Home Colunas Veredito Cinéfilo #19.4 | Os 100 Melhores Filmes da Década – Parte 4

Veredito Cinéfilo #19.4 | Os 100 Melhores Filmes da Década – Parte 4

por Luiz Santiago
982 views (a partir de agosto de 2020)

Acharam que a gente tinha parado de caçar briga com as listas do final do ano passado? Pois acharam errado! Listas, briga sobre listas, passar mal fazendo lista, passar nervoso comparando lista e gastar energia psíquica com quem não entende o princípio e o caráter pessoal de se fazer listas é praticamente a nossa vida nesse site obscuro e de nicho  😉

Mas antes de entrarmos na lista oficial (composta pelas indicações pessoais de Luiz Santiago, Ritter Fan, Iann JelielMichel Gutwilen, Rodrigo Pereira, Fernando Annunziata e Fernando Campos), vamos comentar sobre uma coisinha numérica, uma coisinha específica sobre datas, sobre início e sobre o fim de um certo período de tempo…
.

.

TENS O NECESSÁRIO PARA ESMAGARES A MINHA DÉCADA?

Cara Legião dos Beremiz Samir,

É internacionalmente conhecido o esforço que vossas senhorias empregam para tornar o mundo um lugar teoricamente perfeito, onde todos os habitantes usam termos e expressões de diversas áreas corretamente, tendo vocês, ó sábios e científicos, como os grandes corretores e denunciadores daqueles que usam termos errados. Há exatas 666 Luas, presenciamos a belíssima Jornada Internacional Pelo Uso Correto dos Termos “Tóxico” e “Venenoso” que vocês fizeram em Tonga, assim como o Cisma Pela Compreensão do Que São “Lei, Hipótese e Teoria”, o Referendum Sobre a Noção Humana do que é “Meteoro, Meteorito e Asteroide”, as 95 Teses Pelo Uso Correto de “Anos-Luz”, a Missão Planetária Pela Definição Precisa da Palavra “Fascismo” e agora, a Manifestação Internauta Para a Lembrança de Quando Começa e Quando Termina Uma Década, ou, como a gente diz lá em Paulo Afonso, “ai, que bicho chato da gota!“.

Através desta cartinha, afirmamos que nós temos pleno conhecimento de que uma década (e também os séculos e os milênios, com seus respectivos acréscimos de zero) sempre começam no 1 e sempre terminam no 0. Ou seja, nós sabemos que 2020 é o matemático fim da década de 2010 e que a década de 2020 começa apenas em 2021. Gostaríamos porém, de pedir licença a vós, ó preciosos, para que usemos “DÉCADA” aqui no senso comum, no sentido de “ANOS TAL” (nesse caso, anos 2010). Nós temos plena noção do que estamos fazendo. A propósito, o ISO 8601 mandou saudações respeitosas. E aquele vídeo em má qualidade de vocês preocupados com o bug do milênio de 1999 para 2000… também.

.

NOSSO SITE, NOSSAS REGRAS

  1. São elegíveis apenas os filmes que estrearam entre janeiro de 2010 e dezembro de 2019.
  2. Não são elegíveis filmes feitos para a TV.
  3. São elegíveis filmes que estrearam em plataformas de streaming.

.

ADVERTÊNCIA

Se você ficou muito triste porque o seu filme favorito da década não está na lista, considere primeiro se ele se encaixa nas regras expostas acima, mas independente de qualquer coisa, peço que use e abuse do espaço de comentários nessa postagem para você mesmo criar a sua versão dos melhores! Não adianta chorar, espernear, xingar ou dizer que “parei de ler quando…” porque a nossa lista não mostra exatamente o que você queria que ela mostrasse — e na colocação que você sempre sonhou. Entre também na brincadeira, componha seu próprio ranking e aí vamos falar sobre nossas escolhas, sobre concordâncias e discordâncias diante delas, sobre os filmes da década como um todo. Lista é opinião, e como qualquer concordância e discordância de opinião, você precisa apresentar algo em troca. Apenas chorar pitangas, lamentar ausências e sufocar-se por colocações diferentes da sua não vai adiantar em nada. Liste também! E vamos falar de cinema!

.

OS 100 MELHORES FILMES DA DÉCADA (2010 – 2019) – PARTE 4
.

Luiz Santiago: Embora a cinefilia tenha entrado de fato na minha vida nos anos 2000, foi apenas na década seguinte que eu comecei a ter uma visão mais apurada, crítica, ampla e desejosa de constante expansão pelo cinema. Por impulso familiar, sempre tive contato com clássicos e principalmente westerns, mas até então eu nunca ia além da superfície, apesar de ver muito filme. A minha vontade de ir além começou quando um amigo me emprestou o DVD de O Desespero de Veronika Voss, filme que me chacoalhou por completo e me fez querer ler sobre cinema, estudar, discutir. Na época eu tinha um blog chamado Ebulição e em março de 2010 o nome dele foi mudado para Cinebulição. Daí vocês já percebem o peso que o cinema começou a ter pra mim nessa década. E no ano seguinte, eu realmente tomaria as providências necessárias para transformar as minhas pequenas crônicas cinematográficas em críticas. E em 2012 eu criei a primeira versão do Plano Crítico (a segunda versão viria um ano depois, já ao lado do meu parceiro Ritter Fan)… Os anos 2010 certamente foram os mais importantes para mim em termos de cinema, contando o pacote completo: estudo, leitura, cinefilia, coleções, entrevistas, escrita, ensino, palestras. Um verdadeiro ponto de virada que vocês tiveram a oportunidade de acompanhar uma parte considerável dele.

.

25º Lugar: Moonlight: Sob a Luz do Luar

Moonlight — 🇺🇸 2016 / Direção: Barry Jenkins

Moonlight: Sob a Luz do Luar é um inesquecível espetáculo intimista que tocará cada espectador de um jeito. Se o filme pode ser visto como sendo sobre a busca de uma identidade, ele nunca perde a sua, caminhando a passos largos na direção de um futuro incerto, mas carregado de vida, escolhas, imposições e, sim, amor.

.

24º Lugar: Mad Max: Estrada da Fúria

Mad Max: Fury Road — 🇦🇺🇺🇸 2015 / Direção: George Miller

Mad Max: Estrada da Fúria nos leva de volta para o universo criado por George Miller e consegue fazer isso logo nos segundos iniciais da projeção. Trata-se de um fiel trabalho do diretor aos seus icônicos longas dos anos 80 e certamente um blockbuster que merece ser visto, trazendo um entretenimento certeiro que sabe onde começar e quando terminar.

.

23º Lugar: Divertida Mente

Inside Out — 🇺🇸 2015 / Direção: Pete Docter, Ronaldo del Carmen

Divertida Mente está lá facilmente no panteão das grandes animações e certamente é uma das melhores da Pixar que finalmente sai de seu perigoso sono profundo e mostra que, quando o estúdio quer, ele ainda é o melhor do mercado em computação gráfica.

.

22º Lugar: Mistérios de Lisboa

Mistérios de Lisboa — 🇵🇹🇫🇷 2010 / Direção: Raoul Ruiz

Pedro, um órfão de 14 anos, está conhecendo aos poucos a trágica história da sua vida. Lisboa, onde vive, possui diversas intrigas e identidades ocultas, trazendo à tona, durante todo o século XIX, histórias de vida de 40 personagens diferentes… e estranhamente interligados.

plano crítico mistérios de lisboa filme

.

21º Lugar: Cisne Negro

Black Swan — 🇺🇸 2010 / Direção: Darren Aronofsky

Cisne Negro também é, além de tudo isto, uma ode à arte e a paixão do artista ao conceber, viver e respirar esta arte. Tal qual foi a própria produção (que teve um orçamento apertadíssimo), o filme é um estudo obsessivo sobre a busca por um perfeccionismo que pode ser destrutivo, sobre o artista que enxerga a si próprio naquela arte exercida, e que acaba se tornando o próprio significado daquela arte. Em linhas resumidas, Cisne Negro é uma das experiências sensoriais mais poderosas dos últimos anos, o que não é pouco.

.

20º Lugar: A Pele Que Habito

La Piel que Habito — 🇪🇸 2011 / Direção: Pedro Almodóvar

E aí está a vingança. Por um lado, o sistema de regras desobedecidos já prevê a punição para os rebeldes. Por outro, o reconhecimento de uma identidade interna gera o assassinato moral do meio e, simbolicamente, de quem mais se puser à nossa frente, no caminho de nossa busca por nós mesmos. Ao fim de tudo, o ego, a pele que habitamos, pouco tem do ser que verdadeiramente somos. Resta-nos corroer a ideia do algoz e aguardar o momento certo para exprimir a revelação seca, emocionada e final: “Eu sou Vicente”.

.

19º Lugar: Fausto

Faust — 🇷🇺 2011 / Direção: Aleksandr Sokúrov

Assim como a própria essência da humanidade que representa, Fausto é um filme que gera poucas ou nenhuma resposta definitiva. Por outro lado, abre-se um fecundo abismo de perguntas, o abismo da própria existência humana, que mesmo rodeada de criações próprias e mesmo tendo sob seu controle um sem-número de pessoas, bichos e objetos, parece ainda “longe e distante” de qualquer coisa vital, mas cheio de sua eterna vontade de conhecer, possuir e dominar.

.

18º Lugar: A Grande Beleza

La Grande Bellezza — 🇮🇹🇫🇷 2013 / Direção: Paolo Sorrentino

A Grande Beleza é um filme sobre o seu tempo, mas com um poder tão grande de contexto e representação simbólico-ideológica, que sobreviverá como marco histórico de uma época. Uma incontestável obra prima de Paolo Sorrentino. Um truque cinematográfico para ser repensado e revisto muitas vezes.

.

17º Lugar: O Abraço da Serpente

El Abrazo de la Serpiente — 🇨🇴🇻🇪🇦🇷 2015 / Direção: Ciro Guerra

Trata-se de um filme sensível e bastante rico em conteúdo para se ver com os olhos e com a alma, para sentir e para servir de reflexão sobre duas coisas bastantes diferentes: os impactos humanos, culturais, naturais e antropológicos da colonização e catequização e a forma como nós, indivíduos descendentes dessa tradição, lidamos com isso, em qualquer instância imaginável.

.

16º Lugar: O Filho de Saul

Saul Fia — 🇭🇺 2015 / Direção: László Nemes

E o diretor tem sucesso em sua empreitada, pois terminado o filme, nós temos uma outra opinião sobre a localização do inferno e julgamos saber um pouco a sensação do que era “viver” em um lugar como este. O Filho de Saul é uma imersão cruel e poderosa em um campo de concentração. Um pequeno pedaço do horror e das atrocidades que alguns humanos são capazes de fazer a outros humanos.

.

15º Lugar: Gravidade

Gravity — 🇬🇧🇺🇸 2013 / Direção: Alfonso Cuarón

É difícil concluir uma crítica sobre um filme que o chacoalha profundamente em todos os níveis. Gravidade é uma obra-prima de ação que eleva o uso da computação gráfica a um ou dois níveis acima do que vemos por aí. Se o preço que tivermos que pagar para que Cuarón produza mais uma obra desse gabarito é outro intervalo de sete anos, que assim seja.

.

