Home Colunas Lista | Oscar 2018 – Apostas e Ranking

Lista | Oscar 2018 – Apostas e Ranking

por Gabriel Carvalho
70 views (a partir de agosto de 2020)

Às vésperas da nonagésima edição do Oscar, trazemos um ranking dos nove longa-metragens concorrendo à estatueta de Melhor Filme, além de uma lista com nossas apostas para cada categoria da premiação e os indicados que realmente deveriam vencer, tudo de acordo com os critérios e julgamentos levantados por: Ritter “Gentleman Bird” Fan, “Chefe” Luiz Santiago, “Soldado” Fernando Campos, “Primeiro-Ministro” Rafael Oliveira e eu, Gabriel Carvalho, o “Homem Anfíbio”.

  • Para ver os indicados ao Oscar 2018, clique aqui.
  • Para ver, especificamente, os curtas indicados ao Oscar 2018, clique aqui.
  • Para acessar os nossos textos, crítica ou listas, relacionados ao Oscar 2018, clique aqui.

Sendo assim, encerramos a nossa cobertura do Oscar 2018, a espera do epílogo dessa caminhada (acompanhada ao vivo em nossa páginas do Facebook e Twitter, além do Instagram), que será a própria cerimônia, marcada para dia 4 de março. Vocês têm algum favorito para o prêmio máximo, mesmo sabendo que no final o carequinha dourado irá para Moonlight: Sob a Luz do Luar? Deixem comentários embasando suas ansiedades para esse grande evento, os filmes injustiçados e aqueles que nem deveriam estar entre os concorrentes.

OS NOSSOS PALPITES

  • Sobre os Curtas: Visto que apenas Ritter Fan assistiu aos curtas indicados ao Oscar, tais categorias não serão abordadas nesses palpites.
  • Critério de Desempate: Não há critério de desempate. Se dois nomeados (ou todos) tiverem sido citados o mesmo número de vezes, ambos entram.

Melhor Filme

Quem provavelmente irá levar: A Forma da Água
Quem deveria levar: A Forma da Água ou Trama Fantasma

Melhor Direção

Quem provavelmente irá levar: Guillermo del Toro, por A Forma da Água
Quem deveria levar: Guillermo del Toro, por A Forma da Água ou Christopher Nolan, por Dunkirk

Melhor Ator

Quem provavelmente irá levar: Gary Oldman, por O Destino de Uma Nação
Quem deveria levar: Gary Oldman, por O Destino de Uma Nação

Melhor Atriz

Quem provavelmente irá levar: Frances McDormand, por Três Anúncios Para um Crime
Quem deveria levar: Sally Hawkins, por A Forma da Água

Melhor Ator Coadjuvante

Quem provavelmente irá levar: Sam Rockwell, por Três Anúncios Para um Crime
Quem deveria levar: Sam Rockwell, por Três Anúncios Para um Crime ou Willem Dafoe, por Projeto Flórida

Melhor Atriz Coadjuvante

Quem provavelmente irá levar: Allison Janney, por Eu, Tonya
Quem deveria levar: Laurie Metcalf, por Lady Bird: A Hora de Voar ou Leslie Manville, por Trama Fantasma

Melhor Roteiro Original

Quem provavelmente irá levar: Jordan Peele, por Corra!
Quem deveria levar: Jordan Peele, por Corra! ou Martin McDonagh, por Três Anúncios Para um Crime

Melhor Roteiro Adaptado

Quem provavelmente irá levar: James Ivory, por Me Chame Pelo Seu Nome
Quem deveria levar: James Ivory, por Me Chame Pelo Seu Nome

Melhor Design de Produção

Quem provavelmente irá levar: A Forma da Água
Quem deveria levar: Blade Runner 2049

Melhor Fotografia

Quem provavelmente irá levar: Blade Runner 2049
Quem deveria levar: Blade Runner 2049

