Lista | 15 Mortes Inesquecíveis em Filmes de Terror

Quem não adora uma morte criativa em filmes de terror? Não basta o personagem simplesmente levar uma facada e pronto. A cena precisa ser memorável, seja pela direção, direção de arte ou pela forma como a tragédia é representada. Nessa lista, escolhemos algumas das cenas mais icônicas dos filmes de terror, procurando trazer o máximo de variedade possível. Por isso alguns clássicos como HellraiserA Hora do Pesadelo ficaram de fora, mas não se preocupem, não nos esquecemos deles!

Como toda lista, essa é de caráter pessoal e a ordem, tirando os primeiros lugares, foi bastante arbitrária. Por isso não esperneiem caso o filme de terror preferido de vocês tenha ficado de fora. Basta comentar abaixo com a suas listas pessoais! Além disso, não deixem de acessar as críticas de cada filme, basta clicar nos títulos em vermelho!

***

15. Pânico 2
(Scream 2, 1997)

Considerado por muitos como o auge da franquia criada pelo mestre Wes CravenPânico 2 já inicia da forma mais memorável possível, com um cinema inteiro assistindo o primeiro filme, em mais uma prova de como o diretor sabe empregar a metalinguagem da maneira certa. Essa sequência inicial tem como cereja do bolo a morte de Maureen (Jada Pinkett Smith), na frente de todos os espectadores, que acreditavam que tudo era mera encenação. Como se esquecer dessa brilhante introdução?

14. Do Fundo do Mar
(Deep Blue Sea, 1999)

Esse é um exemplo de filme ruim, mas que vale por uma cena específica. No meio do discurso de Russell Franklin (Samuel L. Jackson), ele é impiedosamente devorado pelo tubarão geneticamente modificado (quem raios achou que isso seria uma boa ideia?)! Pode ter provocado algumas boas risadas, mas definitivamente não sairá de nossas memórias!

13. A Bruxa
(The Witch, 2015)

A Bruxa certamente deu o que falar e, embora seja um terror psicológico, nos trouxe uma sequência em específico profundamente marcante. Refiro-me, claro, à morte do bebê, que é devorado pelas bruxas da floresta de um jeito verdadeiramente horripilante, uma cena de dar calafrios em qualquer um!

12. Holocausto Canibal
(Cannibal Holocaust, 1980)

Não temos muito bem como escolher qual a morte mais impactante de Holocausto Canibal, portanto ficaremos com a da pobre tartaruga, que foi realmente morta durante as filmagens, no auge da crueldade contra animais, fazendo esse filme ser péssimo em todos os sentidos.

11. Jogos Mortais
(Saw, 2004)

A franquia Jogos Mortais trouxe algumas exageradas mortes e outras criativas, mas nenhuma jamais irá superar à de Adam (Leigh Whannell) no final do primeiro filme! Esperavam algo sangrento? Nada disso, ele é simplesmente deixado acorrentado e trancado no banheiro enquanto Jigsaw se levanta e vai embora, um belo plot twist para um ótimo filme.

10. King Kong
(idem, 1933)

Ser mastigado por um gorila gigante já é péssimo. Mas ser cuspido fora depois do símio aparentemente achar ruim o que provou consegue colocar essa morte como uma das mais humilhantes e horripilantes do Cinema.

9. Raw
(idem, 2016)

Um dos melhores filmes do gênero de 2016, Raw conta com uma sequência realmente angustiante, na qual Justine acorda com o amigo do seu lado. O problema: uma das pernas do rapaz foi praticamente toda devorada! Não irei entregar mais detalhes da trama, mas essa sim é uma obra verdadeiramente tensa!

8. O Massacre da Serra Elétrica
(The Texas Chain Saw Massacre, 1974)

Um dos aspectos mais aterradores de O Massacre da Serra Elétrica é como tudo o que vemos no filme soa desconfortavelmente real, a tal ponto que acreditamos que aqueles jovens incautos estão sofrendo nas mãos de Leatherface. Ainda que todas as mortes do filme sejam memoráveis, devo confessar que nenhuma marcou mais que garota presa no gancho de segurar carne, algo agoniante e desesperador!

7. Freddy vs. Jason
(idem, 2003)

Morte por colchão dobrado ao meio. Não é todo dia que vemos isso em algum filme de terror! Embora o longa-metragem em si não seja lá nenhuma pérola da sétima arte, temos de admitir que essa sequência nos marcou! Vale ressaltar que essa lista poderia contar com inúmeras outras da franquia Sexta-Feira 13, mas a fim de trazer mais variedade, escolhemos esse crossover.

6. O Silêncio dos Inocentes
(The Silence of the Lambs, 1991)

Qual a melhor maneira de anunciar que você fugiu de seu confinamento? Claro! Pendurar um dos guardas com as tripas de fora! Hannibal Lecter definitivamente sabe abandonar suas sutilezas quando bem entende!

5. Tag – Riaru Onigokko
(idem, 2015)

Certo dia estava passeando pela internet, quando me deparei com o gif dessa cena de Riaru Onigokko, que mostra um ônibus inteiro sendo cortado ao meio (junto dos passageiros, claro). Isso foi o suficiente para me fazer assistir o filme, uma verdadeira pérola do terror japonês! Certamente, essa são algumas das mortes insuperáveis do gênero!

4. Ring: O Chamado
(Ringu, 1998)

Como esquecer desse icônico momento de Ring: O Chamado (o original, não o remake americano)? Ver Samara sair da televisão é algo realmente horripilante, tornando o clímax da obra algo simplesmente inesquecível. Aliás, não parece que ela está te olhando nessa foto acima?

3. Tubarão
(Jaws, 1975)

Escorrendo pela popa de um barco direto para as mandíbulas do mais sensacional tubarão do Cinema pode parecer uma morte heroica, mas imaginem vocês ser mastigado de pouco a pouco por aqueles dentes que mais parecem um grande e orgânico triturador de madeira à la Fargo. Não é nada bonito, não é mesmo?

2. Alien – O Oitavo Passageiro
(Alien, 1979)

Pobre Kane (John Hurt), serviu logo como o hospedeiro do primeiro Alien que vemos nas telonas! Ao menos ele nos proporcionou com uma das cenas mais icônicas da franquia e do gênero como um todo! Um belo trabalho de John Hurt e de Ridley Scott em seu auge.

1. Psicose
(Psycho, 1960)

Um verdadeiro tapa na cara cinematográfico e um dos maiores plot twists da história do Cinema não poderia deixar de ocupar o primeiro lugar, não é? Qualquer um com um mínimo de cultura irá reconhecer a morte de Marion Crane instantaneamente, tendo assistido Psicose ou não. Palmas para Hitchcock!

Hors-Concours

A História de Ricky
(Riki-Oh, 1991)

Qualquer um que tenha assistido essa obra máxima do Cinema sabe o porquê de sua posição especial nesta lista, mesmo não sendo exatamente um filme de terror. Riki-Oh: The Story of Ricky não tem uma morte sequer que não seja memorável. Todas são verdadeiras preciosidades, com direito a homem-mutante em moedor de carne, cabeças explodidas e sujeitos inflados até explodirem. Se ainda não viram esse filme, corram e vejam logo!

GUILHERME CORAL. . . .Refugiado de uma galáxia muito muito distante, caí neste planeta do setor 2814 por engano. Fui levado, graças à paixão por filmes ao ramo do Cinema e Audiovisual, onde atualmente me aventuro. Mas minha louca obsessão pelo entretenimento desta Terra não se limita à tela grande - literatura, séries, games são todos partes imprescindíveis do itinerário dessa longa viagem.