14º Lugar: O Grande Hotel Budapeste

The Grand Budapest Hotel — 🇩🇪🇺🇸 2014 / Direção: Wes Anderson

Dândis, ricos esnobes, visões de sexo e sexualidade, bizarrice, amor e desamor perpassam o tempo e influenciam pessoas e personagens. Cada indivíduo e cada tempo tem uma história para contar e lega ao mundo uma história. Uma história que no final das contas será enterrada junto com seus atores e escritores (a cena final do nosso filme) em um cemitério sem graça e lida em livros finos como se fossem eventos de isopor de uma época onde tudo era bonito, colorido e bizarro demais pra ser verdade. Exatamente como será a memória do que hoje somos em pelo menos um século. Exatamente como as caricaturas vivas de Wes Anderson em O Grande Hotel Budapeste.

.

13º Lugar: Whiplash: Em Busca da Perfeição

Whiplash — 🇺🇸 2014 / Direção: Damien Chazelle

A busca pela perfeição de Andrew Neyman se estende para Damien Chazelle em relação a esta obra, que definitivamente ficará marcada de forma permanente na memória de quem assistir. Whiplash é um dos melhores filmes do ano e por mais que crie um evidente desconforto, consegue nos empolgar o suficiente para querermos, imediatamente, assisti-lo novamente. Ele merece ser visto e revisto, certamente, seja você apreciador do jazz ou não.

.

12º Lugar: Amor

Amour — 🇦🇹🇫🇷🇩🇪 2012 / Direção: Michael Haneke

A metáfora de sua aceitação está na pomba. Ela surge primeiramente como um mau agouro e é rejeitada por Georges, sendo colocada para fora da janela do apartamento. Ao final, ela reaparece, mas, dessa vez, é capturada e acarinhada pelo marido. Não é mais o mau presságio de antes. É apenas desfecho. Consumação da vida, que só alcança sentido na comparação que Rubem Alves fazia com uma sonata. Ambas aspiram a seu acorde final. Ou nas palavras do próprio escritor e psicanalista mineiro: “tudo o que se completa deseja morrer”.

.

11º Lugar: A Favorita

The Favourite — 🇮🇪🇬🇧🇺🇸 2018 / Direção: Yorgos Lanthimos

Lanthimos acertou em cheio no seu modo agressivo e um tanto cruel de filmar histórias sobre laços entre pessoas de comportamento difícil. Um modo que combina bem com o tema de A Favorita, onde o maior destaque de todos, por trás da pompa, riqueza e problemas do Reino, é a miséria e a profunda necessidade de cada um dos indivíduos. A boa e velha condição humana, no fim de tudo.

plano critico a favorita 2018 mostra sp 42 mostra sp

.

10º Lugar: Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)

Birdman: or the Unexpected Virtue of Ignorance — 🇺🇸 2014 / Direção: Alejandro González Iñárritu

Preenchido por ironias como essa, Alejandro González Iñárritu nos traz uma verdadeira obra-prima, um retrato distorcido da indústria hollywoodiana e uma emblemática experiência cinematográfica. Seja para estar completamente imerso, seja para testemunhar uma atuação de se aplaudir de Michael Keaton, Birdman merece e deve ser visto na sala do cinema – trata-se de uma obra pensada e concebida com esse propósito e, somente assim, traz por completo o êxtase e o incômodo almejado.

.

9º Lugar: Retrato de Uma Jovem em Chamas

Portrait de la Jeune Fille en Feu — 🇫🇷 2019 / Direção: Céline Sciamma

O retrato final da película pode ser o literal que vemos no filme, ou a própria película, que fala sobre uma artista e sua modelo, ardentes de desejo. Um filme sobre mulheres, sobre corpo, sobre memória, imagem, gozo e felicidade. Um recorte erótico e sentimental da vida que mostra não só uma jovem, mas também um público em chamas.

plano crítico filme Retrato de uma Jovem em Chamas

.

8º Lugar: Os Oito Odiados

The Hateful Eight — 🇺🇸 2015 / Direção: Quentin Tarantino

Quentin Tarantino colocou-se em uma sinuca de bico cinematográfica de onde saiu triunfante com uma obra diferente, mas ao mesmo tempo familiar em relação a tudo o que veio antes em sua cinematografia. Esse faroeste confinado de mistério em tempo quase real até pode ser odiado por muita gente e não faço julgamentos aqui, mas diria que a experimentação do cineasta pode ser igualmente fascinante do começo ao fim se formos além do que costumeiramente esperamos de Tarantino.

.

7º Lugar: Melancolia

Melancholia — 🇩🇰🇸🇪🇫🇷🇩🇪 2011 / Direção: Lars von Trier

Lars von Trier pode ser pretensioso, arrogante e narcísico. Mas o tom grandiloquente do prólogo de Melancolia, tão arriscado para iniciar um filme, se confirma como ponto de partida de uma obra verdadeiramente arrebatadora. Dessa vez, seu filme não frustra expectativas. A obviedade de uma ou outra metáfora é irrelevante diante da força avassaladora do todo. A melhor e mais poderosa escatologia do vazio que o cinema já viu e verá em muitos anos.

.

6º Lugar: Parasita

Gisaengchung — 🇰🇷 2019 / Direção: Bong Joon Ho

Em Parasita (2019), filme vencedor da Palma de Ouro em Cannes, o cineasta reafirma esses elementos nucleares de sua assinatura (aqui, ele escreve o roteiro em parceria com Jin Won Han, que foi diretor de segunda unidade em Okja) e mostra uma grande maturidade ao dirigir um filme longo, relativamente parado — por  ser reflexivo na forma como o drama se constrói — e tremendamente engajante.

Parasite (2019 film) PLANO CRITICO FILME

.

5º Lugar: A Separação

Jodaeiye Nader az Simin — 🇮🇷 2011 / Direção: Asghar Farhadi

Muitos reclamarão do final do filme e não direi o porquê, pois qualquer pista estragaria o prazer de ver a obra. No entanto, confiem em mim: esse era o único final possível. Se o diretor tivesse ido além, ele não seria compatível com o resto de seu trabalho. Assistam e impressionem-se.

.

4º Lugar: O Irlandês

The Irishman — 🇺🇸 2019 / Direção: Martin Scorsese

Este é O Homem Que Matou o Facínora da nossa Era, com uma revisão de carreira no crepúsculo de uma década, na mudança do público e do jeito de se produzir, exibir, entender e discutir a Sétima Arte. O Irlandês é um filme histórico feito sob medida para quem realmente ama CINEMA. A obra que concentra a essência do trabalho de Martin Scorsese e apresenta uma linha de abordagem que será melhor compreendida, fortalecida e relevante à medida que o tempo passar. Em outras palavras, eis aqui um clássico.

.

3º Lugar: Trama Fantasma

Phantom Thread — 🇺🇸🇬🇧 2017 / Direção: Paul Thomas Anderson

Os maneirismos, flertes e queixas transcendem o que querem dizer, são apenas estágios momentâneos, parte de um ciclo que faz muito mal aos envolvidos, e talvez por isso mesmo, seja a única coisa que lhes faça muito bem. Fios de intenções invisíveis se cruzam para tecer uma trama fantasma de comportamentos amargos, demonstrações inesperadas de amor, cumplicidade, arte e felicidade. Daniel Day-Lewis se aposenta da carreira de ator em um clímax. E Paul Thomas Anderson parece ter construído mais uma camada de maturidade em sua carreira como cineasta.

Phantom-Thread trama fantasma plano critico crítica analise trama fantasma plano critico

.

2º Lugar: A Rede Social

The Social Network — 🇺🇸 2010 / Direção: David Fincher

Essa é a beleza de filmes como esse de Fincher: permite-nos olhar da maneira como acharmos que devemos olhar. É linear (apesar dos flashbacks), mas ao mesmo tempo profundo. Exige a discussão posterior e os aplausos dos espectadores. Dentre todas essas dúvidas, podemos ainda acrescer a dúvida sobre se as redes sociais são efêmeras ou se vieram para ficar. Se são modismos passageiros ou se são o futuro. Apenas uma dúvida não resta: A Rede Social é um clássico que será lembrado.

.

1º Lugar: A Chegada

Arrival — 🇺🇸🇨🇦🇮🇳 2016 / Direção: Denis Villeneuve

A Chegada é um filme que, visto de frente para trás ou de trás para frente ou mesmo em pedaços aleatórios aqui e ali, é uma obra-prima moderna. Uma produção que transborda elegância e inteligência em um conjunto harmônico e absolutamente arrebatador e que fará o que só os melhores filmes conseguem fazer: manter-se na mente dos espectadores por muito, muito tempo.

Tempo é o que impede que tudo aconteça de uma vez.
― Ray Cummings

arrival-plano-critico

Você Também pode curtir

205 comentários

lucas henriques 18 de agosto de 2020 - 22:43

FOR me, le mejor de la década es:”Stray Dogs”Tsai Ming-Liang

Responder
Ferdinando Rios 22 de maio de 2020 - 22:22

Ó, coloquei filme de heroizim no top 25, hehe

1. A chegada
2. O Lobo de Wall Street
3. A Origem
4. Incêndios
5. Cisne negro
6. Gravidade
7. Capitão Fantástico
8. O abutre
9. Ex-machina
10. Birdman
11. Interestelar
12. Parasita
13. A pele que habito
14. Mad Max: Estrada de Fúria
15. Relatos selvagens
16. Django livre
17. Moonrise Kingdom
18. Corra
19. Whiplash
20. A Caça
21. Os oitos odiados
22. Meia-Noite em Paris
23. Mother
24. Manchester a Beira-mar
25. X-Men: Primeira Classe

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 22 de maio de 2020 - 23:27

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH NÃO!!! NÃO CREIO NO QUE OS MEUS OLHOS VEEM NESSA LISTA!!! FILMINHO DE BONEQUINHO NO TOP 25??? OH, VIDA, OH CÉUS!!!

Que TOP 25 bonito! Gosto de todos os filmes dessa lista, embora em intensidades diferentes. Que maravilha ver essa obra-prima de 8 Odiados nessa parte 1 do top!

Responder
Ferdinando Rios 23 de maio de 2020 - 02:09

Foi mais para causar mas coloquei, kkkk… mas gosto muito dele. Melhor X-men de todos.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 23 de maio de 2020 - 02:24

Primeira Classe é mesmo um PUTA filme! Não entra em nenhum dos 100 lugares da minha lista de melhores da década, mas sem dúvidas é um excelente filme!

Responder
Ferdinando Rios 22 de maio de 2020 - 18:30

A chegada!! Sem mais!! Passo pano por Ex-Machina e O Abutre não estarem no top 25. Não, passo não, mas A chegada em primeiro coroou!!!

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 22 de maio de 2020 - 18:48

Ô delícia!!!

Responder
planocritico 22 de maio de 2020 - 19:24

@ferdinandorios:disqus , já que você, em outro comentário, chamou-me ACERTADAMENTE de egocêntrico e mandão (não são xingamentos, mas sim elogios no meu livro), fica aqui a prova de meu egocentrismo e mandismo: A CHEGADA só está no 1º lugar porque eu exerci meu direito ditatorial absolutista esclarecido, coloquei o Luiz Santiago no devido canto dele (que, caso você não saiba, por ele ser apenas uma personalidade recessiva de minha mente fragmentada, é um cubículo escuro e com paredes forradas em um lugar em desuso de meu cérebro) e DETERMINEI isso!

Viu como esse negócio de democracia é ruim?

HAHHAHAHHAHAHAHHAAHHAAHAHAHAHAHAHHAHAHA

Abs,
Ritter.