Melhor Figurino

Quem provavelmente irá levar: Trama Fantasma
Quem deveria levar: Trama Fantasma

Melhor Montagem

Quem provavelmente irá levar: Dunkirk
Quem deveria levar: Dunkirk

Melhor Maquiagem e Cabelo

Quem provavelmente irá levar: O Destino de Uma Nação
Quem deveria levar: O Destino de Uma Nação

Melhor Trilha Sonora

Quem provavelmente irá levar: Alexandre Desplat, por A Forma da Água
Quem deveria levar: Alexandre Desplat, por A Forma da Água

Melhor Mixagem de Som

Quem provavelmente irá levar: Dunkirk
Quem deveria levar: Dunkirk

Melhor Edição de Som

Quem provavelmente irá levar: Dunkirk
Quem deveria levar: Dunkirk

Melhores Efeitos Visuais

Quem provavelmente irá levar: Planeta dos Macacos: A Guerra
Quem deveria levar: Blader Runner 2049

Melhor Animação

Quem provavelmente irá levar: Viva: A Vida é Uma Festa
Quem deveria levar: Viva: A Vida é Uma Festa ou Com Amor, Van Gogh
Quem não deveria nem ter sido indicado: O Poderoso Chefinho

Melhor Filme Estrangeiro

Quem provavelmente irá levar: O Insulto ou Sem Amor
Quem deveria levar: Sem Amor

Melhor Documentário

Quem provavelmente irá levar: Visages, Villages
Quem deveria levar: Visages, Villages

Melhor Canção Original

Quem provavelmente irá levar: Remember Me, de Viva: A Vida é Uma Festa
Quem deveria levar: This Is Me, de O Rei do Show

.

  • Pontuações: Percebam que The Post: A Guerra Secreta é o único longa-metragem indicado a Melhor Filme que não foi citado uma única vez por nenhum dos cinco participantes desta brincadeira, seja nas apostas ou seja nos desejos. Mudbound: Lágrimas Sobre o Mississipi, por outro lado, foi o filme com maior número de indicações, quatro, sem aparecer na nossa lista. No mais, a categoria mais acirrada foram as de Filme Estrangeiro, visto que apenas Uma Mulher Fantástica não foi citada, e Canção Original, visto que apenas o representante de Marshall não foi indicado.

.

RANKING DOS INDICADOS A MELHOR FILME

  • Critério de Desempate: Em caso de dois ou mais filmes terminarem com pontuações iguais, privilegia-se aquele que mais vezes foi listado em primeiro lugar. Se nenhum foi indicado em primeira lugar, ou em caso de empate, a maior e menor nota são removidas e uma nova média é estabelecida.
  • Observação: Não foi avaliada a qualidade dos filmes, apenas a preferência dos votantes.

.

9º Lugar: O Destino de Uma Nação

“Diferentemente dos 300.000 soldados que estavam em Dunkirk, O Destino de Uma Nação morre na praia. Porém, mesmo com seus altos e baixos – e olha que estamos falando da atuação extraordinária de Gary Oldman como um dos pontos altos – esta é uma obra que ainda assim consegue alcançar a tão estimada vitória a todo custo de Churchill, mesmo faltando um pouco de sangue, trabalho, lágrimas e suor nessa produção que podia ser muito mais grandiosa.”Gabriel Carvalho

.

8º Lugar: Lady Bird: A Hora de Voar

“Se os recortes acertam em cheio na experiência pessoal de um espectador, Lady Bird tende a se tornar um outro filme, ainda mais poderoso; fortemente representativo. O cinema distingue cada um de nós de uma maneira particular, dependendo de quem uma pessoa é e do que ela viveu, não sendo isto algo a ser menosprezado, nem mesmo numa crítica, mas compreendido e exaltado quando feito de forma tão verdadeira e responsável quanto esta.” – Gabriel Carvalho

.

7º Lugar: The Post: A Guerra Secreta

“The Post é um retrato jornalístico e político consciente sobre o que fala e como se falam, jamais deixando de lado sua própria linguagem cinematográfica para exemplificar seus discursos e todo o retrato histórico que lhe ronda. Mais um ponto para Spielberg.” – Rafael Oliveira

.

