Home Colunas Lista | Zack Snyder – Os Filmes Ranqueados

Lista | Zack Snyder – Os Filmes Ranqueados

por Ritter Fan
5719 views (a partir de agosto de 2020)

Com o lançamento, em um intervalo de mais ou menos dois meses, dos aguardados Liga da Justiça de Zack Snyder e Army of the Dead: Invasão em Las Vegas, resolvemos arregaçar as mangas e ranquear a filmografia do diretor levando em consideração cada uma das versões de seus filmes como um filme independente. No entanto, só os seguintes três de nossos redatores puderam participar do ranking por terem assistido todas as referidas versões, em um total de 15 filmes: Ritter Fan, Iann Jeliel e Kevin Rick.

As regras são simples:

  1. Só os longas-metragens dirigidos por Zack Snyder entraram;
  2. Consideramos Liga da Justiça, iniciado por ele e alterado e terminado por Joss Whedon, como um filme de Zack Snyder para fins desta lista, até porque é o nome dele que aparece nos créditos de direção;
  3. Cada votante mandou a filmografia ranqueada e cada filme ganhou a quantidade de pontos inversamente proporcional à sua colocação, ou seja, o 1º lugar levou 15 pontos e o 15º lugar 1 um ponto. Com a soma simples dos pontos, chegou-se à tabulação final;
  4. No caso de empate (que aconteceu duas vezes), o critério de desempate foi a pontuação mais alta individual que aquele filme teve, ou seja, se um filme teve um 1º lugar e o outro um 2º lugar como colocação mais alta, então o que teve um 1º lugar individual ficou na frente.

E algumas outras considerações da categoria óbvio ululante:

  1. Os brevíssimos comentários abaixo foram criados especialmente para o presente ranking. Eles não são as críticas;
  2. As críticas podem ser acessadas clicando no título de cada filme. Claro que, por terem sido feitas por redatores diferentes e pelo ranking abaixo ser resultado do somatório dos rankings individuais de três redatores, não há correspondência necessária entre as avaliações de cada obra e as colocações abaixo;
  3.  Listas são listas e elas existem para fomentar discussões. Se você tiver mais do que oito anos e não concordar com determinada colocação, não adianta espernear, fazer biquinho e se jogar no chão. Faça seu próprio ranking (é divertido!) e mande para cá ou comente o que mudaria no nosso, tentando ser civilizado no processo, pois comentários não civilizados estarão sujeitos a respostas tão incivilizadas quanto, pois não temos paciência para pitis;
  4. Você pode achar que é, mas a verdade é que o Zack Snyder não é o melhor diretor do mundo. E isso não é opinião, é fato;
  5. Divirtam-se lendo!

Vamos lá?

15º Lugar:
Army of the Dead: Invasão em Las Vegas
(4 pontos)

Não teve jeito. Com dois últimos lugares e um penúltimo lugar, o mais recente longa de Zack Snyder ficou de longe em último lugar, com metade da quantidade de pontos do 14º lugar. Esse é o resultado de uma obra inchada, perdida e autoindulgente que mesmo em seus melhores momentos – que são poucos – não passa de uma egotrip de um diretor que um dia demonstrou ter grande potencial em seu ofício.

Army of the Dead: Invasão em Las Vegas

14º Lugar:
Sucker Punch: Mundo Surreal
(8 pontos)

Normalmente considerado o pior filme de Snyder, Sucker Punch garantiu o até honroso penúltimo lugar quando sua competição passou a ser o retorno do diretor aos filmes de zumbi, mas, desta vez, sem nenhuma das qualidades de Madrugada dos Mortos. Ao menos, esse, em comparação a Army of the Dead, passava mais leveza na confusão da proposta de entretenimento.