Responder
Ferdinando Rios 22 de maio de 2020 - 19:44

hahahahahah, Ritter é um ser que não cabe em si… já deve estar construindo o seu próprio Ritter expandido!!! Luiz, o quanto disso é verdade, hem????? hahahahah

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 22 de maio de 2020 - 20:05

@ferdinandorios:disqus quando a personalidade mais xinfrim que você tem passa de alguns trilhões de anos, começa a ter esses delírios de grandeza que você tá vendo. Não liga não, só finge que você entendeu enquanto o remedinho faz efeito aqui. HAUAHUAHAUHAUAHUAHUHAUAHUAHAUAUA

Responder
Ferdinando Rios 22 de maio de 2020 - 20:49

Luiz é o cara do Fellini, da Varda… Ritter do Star Wars… não há perigo de serem uma pessoa só… há?????

Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 22 de maio de 2020 - 21:22

Será????

Anônimo 8 de fevereiro de 2020 - 13:04
Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 8 de fevereiro de 2020 - 13:23

Pô, mas é uma resposta relativamente fácil de se encontrar — mesmo sem jogar a cartada definitiva de que a línguas mudam e se tornam muito diferente quando são afastadas do seu ramo de origem…

Responder
O Homem do QI200 5 de fevereiro de 2020 - 09:46

Então, tô procurando assistir os poucos filmes que ainda não vi pela lista de vocês e dos comentários e queria que me falasse um pouco sobre Trama Fantasma, pois vocês deixaram esse longa numa posição invejável e eu tenho um grande problema com o PTA, ainda mais depois de ver O Mestre que é MUUUUUUUUUUITO RUIM e isso tá me travando bastante em criar coragem para assistir esse filme. Ou seja, estou querendo ler algum discurso motivador para assistir isso.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 5 de fevereiro de 2020 - 11:07

Cara, se você tem um grande problema com ele, não creio que vá gostar do filme, pra ser sincero. Porque o desenvolvimento da relação do filme é lento e o foco central da trama é bem mais reflexivo, emocional, até filosófico do que ligado a qualquer ação maior propriamente dito. O que talvez possa te motivar é que eu e Ritter, que NÃO gostamos de O Mestre (embora eu tenha amado as atuações nesse filme e a fotografia também) achamos Trama Fantasma uma obra-prima. Mas aí é que está. Nós não temos problema com o PTA, temos com O Mestre, entende?

Responder
Ferdinando Rios 22 de maio de 2020 - 20:05

Olha… é de dar ganas de raiva quem fala que O Mezzzzzzztre é melhor que Sangue Negro. Já vi dois, três dizerem isso. Sacrilégio sem Tamanho. Se O Mestre deu travo na boca, eu indicaria ver Sangue Negro e Magnólia!!

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 22 de maio de 2020 - 21:22

Eu fico só observando e já com o celular na mão pra ligar pro SAMU.

Responder
beatriz mendonça 4 de fevereiro de 2020 - 20:15

SIIIIIIIM A CHEGADA EM PRIMEIRO LUGAR SIMMMMM!!!! PORRA

Responder
planocritico 4 de fevereiro de 2020 - 20:22

Felicidade detectada!!!

Abs,
Ritter.

Responder
Robson Costa 1 de fevereiro de 2020 - 00:12

Sou doutor em Memória Social no campo da sóciolinguistica e A Chegada é uma obra-prima para se falar dessa relação entre memória, linguagem e construção social. Quando vi o filme no cinema parecia estar lendo os textos teóricos do assunto. Filmaço. Vou rever. E adorei O Irlandês em quarto.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 1 de fevereiro de 2020 - 11:50

Pode compartilhar um pouco da sua leitura como estudioso do assunto relacionando com o filme, viu! Será muito bem-vindo!

Responder
Robson Costa 8 de fevereiro de 2020 - 23:18

Putz, desde que vi no cinema quero sentar e escrever sobre isso. Acho que esse ano vou rever e talvez fazer um artigo. Aí passo pra você e quem mais quiser ler.

Responder
Nicolas Dias 31 de janeiro de 2020 - 14:26

Que trabalhão esse, um top 10 já é difícil, um top 100 da década então. Uma boa lista, se eu participasse da confecção acho que seria algo por aí, talvez um filme ou outro em posição diferente, e Birdman de fora claro, talvez o pior indicado ao Oscar que eu vi na década (que ainda não acabou hahaha ¯_(ツ)_/¯). Tem alguns que eu não vi, especialmente os que fogem do cenário Brasil – USA, inclusive uma das minha metas de 2020 é ver mais produções fora do USA, tenho perdido boas obras.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 31 de janeiro de 2020 - 14:43

O pior indicado da década certamente é Green Book! Birdman é aclamação aqui no nosso coração! HAHAHAHAHAHAHAHHAHAHA

Faz bem em pegar coisas fora de Hollywood, viu! Tem cada pérola no cinema de outras nacionalidades que olha…

Responder
Nicolas Dias 5 de fevereiro de 2020 - 16:08

Inclusive deixo essa sugestão para um post futuro, “os melhores filmes estrangeiros da década”, ou “os melhores indicados a filme estrangeiro”, ou “existe vida/arte além de Hollywood”, algo desse tipo. As maiores decepções da década também renderia uma discussão legal.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 5 de fevereiro de 2020 - 16:54

Lista de filmes e séries da década só teremos agora em 2030, independente do recorte. Mas ando pensando mesmo em fazer algo de indicação, ou de filmes ou de diretores. Ainda estou matutando, mas é possível que saia alguma coisa assim no futuro, com certeza.

Responder
Nicolas Dias 5 de fevereiro de 2020 - 19:00

Compreendo, esse ano o MCU entra de vez na nova fase e teremos muitas estreias, vai voltar a mamata Marvel da compra de críticas positivas, te faltará tempo, hahahaha. Enfim, vai matutando aí, acho que são boas ideias.

Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 5 de fevereiro de 2020 - 19:09

Não vejo a hora de receber os depósitos e comprar mais ilhas no Mediterrâneo! 😀

Fórmula Finesse 31 de janeiro de 2020 - 09:26

A Chegada é realmente um baita filme, ontem o assisti – com cuidado – pela segunda vez. Acho que muitos não o compreenderam, pois o entendimento de uma nova dinâmica do tempo parece que ficou restrito apenas a protagonista, e que isso seria uma partícula do contexto geral do filme (o objetivo final dos aliens) – o enrendo afastou a cortina do que não foi revelado – e do que poderia ser – por apenas alguns centímetros. Universos, mistérios e outras civilizações ficaram por detrás dela, e isso deixa a gente pensando, que é o que um filme deve incentivar a gente a fazer – rsrsrsrs

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 31 de janeiro de 2020 - 10:23

Não é um caminho simples, mas ao mesmo tempo, se você pegar o estalo, as coisas fluem que é uma beleza!

Responder
Fórmula Finesse 31 de janeiro de 2020 - 10:58

Exatamente, por isso é um filme que deve ser revisto obrigatoriamente, conhecendo previamente o “caminho”, a viagem fica ainda mais saborosa desde o primeiro minuto…
Só encontrei reflexão tão profunda em outro filme de sci-fi, um grito desesperado da bactéria universal chamada homem, que ousa investigar as escalas inimagináveis do espaço-tempo, apesar da sua infinita insignificância perante o menor dos mais esquecidos sistemas estelares.
Uma obra que ousa especular a inteligência infinita dos deuses/alienígenas infinitos, que vivem com seus pensamentos e lidas infinitas, cujos pensamentos infinitos e lidas infinitas não podem nem receber esses adjetivos, pois não se sabe se são pensamentos, ou lidas, e como uma inteligência infinita define lidas e pensamentos infinitos…
É de perder a sanidade:
https://uploads.disquscdn.com/images/cf9fb55f6fc114d73f36a15db2aeb7aae8f15ce0d2cd6ed7c4ed53bc59cdf76b.jpg

Responder
Renato Martins Moreira 31 de janeiro de 2020 - 08:10

Por qual motivo, razão ou circunstância Toy Story 3 não entrou em nenhuma lista?!! Se entrou, eu não vi. Já coloquei os demais que não assisti na minha lista, A Chegada provavelmente vai ser o primeiro!

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 31 de janeiro de 2020 - 10:23

Falta de votos, colocações altas no conjunto das listas e no corte editorial.

Boa sessão com A Chegada aí!

Responder
Michel Gutwilen 3 de fevereiro de 2020 - 11:19

Eu, por exemplo, adoro Toy Story 3, mas achei o 4 melhor. Uma opinião impopular, eu sei. Mas para mim, a franquia foi só melhorando: 4>3>2>1.

Responder
Artur Montenegro 30 de janeiro de 2020 - 22:58

Aaaaaaa eu fiquei esperando a posição em que A chegada ficaria todo esse tempo. Quando li o top 5 e ela não estava eu comecei a achar que o filme tinha sido esnobado, mas fiquei muito feliz em vê-lo em primeiro lugar! É um filme lindo, em diversos aspectos. Atuações é direção perfeitas! Não me canso de assistir, um dos melhores da década de longe mesmo. Parabéns pela lista, pessoal!

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 30 de janeiro de 2020 - 23:04

Filmaço mesmo, capaz de gerar diversas sensações interessantes em nós.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 30 de janeiro de 2020 - 23:04

Filmaço mesmo, capaz de gerar diversas sensações interessantes em nós.

Responder
Stalker van 30 de janeiro de 2020 - 21:57

a obra de maior impacto da década sem duvida é incêndios, respeito a lista porem, incêndios é uma obra prima

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 30 de janeiro de 2020 - 21:57

Que bom que foi a obra mais impactante da década pra você!
Importante lembrar, porém, que esta é uma lista de MELHORES FILMES da década, não dos FILMES DE MAIOR IMPACTO da década. São conceitos muitíssimo diferentes e se a gente for ver, alguns dos mais impactantes nem cinema são, quem dirá “melhores”. HAUHAUAHUAHUAHAUAHAUHAUAHUAHAUHAUAHAUHAUAHAUHAUAHUA

Responder
Stalker van 30 de janeiro de 2020 - 22:22

já assistir quase todos os filmes do diretor Denis Villeneuve e incêndios é melhor que A chegada. e olha que eu amo A chegada e também Blade Runner 2049.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 30 de janeiro de 2020 - 23:04

Já para mim, A Chegada é muitíssimo superior a esses dois. E eu também já assisti a todos os filmes do diretor. Pluralidade…

Responder
O Homem do QI200 30 de janeiro de 2020 - 20:44

Me perdoe por esses meus comentários partidos, tô tentando lembrar de todos os filmes da década. Meu critério é simples, os filmes que eu mais gosto são aqueles que ora me encantam de tal forma que nem percebo a hora do filme passando, ora que me faz refletir sobre até mesmo dias depois, ora soube entreter com um bom suspense. Dito isso, tem três filmes que listaria facilmente no meu Top100 que não me recordo se apareceram no Top100 de vocês:

– Três Anúncios Para Um Crime;
– I,Tonya;
– Um Contratempo.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 30 de janeiro de 2020 - 21:03

Eita, só muito recentemente ouvi falar de Um Contratempo e é legal vê-lo em uma lista assim! Sinal que tu gostou bastante!