6º Lugar: Três Anúncios Para um Crime

“Três Anúncios Para um Crime aborda seres sedimentados e seres que sedimentam. Com o tempo, porém, há espaço para que mudemos as rotas de nossas perspectivas e olhemos os frutos da sedimentação com outros olhos, às vezes deixando-os de lado e embarcando na redenção, outras vezes apenas mudando o alvo de nosso pagamento de contas.” – Gabriel Carvalho

.

5º Lugar: Corra!

“O roteiro ainda guarda para seus últimos minutos um pungente desespero, aterrado essencialmente à fuga permanente do cidadão negro das mãos de uma sociedade passivamente e agressivamente preconceituosa. Com uma abordagem original da questão racial dentro dos Estados Unidos, Corra! é, mormente, um filme de terror de excelência.”Gabriel Carvalho

.

4º Lugar: Dunkirk

“A evacuação de Dunquerque, em 1940, foi uma operação grandiosa. Mas sua grandeza maior é, sem dúvidas, a humana. Vida, esperança e destino, contidos na alma de cada um dos milhares de combatentes, foram os valores humanitários mais importantes que a Operação Dínamo resgatou naqueles dias. O espectador percebe que essa história contém algo maior. Um sentido maior que Christopher Nolan não foi capaz de imprimir em sua obra. Um filme de guerra cujo impacto se esgota rapidamente após cessarem tantos sons que nos dizem tão pouco.” – Marcelo Sobrinho

.

3º Lugar: Me Chame Pelo Seu Nome

“Evitando qualquer dramalhão, problematizações, sentimentos opressivos (como a maioria dos romances gays costumam ser) e encarando o belo como o agente da mudança, Me Chame Pelo Seu Nome é essa investigação suntuosa, vibrante e pontual sobre o amadurecimento através do não-questionamento sobre a sexualidade (o que garante que o filme abrace sua universalidade), mas da entrega ao desejo, do encantamento para além do que é superficial, e da permanência dos efeitos de uma nova descoberta. Há problemas de ritmo, mas Me Chame Pelo Seu Nome é belo para além do que se imagina.” – Rafael Oliveira

.

2º Lugar: A Forma da Água

“Outrora, A Forma da Água poderia ter sido um clássico da Velha Hollywood. Hoje, já é um clássico contemporâneo, que definitivamente não sairá da mente das pessoas, continuando a ser atemporalmente uma homenagem apaixonante ao cinema, aos monstros e ao amor, capaz de unir os diferentes da forma mais inacreditável possível.” – Gabriel Carvalho

.

1º Lugar: Trama Fantasma

“Fios de intenções invisíveis se cruzam para tecer uma trama fantasma de comportamentos amargos, demonstrações inesperadas de amor, cumplicidade, arte e felicidade. Daniel Day-Lewis se aposenta da carreira de ator em um clímax. E Paul Thomas Anderson parece ter construído mais uma camada de maturidade em sua carreira como cineasta.”Luiz Santiago

.

  • Pontuações: Trama Fantasma, Dunkirk e A Forma da Água foram os únicos filmes posicionados em primeiro lugar. Mesmo Três Anúncios Para um Crime sendo um dos favoritos para a estatueta, alguns dos nossos votantes o posicionaram em colocações baixas, mostrando uma distinção entre a opinião de cada um. O mesmo pode ser dito de Dunkirk. As listas, portanto, são bastante diferentes, com Trama Fantasma sendo o filme mais consistente de todos. Não é para menos que o filme ficou em primeiro lugar, apesar da nossa aposta geral apontar A Forma da Água como favorito.

 

Você Também pode curtir

42 comentários

Renan Lima 4 de março de 2018 - 11:58

Eu discordo totalmente de quem diz que esse ano está fraco, pelo contrário, é um ano bem interessante e bem imprevisível. Claro que 2017 teve outros filmes que mereciam indicações em melhor filme (Blade Runner, Projeto Flórida, Mother! A Ghost Story), mas sabemos também que a academia tem critérios comerciais e filmes com “cara de Oscar”, mas só de ver alguns filmes independentes com indicações é um indicativo de que nos próximos anos esses sejam os filmes com “cara de Oscar”.

