Lista | Top 20 – Os Filmes (Originais) de 2019 que Ansiosamente Aguardamos

Falta pouco para 2019 e já estamos de olho nos filmes que virão nesse próximo ano! Já fizemos a lista dos filmes (continuações e afins) que mais aguardamos e, agora, é a vez das produções originais, com gostinho de ineditismo no cinema, que mais queremos ver ao longo do ano que vem!

Mas temos regras, que são exatamente opostas às da outra lista, com apenas uma constante: só entram filmes a serem lançados no Brasil em circuito comercial de cinema em 2018, mesmo que já tenham sido lançados lá fora em 2017. Dito isto, nada de filmes que não sejam originais aqui. Não cabem continuações, prelúdios, derivados, adaptação de filme live-action em animação ou vice-versa e filmes – mesmo que os primeiros – que compartilhem universos (como os da DC e da Marvel). Mas cabem adaptações de livros que ainda não ganharam adaptações, tudo que priorize o resgate de algo que o cinema ainda não viu, histórias que não foram contadas ou universos que não foram trabalhados.

As datas de lançamento no Brasil são previsões de acordo com consulta no Filme B, na maioria consideravelmente certas, porém, ainda assim passíveis de alterações no decorrer do ano. No mais, fiquem com a lista, montada majoritariamente por mim, Gabriel Carvalho, mas com contribuições no texto de Ritter Fan e algumas indicações por Luiz Santiago!

20. Artemis Fowl – O Mundo Secreto
(Kenneth Branagh)

  • Data de Lançamento: 8 de agosto de 2019.

O cineasta Kenneth Branagh não é ruim, muito pelo contrário, mas capenga, ora ou outra, para comandar um filme verdadeiramente bom. O artista assumiu a adaptação de mais uma franquia de livros que já arrematou o sucesso na sua mídia original, contudo, Artemis Fowl, que envolve crianças, mundo mágico, fadas e elfos, também precisa dos milhões do cinema para se sentir satisfeita verdadeiramente. Um novo clássico pode sair disso daí – ou mais um desastre.

19. Eduardo e Mônica
(René Sampaio)

  • Data de Lançamento: 10 de outubro de 2019.

Quem um dia irá dizer que não existe filme inspirado na icônica canção do Legião Urbana, Eduardo e Mônica? Agora vai existir. Faroeste Caboclo já ganhou a sua própria adaptação cinematográfica – com qualidade questionável -, mas, dessa vez, chegou a vez da composição de Renato Russo, lançada no álbum Dois, ter o seu romance estendido de quatro minutos para duas horas ou algo. Alice Braga e Gabriel Leone estarão estrelando.

18. Ford v Ferrari
(James Mangold)

  • Data de Lançamento: 28 de junho de 2019 (EUA).

Les Mans é um dos mais fascinantes circuitos de corrida do mundo e a predominância da Ferrari era coisa de lenda. Mas, um belo dia, Henry Ford II e Lee Iacocca resolveram arregaçar as mangas para ver o que dava para fazer sobre isso. Essa é a história que será contada nesse filme dirigido por James Mangold, depois de seu aclamado Logan. No elenco, só gente boa como Christian Bale – que será citado novamente por aqui – e Matt Damon. Para qualquer entusiasta automobilístico, isso vai ser mais que irresistível!

17. Vice
(Adam McKay)

  • Data de Lançamento: 31 de janeiro de 2019.

Um ator com maquiagem irreconhecível? Gary Oldman ganhou o Oscar “dessa maneira”, será o caso de Christian Bale também, interpretando Dick Cheney, o vice-presidente mais poderoso da história dos Estados Unidos. Amy Adams também está no elenco e ameaça uma indicação ao Oscar. Já Vice, em si, parece não estar interessado em muito prestígio, porque a crítica internacional não o está recebendo com muito fervor, no entanto, as interpretações garantem a nossa empolgação para vermos essa obra ganhar vida. O retorno do diretor de comédia Adam McKay, responsável por projeto como O Âncora – A Lenda de Ron Burgundy, ao cinema de “maior gabarito”, após o sucesso com A Grande Aposta.