13º Lugar:
Liga da Justiça
(8 pontos)

Muita gente pode reclamar que esse filme não é do Snyder e não deveria estar na lista. Mas, no mínimo dos mínimos, parte da visão do diretor está intacta nele e sua correção de mais de 4 horas não exatamente corrigiu todos os problemas se realmente pararmos para pensar e encararmos o #SnyderCut sem deixar o lado fã tomar de assalto a razão. Portanto, sim, Liga da Justiça está aqui e conseguiu o feito de ficar à frente, por critério de desempate, de Sucker Punch.

Liga da Justiça

12º Lugar:
Liga da Justiça de Zack Snyder: Justiça é Cinza
(10 pontos)

Não falamos que todas as versões dos filmes de Snyder estariam aqui na lista e que seriam consideradas individualmente? Pois bem, o completamente desnecessário Justiça é Cinza, versão em preto e branco de Liga da Justiça de Zack Snyder não fez muito sucesso entre os três votantes não e acabou aqui na parte mais “baixa” da lista.

11º Lugar:
Liga da Justiça de Zack Snyder
(16 pontos)

Com uma pontuação muito melhor do que todos os anteriores, o tão falado e desejado Liga da Justiça de Zack Snyder aparece aqui, em 11º lugar, mostrando que, para os votantes, apesar de muitos problemas de Liga da Justiça terem sido consertados, outros tantos foram introduzidos, em uma obra refeita com inegável carinho, mas também com doses cavalares de ego do diretor em seu afã de “provar” que sua visão para o Universo Cinematográfico DC é a melhor.

10º Lugar:
Batman vs Superman: A Origem da Justiça – Edição Definitiva
(20 pontos)

BvS é, depois de Liga da Justiça, o filme mais divisivo de Zack Snyder e muita gente considera a Edição Definitiva, com algo como meia hora a mais de duração, melhor que a original. Não foi o caso para os votantes aqui, com apenas um colocando-a imediatamente à frente da versão do cinema, outro colocando-a imediatamente atrás e, finalmente, o terceiro, colocando-a três posições atrás do original. A questão parece ter sido o quanto mais 30 minutos de filme realmente compensa uma obra boa, mas fundamentalmente falha?

9º Lugar:
Batman vs Superman: A Origem da Justiça
(23 pontos)

E, então, vem a versão original de BvS logo em seguida, ainda na metade inferior da filmografia de Snyder, por ser um filme que, longe de ser culpa exclusiva do cineasta, apressa a criação de um Universo Cinematográfico DC em uma época em que a Warner precisava mostrar resultados mais significativos com as propriedades da DC Comics em razão da avalanche de sucessos do Universo Cinematográfico Marvel e outras considerações empresariais que podem ser conferidas aqui. O resultado, portanto, foi uma bagunça, embora ainda tenha méritos pela coragem de alguns setores.

8º Lugar:
A Lenda dos Guardiões
(24 pontos)

O filme mais “diferente” de Zack Snyder – por ser uma animação e, ainda por cima, sobre corujas guerreiras – marca mais ou menos a linha mediana da presente lista, com apenas um votante considerando o filme um dos quatro melhores do diretor, outro um dos cinco piores e, finalmente, o terceiro, colocando-o exatamente no meio. É, sem dúvida alguma, uma obra bonita visualmente, mas que é corrida, o que faz com que seus personagens não ganhem qualquer sombra de desenvolvimento.

7º Lugar:
Watchmen – Ultimate Cut
(27 pontos)

E finalmente chegamos na “metade superior” da lista, com a competição ficando mais intensa. Watchmen foi um projeto ambicioso da Warner com base em material original complexo e muito querido dos leitores que, mesmo não tendo o retorno financeiro esperado na bilheteria, ganhou investimento o suficiente para tornar possível o lançamento de não uma, mas duas versões alternativas. O Ultimate Cut, a terceira versão do longa, integra à Versão do Diretor algumas sequências de transição e a animação Contos do Cargueiro Negro, que acaba representando aquele “pingo d’água” que faz o copo transbordar.

