Home TVEpisódio Crítica | Legends of Tomorrow – 5X06: Mr. Parker’s Cul-De-Sac

Crítica | Legends of Tomorrow – 5X06: Mr. Parker’s Cul-De-Sac

por Luiz Santiago
185 views (a partir de agosto de 2020)

Legends-of-Tomorrow-Mister-Parkers-Cul-de-Sac plano crítico TV série

  • Há SPOILERS! Leia aqui as críticas dos outros episódios.

Fazendo uma bela e hilária paródia de Mister Rogers’ Neighborhood, este episódio de Legends of Tomorrow é daqueles que conseguem muita coisa simplesmente porque não tem vergonha de adentrar ao território das deliciosas coisas ridículas que esta série vem trabalhado majoritariamente tão bem nas últimas temporadas.

Aqui em Mr. Parker’s Cul-De-Sac, Ray planeja uma noite romântica para ele e Nora, sendo ajudado por Nate e B no processo. Um pedido de casamento está para acontecer. Mas o roteiro de Keto Shimizu e James Eagan torna essa jornada um pouco mais difícil do que deveria (no bom sentido da afirmação), fazendo desse capítulo um bom ponto de divisão, pensamento e enfrentamento de situações difíceis para todo mundo, direta ou indiretamente. Claro que alguns arcos se saem melhor que outros (para ser sincero, o menos interessante é o de Mick bolado com as críticas negativas de alguém que, convenientemente, acaba sendo sua filha) mas todos são, no mínimo, solidamente bons.

Estabelecido o primeiro passo de colocação dos personagens em cena (o drama de Gary desaparecendo ficou meio “sem resposta ou sentido” para vocês também?) e dos problemas que precisam resolver, os obstáculos vêm à tona e então temos mais um recém-saído do Inferno tratado e “finalizado” de modo diferente dos demais, o que dá, no processo, a oportunidade de maior desenvolvimento para as Lendas ao mesmo tempo que uma das linhas mais interessantes desse meio de temporada (quem diria, não é mesmo Charlie?) ganhe um novo capítulo, agora com Cloto aceitando ajudar Constantine a encontrar o fuso do fio da vida.

O entrelaçamento entre a trama do casamento de Ray e Nora, a volta de Damien, as bobagens com Gary, o dilema entre Sara e Ava e o arco de Zari e Mick… tudo parece perfeitamente bem mesclado, sem uma história atropelar a outra e tendo algo realmente importante para contar, não apenas aparecendo aqui para preencher tempo. O máximo de diferença que temos é a qualidade interna de cada bloco, mas não são tão díspares a ponto de tirar a tag de “excelente” da aventura desta semana.

Fazendo também uma referência a Thomas e seus Amigos (o Abominável Gary como trem — após quase ter sido esmagado por um trem, o que é hilário) e relembrando o insano Legends of To-Meow-Meow, este episódio também traz mais um elemento para o público pensar a respeito, que é a formação desse time das Lendas. Notem que Sara, Mick e Ray flertam ou se deparam com coisas que possivelmente podem levá-los a uma aposentaria (o emprego em outra cidade, a descoberta de uma filha, as obrigações de um casamento), e não é de agora que a série vem explorando essa possibilidade. Talvez pela ameaça de Damien, Ray possivelmente seja o primeiro a sair (o que é uma pena… deveria ser Mick, o primeiro). Seja como for, contanto que o show mantenha o nível de divertimento que tem hoje, por mim, podem renovar a equipe inteira… não, calma, menos Behrad. Não mexam no meu Behrad!

Legends of Tomorrow – 5X06: Mr. Parker’s Cul-De-Sac (EUA, 10 de março de 2020)
Direção: Ben Hernandez Bray
Roteiro: Keto Shimizu, James Eagan
Elenco: Brandon Routh, Caity Lotz, Maisie Richardson-Sellers, Tala Ashe, Jes Macallan, Courtney Ford, Olivia Swann, Amy Louise Pemberton, Nick Zano, Dominic Purcell, Matt Ryan, Neal McDonough, Shayan Sobhian, Adam Tsekhman, Mina Sundwall, Madeline Hirvonen, Lisa Marie DiGiacinto, Erik Gow
Duração: 42 min.

Você Também pode curtir

15 comentários

Gabriel Cabral 20 de março de 2020 - 03:08

Legends é tão bom que conseguiu deixar Damien Dakh um personagem bom, incrível!
E que momento foi aquele no final da Sarah não apertando a mão dele? Toda a raiva pela 4ª temporada de Arrow e a morte da Laurel estavam ali hahaha.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 20 de março de 2020 - 11:09

Nossa, eu tive medo dela ali!!!

