Home Colunas Lista | Os 30 Melhores “Awesome Mixes” do Cinema

Lista | Os 30 Melhores “Awesome Mixes” do Cinema

por Ritter Fan e Guilherme Coral
18 views (a partir de agosto de 2020)

*Ajudaram na confecção da lista: Luiz Santiago e Handerson Ornelas.

Inspirados no Awesome Mix Vol. 2 da continuação de Guardiões da Galáxia, decidimos mergulhar no mundo da música para criar uma lista com as melhores trilhas de filmes. Mas estabelecemos algumas premissas, para não endoidarmos na seleção:

  1. Só trilhas compostas em sua maioria por músicas cantadas (ou seja, nada de filmes com uma ou duas músicas-tema cantadas, como A Primeira Noite de um Homem);
  2. As músicas podem pré-existir ao filme (o que é o caso da maioria aqui) ou terem sido originalmente compostas para ele;
  3. Filmes musicais não entram (vide #4 abaixo);
  4. A definição que elegemos usar para “filme musical” é filme em que os personagens começam a cantar do nada, sem que a cantoria tenha ligação direta com a narrativa do filme, ou seja A Noviça Rebelde é musical, ao passo que Ruas de Fogo não é, pois, no caso do segundo, as músicas cantadas no filme são cantadas por personagens cantores exercendo suas atividades;
  5. Somente filmes feitos originalmente para o cinema lançados ou não no cinema no Brasil (nada de telefilmes ou filmes lançados produzidos e lançados exclusivamente em canais de streaming);
  6. Não repetimos diretores para abrirmos ao máximo o leque (portanto, nada de Quentin Tarantino sete vezes…);
  7. O determinante é a qualidade da trilha e não do filme em si (ainda que os filmes aqui presentes sejam, em sua maioria, excelentes).

Mesmo assim, confessamos que foi uma dificuldade selecionar “apenas 30” trilhas e a coisa complicou mais ainda quando as colocamos na ordem da “menos melhor” à melhor. E, temos certeza, muitos de vocês discordarão de muita coisa na lista, o que faz parte da própria natureza da proposta. Portanto, não se acanhem se tivermos deixado alguma trilha favorita de fora e listem as suas próprias (com base nas premissas acima) lá nos comentários para podermos discutir!

Vamos lá? E ainda tem playlist lá no final!

30. Isto é Spinal Tap
(This is Spinal Tap, Rob Reiner – 1984)

this-is-spinal-tap-plano-critico

Motivo da inclusão: Vai até o 11!
Melhores músicas: Tonight I’m Gonna Rock You Tonight, Stonehenge, Cups and Cakes

29. Quanto Mais Idiota Melhor
(Wayne’s World, Penelope Spheeris – 1992)

waynes-world-plano-critico

Motivo da inclusão: Melhor uso de Bohemian Rhapsody (fora de um show do Queen original) na História da Humanidade.
Melhores músicas: Bohemian Rhapsody, Ballroom Blitz, Loving Your Lovin’

28. Jovens, Loucos e Rebeldes
(Dazed and Confused, Richard Linklater – 1993)

dazed_and_confused_plano_critico

Motivo da inclusão: Música e último dia da escola nos anos 70. Não tem coisa melhor!
Melhores músicas: Dazed and Confused, Paranoid, School’s Out

27. Sing Street: Música e Sonho
(Sing Street, John Carney – 2016)

sing-street-plano-critico

Motivo da inclusão: Os anos 80 e suas breguices. O advento do new wave e do post punk é extremamente bem retratado no longa de John Carney, feito pra qualquer amante de música. Uma divertida história de amizades e paixões com a música como pano de fundo.
Melhores músicas: Drive it like you Stole it, Up

26. Sem Destino
(Easy Rider, Dennis Hopper – 1969)

easy-rider-plano-critico

Motivo da inclusão: O exemplo máximo da contra-cultura perfeitamente capturado por suas músicas.
Melhores músicas: Born to be Wild, If 6 Was 9, The Weight

25. Creed: Nascido para Lutar
(Creed, Ryan Coogler – 2015)

creed

Motivo da inclusão: Um inesperadamente potente filme da franquia Rocky que também tem na música uma de suas melhores características, mergulhando de forma certeira na cultura do hip-hop. O tema de Gonna Fly Now reformulado é de cair o queixo.
Melhores músicas: Last Breath, Lord Knows/ Fighting Stronger

24. Boogie Nights: Prazer Sem Limites
(Boogie Nights, Paul Thomas Anderson – 1997)

boogie-nights-1997-06-g

Motivo da inclusão: Pornograficamente musical.
Melhores músicas: Sister Christian, Livin’ Thing, Best of My Love

