos dias do homem animal plano critico

Buddy Baker lutou bravamente pelo nosso mundo e de maneira igualmente brava por sua família. Mas lá pelo ano de 2024, os heróis estavam ficando cansados, os vilões mais vis, e a própria cidade de Buddy, San Diego, está lutando para se recuperar de um tufão cataclísmico. Agora, enquanto San Diego se depara com o pior vilão que viu em anos, os poderes de Buddy estão começando a falhar, porém, o herói não irá falhar com o mundo. Prepare-se para os Últimos Dias do Homem Animal. Publicado no Brasil pela Panini.

  • Para ler a crítica de Os Últimos Dias do Homem Animal, clique aqui.

.

A Caçada

The Hunt  (2011 – 2012)

Animal_Man_plano critico homem animal a caçada dc comics novos 52

Primeiro arco de Jeff Lemire à frente do Homem Animal, agora na fase dos Novos 52. Revista Animal Man Vol.2, edições #1 a 6Publicado no Brasil pela Panini. Sinopse do volume: Buddy Baker passou de “super” homem para “homem de família”, mas será que ele é forte o bastante para manter sua família a salvo quando Maxine, sua filha mais nova, começa a manifestar seus grandes poderes? Algo infeccioso à toda a vida na Terra está solto e procura um poderoso avatar da vida, do Vermelho. E este avatar não é Bubby Baker.

.

Animal vs. Homem e A Extinção é Eterna

Animal vs. Man / Extinction is Forever  (2012)

plano critico homem animal Animal vs. Homem e A Extinção é Eterna plano critico novos 52

Segundo arco de Jeff Lemire à frente do Homem Animal, agora na fase dos Novos 52. Revista Animal Man Vol.2, edições #7 a 11 + Edição #0 + Annual #1. Publicado no Brasil pela Panini. Sinopse do volume: Desde que descobriu a ligação de sua filha o Vermelho — a estranha fonte de seus poderes e o místico tecido de conexão entre toda a vida do planeta — Buddy Baker e sua família estão fugindo. Mas quando Budd desaparece, sua família recebe ajuda de John Constantine e da Liga da Justiça Sombria e aprendem a história do Vermelho, do Verde e do Podre.

  • Para ler a crítica de Animal vs. Homem e A Extinção é Eterna, clique aqui.

.

Mundo Podre: Reinos Vermelho e Verde

Rotworld: The Red Kingdom & The Green Kingdom  (2012 – 2013)

swamp_thing_and_animal_man_plano critico monstro do pantano homem animal mundo podre

Terceiro arco de Jeff Lemire à frente do Homem Animal, agora na fase dos Novos 52. Um grande e elogiadíssimo crossover junto ao Monstro do Pântano e Frankenstein, Agent of S.H.A.D.E.. Revista Animal Man Vol.2, edições #12 a 18 + Monstro do Pântano Vol.5 #12 a 18 + Frankenstein, Agent of S.H.A.D.E. Vol.1 #13 a 15. Publicado no Brasil pela Panini (exceto Frankenstein). Sinopse do volume: Para derrotar O Podre, a incontrolável força de decadência que ataca a Terra, o Homem Animal junta forças com o Monstro do Pântano, o avatar de toda a vida vegetal. Com a força combinada do Verde e do Vermelho, ambos mergulham no Podre para atacar o inimigo em seu território. Mas eles foram enganados. A ameaça apenas se fortaleceu…

  • Para ler a crítica do crossover Mundo Podre: Reinos Vermelho e Verde, clique aqui.

.

Espécie Anormal

Splinter Species  (2013)

plano critico espécie anormal dc comics novos 52 homem animal plano crítico

Quarto arco de Jeff Lemire à frente do Homem Animal, agora na fase dos Novos 52. Revista Animal Man Vol.2, edições #19 a 23 + Annual #2. Publicado no Brasil pela Panini. Sinopse do volume: Após voltar do distorcido futuro onde a Podridão dominou o planeta chamado Mundo Podre, Buddy Baker achou que poderia finalmente descansar ao lado de sua amada família. Ledo engano… Em um último e desesperado ataque, um agente da decomposição assassina o filho do herói e joga o Homem-Animal em uma espiral descendente de desespero e dor. Um turbilhão de caos no qual Buddy ainda vai ter de enfrentar poderosas criaturas ligadas à mesma força que um dia foi sua maior aliada! Jeff Lemire(roteirista de Sweet Tooth – Depois do Apocalipse)e os artistas Steve Pugh, Travel Foreman e John Paul Leon levam um dos mais amados heróis da DC além de seus limites!

  • Para ler a crítica de Espécie Anormal, clique aqui.

.

Babilônia em Hollywood e Evolua ou Morra

Hollywood Babylon / Evolve or Die!  (2013 – 2014)

plano critico evolua ou morra homem animal plano critico

Quinto e último arco de Jeff Lemire à frente do Homem Animal, em seu segundo título mensal, agora na fase dos Novos 52. O título foi cancelado após a edição #29. Revista Animal Man Vol.2, edições #24 a 29. Publicado no Brasil pela Panini. Sinopse do volume: Enquanto luta para manter sua fragmentada família unida após a morte de seu filho, Buddy Baker – mais conhecido pelo mundo como Homem-Animal – tem de encarar uma situação ainda pior: uma rebelião dentro do Vermelho, a teia vital que une todas as coisas vivas do planeta e concede poderes ao herói. E sem ter poder suficiente para vencer o Irmão Sangue, um dos líderes da revolta, Buddy vai ter que buscar forças em lugares que ele nunca imaginou existirem!

  • Para ler a crítica de Babilônia em Hollywood e Evolua ou Morra, clique aqui.

.

A Origem Secreta do Homem Animal

Secret Origins: Animal Man  (2015)

plano critico a origem do homem animal animal man plano critico secret origins

Enquanto a primeira Origem Secreta do Homem Animal esteve ligada a um arco (a saber, Origem das Espécies), na Era de Grant Morrison, a versão de 2015 dessa história — escrita por Jeff Lemire — foi concebida como uma trama independente, sem relação direta com nenhuma história, em termos de continuidade. Porém, sugiro que leiam esta crônica apenas depois de finalizar o run de Lemire à frente do personagem, para captar todas as referências apresentadas. Revista Secret Origins Vol.3 edição #8. Publicado no Brasil pela Panini.

  • Para ler a crítica de A Origem Secreta do Homem Animal, clique aqui.

LUIZ SANTIAGO (Membro da OFCS) . . . . Depois de recusar o ingresso em Hogwarts, fui abduzido pelo Universo Ultimate. Lá, tive ajuda do pessoal do Greendale Community College para desenvolver técnicas avançadas de um monte de coisas. No mesmo período, conheci o Dr. Manhattan e vi, no futuro, Ozymandias ser difamado com a publicação do diário de Rorschach. Hoje costumo andar disfarçado de professor, mas na verdade sou um agente de Torchwood, esperando a TARDIS chegar na minha sala de operações a qualquer momento.