Responder
Fórmula Finesse 30 de janeiro de 2020 - 15:53

Sinto que preciso ver A Chegada novamente, no silêncio do lar, sem a prole a me distrair nos momentos finais do filme (me perdi totalmente, o tanso – rsrsrs),

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 30 de janeiro de 2020 - 16:19

Sem distrações com certeza terá um experiência bem diferente…

Responder
Renan Teixeira 30 de janeiro de 2020 - 13:43

Para facilitar coloquei os filmes em uma lista no letterboxd, assim fica mais fácil organizar para ver os filmes que ainda não vi
Se alguém tiver interesse: https://letterboxd.com/renanpugas/list/os-100-melhores-filmes-da-decada-plano-critico/

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 30 de janeiro de 2020 - 14:44

Coisa mais linda, @disqus_LdaKoA24HY:disqus!
Receba um abração de urso!!! Obrigado por montar a lista!

Responder
Renan Teixeira 30 de janeiro de 2020 - 16:20

Só colocar La La Land no top 5 que tá tudo certo kkkkkk

Responder
AugustoCG 30 de janeiro de 2020 - 15:45

Ganha lá um follow.

Responder
Teco Sodre 30 de janeiro de 2020 - 16:13

adorei a ideia da lista! já fui lá dar meu like!

Responder
Cahê Gündel 🇦🇹 30 de janeiro de 2020 - 17:20

Que legal, tô querendo usar mais o letterbox, já que o filmow anda bem ruim. Já vou te add também hahah

Responder
Michel Gutwilen 3 de fevereiro de 2020 - 11:19

Que incrível. Parabéns pelo trabalho. Aproveitando a deixa, segue aqui meu letterboxd, caso alguém tenha interesse em seguir. Lá escrevo muito sobre filmes também: https://letterboxd.com/michelcvg/

Responder
R.Sand 30 de janeiro de 2020 - 13:26

E chega ao fim – já imaginava que A Chegada estaria nas primeiras posições, mas não esperava que fosse o primeiro lugar. Não é meu preferido do Villanova, mas é excelente e completamente justificado aparecer em primeiro. Quanto ao resto nem tenho muito o que dizer, acho apenas que subiria as colocações de Cisne Negro (Meu favorito pessoal) e Mad Max na lista.

No geral, (do top 100 mesmo), eu arranjaria um espaço pra O Lobo de Wall Street, Três anúncios para um crime e First Reformed (esse pra mim seria top 25 fácil). Assim como trocaria algum dos dois filmes do Zahler pelo Dragged Across Concrete, que gosto bastante.
Sério, excelente trabalho de vocês com essas listas enormes, e que devem ter dado um trabalho desgraçado pra encaixar tudo. Agora o trabalho vai ser meu assistindo o 60% de filmes que eu não assisti kkkkkkk. Adoro esse site

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 30 de janeiro de 2020 - 16:20

Valeu por acompanhar e comentar, @RN1S:disqus!
Logo mais virão as listas de favoritos! 😀

Responder
Michel Gutwilen 3 de fevereiro de 2020 - 11:19

Dragged Across Concrete e First Reformed são obras-primas.

Responder
santos 30 de janeiro de 2020 - 12:47

Mandou bem com A Chegada, mas não satisfeito esnobou Interestelar.

Quando não caga na chegada, caga na saída. Ninguém entende…

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 30 de janeiro de 2020 - 16:25

Ora

Ora

Ora

Se não é Ninguém Perfeito reclamando novamente porque a NOSSA lista não está como ele queria que fosse! Se queria Arrow na lista de Melhores Séries da Década, quero só ver o choro e ranger de dentes porque 50 Tons de Cinza não está por aqui. AHUAHAUHAUAHUAHAUHAUAHUAHUAHUAHUAH

Mas acho que o remédio já está funfando. Afinal, já sabemos que Ninguém entende! Por via das dúvidas, nossa maravilhosa Dona Rita, da Ouvidoria Plano Crítico, com o seu protocolo, viu anjo? Tudo vai ficar bem.

https://uploads.disquscdn.com/images/ba897542c64ee58c3b08052d953aefc5b474ef5d397d0d7c39ee60ddbcb73685.jpg

Responder
Andrew 30 de janeiro de 2020 - 01:08

(ps: desculpa os erros de portugues, meu teclado e americano, tenho que trocar.)

Olha… feliz que entraram varios filmes estrangeiros na lista. Realmente cinema nao se resume a hollywood, tenho que aumentar minha atencao para os filmes la de fora.

La vai a minha lista ( muitos nao vao concordar kkk):

10- Mae! – filme que mais me deu agonia durante e apos assistir

9- Ilha do Medo e Millenium: Os Homens que Nao Amavam as Mulheres(2011, David Fincher) Meu suspense investigativos favoritos, poucos filmes me deixaram intrigados como esses dois.

8- Mad Max – filme de acao favorito.

7- Incendios (Dennis Villenueve) Fiquei chocado com a revelacao, fui ver sem espectativa, terminei impressionado.

6- Ela – filme lancou logo apos o termino de namoro, marcou epoca esse ai kk. Atuacao, roteiro e direcao espetacular.

5- O Regresso – Melhor filme de aventura e vinganca que assisti nos ultimos anos, melhor fotografia em um filme que eu ja vi.

4- O Lobo de wall Street – Alem de otimas atuacoes, roteiro e direcao, foi o filme que mais me diverti vendo com amigos, ate hoje fazemos piada com o hum hum hum.

3- Me Chame Pelo o Seu Nome e Guerra Fria (2018) -O segundo foi um dos poucos filmes estrangeiros que vi, um dos que mais me marcaram tambem, a ambientacao da Europa pos-guerra e o estilo Noir da fotografia em B&W me fez sentir como se estivesse assistindo a algo lancado durante os anos 50. Alem de filmes completamente diferentes, ambos falam sobre os limites do amor. Estes dois foram os melhores romances lancados nesta decada.

2- A Origem- O filme mais reassistivel da decada, nunca enjoa. Engajante de uma maneira impressionante.

1- O Irlandes – Talvez seja cedo pois e o filme mais recente da lista, so o tempo dira. Mas que se tornara um classico isso nao me restam duvidas.

Menções honrosas : Skyfall, 12 anos de escravidao, Roma, O Grande Hotel Budapeste, Os Suspeitos, Blade Runner 2049, A Chegada, O Farol, Animais Noturnos, Pontes dos Espioes, Dunkirk, Ate o Ultimo Homem, 1917, Cisne Negro, A Rede Social e Bravura Indomita.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 30 de janeiro de 2020 - 10:29

É uma lista curiosa, com certeza. Mas tem títulos que eu realmente adoro.

Responder
Ordinário 29 de janeiro de 2020 - 23:49

Emocionado com Rede social em segundo, sem dúvida meu filme favorito dessa década.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 30 de janeiro de 2020 - 00:04

Filmaço mesmo!

Responder
Gabriel Bublitz 29 de janeiro de 2020 - 23:23

Boa a lista, sou do time que acha Os 8 Odiados o segundo melhor filme do Tarantino.

Agora que fui perceber que não botaram O Mestre em nenhuma posição das listas… Poxa crush :/

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 30 de janeiro de 2020 - 00:04

@disqus_9XzktQy2f7:disqus fiquei curioso, qual é o primeiro do Taranta pra você?

Rapaz, pelo que me lembro, O Mestre só entrou em UMA lista individual dos votantes! Eu particularmente não vou muito com a cara do filme não…

Responder
Gabriel Bublitz 30 de janeiro de 2020 - 13:16

O 1º é Pulp Fiction. Até acho que na fotografia Os 8 Odiados é melhor, mas Pulp Fiction é sensacional, além de ter marcado uma dita contra-cultura.

Sobre O Mestre, eu não botaria numa posição alta da lista, mas pelas atuações do Hoffman e do Joaquim Phoenix entraria ali entre os 100º – 75º. ALEÁS, depois da interpretação nesse filme, fazer o Coringa foi fichinha pro Phoenix hehe

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 30 de janeiro de 2020 - 16:20

Isso é verdade. As atuações em O Mestre… Ai meu Deus….

Responder
Will Black 29 de janeiro de 2020 - 18:49

A Chegada chegou chegando no primeiro lugar MERECIDÍSSIMO talvez pra contrastar com a injustiça que é a Amy não ganhar nada por esse filme. Hora de começar a maratona reversa com meta pra ser finalizada até final do ano. Valeu pelas listas pessoal

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 18:49

Quero depois saber tua opinião sobre os filmes vistos a partir dessas listas, viu!

Responder
Will Black 30 de janeiro de 2020 - 10:09

Vou comentar na crítica de cada um deles depois de ler elas e se lembrar, volto aqui também pra fazer um geral

Responder
Alexssander Antonio Ferreira 29 de janeiro de 2020 - 17:54

A chegada e a rede social acima de parasita…. Foi mal , mas n da prá levar a sério.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 18:42

Mas benzinho, anjinho, quem disse que é pra levar a sério, Xuxu de molho?

Deixa o Tio Lulu falar procê: aqui é o Plano Circo: O Picadeiro Obscuro e de Nicho dos Críticos Arrombados Bosta Lixo Prepotentes do Caralho que só querem mostrar que têm um “gosto diferenciado”, segundo análise super-precisa de Ninguém Perfeito, nosso maior fã!

Nosso objetivo aqui é a pura diversão, o riso, a gargalhada, o narizinho de palhaço e a florzinha com água na lapela! Não há nada para levar a sério! Sorria! Você está sendo planocriticado. Ou seria… planocircado?
https://uploads.disquscdn.com/images/677d4822cec4e57acdf9b5df96c02007f02ae3469e1fe213393de66b67b4bece.jpg

Responder
Josué de Morais 30 de janeiro de 2020 - 11:18

Eu tenho uma dúvida vcs vão anotando todos os acontecimentos kk? Pq a cada comentário vai aumentando a quantidade de referências, tá ficando difícil de acompanhar kkk

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 30 de janeiro de 2020 - 11:56

huahuahauahuahuahauhauahauhauahuahauhuhauhauah

A mais antiga dessas referências é o nosso lema maravilhoso (“críticos arrombados”), já as outras são do ano passado pra cá. Mas sim, eu vou anotando os principais xingamentos e zueras pra poder incluir no Editorial do final do ano HAHHAHAHAHAHAHAHHAHAHHAHAHAHAH

Responder
IDRIS ELBA RAMALHO 29 de janeiro de 2020 - 17:37

Eita, meu top 10:

10 – Mad Max: Estrada para a fúria.
9 – Logan.
8 – Garota Exemplar.
7 – Animais Noturnos.
6 – Nós.
5 – Parasita.
4 – O irlandês.
3 – O Babadook (Foda!).
2 – A chegada.
1 – 12 anos de escravidão.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 17:43

WOW!!! Babadook!!!

Responder
IDRIS ELBA RAMALHO 29 de janeiro de 2020 - 17:48

Fiquei em dúvida entre ele e A Bruxa, mas fico com o Babadook.
Acho até que se não fosse ele a gente ia demorar mais pra voltar com força total nessa coisa do terror mais psicológico e até reflexivo, que apelidaram de pós-terror. Depois dele a gente teve A Bruxa, Hereditário (que não curti tanto), Midsomar, e vários outros, meio que deu uma popularizada.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 18:48

Meu Deus, o que é isso que estou lendo aqui na tela do meu computador??? Oh, não! Meus olhos avistaram o termo “pós-terror“!!! Ó CÉUS, PROTEGEI-ME DESSAS BROTOEJAS QUE ESTÃO NASCENDO COMO ACÁCIAS DOENTES DA MINHA ALMA! Ó PAI CELESTIAL, VAI DERRUBANDO POR TERRA TODA OBRA DE SATANÁS. 😀

Entendo tua posição e também acho que este filme chamou atenção o bastante para permitir que os estúdios investissem em terrores bem diferentes, nesse renascimento e revisões do gênero que estamos tendo nos últimos anos. Mas confesso que nunca imaginaria que gostassem tanto dele a ponto de colocar tão algo numa lista de melhores da década.