23. Irmãos Cara de Pau
(The Blues Brothers, John Landis – 1980)

Blues-Brothers-plano-critico

Motivo da inclusão: Uma comédia? Um filme policial? Um musical? É Blues Brothers!
Melhores músicas: Jailhouse Rock, Let the Good Times Roll, Gimme Some Lovin’

22. Flashdance: Em Ritmo de Embalo
(Flashdance, Adrian Lyne – 1983)

flashdance-plano-critic

Motivo da inclusão: Brega, mas encantador, e com músicas inesquecíveis.
Melhores músicas: Maniac, Lady, Lady, Lady, Flashdance… What a Feeling

21. Durval Discos
(Idem, Anna Muylaert – 2002)

durval-discos-plano-critico

Motivo da inclusão: Qualquer colecionador de discos já simpatizou com a paixão de Durval por suas “bolachas”.
Melhores músicas: Ovelha Negra, Maracatu Atômico, Xica da Silva

20. Os Bons Companheiros
(Goodfellas, Martin Scorsese – 1990)

Goodfellas-plano-critico

Motivo da inclusão: Máfia, Scorsese, De Niro, Joe Pesci e muita música boa.
Melhores músicas: Rags to Riches, Baby, I Love You, Life is But a Dream

19. Good Vibrations
(Idem, Lisa Barros D’Sa e Glenn Leyburn – 2012)

good-vibrations-plano-critico

Motivo da inclusão: Durval Discos na Irlanda e com punk-rock!
Melhores músicas: Star, Gangster of Love, Sounds and Pressure

18. Um Beijo Roubado
(My Blueberry Nights, Wong Ka-Wai – 2007)

blueberry-nights-plano-critico

Motivo da inclusão: Um retrato coreano da América multifacetada e musical.
Melhores músicas: The Story, Ely Nevada, Bus ride

17. Loucuras de Verão
(American Graffiti, George Lucas – 1973)

american-graffiti-plano-critico

Motivo da inclusão: Uma seleção musical dos anos 50 e 60 de se tirar o chapéu!
Melhores músicas: Johnny B. Goode, 16 Candles, Smoke Gets in Your Eyes

16. Quase Famosos
(Almost Famous, Cameron Crowe – 2000)

almost-famous-plano-critico

Motivo da inclusão: Pois viajar com sua banda preferida é o sonho de qualquer um. Ainda mais se isso é nos anos 70 e suas referências incluem bandas mitológicas como Led Zeppelin e Black Sabbath.
Melhores músicas: Paranoid, Sparks, That’ the Way

15. Curtindo a Vida Adoidado
(Ferris Bueller’s Day Off, John Hughes – 1986)

save-ferris

Motivo da inclusão: O que Quanto Mais Idiota Melhor representou para Bohemian Rhapsody, Curtindo a Vida Adoidado representou para Twist and Shout.
Melhores músicas: Twist and Shout, Love Missile F1-11, Oh Yeah

14. Juno
(Idem, Jason Reitman – 2007)

juno_ellenpage

Motivo da inclusão: Juno é a amostra perfeita do que viria a se tornar o movimento indie pop/rock na música. Fofinho, divertido e carismático.
Melhores músicas: Expectations, A Well Respected Man, Superstar

13. Scott Pilgrim Contra o Mundo
(Scott Pilgrim vs. the World, Edgar Wright – 2010)

ScottPilgrimVStheWorld

Motivo da inclusão: Imagens e músicas capazes de induzir ataques epilépticos! Indie rock bem garageiro + melhor-adaptação-de games-que-não-é-game + a mente de Edgar Wright em seu clímax. Ah, e Sex-Bob-Omb, a melhor banda fictícia ever.
Melhores músicas: Threshold, I Heard Ramona Sing, It’s Getting Boring by the Sea

12. As Vantagens de Ser Invisível
(The Perks of Being a Wallflower, Stephen Chbosky – 2012)

as-vantagens-de-ser-invisivel-plano-critico

Motivo da inclusão: Porque escutar Heroes no volume máximo de um carro em movimento enquanto passa por um túnel já é uma cena icônica.
Melhores músicas: Heroes, Teenage Riot, Temptation

11. Top Gun: Ases Indomáveis
(Top Gun, Tony Scott – 1986)

top gun ases indomáveis

Motivo da inclusão: Nada como pilotar um F-14 ao som de Danger Zone…
Melhores músicas: Danger Zone, Take My Breath Away, Great Balls of Fire

10. Detroit, a Cidade do Rock
(Detroit Rock City, Adam Rifkin – 1999)

detroit-rock-city-plano-critico

Motivo da inclusão: Kiss! Kiss!!Kiss!!!
Melhores músicas: Detroit Rock City, Highway to Hell, Runnin’ With the Devil