Minha lista fica assim: (os únicos que eu não gostei e não assistiria de novo são os dois últimos)

1- Três anúncios para um crime
2- Corra!
3- A Forma da água
4- Trama Fantasma
5- Me chame pelo seu nome
6- Dunkirk
7- Lady Bird
8- The Post
9- O destino de uma nação

Responder
Renan Lima 4 de março de 2018 - 11:58

Eu discordo totalmente de quem diz que esse ano está fraco, pelo contrário, é um ano bem interessante e bem imprevisível. Claro que 2017 teve outros filmes que mereciam indicações em melhor filme (Blade Runner, Projeto Flórida, Mother! A Ghost Story), mas sabemos também que a academia tem critérios comerciais e filmes com “cara de Oscar”, mas só de ver alguns filmes independentes com indicações é um indicativo de que nos próximos anos esses sejam os filmes com “cara de Oscar”.

Minha lista fica assim: (os únicos que eu não gostei e não assistiria de novo são os dois últimos)

1- Três anúncios para um crime
2- Corra!
3- A Forma da água
4- Trama Fantasma
5- Me chame pelo seu nome
6- Dunkirk
7- Lady Bird
8- The Post
9- O destino de uma nação

Responder
Terry Malloy 3 de março de 2018 - 20:32

Melhor Animação, torço para “Com Amor, Van Gogh”, e tirando o Canção Original, se tudo que foi apontado acontecer aceito de boa.

Responder
Gabriel Carvalho 4 de março de 2018 - 14:50

@disqus_8d7xbo8J3h:disqus, acho Com Amor, Van Gogh um pouquinho problemático na narrativa, mas seria legal ver ganhar como Melhor Animação. Um trabalho sensacional de pintura. Ainda fico com Coco e The Breadwinner, meus favoritos…

Responder
Gabriel Carvalho 4 de março de 2018 - 14:50

@disqus_8d7xbo8J3h:disqus, acho Com Amor, Van Gogh um pouquinho problemático na narrativa, mas seria legal ver ganhar como Melhor Animação. Um trabalho sensacional de pintura. Ainda fico com Coco e The Breadwinner, meus favoritos…

Responder
Terry Malloy 3 de março de 2018 - 20:32

Melhor Animação, torço para “Com Amor, Van Gogh”, e tirando o Canção Original, se tudo que foi apontado acontecer aceito de boa.

Responder
Doutor Espectro 2 de março de 2018 - 22:50

Abandonei o Oscar de vez esse ano. Todo ano é mimimi por causa disso e daquilo e ataques ao Trump. Os artistas esquerdopatas que tomem no cu.

Responder
Gabriel Carvalho 4 de março de 2018 - 08:16

@denler_heinan:disqus, vai com Deus.

Responder
Doutor Espectro 4 de março de 2018 - 11:12

Eu sou ateu.

Responder
Gabriel Carvalho 4 de março de 2018 - 14:49

Jesus, o Michael Bloomberg é o 007. Parece que você já está nas mãos certas mesmo; as suas próprias.

Responder
Gabriel Carvalho 4 de março de 2018 - 14:49

Jesus, o Michael Bloomberg é o 007. Parece que você já está nas mãos certas mesmo; as suas próprias.

Responder
Doutor Espectro 2 de março de 2018 - 22:50

Abandonei o Oscar de vez esse ano. Todo ano é mimimi por causa disso e daquilo e ataques ao Trump. Os artistas esquerdopatas que tomem no cu.