Responder
JC 29 de janeiro de 2020 - 16:26

E lá vamos nósssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss!!!!

25. Ainda não vi
24. MAD: MAD MAD ESTA POSIÇÃO AQUI, AB-SUR-D-O!!!!!!!!!! UHHHHHHHHHHHHHHHH FORAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!
23. Divertidamente: Top 15.
22. Não vi
21. Cisne negro: Wow, top 15 também.
20. Pele que Habito: Nem entraria na minha lsita, nhé
19. Não vi
18. Não vi
17. Não vi
16. Não vi
15. Gravidade: Justissímo
14. Budapeste: Idem
13. Whiplash: idem
12. Não vi
11. Não vi
10. Birdman: Tb nem entraria na minha, não consegui gostar.
09. Não vi
08. Ficaria lá pros 20+
07. Melancolia: Vi uma vez, e amei o final, mas até chegar lá, foi complicado, pretendo re-ver.
06. Parasita: 30 primeiros. Não gostei tanto
05. Não vi
04. Irlandês: Maravilhoso, muito justo
03. Não vi
02. Rede Social: Mas nossa, nem morto esse filme aqui. Acho que talvez 99.
01. A chegada: Em primeiro? Nops nop nop nop.

Estoy louco ou não vi Interstellar????????????[
Nem Lá Lá Land…

UHm…………….

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 16:50

Você disse La La Lobby???

Brilha Brilha Estrelinha???

A Chegada e Rede Social obras-primas belíssimas!

Responder
Vinicius Maestá 29 de janeiro de 2020 - 17:37

Segundo o IBGE o comentário “Você disse La La Lobby???” apareceu muito no dia 29/01/2020. Segundo a instituição, esse fenômeno se dá pela perseguição de um crítico cinematográfico de um site obscuro e de nicho.

Responder
JC 29 de janeiro de 2020 - 17:43

Mas e quanto a Interstellar….senta aqui, vamos conversar!

Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 18:41

Eu só to tirando sarro, porque eu sou cínico. Eu gosto do filme de verdade. Mas não chegou a entrar na minha lista não.

JC 29 de janeiro de 2020 - 19:28

Gente, como ele tá belicoso, jocoso, crítico fora da caixinha.

Vem, vamos assistir Interstellar num telão grandão com todos os fãs do Plano Crítico!

<3

Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 19:34

NADA AGORA ME SEGURA!!!

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

Victor Oliveira 29 de janeiro de 2020 - 20:22

LA LA LOBBY KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK ISSO FOI GENIAL

Responder
Brontops 29 de janeiro de 2020 - 16:14

“A Chegada” é um bom filme, porém prefiro o “Incêndios”… hmmm Pensando bem, “A Chegada” realmente têm fãs inesperados, gente que odeia ficção científica gosta do filme. Só por este fato, já merece um destaque.

Eu também posicionaria Whiplash e Mad Max em posições melhores. Oito Odiados eu não gosto tanto (Especialmente em comparação com o Bastardos), mas na década deve ter sido o melhor do Tarantino.

Mas são coisas normais entre as Listas. O único que não acho bom o suficiente pra estar aqui é o Gravidade. Adoro o Cuarón, mas acho que o resultado foi meio raso para filme espacial da década. E eu também adicionaria o Aranhaverso em algum lugar da lista, se não entre os primeiros, entre os Top100: adoro o visual único de Alberto Mielgo (Parece que ele saiu da produção, mas usaram muita coisa que era dele).

Responder
Thiago Carvalho 29 de janeiro de 2020 - 15:10

Muito bacana a lista, pessoal! Parabéns pelo ótimo trabalho de compilação, seleção e exposição dos resultados. Imagino que devem ter tido ótimas discussões (internas e externas) até chegarem nesse incrível top 100. Para entrar também na brincadeira, segue meu top 10 (não necessariamente na ordem de preferência):

1. Incêndios, Denis Villeneuve
2. Culpa, Gustav Moller
3. Uma Mulher Alta, Kantemir Balagov
4. Retrato de uma Jovem em Chamas, Celine Sciamma
5. Stockholm, Rodrigo Sorogoyen
6. Whiplash, Damien Chazele
7. A Chegada, Denis Villeneuve
8. A Criada, Park Chan-Wook
9. A Origem, Christopher Nolan
10. Cafarnaum, Nadine Labaki

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 15:23

Olha só, A Origem no TOP 10!
Gostei da lista, @disqus_bxwnsJ194K:disqus!
Abraço!

Responder
Vinicius Maestá 29 de janeiro de 2020 - 17:43

Tu não curte tanto A Origem?

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 18:41

Curto sim! Entrou na minha lista. Só que bem mais atrás.

Responder
Felipe Augusto Hencklain 29 de janeiro de 2020 - 14:28

Que pena vocês não terem gostado de Hereditário.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 15:18

Eu até gostei. Mas nunca sequer passou na minha mente colocar esse filme numa lista de “Melhores da Década”. Na minha pessoal, pelo menos, não entrou.

Responder
Mestre Kame 29 de janeiro de 2020 - 13:48

Lista bem bacana, de um modo geral. Muito feliz em ver A Favorita sendo lembrado. Para mim é um filmaço, que infelizmente foi esnobado no Oscar 2019. No mais, fiquei com uma dúvida: La La Land não deveria estar entre os 100 melhores da década não??

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 14:17

Você quis dizer… LA LA LOBBY???

AHUAHAUHAUHAUAHUAHAUHAUAHAUHAUAHUAHAUHAUAHU

Responder
Pablo Eckstein 29 de janeiro de 2020 - 13:39

Sou terrível em criar listas. Isso, e o fato de que deixei de ver muita coisa na última década, torna muito complicado elaborar alguma coisa. Mas vou tentar:

1. Cafarnaum
2. O Quarto de Jack
3. Três Anúncios Para um Crime
4. Garota Exemplar
5. Birdman
6. Whiplash
7. O Lobo de Wall Street
8. Os Oito Odiados
9. Ela
10. Bacurau

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 13:48

Ficou bacana sua lista! Gostei, embora não morra de amores por O Quarto de Jack…

Responder
Thiago Paz 29 de janeiro de 2020 - 13:21

O Irlandês não deve ser nem o melhor filme com I, imagina ficar em quarto.

Responder
Elessar 29 de janeiro de 2020 - 13:09

Que lista maravilhosa…vcs mandaram bem demais tanto na de séries quanto na de filmes, deu pra perceber o trabalhão que foi elaborá-las.
Vou parar de parabenizar vcs pq está redundante já.
Gostei que um dos meus filmes favoritos é o primeirão da lista, sei que todos tem seus méritos, mas o que A Chegada causou em mim enquanto assistia foi algo que poucas vezes senti.

Grande abraço aos senhores!

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 13:28

A Chegada é isso mesmo: ele causa um impacto na gente que é praticamente inédito. Senti isso também vendo o filme.

Responder
Daniel Duarte 29 de janeiro de 2020 - 12:58

Eita… De 25 só assistir 11 dessa lista! Vou começar hoje mais tarde e irei começar pelo filme do Almodóvar.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 13:27

Ótima escolha. Mas vá com a mente aberta!

Responder
Daniel Duarte 29 de janeiro de 2020 - 16:44

Acabei de ver e ainda estou arrebatado
com a reviravolta do fim do meio para o final do filme. E eu achando que seria só um drama, mais um drama, e levei esse susto do Almodóvar. Ainda surpreso. Filmão da porra!!!

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 16:50

AEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE que maravilhoso! Feliz que tenha gostado!

Responder
Nellio Vinicius 29 de janeiro de 2020 - 12:51

Não vi nenhum dos filmes dessa parte, que são fora do eixo de Hollywood, o abraço da serpente me interessou, e como assim não tem Interestellar, Django Livre e Lobo de Wall Street???
Oito Odiados está na minha lista negra, foi um parto terminar o filme, vi pela Netflix, talvez tenha estragado a experiência, não sei, a única coisa boa foi o Oscar pro Moriconne.e feliz porque coisas como La la land não estão no topo e nem sequer foram lembradas.

Responder
Flavio Batista Dos Santos 29 de janeiro de 2020 - 12:34

Só de ver Mad Max nessa lista eu já adorei. Mas ver a chegada em 1o. Foi demais pro meu coração. Lista foda

Responder
Matheus Felipe 29 de janeiro de 2020 - 12:33

Cadê Tartarugas Ninjas 2, Já merecia o top 5 pelo fato de ter o Stephen Amell atuando.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 13:27

Poxa, só as pérolas ausentes…

Responder
Matheus Felipe 29 de janeiro de 2020 - 13:33

Falando sério, o surpreendente da lista foi não aparecer Django Livre (eu não gosto muito), O Lobo de Wall Street e Interestelar.

Responder
Matheus Felipe 29 de janeiro de 2020 - 12:20

Isso aqui foi muito inesperado. Meu top 10:

1 -O Irlandês- Apesar de odiar o feito do diretor em cansar o espectador com inúmeras passagens de tempo, considero o melhor filme da década.

2 -Os Oito Odiados- Esse filme é bem contrário ao Era Uma Vez Em Hollywood, pois aqui o todo de cenas é magnífico, Junto com Três Homens Em Conflito são os meus preferidos do faroeste.

3 -Whiplash- Eu adoro esse filme, nem precisa comentar.

4 -Mad Max- O melhor filme de Ação que já vi.

5 -O Grande Hotel Budapeste- Até 2014 era meu filme favorito da década, gosto muito da maneira que a trama prende a qualquer um.

6 -Cisne Negro- Essa pra mim mantenho empatado com Requiem entres as melhores do diretor, pois a pressão sobre o espectador no rumo da história é de ficar perplexo.

7 -A Favorita- Filme que quase ninguém teria interesse, e te faz sentir interessado com o jogo de gato e rato.

8 -Parasita- Ainda acho A Criada o melhor filme da década na coreia, pois pelo menos gosto do final.

9 – Trama Fantasma- É um diferente filme de Romance, o que já leva o top.

10 – Birdman- Esse eu acho bacana.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 12:23

Eu acho que você postou a lista antes de completar, certo? Edita aí pra gente ver todos! 😀

Responder
Matheus Felipe 29 de janeiro de 2020 - 12:33

Cliquei em publicar antes de completar. kkk

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 12:33

Acontece comigo às vezes!

Responder
Matheus Barros 29 de janeiro de 2020 - 12:20

Gostei de alguns nomes que estão entre os meus preferidos (Me Chame Pelo Seu Nome entrou passando raspando, rs) e já separei aqui todos que não assisti pra ir atrás. Só senti falta mesmo de Bacurau, nesse primeiro momento. Mas ótima lista, rapaziada!