16. Alita – Anjo de Combate
(Alita – Battle Angel, Robert Rodriguez)

  • Data de Lançamento: 14 de fevereiro de 2019.

James Cameron, a galinha de ovos de ouro de Hollywood, está produzindo Alita – Anjo de Combate, baseado no mangá conhecido pelo mesmo nome. Já quem dirige a obra, que está demorando para ser lançada, mas já teve prévias liberadas, ostentando um visual magnífico, é Robert Rodriguez, responsável por muitas obras icônicas, como As Aventuras de Sharkboy e Lavagirl, Pequenos Espiões e, é claro, Um Drink no Inferno. Vai ser uma bomba na bilheteria? Muito provavelmente.

15. 1917
(Sam Mendes)

  • Data de Lançamento: dezembro de 2019 (EUA).

A 1ª Guerra Mundial foi um dos maiores conflitos da história, mas é muito raro, hoje em dia, encontrarmos filmes que a abordem. Essa, por si só, é razão suficiente para ficarmos antenados ao lançamento de 1917, mesmo que nada ou quase nada seja conhecido sobre a trama. A outra razão é Sam Mendes na direção, mesmo diretor responsável por Beleza Americana, em seu projeto seguinte a 007 Contra Spectre.

14. Rocketman
(Dexter Fletcher)

  • Data de Lançamento: 30 de maio de 2019.

Taron Egerton é a estrela da franquia Kingsman, sendo que, em O Círculo Dourado, o ator contracenou com Sir Elton John, personagem que, nesse longa-metragem, possuiu uma participação surpreendentemente grande, extremamente engraçada também, renovando sua imagem a um novo público de cinema. Agora, Egerton interpretará o músico em sua cinebiografia. Não deve ter sido mera coincidência. O Bohemian Rhapsody de um novo ano.

13. Turma da Mônica – Laços
(Daniel Rezende)

  • Data de Lançamento: 27 de junho de 2019.

Um dos quadrinhos brasileiros mais celebrados, Laços, sobre a Turma da Mônica, está sendo adaptado e eu não sei se o filme será realmente bom, o que é uma pena, porque tudo que captei do material liberado até agora é como se a obra fosse um filme televisivo de uma série televisiva – uma espécie de Detetives do Prédio Azul – da Turma da Mônica, que nunca existiu porém. A certeza de que um projeto funcionará não é algo costumeiro, mas, devo ser honesto, Laços me dá maus pressentimentos. Mesmo assim, torço muito pelo filme e espero que ele brinde com coração um dos símbolos culturais mais importantes do país em relação a crianças, a eterna Turma da Mônica.

12. Assunto de Família
(Manbiki kazoku, Hirokazu Koreeda)

  • Data de Lançamento: 10 de janeiro de 2019.

O ganhador da Palma de Ouro em Cannes, Assunto de Família já aparecerá no Brasil, sem grandes delongas, na primeira semana de janeiro, sendo um candidato muito forte ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, como representante japonês. Como fora exibido no Festival do Rio passado, nosso querido editor-chefe Ritter Fan já teceu alguns comentários acerca da sua experiência. Uma pena que eu não tenha conseguido assistir durante o evento.

11. Green Book – O Guia
(Green Book, Peter Farrelly)

  • Data de Lançamento: 24 de janeiro de 2019.

Green Book – O Guia, mesmo que seja dirigido pelo extremamente irregular Peter Farrelly, também está cotado ao Oscar, principalmente em relação aos seus atores principais, Viggo Mortensen, indicado ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por sua interpretação em Capitão Fantástico, e Mahershala Ali, vencedor do Oscar de Melhor Ator Coadjuvante. Os seus respectivos personagem parecem viver uma relação de amizade conturbada, imensamente desafiada pelas barreiras sociais que existem entre um e outro. A recepção ao longa-metragem, entretanto, está positiva até o momento.

10. Under the Silver Lake
(David Robert Mitchell)

  • Data de Lançamento: 2 de maio de 2019.