Responder
Luís Vicente 17 de março de 2020 - 13:55

Gosto de como legends salvou damien darkh, ele era um imprestável chato em arrow e passou pra um dos personagens que mais gosto em legends, sério, q mudança cara!

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 17 de março de 2020 - 15:08

Pois é! Bons roteiros, mano. Tendo bom roteiro, não existe mal personagem hehheheheheheh

Responder
Wies e thal 15 de março de 2020 - 16:53

Além da referência ao Thomas, também ouve uma referência ao sol dos teletobbies e a que eu achei mais legal: quando John luta pela primeira vez com dark, damien lança um feitiço dizendo Brexit
A temporada está ótima e foi emocionante o arco do casal routh

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 16 de março de 2020 - 13:21

Verdade! Aquele solzinho! Eu ri demais com aquilo!!!

Responder
Pedro Augusto 13 de março de 2020 - 16:00

Perai calma lá, vc! Luiz Santiago, esta defendendo o Behrad? Achei que ainda estivesse bravo pelo jeito que “substituiu” a Zari(Eu ainda continuo amando aquele episodio, por acaso ele melhorou pra vc dps do Behrad?).
Confesso que essa Zari n esta me incomodando nem um pouco, imaginei que ela fosse voltar do jeitinho que ela era sem nenhuma modificação, mas ver ela assim, essa mistura de toda cheia de si e hacker to gostando disso.

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 13 de março de 2020 - 16:44

Tô perando, tô calmo!
Sim, estou defendendo (e não só: estou amando) o Behrad. Sim, sua memória está correta. Eu estive bravo pelo jeito como ele substituiu a Zari. Aquilo foi horrendo. Mantenho cada palavra que escrevi naquela crítica, aquele episódio foi uma vergonha sem tamanho e eu odiei praticamente 100% das decisões tomadas ali. Nada mudou.

Já em relação à 5ª Temporada, a minha posição é diferente, tanto para as tramas, quanto para os personagens, o Behrad em específico, que agora é o meu favorito do time. Eu venho trabalhando isso desde a estreia da temporada. Penso que você deve ter dado uma sumida, então não tem acompanhado semanalmente a minha visão sobre as coisas neste quinto ano do show.

Sobre a Zari blogueirinha, eu ODIEI no começo (também comentei sobre isso nas críticas anteriores), mas agora estou me acostumando e mudando a minha visão sobre a personagem. Mas é algo que mais tem a ver com a série do que comigo, porque os roteiros realmente estão tratando a personagem diferente desde que ela voltou blogueirinha, então fica beeeem mais fácil gostar dela com o passar dos episódios.

Responder
Pedro Augusto 13 de março de 2020 - 18:07

Compreendo e respeito cada opinião sua. Confesso que dei uma sumida nas críticas de legends aqui, mas deixar de assistir? Jamais. Tô amando a série e concordando com as notas ao logo do episódio, espero que ela continue. Obrigado pela rápida responda.
Obs.: Vc acha sobre a possibilidade de uma aparição de uma alma cruel que tanto conhecemos como Vendal Savage?

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 13 de março de 2020 - 19:09

Então, o Savage apareceu brevemente na temporada passada e foi algo legal, né? Eu acho que ele aparecendo agora na série, em outro contexto, acho que funcionaria bem sim.

Responder
Vanessa Sales 13 de março de 2020 - 14:40

Ainda bem que não fui a única confusa com o Gary no velho oeste amarrado.
Será que o Mick mudou o futuro tendo uma filha?
Tô torcendo pra que chegue logo o dia do Behrad ir embora. 👋

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 13 de março de 2020 - 15:02

NÃAAAOOOOOOOOOOOO BEHRAD NÃO VAI EMBORA NADA!!!

De certa forma o Mick mudou o futuro, certo? Mas até aí… agora não tem mais o que fazer.

Responder
Vanessa Sales 13 de março de 2020 - 20:49

BEHRAD SIMMMMMM! 😂😂👏

Responder
Gustavo Costa 13 de março de 2020 - 01:23

O Ray já vai sair no próximo episódio, é hora de nos prepararmos para as lágrimas 🙁

Responder
Luiz Santiago 🌮😈🐂½ 13 de março de 2020 - 01:28

Ai ai… E o Mick continua na equipe resmungando e fazendo vários nada…

Responder

Escreva um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumimos que esteja de acordo com a prática, mas você poderá eleger não permitir esse uso. Aceito Leia Mais