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 12:23

Bacurau quase entrou na lista, mas lá atrás. No entanto, Aquarius ganhou a disputa…

Responder
Qlopes 29 de janeiro de 2020 - 12:14

Surpreso (e feliz!) com A Chegada em 1º e mais ainda em Mad Max (que acho que seria meu top 1) figurando o top 25! Oito Odiados realmente é mt foda mas confesso que – apesar de um baita filme – nunca achei Rede Social grande coisa

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 12:14

Mad Max é fodão! Compreendo por que o colocaria em primeiro!

Responder
ABC 29 de janeiro de 2020 - 11:54

Concordo com a maioria dos leitores em discordar da posição de Os oito odiados, até Machete e Machete mata são melhores. 😎

Cadê os clássicos nacionais modernos De pernas para o ar, Até que a morte nos separe e Minha mãe é uma peça?

Vocês já foram melhores, tsc tsc…

Nota da lista:
💩💩💩 3/5 sorvetinhos.

Saudações.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 12:14

Já to vendo que vou ter que gastar a propina da Marvel de janeiro todinho pra mandar uns capangas visitarem CERTAS PESSOAS…

Dos Clássicos Modernos a gente está em falha. Como o Ninguém Perfeito disse lá na lista de séries, claramente essas listas são uma vitrine para nós mostrarmos o quantos temos um “gosto diferenciado”, por isso ignoramos coisas realmente importantes e marcantes da década como esses que você citou + É Fada + 10 Mandamentos + Edir Criminominion + Mortdecai e por aí vai…

Poxa, ganhamos 3 cocozinhos e meio??? AAAAAAAAAAAAAA QUE ALEGRIA!!!

Responder
Ana 29 de janeiro de 2020 - 11:54

Fico pensando em como deve ter sido divertido se reunirem para chegar a um acordo desse!
Adoro essas listas, aproveito e faço também a minha de filmes que vou tentar achar e ver. Mas não gosto de alguns dos escolhidos– por exemplo, Cisne Negro, que nada me disse, e Pele que habito, para mim, seria mais um Almodóvar se não fosse a ótima cena final, aquele sorrisinho de satisfação do agora “ela” ao ver que finalmente teria chance de transar com a mulher de que sempre esteve a fim. A ordem, é complicada para mim, não sei dar nota em arte. Senti falta de A Fita Branca, de M Haneke. Se fosse obrigada a dar notas, O abraço da Serpente, Amor, Paterson, Sono de Inverno, Culpa, Caça…. estariam na quarta lista. Retrato de uma jovem em chamas (um dos filmes mais belos que vi, em que é o olhar que dirige a trama. Tem algo mais cinema?)
Enfim, vida longa ao PC! Aprendo com vcs.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 12:14

Seguimos juntos, sempre! 😀

Responder
Henrique Valle 29 de janeiro de 2020 - 11:28

Eu estava apostando em O Irlandês como primeiro, me surpreendi com A Chegada

E ok, eu não esperava entre os 25 primeiros, mas já que acabou a lista posso protestar: Nada de Guerra Infinita? O MCU foi o que definiu a década no cinema e a culminação de todos os filmes merecia um lugar entre os 100.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 12:08

O filme do MCU que definiu a década foi Os Vingadores (2012), embora Ultimato tenha sido um marco inquestionável, pelo bem ou pelo mal… Mas dos filmes de bonequinho, esse Guerra Infinita ou mesmo Ultimato não rolou entrar não…

Responder
Cartman da China 29 de janeiro de 2020 - 10:33

Feliz em ver Gravidade e Oito Odiados em tal altas posições, gosto demais desses filmes mas eles são meio desdenhados.

Wiplash tem a segunda melhor atuação da década na minha opinião, JJ Jamerson tá muito foda. Podia rolar uma lista de melhores atuações da década em hahahaha

Não parei pra formular uma lista minha, mas A Chegada nao seria o melhor da década (eu provavelmente estaria entre Mad Max e Lobo de Wall Street), só q não tem como discordar, o filme é muito acima da media.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 12:08

Eu gosto do Lobo, mas confesso que não chegou nem a entrar na minha lista pessoal.

Responder
Raffiinha 29 de janeiro de 2020 - 09:59

Tenho que tomar vergonha na cara e assistir Birdman de uma vez. Tentei na época em que concorreu ao Oscar, mas tava cansado no dia e desisti com 10 minutos.

A Chegada é uma obra que eu adoro, mas também é um filme que perde muito do seu impacto ao ser revisto. Por ter revisitado ele recentemente, fico um pouco com pé atrás ao vê-lo na primeira posição.

A Rede Social é um filme que eu nunca tive saco, não sei pq. Pura má vontade mesmo.

Trama Fantasma seria meu top 1 com toda certeza, seguido de Whiplash e Os Oito Odiados (também sou do time que ama o filme).

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 12:08

Eu revi A Chegada uma vez confesso que continuou poderoso pra mim. Amo demais esse filme.

Responder
Lucas Rodrigo 29 de janeiro de 2020 - 09:59

Que injustiça com É Fada!, o legítimo merecedor desse primeiro lugar hahahaha

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 11:54

Essa obra-prima está em 1º lugar em nossos corações!

Responder
Daniel Tristão 29 de janeiro de 2020 - 09:34

Muito legal essa lista, parabéns! Fico feliz de ter visto a maioria e também por ter aumentado minha lista de filmes para ver!

Sem discutir posição, meu ranking não teria:
Guerreiro
Como Treinar Seu Dragão
Moana: Um Mar de Aventuras
Confronto no Pavilhão 99

Mas teria:
Eu, Daniel Blake
Cloud Atlas
Relatos Selvagens
A Bruxa

Curti A Chegada em primeiro lugar, filmaço!

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 11:54

Caramba, gostou tanto assim de Cloud Atlas, hein! Estou surpreso, meu caro!

Espero que pegue boas dicas e goste dos filmes. Depois diga quais viu e se gostou ou não.

Responder
Daniel Tristão 29 de janeiro de 2020 - 20:33

Gostei sim! Preciso rever? Com certeza, mas até lá…
E lembrei de mais um: Interstellar entraria na minha lista.

Responder
cristian 29 de janeiro de 2020 - 09:14

O que?! A chegada em primeiro? Morri… de alegria! Rede Social é um filme desafiador do jeito que poucos sabem fazer e um marco do cinema atual, PTA é o tipo de cinema que dependendo do filme eu chamo de bom filme chato, aquele que você vê todas as qualidades cinematográficas na sua cara mais que tem um ritmo modorrento, só pra ficar nas 3 primeiras posições… claro que eu inverteria diversas posições entre os 50 primeiros, mais é inegável que temos alguns clássicos aqui e 3 filmes de 2019, o que mostra como o ano foi bom

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 11:54

2019 foi uma surpresa mesmo. Na linha de coisinhas mornas que tivemos, ver um ano com tanto filme estupendo meio que deixou todo mundo de queixo caído.

Responder
FabioRT 29 de janeiro de 2020 - 08:55

Cara…é tanto filme que eu já me perdi nas listas rs rs r
Tem alguma coisa do James Gray ??? Eu acho Era uma vez em Nova York e Z: A Cidade Perdida dois filmaços.
Muito obrigado…deve ter dado uma trabalheira !!! Agora é usá-la como referência para assistir pérolas perdidas da década.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 11:54

Boas sessões daqui pra frente!

Responder
Cahê Gündel 🇦🇹 29 de janeiro de 2020 - 08:55

Mas gente, isso ficou do que eu esperava! Melhor lista de filmes da década que eu vi, inclusive ficou melhor que a minha kkkkkkkkkk o único que não vi foi Mistérios de Lisboa, tenho que me planejar.

Vou largar meu top 25 (o único critério foi não repetir diretor):

1 Twin Peaks: O Retorno (vi muita gente considerando como filme, então entrei na onda)
2 Cisne Negro
3 Mad Max
4 Sono de Inverno
5 Os Oito Odiados
6 A Criada
7 Cópia Fiel
8 Vício Inerente
9 Assunto de Família
10 Elle
11 A Grande Beleza
12 Azul é a Cor Mais Quente
13 O Irlandês
14 Melancolia
14 A Separação
15 Sob a Pele
16 Carol
17 Toni Erdmann
18 Em Chamas
19 Na Praia à Noite Sozinha
20 Drive
21 Tabu
22 La La Land (hehehe)
23 Boyhood
24 Acima das Nuvens
25 A Ghost Story

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 11:54

@cahegundel:disqus não me diga que você está na onda da lista dos diretores na Cahiers! A despeito das viagens de ópio do Titio Lynch, é definitivamente série, não é filme não. HAUAHUAHAUHAUAHUAHAUHAUAHUAHUHAHAUAUHA

Mistérios de Lisboa é bem grande. Reserve bastante tempo pra ver.

Responder
Cahê Gündel 🇦🇹 29 de janeiro de 2020 - 13:21

Ahahahahaha eu vi em mais de um lugar, mas quem lansou a braba acho que foi a Cahiers mesmo. Poxa, tava tão feliz com algo do Lynch em primeiro lugar 🙁
Mas ok, promovo Cisne Negro ao primeiro e A Chegada ao 25o.

Responder
Teco Sodre 29 de janeiro de 2020 - 08:37

Meu cu caiu da bunda quando vi o primeiro lugar… Não porque eu não concorde, mas porque me veio como um plot twist dos melhores! Estou, desde já, em busca daqueles filmes que ainda não vi, para não ficar de fora da panelinha de vocês. xD

P.S.: Amei a lista! Deve ter dado um trabalho danado! Obrigado. s2

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 11:47

Só resultou em algumas mortes no meio do caminho, mas conseguimos fazer tudo! HAUAHUAAUAHUAHAUHAUHAUHAUAHU

Acho que pra muita gente o nosso 1º Lugar foi uma baita de uma surpresa!

Responder
Teco Sodre 29 de janeiro de 2020 - 11:54

Hahahahahahaha! Eu fiquei extremamente feliz, como fã do Villeneuve, como fã da Amy Adams (tadinha), como fã do filme e como fã da área de Letras e Linguagens. Como todo mundo.

Responder
Cahê Gündel 🇦🇹 29 de janeiro de 2020 - 13:21

E o que achou do Retrato de Uma Jovem em Chamas no top 10? 😀

Responder
Teco Sodre 29 de janeiro de 2020 - 16:58

Justo, justíssimo. Um dos filmes mais arrebatadores que vi na vida. Ainda tô todo chamuscado aqui.

Responder
Diário de Rorschach 29 de janeiro de 2020 - 08:33

1. Django Livre
2. O Lobo de Wall Street
3. Coringa
4. Toy Story 3
5. Ilha do Medo
6. Birdman
7. Homem-Aranha no Aranhaverso
8. Green Book
9. It – A Coisa
10. Três Anúncios Para Um Crime
11. Animais Noturnos
12. Hereditário
13. 12 Anos de Escravidão
14. Interestelar
15. Logan
16. Capitão Famtástico
17. Ela
18. Mad Max – Estrada da Fúria
19. Viva – A Vida é uma Festa
20. Invasão Zumbi
21. Garota Exemplar
22. O Abutre
23. Meu Nome é Dolemite
24. Clube de Compras Dallas
25. Killer Joe

Responder
Diário de Rorschach 29 de janeiro de 2020 - 08:32

Trama Fantasma é um saco
E pera lá, não me lembro de ter visto Django Livre nessa lista

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 11:03

Trama Fantasma é uma obra-prima do cinema.

Sobre Django: sua memória está boa, então.