Como uma partida de Grand Theft Auto V, misturado um pouco com a referência à cultura popular e o clima detetivesco do clássico L.A Noire, igualmente regada a muitas drogas e nonsense, em busca de easter eggs pelo mapa de Los Angeles, através das mentiras de gerações de astros da indústria de cinema e da mentira, ao mesmo tempo que toda a cultura de massa é desmitificada e transformada em um completo nada. Os artistas são maiores que nós, o público nunca irá importar verdadeiramente. Uma das grandes atuações da carreira de Andrew Garfield, pelo visto, dizem colegas próximos a mim, que me indicaram fervorosamente Under the Silver Lake. À espera de que a obra, com problemas em seu lançamento, consiga ganhar uma distribuição por aqui, em terras tupiniquins.

9. Pokémon: Detetive Pikachu
(Rob Letterman)

  • Data de Lançamento: 10 de maio de 2019.

Uma obra que, provavelmente, conseguirá sustentar o agrado de fãs, como eu, apenas pela conquista técnica, dada uma esperada capacidade do projeto em transformar seres exóticos, como os monstrinhos de bolso em questão, em criaturas críveis, sem se desbancar, nesse caminho, para um realismo sóbrio e mórbido, como produções de fãs buscaram evidenciar nos anos em que um live-action de Pokémon era apenas um sonho distante. Um charme adocicado que é muito gostoso de acompanhar, apenas pela prévia que exibiram, substituiu a estética burtoniana que sempre imaginei ser o único caminho possível para uma adaptação cinematográfica. Mesmo que não seja bom, espero que consiga arrecadar muito dinheiro, para que o futuro da franquia seja uma possibilidade.

8. Se a Rua Beale Falasse
(If Beale Street Could Talk, Barry Jenkins)

  • Data da Lançamento: 24 de janeiro de 2019.

Já assisti a Se a Rua Beale Falasse no Festival do Rio e certamente contribui, um pouquinho de nada pelo menos, para a empolgação dos meus colegas de equipe, que querem, imediatamente, experienciarem essa produção que já considero, particularmente, magnífica, quiçá a melhor de uma carreira ainda breve, no entanto, premiadíssima. Regina King, uma das componentes do elenco do longa-metragem, aliás, está flertando com o Oscar, de acordo com os resultados de premiações menores que já estão acontecendo – não será surpresa nenhuma a vitória. A obra comandada pelo já aclamado Barry Jenkins, o mesmo diretor de Moonlight – Sob a Luz do Luar, vencedor do Oscar acontecido em 2017, acerca dos lançamentos do ano anterior.

7. Homem-Aranha no Aranhaverso
(Spider-Man: Into the Spider-Verse)

  • Data de Lançamento: 10 de janeiro de 2019.

Já assisti a Homem-Aranha no Aranhaverso também e, diante da minhas impressões e interpretações acerca da obra, a animação é uma das melhores empreitadas ao sub-gênero de super-herói já feitas, certamente a melhor do ano de 2018 – o lançamento no Brasil só acontecerá em 2019, por isso a presença nessa lista. A menção, enfim, é mais um convite para que fiquem atentos ao nosso texto, que sairá às vésperas do lançamento comercial brasileiro, do que um convite a assistirem esse longa-metragem, porque nem preciso comentar que ela é basicamente obrigatória e merece mais aplausos do que muitas coisas desinspiradas distribuídas ao longo dos anos.

6. A Favorita
(The Favourite, Yorgos Lanthimos)

plano critico a favorita 2018 mostra sp 42 mostra sp

  • Data de Lançamento: 24 de janeiro de 2019.

O grego Yorgos Lanthimos está com o queijo e a faca nas mãos. Conquistou o sucesso da crítica e ótima repercussão entre o público – não necessariamente na bilheteria – com O Lagosta, continuou a sua caminhada cinematográfica com O Sacrifício do Cervo Sagrado e, agora, chega ao que parece ser o seu auge. Há quem desgoste do cineasta, mas a curiosidade permanece firme e forte, em definitivo como um dos lançamentos mais aguardados do ano que vem, seja para amar novamente ou seja para odiar novamente.

5.  Ad Astra
(James Gray)

  • Data de Lançamento: 25 de maio de 2019.

James Gray está partindo do muito bem recebido A Cidade Perdida de Z para o épico de ficção científica do ano – excluindo Star Wars, obviamente. O segundo papel relevante de Brad Pitt em 2019, atrás de outro que será mencionado novamente nessa lista daqui a pouco.