Responder
Gabriel 2 de março de 2018 - 21:38

Minha lista:

1- Três anúncios para um crime
2- Me chame pelo seu nome
3- A Forma D’Água
4- Lady Bird
5- Dunkirk
6- O Destino De Uma Nação
7- Corra!
8- The Post
9- Trama Fantasma (ainda não assisti, então o posiciono aqui, por enquanto)

Abs

Responder
Gabriel Carvalho 4 de março de 2018 - 14:50

@disqus_Kl3XkcNRYW:disqus, corre para assistir Trama Fantasma. Filmaço!

Responder
Raffiinha 2 de março de 2018 - 20:40

Categoria de melhor filme esse ano ta uma coisa bem triste. Não vi “Lady Bird” nem “O Destino de Uma Nação”, mas em todos os outros eu senti como se faltasse alguma coisa.

Fiquei particularmente decepcionado com “A Forma da Água” e “Dunkirk” que são de diretores os quais eu havia gostado de todos os filmes até agora (tá, “A Colina Escarlate do del Toro eu detestei tbm). Não torcerei por nenhum dos indicados. A minha torcida ficará para que nenhum desses dois leves, isso sim. #rage

Nem animação eu gostei muito. Verei “Loving Vincent” amanhã e mesmo se não curtir, torcerei por ele. Puta trampo realizar esse filme. Merece demais. “Coco” é fraco, infelizmente. “Festa no Céu”, de 2014, tem uma temática parecidíssima e é infinitamente mais divertido, mas foi esnobado. “Coco” só ta concorrendo por ser da Pixar mesmo.

Responder
Gabriel Carvalho 2 de março de 2018 - 21:49

Coco é uma animação formulaica, é claro, mas atende todas as demandas de um filme da Pixar, tendo um apelo emocional extremamente operante e uma alma cinematográfica inerente ao carinho e responsabilidade dos realizadores em produzir uma obra tão significativa quanto essa, tanto em termos culturais quanto em termos sentimentais. Está longe de ser fraco. Festa no Céu não se compara.

Responder
Gabriel Carvalho 2 de março de 2018 - 21:49

Coco é uma animação formulaica, é claro, mas atende todas as demandas de um filme da Pixar, tendo um apelo emocional extremamente operante e uma alma cinematográfica inerente ao carinho e responsabilidade dos realizadores em produzir uma obra tão significativa quanto essa, tanto em termos culturais quanto em termos sentimentais. Está longe de ser fraco. Festa no Céu não se compara.

Responder
Raffiinha 3 de março de 2018 - 13:34

Discordo completamente. Coco é o filme da Pixar mais fraco nos últimos anos. É previsível a ponto do plot twist nem poder ser considerado um. E a parte que deveria ser emocionante deixa muito a desejar. Eu já havia achado meio “meh”, então, qdo uma pessoa que conheço, e que chorou até com A Mulher de Preto, passou incólume ao filme, eu tive certeza de não ser coisa só da minha cabeça.
Festa no céu não tem uma modelagem de personagens tão boa quanto, até pq já tem quase 4 anos, mas é igualmente colorido, mais aventureiro, mais divertido, mais emocionante e com protagonistas melhores.
Fora que joga por terra o “conceito original” de Coco como já vi algumas pessoas falando internet a fora

Responder
Gabriel Carvalho 4 de março de 2018 - 01:08

Eu não passei incólume ao filme, experiência própria. Conheço outras pessoas que também não. Ou seja, também não é algo da minha cabeça…

Responder
Junior Thefighter 3 de março de 2018 - 19:12

Camarada…Respeito sua opinião…mas discordo totalmente. A qualidade, respeito pela diversidade e uma verdadeira homenagem à vida, poderiam fazer com que “VIVA” concorresse na categoria de Melhor Filme do Ano facilmente, como aconteceu anos atrás com o desenho ” A Bela e a Fera “.

Responder
Gabriel 2 de março de 2018 - 21:38

Minha lista:

1- Três anúncios para um crime
2- Me chame pelo seu nome
3- A Forma D’Água
4- Lady Bird
5- Dunkirk
6- O Destino De Uma Nação
7- Corra!
8- The Post
9- Trama Fantasma (ainda não assisti, então o posiciono aqui, por enquanto)

Abs

Responder
Rublev 2 de março de 2018 - 19:50

E essa fotinha final de Projeto Florida? Seria o verdadeiro primeiro lugar?