Responder
Diário de Rorschach 29 de janeiro de 2020 - 11:10

Muito chato cara
É sério bicho? Não tem Django nessa lista?

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 12:08

Aqui só trabalhamos com a verdade! HAHHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHHAH

Responder
Bernardo Barroso Neto 29 de janeiro de 2020 - 07:54

Só não concordei com a posição de Mad Max, colocaria entre os 15. O top 10 está perfeito.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 11:47

É um filmaço, com certeza! Entendo sua paixão por ele.

Responder
Rodrigo Rocha Vaz 29 de janeiro de 2020 - 07:54

Opa, olha o Denis Villeneuve nas cabeças. Suspeitei desde o princípio. Ótima lista.
Abs

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 10:49

Ninguém mexe com Deninho Vienôvezinho perto da gente!

Responder
Rodrigo Rocha Vaz 29 de janeiro de 2020 - 13:21

Melhor diretor em atividade, na minha opinião. Suas obras são tão profundas que resistem bem a (algumas) revisões. Ficam melhores, aliás.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 13:33

Concordo plenamente!

Responder
Camilo Mateus 29 de janeiro de 2020 - 07:13

mimimi os oito odiados mimimi gravidade
*esse é um comentário gerado automaticamente*

Responder
Lucas Rodrigo 29 de janeiro de 2020 - 09:59

Que injustiça com É Fada!, o legítimo merecedor desse primeiro lugar hahahaha

Responder
Fernando Annunziata 29 de janeiro de 2020 - 02:43

Me surpreendi horrores com os oito odiados. Tá na minha black list, disputando fortemente o top 10.
No geral eu gostei bastante da lista. Nunca vi “A Chegada”, tá nas previsões agora…

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 10:38

8 Odiados é ouro puro!

Veja A Chegada, meu velho. Só veja.

Responder
Victor Martins 29 de janeiro de 2020 - 01:14

Ok, vamos lá vou ter que discordar em algumas coisas porque sou chato em essência. Gostei mais da lista de séries rs

1- Já devo ter comentado por aqui que acho Os Oito Odiados um dos filmes mais fracos do Tarantino (o que já é melhor que todos os filmes de um Tom Hooper da vida e outros zé ruelas que volta e meia apareciam no Oscar por causa do Weinstein), e olhe que sou o maior sucker por Agatha Christie (com exceção daquela desgraça de E Não Sobrou Nenhum) e histórias de whodunit, mas esse filme não me deixou envolvido no mistério. Então esse já é um que não colocaria no TOP 25, mas no TOP 100 entraria.

2- Não gosto de Gravidade. Eu não sou muito fã de filmes que se escoram apenas na parte técnica e esquecem a substância. Odeio o bagulho do fantasma do Sr. Raposo lá e se alguém tiver uma explicação cientifica ou coisa e tal para me explicar adorarei ouvi-la, porque de fato não entendi aquilo até hoje. Desculpa, mas se isso é em algum filme do Michael Bay ou do Zack Snyder passariam anos e anos detonando isso.
É igual aquela parte de BvS em que o fantasma do Kevin Costner aparece DO NADA no meio do polo norte ? Os Snydistas tentaram me explicar que era delírio do Cavão por conta do frio.

3- Não dá pra colocar todos os filmes, mas eu realmente acredito que unanimidades como Mulheres do Século 20, A Qualquer Custo, Três Anúncios Para um Crime e Manchester à Beira Mar poderiam ter entrado na lista de 100, nem que fosse no lugar dos filmes de bonecos na primeira parte. Mas estou feliz que aquela praga de La La Land não entrou. Chupa essa, Emma Stone! Aquele oscar era da Natalie Portman ou da Huppert. Morte aos musicais (a exceção de O Mágico de Oz)

Enfim, listas são preferências pessoais. Na minha mesmo tem vários absurdos indies que ninguém conhece.
Coloco aqui a minha:

Meu TOP 25:
1- Private Life (Ou o filme que ninguém assistiu porque o algoritmo da Netflix estava mais ocupado promovendo séries de adolescentes)
2- Whiplash
3- Três Anúncios Para um Crime
4- Personal Shopper (Kristen Stewart s2)
5- Parasita
6- Melancolia
7- Acima das Nuvens (Juliette Binoche s2)
8- Birdman (Fuck you, Eddie Redmayne desgraçado! Que a maldição de Gwyneth Paltrow te pegue)
9- Moonrise Kingdom
10- O Grande Hotel Budapeste
11- A Chegada
12- A Ghost Story
13- O Irlandês
14- Mulheres do Século 20 (Esse filme é tão deprimente que me deixou estressado assistindo, me disseram que era uma comédia lighthearted. Sacanagem)
15- Dois Dias, Uma Noite
16- Incêndios
17- Mad Max: Estrada da Fúria
18- A Qualquer Custo
19- Temporário 12
20- Projeto Flórida
21- Perdi Meu Corpo
22- Nebraska
23- Manchester à Beira Mar
24- Irmã
25- Shaun: O Carneiro (Aardman rainha, Disney nadinha)

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 01:20

1 – Para mim e para o Ritter, 8 Odiados é o melhor filme do Tarantino. Obra-prima aclamadíssima aqui na editoria. 😀

2 – Não entendi nadinha nadinha, ficou um bolo de comparações aí eu me perdi no ponto central. Mas o fato inicial está dado: vc não gosta de Gravidade. Blz sobre isso. Nem todo mundo gosta de tudo. Nós amamos.

3 – Eu ia dizer que não vejo unanimidade em relação a esses filmes, só uma visão positiva generalizada, mas com diferentes graus de “filmes bons”. De todo modo, só o fato de não terem conseguido votos o bastante entre os votantes da nossa lista já é uma prova que essa unanimidade realmente não existe. Mas eu estou na visão generalizada. Acho todos eles bons. Especialmente Mulheres do Século 20, que é fodão.

Fiquei espantado com o 1º lugar. Acho que foi você quem me indicou esse filme aqui nos comentários, não foi? Ainda não vi, mas está na lista.

Responder
Victor Martins 29 de janeiro de 2020 - 01:44

Private Life é sensacional. O Paul Giamatti e a Kathryn Hahn tem uma química perfeita e fazem um dos casais mais desajustados do cinema.

É um filme que traz bem aquela sensação de tempo perdido e de auto questionamento que temos em relação ao passado, e as escolhas do ser humano.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 02:03

Já adorei a premissa e as ideias que ele traz!

Responder
Here's Johnny 29 de janeiro de 2020 - 01:57

Eu nunca tinha ouvido falar em private life, vi um trailer no youtube e gostei, fui adicionar na Netflix e me surpreendi com a classificação 18 anos, o filme é tão pesado assim, ou é uma classificação exagerada tão exagerada quanto parece?

Responder
Victor Martins 29 de janeiro de 2020 - 09:47

Eu acho que é exagerado.

Mas o filme tem algumas cenas de nudez sim, e tem drogas.

Responder
Ruqui 29 de janeiro de 2020 - 01:57

Também senti a falta de Três Anúncios Para Um Crime, um dos meus filmes favoritos desta década. Quero recontagem dos votos e que eles não sejam secretos pra eu ver quais desses críticos deste site obscuro e de nicho devo odiar em segredo alfinetando seus bonequinhos de vodu.

Responder
Cahê Gündel 🇦🇹 29 de janeiro de 2020 - 11:54

Opa, já adicionei Private Life a minha lista na Netlflix. Realmente passou batido pra mim. Maldito algoritmo, mesmo dando negativo em várias tralhas ele me continua me mostrando coisas semelhantes. E, sim, Kristen Stewart e Juliette Binoche S2

Responder
O Homem do QI200 5 de fevereiro de 2020 - 09:33

Private Life seria aquele filme sobre um casal obcecado em ter um bebê? Se for, na boa, eu acho que você viveu uma experiência parecida com esse filme para se envolver tanto e colocá-lo no seu top1 pq não tem nada de demais.

Responder
Augusto 29 de janeiro de 2020 - 01:14

Eu só não reclamo de A Rede Social não ser primeiro porque A Chegada é maravilhoso também. Mas, como A Rede Social é o meu filme preferido, é o primeiro pra mim fácil. Gostei de vocês terem posto Divertida Mente tão alto e tô quase me batendo de ter visto tão pouco dos filmes não americanos, tenho que correr atrás. Agora, faltou vocês colocarem Paddington 2 na lista (sim, uma continuação de um filme de ursinho falante é um dos melhores da década pra mim). Me surpreendi com as posições de Birdman e Os Oito Odiados, não esperava estarem tão alto. Vou fazer um Top 5 da década, porque com mais eu não ia conseguir me decidir:
1- A Rede Social
2- O Irlandês
3- Assunto de Família
4- A Chegada
5- Boyhood

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 01:14

Eu e Ritter somos totalmente apaixonados por 8 Odiados, por pouco ele não ficou mais à frente! HAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAH

Cara, como eu falei para o @disqus_zUdHtnrTCC:disqus logo abaixo, Paddington 2 entrou em um dos cortes da minha lista pessoal. É um filmaço mesmo! Pena que concorrentes bem melhores colocados na formação da lista acabaram entrando no lugar.

A Rede Social é do caralho!

Teu TOP 5 é bem bacana, hein!

Responder
Here's Johnny 29 de janeiro de 2020 - 01:14

Os Oito Odiados é minha maior discordância com a lista, provável que não entrasse no meu top 500.

Quanto ao resto da lista eu concordo, uns mais, outros menos, mas não há nada que dê para dizer que não mereça estar nessa parte da lista, com exceção de Mistérios de Lisboa, que eu nunca ouvi falar sobre.

Enfim, obrigado pela lista pessoal, imagino que deva ter sido extremamente trabalhoso fazê-la, mas foi divertido de acompanhar a saga, e descobrir filmes novos.

E como eu sou um arrombado, vou colocar defeito e citar aqui alguns filmes (não tão prestigiados, ou famosos) que ficaram de fora dos 100, mas na minha opinião merecem serem lembrados:

Temporário 12
O Menino e o Mundo
Quase 18
Que Horas Ela Volta?
O Quarto de Jack
Os Suspeitos (meu favorito do villeneuve)
A Incrível Aventura de Rick Baker (A grande dramédia da década)
As Aventuras de Paddington 2 (O grande filme familiar da década)
Sombras da Vida
Terra Selvagem
Decisão de Risco
Shaun, O Carneiro
A Canção do Mar (Um prato cheio pra quem ama animação)
As Vantagens de ser Invisível (Esse só porque marcou minha adolescência mesmo).

E é claro, ele, o todo poderoso, comentado até hoje…

BATMAN VS SUPERMAN – A ORIGEM DA JUSTIÇA (CULT)

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 01:14

Desses que você citou, Os Suspeitos entrou na minha lista pessoal. E no primeiro (de uns 20) cortes, Paddington 2 também tinha entrado. Esse filme é bom demais!

BvS terá um Especial próprio!

p.s.: NÃO GOSTA DE OITO ODIADOS? FAVOR PASSAR O ENDEREÇO PARA EU FAZER UMA BOA REFORMA E APLICAR UMA BELA PINTURA NA SUA CASA!

Responder
Here's Johnny 29 de janeiro de 2020 - 01:34

Poxa, uma pena para os dois, mas fico feliz em saber que pelo menos alguém lembrou deles.

Finalmente o espaço merecido para a obra-prima hehehe um top de piores mais incompreendidos da década? Talvez? Ou seria aquela lista de favoritos comentada anteriormente? Fica a expectativa.