4. First Reformed
(Paul Schrader)

  • Data de Lançamento: Sem data confirmada.

Paul Schrader merecia mais reconhecimento pela sua carreira no cinema. First Reformed, seu último trabalho, parece ser o canto de cisne que o cineasta precisava, mas a inexistência de uma data de lançamento do filme no Brasil é absurda. Como Ethan Hawke está sombreando uma indicação ao Oscar de Melhor Ator, as chances da obra ser distribuída aumentam, mas será suficiente?

3. A Mula
(The Mule, Clint Eastwood)

  • Data de Lançamento: 14 de fevereiro de 2018.

Clint Eastwood está beirando os seus noventa anos e mesmo assim continua dirigindo e atuando no cinema, agora retornando nesse segundo escopo de sua carreira, depois de um hiato de seis anos sem interpretar, apenas comandando por detrás das câmeras. O cara merece o prestígio desse nosso terceiro lugar.

2. Nós
(Us, Jordan Peele)

  • Data de Lançamento: 21 de março de 2019.

Corra! demorou consideravelmente para ser lançado aqui no Brasil, enquanto Nós, protagonizado por Lupita Nyong’o, vai chegar rapidinho para nós, um pouco depois da sua distribuição doméstica nos Estados Unidos. Jordan Peele está colhendo os frutos de um trabalho impecável no comando de Corra!, sucesso que o engrandeceu com o Oscar de Melhor Roteiro Original.

1. Era Uma Vez em Hollywood
(Once Upon a Time in Hollywood, Quentin Tarantino)

  • Data de Lançamento: 8 de agosto de 2019.

Quentin Tarantino é um malandro, porque justamente no aniversário de 50 anos da morte de Sharon Tate – interpretada por Margot Robbie aqui – e outros associados à jovem artista, assassinados brutalmente pela Família Manson, o cineasta irá lançar sua versão cinematográfica daquele caso, especialmente o contexto e a atmosfera referente. Brad Pitt e Leonardo DiCaprio estrelam. Como não estar empolgado para Quentin Tarantino, depois de tantas ocasiões em que o diretor nos agraciou com os seus projetos?

Hors Concors

The Irishman
(Martin Scorsese)

  • Data de Lançamento: Sem data confirmada.

A Netflix é uma das grandes forças no cinema atualmente, sem sombras de dúvidas. Se a esperada vitória de Roma, filme dirigido por Alfonso Cuarón, na categoria principal do Oscar, no ano que vem, não confirmar isso, o fato de que o próximo lançamento de Martin Scorsese, uma das grandes lendas vivas da indústria cinematográfica norte-americana, será distribuído pelo serviço de streaming certamente nos assegura de quem possui as cartas nas mãos e de quem não possui. Com um elenco inspirado, trazendo nomes icônicos do cinema de Scorsese, como Robert De Niro e Joe Pesci, a máfia será um tema recorrente retomado mais uma vez pelo enorme cineasta.

#########

Muita coisa original a gente acabará descobrindo no ano, inclusive os longas não-americanos, que são mais complicados de termos noção da data da lançamento no Brasil. Os festivais e mostras, paralelamente, existem para nos ajudar a conhecer coisas novas. Também temos muito mais coisa cotada para o Oscar 2019 que não consta na lista.

E vocês, quais filme originais de 2019 que mais esperam?

GABRIEL CARVALHO . . . Sem saber se essa é a vida real ou é uma fantasia, desafiei as leis da gravidade, movido por uma pequena loucura chamada amor. Os anos de carinho e lealdade nada foram além de fingimento. Já paguei as minhas contas e entre guerras de mundos e invasões de Marte, decidi que quero tudo. Agora está um lindo dia e eu tive um sonho. Um sonho de uma doce ilusão. Nunca soube o que era bom ou o que era ruim, mas eu conhecia a vida já antes de sair da enfermaria. É estranho, mas é verdade. Eu me libertei das mentiras e tenho de aproveitar qualquer coisa que esse mundo possa me dar. Apesar de ter estado sobre pressão em momentos de grande desgraça, o resto da minha vida tem sido um show. E o show deve continuar.