Home Colunas Plano Piloto #0 | O Plano Crítico Amplia o Leque de Séries de TV

Plano Piloto #0 | O Plano Crítico Amplia o Leque de Séries de TV

por Luiz Santiago e Ritter Fan
1237 views (a partir de agosto de 2020)

O dia 04 de agosto de 2020 marcou o começo de uma nova fase para o Plano Crítico, com a reformulação integral do visual do site – incluindo logomarca e sistema de avaliações – e com o robustecimento de todas as engrenagens do que está por trás, como explicamos detalhadamente em nosso editorial de reinauguração. Começamos por necessidades técnicas, mas decidimos ir além, porque megalomania é nosso nome do meio…

E um desses passos além foi a inauguração, no mesmo dia, de uma nova coluna, a Mundo Crítico, que teve sua proposta minuciosamente explicada na edição #0 dela. Agora, um mês depois do retorno do site, é chegada a vez de nossa segunda novidade, a coluna Plano Piloto que não tem nem de longe a complexidade ou a ambição da Mundo Crítico, mas que julgamos ter seu valor para ampliar a oferta de material crítico que, arriscamos dizer, muito poucos outros sites preocupam-se em oferecer. O presente artigo tem como objetivo explicar o que é a nova coluna e, claro, pedir sugestões de nossos estimados leitores.

Plano Piloto

Um belo diz, o Luiz Santiago manda do nada um e-mail para o Ritter Fan tendo a audácia de sugerir críticas apenas de episódios-piloto de séries de televisão (calma, pois é em adição às coberturas por episódio e por temporada de diversas outras que já fazemos e continuaremos a fazer). Audácia pois o Ritter é acometido de profundo T.O.C. e ter apenas o episódio-piloto de uma série no site é como fazer o ranqueamento de “melhor alguma coisa” que não seja em múltiplos de cinco ou, pior ainda, publicar a crítica de uma continuação sem antes publicar as dos filmes anteriores.

Não que críticas apenas de episódios-piloto sejam novidade por aqui, pois não são. Mas elas normalmente acontecem dentro de contextos bem específicos, como foi por exemplo a publicação dos pilotos das séries não produzidas da Mulher-Maravilha e do Aquaman. O objetivo, nesses dois casos, foi servir de parte da construção de expectativa para os lançamentos dos respectivos filmes no cinema. Boardwalk Empire também teve seu piloto abordado em crítica aqui no site, mas como parte do Especial Martin Scorsese, já que ele o dirigira. No caso de Batwoman, publicamos apenas a crítica do primeiro episódio porque queríamos apenas e tão somente trazer o “gostinho” da série, sem a obrigação de lidar com o restante (ou, para quem sabe ler nas entrelinhas, pela mais pura preguiça e descaso do redator…).

Mas a proposta do Luiz Santiago era publicar os pilotos sem maiores justificativas, o que já, lógico, deu aquela tremedeira no Ritter Fan que, ato contínuo, respondeu com as usuais pétalas de rosa… O problema é que, como uma doença contagiosa (ops, péssima metáfora, mas agora já foi…), essa ideia ficou cozinhando na cabeça do Ritter que acabou voltando atrás e acrescentando a sugestão de uma coluna semanal com essa premissa, que foi inevitavelmente batizada de Plano Piloto. No entanto, por uma questão de uniformidade com as demais críticas aqui do site, o nome Plano Piloto será usado apenas na indexação, com os exemplares podendo ser achados tanto na busca quanto diretamente no menu horizontal, na aba de Colunas (mais ou menos como fazemos com nossa coluna semanal Terça Brasilis, que obrigatoriamente traz, toda terça-feira, a crítica de um longa ou curta nacional – o “mais ou menos” fica por conta de ela não ser “achável” no mencionado menu horizontal).

A lógica por trás da nova coluna é muito simples e já foi revelada nos parágrafos de abertura: trazer mais opções para o leitor potencialmente conhecer obras que, de outra forma, poderiam deixar passar em branco. Como séries de TV, sobretudo as de formato antigo – muitos episódios por temporada e muitas temporadas – exigem esforço hercúleo para serem abordadas em sua integralidade, normalmente com baixo “retorno sobre o investimento”, a crítica dos pilotos serve de meio-termo saudável.