Opa, estou precisando de uma pintura, como adivinhou? Segue o endereço:

Avenida dos Odiadores, 8 – Tarantinópolis.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 02:03

Caralho, que endereço criativo da porra!!! PQP, @disqus_zUdHtnrTCC:disqus!!!

Responder
Joabe Ferreira 29 de janeiro de 2020 - 01:08

Outra lista interessante, diferente do que vi por ai.
Rede Social hmm! glup! GLUP!!!!!

De qualquer forma, parabéns por outra lista e imagino o quão deve ser complicado chegar a um consenso (mesmo com a maturidade e aceitação pela posição ou presença de um filme que de repente fulano não curte hahaha) juntando várias listas dos críticos do site pra formar uma especial da década.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 01:14

Olha aqui, Sr. @disqus_pHRwnCVDK1:disqus, venho aqui dizer que está PROIBIDO eu disse PRO-I-BI-DE-Ó-DÓ passar mal por causa do lidão Rede Social, viu! Peraí que Dona Rita já traz o chá de boldo! HAUHAUAHAUHAUAHUHAAUHAUAHUAHUAHAUHAUAHUAHUA

Complicado? Magina, mano! Eu, por exemplo, só precisei demitir 5 e matar 2 colegas de trabalho pra conseguir finalizar a lista! Tudo de boas, na #pas dos anjos! 😀

Responder
Vinicius Maestá 29 de janeiro de 2020 - 00:55

Pô galerinha, ter Pantera Negra na lista e não ter La La Land é… a opinião de vocês e eu respeito isso (mais ou menos).
Finalizando minha lista então:
25 – Capitão América – Soldado Invernal
24 – Blue Jasmine
23 – Ela
22 – O Primeiro Homem
21 – Gravidade
20 – Toy Story 3
19 – Roma
18 – mãe!
17 – Projeto Flórida
16 – Lady Bird
15 – Carol
14 – Mad Max: Estrada da Fúria
13 – História de Casamento
12 – Moonlight
11 – Garota Exemplar
10 – Meia-Noite em Paris
9 – A Chegada
8 – Whiplash
7 – Cisne Negro
6 – La La Land
5 – A Rede Social
4- Como Treinar o Seu Dragão
3 – Trama Fantasma
2 – A Origem
1 – Que Horas Ela Volta?

Tem muita coisa na década que ainda não vi, mas por enquanto a minha lista fica assim. Abraços!

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 01:08

La La Lobby acho que entraria em 9998397345823456789876543234567579348723985792387592837589273458934734284739º Lugar na minha lista de melhores filmes… Já T’Chalão entrou em 100º mesmo.

Fiquei surpreso em ver Que Horas Ela Volta? em primeiro lugar! Gosto muito desse filme, mas não para tanto. Na nossa, o brasileiro porreta que entrou foi Aquarius, como você sabe.

Agora dá pra pegar as dicas da lista e ver alguns para discutir com a gente aqui! 😀

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 01:08

La La Lobby acho que entraria em 9998397345823456789876543234567579348723985792387592837589273458934734284739º Lugar na minha lista de melhores filmes… Já T’Chalão entrou em 100º mesmo.

Fiquei surpreso em ver Que Horas Ela Volta? em primeiro lugar! Gosto muito desse filme, mas não para tanto. Na nossa, o brasileiro porreta que entrou foi Aquarius, como você sabe.

Agora dá pra pegar as dicas da lista e ver alguns para discutir com a gente aqui! 😀

Responder
Vinicius Maestá 29 de janeiro de 2020 - 01:14

Que Horas Ela Volta? foi um filme que me deixou sem fôlego durante toda a projeção, apesar de eu ver alguns defeitos no filme; mas é como eu disse na outra parte, eu tento mesclar racionalidade e sentimento na hora de formar a lista.

Só uma constatação: Apesar de amar os filmes do Chazelle, acho que podemos concordar que a década é do Denis Villeneuve, certo? Assim como o Nolan (minha paixão) foi na década passada (aliás, vejo semelhanças entre esses dois diretores fudidos e isso é muito cabana).

Ahhh, e com certeza vou usar essa lista para assistir os filmes que eu ainda não vi, principalmente os não norte-americanos. Belíssima lista.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 01:14

@vinicius_maest:disqus concordo totalmente contigo, velho. Villeneuve foi O DIRETOR dessa década. O cara pegou o foguete da qualidade de foi-se embora, ninguém segurou mais o monstro, tá loko!

Responder
O Homem do QI200 29 de janeiro de 2020 - 00:49

Caralhoooooo, A Chegada, manooooo, feliz pra caralhooooooo, vai tomar no cuuuuuu, valeu a pena esperar por essa lista.
Eu amo todos vocês do Plano Crítico, seus arrombados.

Responder
nuwgott 29 de janeiro de 2020 - 00:37

Dentre os 100 filmes citados e dos que eu assisti, meu top 10 ficaria assim:

1 – Winter Sleep
2 – Cisne Negro
3 – Divertida Mente
4 – Gravidade
5 – Ela
6 – Blade Runner 2049
7 – Birdman
8 – Projeto Flórida
9 – Melancholia
10 – Ex Machina

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 00:42

Lindo TOP 10 também!

Responder
Vitor Guerra 29 de janeiro de 2020 - 00:33

Sem Velocipastor? lista furada.
Falando serio, otima lista o maior merito dela é ser uma grande recomendação para quais novos filmes procurar.
Prevejo que os próximos comentários serão um mar de reclamação sobre o fato de Mad Max estar fora do Top 10.
Eu amo Rede Social mas achei segundo lugar exagerado kkkkkk
A Chegada em primeiro totalmente merecido.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 00:37

A Rede Social era o 1º Lugar da lista até o penúltimo corte!
NA MINHA LISTA PESSOAL é, de fato, o 1º lugar.

Responder
nuwgott 29 de janeiro de 2020 - 00:33

Três coisas que preciso confessar:

Primeiro: cheguei a pensar que Birdman, um dos meus filmes prediletos desta década, não estaria na lista, tendo em vista que já li muitas pessoas afirmarem que ele nem mesmo merecia o Oscar de melhor filme. Fico muito contente com o reconhecimento. Amo o fato do filme ser um retrato fidedigno até mesmo do próprio Keaton, e de como ele conseguiu renascer após esse exercício de auto ironia.

Segundo: Eu realmente não consigo compreender o endeusamento que A Rede Social possui, não sei se é por que não curto as atuações “hiperativas” de Eisenberg, que me dá a sensação dele ser um ator de um único perfil de atuação (Zuckeberg aqui é muito semelhante à Lex Luthor de Superman) ou se é o fato de que todo e qualquer filme de Fincher me desagrada na forma como ele é contado, sempre com um personagem narrador ou semelhante, sempre com aquela linearidade didática. Além do quê, a história em si da criação me é muito desinteressante, e o filme se passa quase que inteiramente na ótica da desavença judicial, com uma pintada de filme adolescente.

Terceiro: Eu gostei bastante de A Chegada, mas meu preferido de Villeneuve é de fato Blade Runner 2049. Foi neste filme que tive minha abstinência de um bom sci-fi saciada. Não colocaria Blade Runner 2049 em primeiro, mas inverteria as listas entre os dois. A chegada no Top 50, e Blade no Top 25 (Faria o mesmo com os filmes de Tarantino).

Amei muito esta lista, assisti a maioria dos filmes.

Senti falta de La La Land no top 100, é um musical muito bonito.

Responder
O Homem do QI200 29 de janeiro de 2020 - 01:08

Assim, filme também é gosto, vc pode não gostar, simples assim. Eu por exemplo, tbm não acho Rede Social nada de demais, assim como Birdman (eu sou daqueles que não acha que esse filme merecia o Oscar). Blade Runner 2049, acho um filme bem maçante. Eu acho A Chegada foda demais, mas meus pais acham péssimo (bem verdade que eles não entenderam nada), mas como disse, varia de acordo com o gosto de cada um. Essa lista é pessoal do pessoal que trabalha nesse site. A questão é aproveitar a lista para ver filmes que deixamos para trás e montar a nossa própria.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 00:42

Birdman é maravilhoso! Não poderia faltar na lista!

A Rede Social é um PRIMOR de filme! Para mim, é o 1º lugar, mas eu estou feliz com A Chegada em 1º também. São grandezas diferentes e super merecedoras de altos louros…

Você quis dizer… La La Lobby? HAUHAUAHUAHAUHAUAHUAHAUAHUAHAUAHUAHUAHAUHAUAHU

Responder
nuwgott 29 de janeiro de 2020 - 00:49

Rapaz, eu confesso que adoro um filme romântico e, mais ainda, filmes sobre auto sacrifício. La La Land acerta nos dois. Choro feito um condenado com os 10 minutos finais. O filme em si é todo lindo. Na minha opinião, eu colocaria muito à frente de Missão Impossível, Pantera Negra, entre outros. E como nem de Facebook eu gosto, tem outro filme que descartaria na hora só para colocar La La Land kkkkkkkkk

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 29 de janeiro de 2020 - 01:08

Ah, então nesse caso tá tudo explicado mesmo. Dá pra entender a estrutura do seu pensamento e recepção para essas obras.

Responder
O Homem do QI200 29 de janeiro de 2020 - 01:08

Assim, filme também é gosto, vc pode não gostar, simples assim. Eu por exemplo, tbm não acho Rede Social nada de demais, assim como Birdman (eu sou daqueles que não acha que esse filme merecia o Oscar). Blade Runner 2049, acho um filme bem maçante. Eu acho A Chegada foda demais, mas meus pais acham péssimo (bem verdade que eles não entenderam nada), mas como disse, varia de acordo com o gosto de cada um. Essa lista é pessoal do pessoal que trabalha nesse site. A questão é aproveitar a lista para ver filmes que deixamos para trás e montar a nossa própria.

Responder
nuwgott 29 de janeiro de 2020 - 01:34

Sim, compreendo.

Mas, quando digo que “não compreendo” é referente ao filme ser unânime para muitos críticos e eu ser incapaz de absorver isso enquanto assisto. Não me refiro ao fato de eu gostar ou não. Não se trata de questionar ou discordar dos críticos, mas de questionar a mim mesmo. Por isso que eu fico tentando encontrar alguma razão para que eu não veja isso tudo…

Isso acontece com todos os filmes de Fincher. Outros diretores que eu também não consigo apreciar devidamente é o Scorcese e Milos Forman, e não compreendo muito bem o motivo. Sou fã de Coppola, Polanski, Sidney Lumet, assim como o cinema hollywoodiano dos anos 70, mas Scorcese e Forman sempre fico com a sensação de que seus filmes tem alguma grande fraqueza ( eu já cheguei a culpar Jack Nicholsson, de quem não gosto… mas ele está ótimo em Chinetown de Polanski).

Existem muitos filmes que eu não gosto, mas admiro muito. Por exemplo, eu não gostei de Os Oito Odiados, mas o filme em si é realmente muito, mas muito bom. O roteiro, as atuações, o suspense, a fotografia, etc. Apenas não me interessei tanto pela história (não me importava com o destino da mulher, ou com quem envenenou quem, ou com o que os personagens escondiam). Gosto do Tarantino que estamos acostumados.

Responder

Escreva um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumimos que esteja de acordo com a prática, mas você poderá eleger não permitir esse uso. Aceito Leia Mais