Ainda me falta ver Trama, mas gostei da lista apesar de colocar Lady Bird um pouco mais acima e A Forma da Água um pouco mais abaixo. Particularmente gostei de todos os indicados, menos de Um Destino de Uma Nação.

Achei na média melhor em comparação com a do ano passado.

Responder
Gabriel Carvalho 3 de março de 2018 - 05:45

No meu coração seria o segundo colocado fácil. Mas, mesmo não sendo a minha preferência, definitivamente merecia o prêmio.

Responder
Gabriel Carvalho 3 de março de 2018 - 05:45

No meu coração seria o segundo colocado fácil. Mas, mesmo não sendo a minha preferência, definitivamente merecia o prêmio.

Responder
Pé De Pano 2 de março de 2018 - 17:31

Na torcida por A Forma da Água. Trama Fantasma é o mais meia boca, de longe. Na verdade, acho que esse é um dos anos mais fracos no que tange Melhor Filme. Tem bons candidatos, mas nada que fique na memória por mais de algumas horas após o término. Sdds Retorno do Rei. Salve pra galera do Plano Crítico! Esses sim, sempre excelentes hehehe

Responder
Gabriel Carvalho 4 de março de 2018 - 08:17

@disqus_1HhJWZViMb:disqus, oxi, Trama Fantasma é tão bom! Acho o contrário. Esse é um dos anos mais fortes no que tange Melhor Filme para mim. Estou com todos eles na memória, até mesmo Dunkirk.

Mas valeu pelo salve! Você que é excelente!

Responder
MC Brinquedo 2 de março de 2018 - 17:31

Na torcida por A Forma da Água. Trama Fantasma é o mais meia boca, de longe. Na verdade, acho que esse é um dos anos mais fracos no que tange Melhor Filme. Tem bons candidatos, mas nada que fique na memória por mais de algumas horas após o término. Sdds Retorno do Rei. Salve pra galera do Plano Crítico! Esses sim, sempre excelentes hehehe

Responder
Henrique Souza Camargos 2 de março de 2018 - 14:16

Dos estrangeiros só não assistir “O insulto”, fico entre “Sem amor” e “Mulher fantástica”. Se qualquer um ganhar desses, vai ser merecido.

Responder
Henrique Souza Camargos 2 de março de 2018 - 14:14

A lista de vocês é completamente diferente da minha, eis meus favoritos:
1- Três anúncios para um crime
2- Me chame pelo seu nome
3- Trama Fantasma
4- Corra!
5- Lady Bird
6- A forma da água
7- Destino de uma nação
8- The post
9- Dunkirk (fantástico nas partes técnicas, mas achei sem “alma”, não me importei com o destino da maioria dos personagens)

Responder
Gabriel Carvalho 4 de março de 2018 - 08:18

@henriquesouzacamargos:disqus, também achei Dunkirk sem alma.

Responder
Ricardo Gelatti 2 de março de 2018 - 13:54

Meu ranking até o momento:

Corra
Mudbound
Dunkirk
The post
Artista do desastre
Três anúncios
Forma da água
Destino de uma nação
Call me
Projeto Flórida
Lady bird
Roman J. Israel

Ainda pretendo ver I, Tonya e Trama Fantasma(ainda mais agora que ficou em primeiro na lista de vcs).

Pra mim Mudbound é o grande injustiçado dentre os que foram indicados em alguma categoria, merecia estar na lista de melhores filmes.

Responder
Gabriel Carvalho 2 de março de 2018 - 21:47

Por que Projeto Flórida nessa posição?

Responder
Ricardo Gelatti 4 de março de 2018 - 23:59

Gostei bem mais do filme na primeira vez que assisti.