6º Lugar:
O Homem de Aço
(30 pontos)

O Homem de Aço marca o começo da visão de Zack Snyder para o Universo Cinematográfico DC e o retorno do Superman às telonas em décadas. Usando suas marcas registradas, fotografia mais sombria, câmera lenta e uma pegada ambiciosa, o diretor deu uma completamente nova e excelente roupagem aos momentos que antecedem a chegada de Kal-El à Terra e, mesmo tropeçando algumas várias vezes, estabelece um ótimo recomeço para o Azulão que, infelizmente, ele mesmo “mata” (literal e metaforicamente) logo no filme seguinte.

5º Lugar:
300
(33 pontos)

Primeira adaptação de quadrinhos de Zack Snyder e o segundo longa em sua carreira, lançado dois anos depois de Madrugada dos Mortos, 300 é inegavelmente estilo sobre substância, mas também é uma das obras mais representativas de seu estilo autoral-blockbusteriano que diferenciava o cineasta nesse começo. Aqui, o caráter videoclipesco encorpa a obra como um todo e faz sentido, diferente de outros filmes que são essencialmente uma sequência de videoclipes. Com um dos votantes colocando-o como o 3º melhor dele e os outros dois como o 6º melhor, o longa acabou em um bem honroso 5º lugar geral.

4º Lugar:
Watchmen – Versão do Diretor
(38 pontos)

A segunda versão de Watchmen, que acrescenta bons 24 minutos de duração ao já longo filme original, figurou em 1º lugar na lista de um dos votantes, 2º na de outro e 6º no do terceiro, garantindo sua presença na tropa de elite da lista de Zack Snyder, perdendo apenas por critério de desempate para o próximo filme.

3º Lugar:
Madrugada dos Mortos
(38 pontos)

Primeiro longa do diretor, Madrugada dos Mortos, remake do clássico filme homônimo (em inglês) de George A. Romero, marcou o começo mais do que positivo da carreira de Zack Snyder nos cinemas, revelando todo o potencial de um diretor autoral com excelente controle de sua arte, antes de ele começar sua egotrip. Em poucas palavras, trata-se de um daqueles poucos remakes que verdadeiramente justificam sua existência e que se tornam clássicos de sua própria maneira.

2º Lugar:
Madrugada dos Mortos – Versão do Diretor
(39 pontos)

Provando que dá para melhorar o que já é muito bom com “versões do diretor”, eis que Madrugada dos Mortos ganha mais 9 ou 10 minutos eficientes, que conseguem desenvolver melhor algumas linhas narrativas. Em nossa tabulação, essa versão ficou à frente da original para dois dos três votantes (um deles o colocou como o melhor), sendo que o votante que colocou o original na frente fez a Versão do Diretor ser logo o filme seguinte.

Madrugada dos Mortos

1º Lugar:
Watchmen: O Filme
(42 pontos)

Temos plena consciência de que existe um monte de gente que simplesmente detesta a versão cinematográfica de Watchmen por considerá-la uma adaptação falha da reverenciada HQ oitentista de Alan Moore, e isso é perfeitamente válido, mas a grande verdade é que, se formos pensar no complicado equilíbrio entre “complexidade do material fonte” e “adequação a um público mais amplo”, o que Zack Snyder fez aqui resvala no brilhantismo. Sim, há uma pegada mais super-heróica para os icônicos personagens que talvez devessem ser mais realistas; sim, ele tirou a lula lelé (sacrilégio?) e, finalmente, sim, ele exagera em diversos momentos (mas em que filme Snyder não exagera, não é mesmo?), mas mesmo assim Watchmen é o tipo de adaptação de quadrinhos que mostra que qualquer material pode ganhar uma baita versão audiovisual, colocando-o não só muito confortavelmente no topo deste ranking, como também entre as melhores adaptações de HQs já feitas.

XXXXXXXXXXXX

Concordam? Discordam? Muito pelo contrário? Mandem seus rankings e vamos debater!

Você Também pode curtir

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumimos que esteja de acordo com a prática, mas você poderá eleger não permitir esse uso. Aceito Leia Mais