9. Trainspotting – Sem Limites
(Trainspotting, Danny Boyle – 1996)

trainspotting-pc

Motivo da inclusão: Uma viagem pelo submundo das drogas em Edimburgo regada à muita música.
Melhores músicas: Lust for Life, Nightclubbing, Perfect Day

8. A Vida Marinha com Steve Zissou
(The Life Aquatic with Steve Zissou, Wes Anderson – 2004)

stevezissou_planocritico

Motivo da inclusão: Seu Jorge recentemente foi fazer uma turnê na Europa focada apenas em sua trilha para o filme, que consiste em covers de canções de David Bowie. O próprio Bowie aprovou as versões do brasileiro, não preciso dizer mais que isso.
Melhores músicas: Life on Mars, Starman, Rebel Rebel (Seu Jorge cantando David Bowie)

7. Scarface
(Idem, Brian De Palma – 1983)

scarface-plano-critico

Motivo da inclusão: Eu nunca entendi o compilado de canções dançantes influenciadas pela música latina e pela disco dos anos 80 em Scarface – um filme justamente sobre a máfia – mas de alguma forma ela funciona e dá o tom necessário pra destacar o filme dos demais de seu gênero.
Melhores músicas: Push it to the Limit, Rush Rush, Turn Out the Night

6. Ruas de Fogo
(Streets of Fire, Walter Hill – 1984)

streets-of-fire

Motivo da inclusão: Distopia roqueira para ninguém botar defeito.
Melhores músicas: Nowhere Fast, One Bad Stud, I Can Dream About You

5. Guardiões da Galáxia
(Guardians of the Galaxy, James Gunn – 2014)

UCM - Guardioes da Galaxia

Motivo da inclusão: O cara tem tecnologia futurista a seu dispor e usa um walkman com uma fita K7 cheia de hits dos anos 70!!!
Melhores músicas: Ain’t No Mountain High Enough, Go All the Way, Spirit in the Sky

4. Cães de Aluguel
(Reservoir Dogs, Quentin Tarantino – 1992)

Caes-de-aluguel-02

Motivo da inclusão: Impossível não amar orelha cortada ao som de Stuck in the Middle With You.
Melhores músicas: Stuck in the Middle With You, Hooked on a Feeling, Little Green Bag

3. Os Embalos de Sábado à Noite
(Saturday Night Fever, John Badham – 1977)

saturday-night-fever-plano-critico

Motivo da inclusão: Quero ver resistir a tentação de andar como o John Travolta ao ouvir essa trilha!
Melhores músicas: Stayin’ Alive, Night Fever, How Deep Is Your Love

2. Alta Fidelidade
(High Fidelity, Stephen Frears – 2000)

altafidelidadecusack_planocritico

Motivo da inclusão: Um filme em que a música é praticamente o protagonista. Ou seria o contrário?
Melhores músicas: I’m Wrong About Everything, Everybody’s Gonna Be Happy, Most of the Time

1. Footloose – Ritmo Louco
(Footloose, Herbert Ross – 1984)

footloose-plano-critico

Motivo da inclusão:

Gamora: Sou uma guerreira, uma assassina. Eu não danço.
Peter Quill: Verdade? Bem, no meu planeta, nós temos uma lenda sobre pessoas como você. É chamada Footloose. E nela, um grande herói chamado Kevin Bacon ensina uma cidade inteira cheia de gente cagona que, dançar, bem, é a melhor coisa que existe.

Melhores músicas: Footloose, Let’s Hear It for the Boy, Holding Out for a Hero

Tributo aos deuses do Cinema

Highlander: O Guerreiro Imortal
(Highlander, Russell Mulcahy – 1986)

highlander_o_guerreiro_imortal_1986_plano_critico

Motivo da inclusão: Nós esquecemos (!!!) totalmente e nosso leitor, ABC (muito obrigado!) nos lembrou que Highlander não poderia ficar de fora. Por que? Bem, se você está fazendo essa pergunta então não assistiu o filme, ou viu tudo com o “mudo” ligado!

Melhores músicas: Who wants to Live Forever, A Kind of Magic.

Hors-concours

Sangue Ruim
(Mauvais Sang, Leos Carax – 1986)

mauvais-sang-plano-critico

Motivo da inclusão: Quebramos todas as regras para incluir esse daqui e o fizemos só por causa da fantástica sequência de Alex (Denis Lavant) correndo ao som de Modern Love, de David Bowie. Não tinha como deixar de fora!
Melhores músicas: Modern Love

XXXXXX ———- XXXXXX

Acabou! E agora queremos saber quais vocês mais gostam! Digam aí nos comentários e, enquanto pensam, ouçam nossa playlist baseada na lista acima, com uma canção de cada filme citado!

Você Também pode curtir

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumimos que esteja de acordo com a prática, mas você poderá eleger não permitir esse uso. Aceito Leia Mais