Regras & Recortes

Gostaríamos de ter tempo em nossas vidas para ver e escrever as críticas de todas as séries já feitas, mas isso é impossível mesmo com nossa megalomania. Portanto, como dissemos, trazer comentários sobre os episódios-piloto é uma forma de termos mais material sobre o divertido mundo da televisão por aqui – até porque o do Cinema, modéstia à parte, já tem uma cobertura bastante razoável, vamos combinar! – sem o investimento de tempo necessário para séries de TV intermináveis das décadas passadas.

Para tornar isso possível, estabelecemos algumas regras preliminares que, claro, poderão ser flexibilizadas no futuro:

  1. Não faremos as críticas dos pilotos de séries que tenhamos planos concretos – imediatos, mediatos e até de longo prazo – de trazê-las integralmente para o site. Com isso, séries como o reboot de Battlestar Galactica, Farscape, Star Trek (da Série Original até Enterprise), The Office (as duas), Banshee, Oz e diversas outras ficarão de fora.
  2. O objetivo primordial será abordar séries antigas. O que é uma “série antiga”? Hummm, bem, é uma série que não é nova…
  3. A palavra-chave da regra 2 acima é “primordial”, ou seja, séries recentes, inclusive lançamentos futuros que não caírem na regra 1, poderão aparecer na coluna.
  4. Não seguiremos recortes ou ordem rígida alguma. Ou seja, não esperem ordem cronológica, de gênero, nacionalidade ou qualquer outra coisa, ainda que elas possam acontecer. Cada um terá seu próprio planejamento tendo como base gostos pessoais, afinidades e interesses – além de, claro, encaixes com especiais em andamento -, mas sempre levando em consideração a regra 1 acima e pronto, nada mais.
  5. Muitas séries mais antigas costumavam começar com telefilmes, episódios especiais e até minisséries que muitas vezes não eram – e ainda não são – considerados como o episódio 1X01. Para fins do Plano Piloto, levaremos em consideração tanto os “precursores” da primeira temporada quanto o episódio 1X01 em críticas que podem ser conjuntas ou separadas, dependendo do redator. Quando o episódio piloto consistir de múltiplas partes, todas elas serão criticadas conjuntamente.
  6. Novelas não são séries de TV para fins do Plano Piloto. Então não, não teremos críticas de Pai Herói, Roque Santeiro, Saramandaia, Selva de Pedra e afins por aqui. Não adianta choramingar.
  7. Reality shows não existem para nós. O corolário disso é que eles nunca aparecerão na coluna enquanto nossa ditadura de dois estiver de pé.
  8. Todos os episódios-piloto de séries que não abordamos em sua integralidade e que já tínhamos no site passaram a compor retroativamente o Plano Piloto, pelo que elas serão “acháveis” no menu horizontal também.
  9. O fato de uma série ter seu episódio-piloto criticado como parte da nova coluna não significa que ela não poderá eventualmente ganhar análise completa. Somos partidários da tese que determina que quanto mais – com qualidade – melhor, pelo que, se algum redator do site um dia tiver interesse em criticar Super-Máquina, Primo Cruzado ou I Love Lucy integralmente, será muito bem-vindo.

Mais alguns detalhes rápidos:

  • Periodicidade: Semanal, mais precisamente todo sábado (em circunstâncias normais, claro).
  • Redatores: Todos os redatores do site estão convidados, mas a coluna será primordialmente escrita por Luiz Santiago e Ritter Fan.

E, FINALMENTE…

Você tem sugestão de alguma série interessante cujo piloto valha – por ser bom, ruim, exótico, surreal, bizarro, desconhecido, nostálgico, o que quer que seja – receber o tratamento da coluna? Então mande para cá que colocaremos na fila!

Você Também pode curtir

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumimos que esteja de acordo com a prática, mas você poderá eleger não permitir esse uso. Aceito Leia Mais