Responder
Henrique Souza Camargos 2 de março de 2018 - 14:14

A lista de vocês é completamente diferente da minha, eis meus favoritos:
1- Três anúncios para um crime
2- Me chame pelo seu nome
3- Trama Fantasma
4- Corra!
5- Lady Bird
6- A forma da água
7- Destino de uma nação
8- The post
9- Dunkirk (fantástico nas partes técnicas, mas achei sem “alma”, não me importei com o destino da maioria dos personagens)

Responder
cristian 2 de março de 2018 - 12:36

Tendo assistido todos os filmes menos Trama Fantasma na verdade achei bem morna a seleção, o que na verdade se repete quase todos os anos com grandes filmes nem sendo indicados e outros apenas por força da indústria. Acho também que 9 filmes é extremamente exagerado sendo que acabam entrado filmes totalmente sem sentido, como O Destino de uma Nação e Lady Bird enfraquecendo a lista principal. Entendam que na minha perspectiva apenas filmes diferenciados deveriam estar na lista e não filmes bacanas ou bunitinhos, esses existem aos montes todos os anos. Até lamento que Dunkirk tenha estreado muito fora das premiações, apesar de não acha-lo excepcional comparando com os outros se tornou muito maior, dando chance para apostas calcadas em indicações de estúdio, filmes que saem da ultima hora, com pressão sobre a critica vinda dos estúdios e “cara de Oscar” geralmente emulando algum ganhador passado… mais que com o passar dos anos ao rever os ganhadores pensaremos ” Que filme é esse mesmo?”.

Responder
Marcelo Sobrinho 3 de março de 2018 - 01:22

Sejamos sinceros: a pergunta “que filme é esse mesmo?” já não está acontecendo há algum tempo no Oscar? Compare os vencedores de Melhor Filme desta década de 2010 com os da década de 80 ou 90…

Responder
Marcelo Sobrinho 3 de março de 2018 - 01:22

Sejamos sinceros: a pergunta “que filme é esse mesmo?” já não está acontecendo há algum tempo no Oscar? Compare os vencedores de Melhor Filme desta década de 2010 com os da década de 80 ou 90…

Responder
Gabriel Carvalho 4 de março de 2018 - 08:27

@disqus_3giNDWryIu:disqus, O Destino de Uma Nação é o único que estou sentindo que a galera vai esquecer. O resto, acho que continua forte, cada um em seu próprio nicho. Paul Thomas Anderson, Steven Spielberg e Guillermo del Toro são diretores com nome. Corra! é um clássico moderno já, goste ou não. Três Anúncios tem uma aura de irmãos Coen que as pessoas amam, e é o favorito de muita gente que viu o filme. Lady Bird é assinado por Greta Gerwig, filme independente na veia, que dificilmente sairá da cabeça de uma cinefilia jovem. Me Chame Pelo Seu Nome? Acho que consegue se sustentar com o tempo, mesmo que diferentemente dos demais. Gostei da seleção. Teve anos horrorosos nos últimos tempos mesmo, mas desde que a lista aumentou para 10 as coisas melhoraram um pouco. Tem mais espaço para coisa diferente.

Responder
cristian 5 de março de 2018 - 10:31

Corra! marcou o cinema esse ano com certeza, acho até que será mais lembrado e revisado que todos os outros.

Responder
cristian 5 de março de 2018 - 10:31

Corra! marcou o cinema esse ano com certeza, acho até que será mais lembrado e revisado que todos os outros.

Responder
Pietro Skarsgård 2 de março de 2018 - 11:26

Sobre Canção Original: estou torcendo muito pra Mystery of Love de Call Me By Your Name. Eu simplesmente AMEI a música. Espero que ganhem tbm o de Melhor Roteiro Adaptado, esse filme merece muito, é maravilhoso em cada momento <3

Responder
Gabriel Carvalho 2 de março de 2018 - 21:47

Roteiro Adaptado já levou!

Responder

Escreva um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumimos que esteja de acordo com a prática, mas você poderá eleger não permitir esse uso. Aceito Leia Mais